“Nosso propósito é qualificar a rede em Caicó”, diz presidente do Conselho da Criança e do Adolescente

Evento aconteceu nesta terça-feira 14

A afirmação é do presidente do Conselho Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente de Caicó (CMDCA), Francisco de Assis Santiago Júnior. Ele participou nesta terça-feira (14/11) de mais uma edição do projeto Diálogos em Rede, que é um projeto articulado entre o CMDCA em parceria com o Ministério Público do RN e com o Poder Judiciário potiguar.

Na edição desta terça o palestrante foi o professor Joiran Medeiros da Silva, coordenador de educação especial da secretaria estadual de educação do RN. A discussão girou em torno do tema Educação Especial: perspectivas de inclusão escolar.

É muito importante um evento dessa natureza, pois nós estamos qualificando a rede, interagindo, e debatendo políticas públicas, sobretudo quando se fala na política pública voltada para a educação dos jovens e adolescentes. Temos muitos desafios e o nosso foco é melhorar a educação, transformar a escola mais atrativa e valorizar e qualificar o professor”, disse o presidente do CMDCA.

Ainda de acordo com Santiago Júnior, “a educação especial precisa ser vista na perspectiva de inclusão daquela criança ou daquele adolescente que necessita de uma atenção especial. Portanto, o nosso propósito é qualificar a rede em Caicó para que possamos avançar ainda mais com as políticas públicas”, destacou.



Júnior Santiago participa de encontro sobre a situação da criança e adolescente foi realizado em João Pessoa

Júnior Santiago participou de evento em João-Pessoa

As Aldeias Infantis SOS Brasil, organização humanitária internacional, em comemoração aos seus 50 anos de presença no Brasil e 30 em João Pessoa realizou o “I Encontro sobre a Situação da Criança e Adolescente de João Pessoa – Qualidade é o que conta!”, ontem, dia 30 de agosto, em João Pessoa (PB). No evento, foram apresentados dados sobre o nível de vulnerabilidade de comunidades, famílias e crianças no município, com o objetivo de reverter essa situação.

Muito embora existam políticas públicas de proteção a crianças e adolescentes, o poder público e a sociedade ainda apresentam dificuldades no que se refere a sua implementação efetiva para promover um impacto real na vida das crianças, adolescentes e suas famílias. Por isso, o tema de convocação para o debate é “Qualidade é o que conta!”.

Os dados tem como base um diagnóstico realizado pela organização em 2016 no município, que analisa três eixos interconectados: o desenvolvimento socioeconômico e cultural do município; a atuação do sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes e; a realização de serviços diretos ou indiretos realizados no território.

Continue lendo