Imposto de Renda 2018: prazo para entrega dos atrasados começa nesta quarta-feira (02)

Começa nesta quarta-feira o prazo para entrega do Imposto de Renda para os atrasados

A Receita Federal libera a partir das 8h desta quarta-feira (2) o sistema do Imposto de Renda 2018 para que os contribuintes que não entregaram a declaração dentro do prazo possam fazer o envio e pagar a multa.

De acordo com o Fisco, até às 23h59 do dia 30 de abril foram entregues 29.269.987 declarações, número acima da expectativa de 28,8 milhões neste ano. Desse total, 317.920 declarações foram enviadas por dispositivos móveis.

Quem não tem imposto a pagar terá R$ 165,74 descontados da sua restituição. Já aqueles que terão que pagar IR, a multa é de 1% ao mês, começando a contar a partir de maio. O valor máximo é de 20% do imposto devido.

É recomendável que o contribuinte acerte as contas o quanto antes para pagar uma multa menor. Assim que emitir a declaração, o contribuinte receberá a “notificação de lançamento de multa” e a Darf da multa. O contribuinte terá 30 dias para pagar a multa e regularizar sua situação.

Além do prejuízo financeiro com a multa, o contribuinte fica com o CPF “sujo”, o que pode lhe impedir de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público até a regularização da situação.



Prazo final para entregar declaração do IR termina em uma semana

Vai terminar o prazo para declaração de Imposto de Renda

A uma semana do fim do prazo, cerca de dois quintos dos contribuintes ainda não acertaram as contas com o Fisco. Até as 17h de hoje (23), a Receita Federal recebeu 16.410.177 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física. O total equivale a 57% dos 28,8 milhões de documentos esperados para este ano.

O programa de preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2018, ano base 2017, está disponível no site da Receita Federal. O prazo para a entrega da declaração começou em 1º de março e vai até as 23h59min59s de 30 de abril.

Continue lendo



Declarantes de Imposto de Renda podem contribuir com as crianças e adolescente de Caicó

Declarantes do Imposto de Renda podem ajudar crianças em Caicó

Poucos caicoenses sabem, mas as pessoas que declaram o Imposto de Renda podem contribuir com o desenvolvimento de crianças e adolescentes vulneráveis do município de Caicó. Isso pode acontecer com a dedução do IR 2018 para o Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), que é gerenciado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA.

Se sua destinação for feita antes de 31/12, o valor é de 6%. Após esta data o valor é de 3% do Imposto de Renda. O plano de aplicação é sugerido pelo COMICA em articulação com entidades de defesa dos direitos da criança e do adolescente e está sujeito aos mecanismos de controle interno e aprovação do Tribunal de Contas do Município”, disse Santiago Jr., presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente de Caicó.

O FIA financia projetos em áreas prioritárias à criança e adolescente, para lhes promover os direitos e prevenir que os pequenos sejam vítimas de exploração, maus-tratos, negligência, dentre outras violações de direitos.

Você pode fazer, sem qualquer ônus financeiro, sua contribuição ao Fundo para a Infância e a Adolescência, destinado parte do seu Imposto de Renda para crianças e adolescentes de Caicó. Após realizar a destinação, o comprovante deve ser encaminhado para o email do CMDCA – cmdca.rgn@outlook.com

Realize o depósito do valor desejado na conta abaixo:

Caixa Econômica Federal
Agência: 0758
Operação: 006
Conta: 199-7



Restituições do Imposto de Renda serão pagas de junho a dezembro

Restituições do Imposto de Renda serão pagas de junho a dezembro

A Receita Federal informou que as restituições do Imposto de Renda serão pagas de junho a dezembro, seguindo a ordem de entrega da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF 2018). Neste ano, a expectativa é que 28,8 milhões de contribuintes entreguem o documento até 30 de abril. A restituição vai ser paga em sete lotes e o valor será colocado à disposição do contribuinte na agência bancária indicada na declaração.

Continue lendo