Polícia Civil prende suspeito de matar motorista de aplicativo móvel no ano de 2017

Jonias Felipe da Silva Teixeira, conhecido como “Binho”

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal, em ação conjunta com policias civis do Comando de Operações e Recursos Especiais (CORE) de Recife-PE, cumpriram dois mandados de prisão nesta quarta-feira (27), contra Jonias Felipe da Silva Teixeira, conhecido como “Binho”, de 20 anos.

Segundo as investigações, Jonias “Binho” e Alex da Silva Ferreira (preso no dia após o crime), são os autores dos homicídios que vitimaram o motorista de aplicativo Carlos Eduardo Moura da Trindade e Thiago Silva Fernandes. Os dois foram mortos no dia 19 de abril de 2017, por volta das 20hs, quando estavam no conjunto Cidade Satélite, bairro Pitimbu, em Natal.

As investigações revelaram ainda que Jonias “Binho” e Alex da Silva tinham rivalidades com Thiago Silva, enquanto que o motorista do aplicativo foi morto com o intuito de não deixarem testemunhas e assegurarem a impunidade do crime.