Corpo do empresário Jácio Galvão é encontrado no Gargalheiras

O corpo do empresário, Jácio Mamede Galvão, de 62 anos, foi encontrado na tarde desta terça-feira (14), por volta das 15hs50min nas águas do açude Gargalheiras.

Em contato com o Blog Sidney Silva, o sargento Glicério Santos, do Subgrupamento dos Bombeiros Militares de Caicó, que participou das buscas, disse que foi possível localizar o corpo quando ele emergiu.

“Ele emergiu próximo de onde nós estávamos fazendo as buscas. Nossa equipe fez a retirada do corpo de dentro da barragem e o deixou sob custódia da Polícia Militar, que acionou a Polícia Civil e o ITEP”, relatou.

Ao todo, foram empregados (dos Bombeiros) 4 militares de Caicó e 4 de Natal, além de 3 militares da Capitania dos Portos. Eles usaram 2 botes, material de mergulho e busca e 1 JetSki.

Equipe dos Bombeiros que participaram das buscas em Gargalheiras – (FOTO: Bombeiros Militar/Divulgação)

O empresário Jácio Mamede Galvão, desapareceu na tarde do último domingo (12), depois que saiu para dar uma passeio de lancha na Barragem.

Durante as buscas, foram encontrados vários objetos pessoas como, máscara que estava usando, um remo e um banco da embarcação, galões de combustível. A lancha não foi encontrada.


Empresário desaparece no açude Gargalheiras após passeio de lancha

Jácio Mamede Galvão está desaparecido no açude Gargalheiras em Acari – (FOTO: Rede Social)

Um homem está desaparecido desde a tarde deste domingo (12) após passear de lancha no Açude Gargalheiras, em Acari/RN. Identificado como Jácio Mamede Galvão, empresário do ramo alimentício, ele não foi visto desde que entrou no reservatório, na comunidade Bulhões.

O Corpo de Bombeiros de Caicó foi acionado para auxiliar nas buscas, na manhã desta segunda-feira (13), mas, Jácio ainda não foi encontrado.

Os primeiros relatos dão conta de que o homem pegou a lancha para passear no açude por volta das 16hs.

Segundo moradores da região, uma sacola com a máscara que Jácio usava e R$ 50 foi encontrada nas buscas.

A Polícia Militar também foi acionada.

*Com informações da Tribuna do Norte