ITEP identifica dois dos três mortos em confronto com a PF e Bope na zona rural de Afonso Bezerra/RN

Polícia troca tiros com quadrilha armada e três morrem

O Instituto Técnico-Cientifico de Perícia do Rio Grande do Norte – ITEP, identificou nas últimas horas, pelo menos dois dos três homens que morreram em confronto com policiais federais e do BOPE na zona rural de Afonso Bezerra/RN, neste domingo (07). O confronto entre os policiais e os bandidos aconteceu na fazenda Barro Vermelho, por volta das 2 horas da madrugada.

Natural de Afonso Bezerra/RN, Hudson Estácio Linhares Santos, de 32 anos, residia na Rua São Geraldo, no Centro de Afonso Bezerra. O outro que é natural de Natal, foi identificado como José Morais Xavier Junior, de 37 anos, pedreiro e residia na Rua Baltazar da Rosa Bezerra, no Centro de Afonso Bezerra.

O bando criminoso era formado por aproximadamente 10 homens e estavam em 2 carros. Eles foram localizados em deslocamento, saindo da cidade de Afonso Bezerra para Ipanguaçu, onde segundo informações, iriam assaltar uma agencia bancaria local. Quando perceberam a presença da polícia, os bandidos saíram da rodovia estadual que liga as duas cidades e entraram numa estrada carroçável, mas, foram seguidos. Cerca de 03 km depois, já na Fazenda Barro Vermelho, houve o confronto e 03 deles foram mortos e dois detidos.

A polícia acredita que outros 05 criminosos conseguiram fugir pelo matagal.

Dois carros com pertences dos acusados e material utilizado para explodir os caixas da agencia foram apreendidos. Segundo informações, quase 20 baldes contendo grampos, “utilizados para danificar pneus das viaturas da polícia” estavam nas malas dos dois carros.

Os mortos estavam sem documentos e só foram identificados e liberados, no final da noite de ontem, 07, no Itep em Mossoró.

*Com informações de O Câmera