INSS divulga calendário de pagamentos de benefícios em 2021

Maior parte dos benefícios será paga conforme número do cartão – (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

A partir de hoje (2), mais de 35 milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem conferir a data de pagamento de aposentadorias, auxílios e pensões em 2021. A autarquia divulgou o calendário de depósitos para todo o próximo ano.

Os depósitos seguirão a sequência de anos anteriores, com um calendário para quem recebe um salário mínimo e outro para quem ganha mais. Para cada categoria, as datas de pagamento serão determinadas pelo número final do cartão, sem considerar o dígito verificador (que vem depois do traço).

Esse calendário abrange a maioria dos 35 milhões de segurados. Antigos beneficiários que recebem fora da sequência do número do cartão, continuarão a ser pagos na data atual.

A aposentadoria, a pensão ou o auxílio de janeiro serão depositados de 25 de janeiro a 5 de fevereiro para quem ganha um salário mínimo. Segurados com renda superior a esse valor receberão de 1º a 5 de fevereiro.

Calendário de pagamento de benefícios de 2021

Agência Brasil


Agências do INSS fecham às 14h na véspera do natal e do ano-novo

Os aposentados, pensionistas e demais segurados da Previdência Social precisam ficar atentos no fim de ano. Nos dias 24 e 31 de dezembro, as agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fecham mais cedo, e o telefone 135 funcionará em horário reduzido.

As agências do INSS funcionarão apenas das 7h às 14h na véspera do natal e do ano-novo. A central telefônica 135 fechará três horas mais cedo nesses dias, funcionando das 7h às 22h.

Nos dias 25 e 31, ambos os serviços estarão fechados por causa dos feriados. Caso o cidadão precise buscar informações, pedir benefícios e agendar serviços durante o feriado prolongado, o INSS recomenda usar a internet e recorrer ao aplicativo Meu INSS, que também oferece versão web, para computadores.

Agência Brasil


Caicó: Falta de repasses ao INSS motivou retenção do FPM

A retenção por parte da Receita Federal do Brasil, das duas cotas do FPM de setembro do Município de Caicó, se deu por causa da falta de repasse dos valores devidos ao INSS pela Prefeitura, provavelmente, no mês de julho deste ano.

No que se refere às retenções do FPM pela Receita, os valores podem ser retidos em razão de dívida previdenciária, conforme previsto no art. 3º, § 10, da Medida Provisória nº 2.129-6/2001.


MPF denuncia médico do INSS por fraude em perícia

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o médico perito do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na cidade de Santo Antônio, no Rio Grande do Norte, Antônio Carlos Barbosa, por atestar falsamente que Maria Josilene Honório de Goes teria deficiência. As investigações apontam que o médico agiu de forma consciente e voluntária, além de inserir os dados falsos no sistema informatizado do INSS, com a finalidade de proporcionar vantagem ilícita à segurada.

A denúncia é baseada em inquérito policial e ação penal que investigam Maria Josilene e Maria José Honório por fraude para obtenção de benefício indevido junto à autarquia. De acordo com o colaborador do MPF na ação, o médico estaria envolvido em diversos casos forjados, com participação do servidor do INSS João Ferreira Cândido Neto, que direcionava perícias específicas para o denunciado. “Constata-se que, no âmbito da estrutura criminosa que se desenvolveu no INSS para concessão de benefícios fraudulentos, João Ferreira Cândido Neto sempre agendava as perícias médicas para o médico Antônio Carlos Barbosa, a fim de que ele inserisse no sistema do INSS dados falsos”, atesta a denúncia de autoria do procurador da República Fernando Rocha.

A inserção de informações falsas em sistemas ou bancos de dados da Administração Pública com o fim de obter vantagens, ou para causar dano, é crime tipificado nos artigos 71 e 313-A do Código Penal.

O MPF dispensou inquérito policial específico para a denúncia, e pediu que ela tramite em conexão com a Ação Penal nº0805631-03.2018.4.05.8400, que a fundamenta.


PF prende mulher por tentativa de fraude contra o INSS em Mossoró

PF de Mossoró prende mulher por tentativa de fraude

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta terça-feira, 11/06, em Mossoró/RN, Região Oeste Potiguar, uma mulher, cearense, 68 anos, acusada de requerer benefício assistencial junto ao INSS daquela cidade utilizando documentação falsa.

Durante o seu interrogatório, a suspeita declarou não ter residência fixa e que os documentos que estavam em seu poder quando foi presa haviam sido repassados por “um desconhecido”.

Autuada pelo cometimento dos crimes de tentativa de estelionato e uso de documento falso, ela foi encaminhada ao Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio, onde se encontra à disposição da Justiça.


INSS altera regras para prova de vida e renovação de senhas

Resolução do Ministério da Economia publicada hoje (26) no Diário Oficial da União altera as regras para prova de vida e renovação de senha de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A partir desta terça-feira, os procedimentos podem ser executados por meio de atendimento eletrônico (com uso de biometria ou identificação por funcionário da instituição financeira pagadora) ou por meio de representante legal ou procurador cadastrado no INSS ou na instituição financeira.

Regras para prova de vida e renovação de senhas mudam – (FOTO: Marcelo Camargo)

Beneficiários com idade igual ou superior a 70 anos poderão solicitar a realização de prova de vida no INSS, sem prejuízo da possibilidade de comparecer à instituição financeira pagadora.

Para beneficiários com dificuldade de locomoção e idosos acima de 80 anos, poderá ser realizada pesquisa externa, com comparecimento a residência ou local informado no requerimento, para permitir a identificação do titular do benefício e a realização da comprovação de vida.

No caso de beneficiários com dificuldades de locomoção, o requerimento para realização de prova de vida por meio de pesquisa externa deverá ser efetuado pelo interessado, perante uma agência da previdência social, com comprovação via atestado médico ou declaração emitida por uma unidade de saúde.

Os serviços deverão ser previamente agendados por meio da Central 135 ou do Meu INSS.

O INSS poderá bloquear o pagamento do benefício encaminhado às instituições financeiras até que o beneficiário atenda à convocação. “A prova de vida e o desbloqueio de crédito realizado perante a rede bancária será realizada de forma imediata, mediante identificação do titular, procurador ou representante legal”, informou o órgão.


INSS inicia pagamento do 13° salário para aposentados e pensionistas na segunda-feira (27)

Pensionistas do INSS começam a receber o 13º salário

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, vão começar a receber, entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro, a antecipação da primeira parcela do abono anual, o décimo-terceiro salário.

No total, trinta milhões de beneficiários vão ter direito à esta primeira parcela do abono anual. De acordo com estimativas do governo, nestes dois meses, esta antecipação deve injetar na economia cerca de R$ 20,6 bilhões.

Continue lendo


Prazo para agendamento de perícia do INSS termina nesta segunda (13)

Termina nessa segunda-feira (13) o prazo dado pelo INSS para agendamento de perícia para revisão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

A convocação faz parte de uma operação do ógão denominada “pente-fino”.

Os segurados que não realizarem novo exame médico poderão ter o benefício suspenso a partir de setembro, e terão 60 dias para marcar uma nova perícia. Caso contrário, o benefício será cancelado.

Para agendar a pericia, é necessário que o beneficiado entre em contato com o INSS pelo telefone 135.

Para consultar se seu nome consta na lista de convocados clique AQUI.