Polícia Civil pede apoio da população para identificar autor do latrocínio idoso

A Polícia Civil solicita, nesta quarta-feira (24), o apoio da população para identificar o autor do latrocínio do aposentado de 78 anos, Gilberto dos Santos. Ele foi morto a tiros após reagir a um assalto no dia 28 de novembro de 2017, no bairro do Alecrim.

A polícia pede que qualquer informação, seja feita anonimamente para o Disque-Denúncia 181, tendo como garantia o sigilo absoluto.



Polícia Civil elucida latrocínio de jovem voluntário do Programa Bombeiro Mirim

Dupla em fuga após cometerem o crime – (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Nesta quarta-feira (23), a Delegacia da Zona Sul pertencente à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) divulgou que dois adolescentes foram os responsáveis pelo latrocínio que vitimou Luan Thales da Silva, 20 anos, que era voluntário do Programa Bombeiro Mirim.

Segundo a Polícia Civil, um adolescente de 15 anos, que foi apreendido por policiais militares na noite desta terça-feira (22), é o autor do disparo que matou Luan Thales, no dia 09 de maio, por volta das 6h30min, quando ele estava na esquina da rua Tororós, com a avenida Bernardo Vieira.

De acordo com as investigações da DHPP, Luan Thales da Silva estava indo para o local onde funciona o Programa Bombeiro Mirim, quando foi abordado por uma dupla que estava em uma motocicleta, ambos usavam capacetes. “Gostaria de externar o empenho da equipe da DHPP na elucidação deste caso, de um jovem garoto que praticava o bem, exercendo trabalho voluntário no Programa Bombeiro Mirim”, destacou a delegada-geral Adriana Shirley.

Continue lendo



Polícia Civil autua suspeito por latrocínio ocorrido na manhã de hoje

João Victor foi presos sob suspeita de latrocínio – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira (11), João Victor da Silva Pereira, de 18 anos e apreendeu dois adolescentes que participaram de um latrocínio na manhã de hoje, no bairro Pajuçara (Zona Norte de Natal). Os três foram encaminhados para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A vítima se encontrava em sua locadora de videogames quando foi surpreendida pelos criminosos e acabou morrendo no local. No assalto, os três roubaram uma televisão e videogames usando um carro de modelo Volkswagen Up e um revólver calibre 38 municiado, apreendido pela polícia.

João Victor foi autuado por latrocínio, roubo, receptação e corrupção de menores. Já os adolescentes, responderão por crimes análogos a latrocínio, roubo e receptação.



Polícia Civil prende mais dois suspeitos pelo latrocínio de servidor da UERN em Mossoró

Uma investigação da 2a. equipe de plantão da Delegacia de Mossoró resultou na prisão, nesta sexta-feira (16), de mais dois suspeitos pelo latrocínio de Hiroito Gonçalves Falcão, que era servidor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Foram presos Jefferson Batista Sousa Morais, 19 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva e Ivonete Tintino da Silva em cumprimento a um mandado de prisão temporária. No dia 04 de junho a polícia prendeu outro suspeito, Pedro Henrique da Silva, 20 anos, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

O crime foi efetuado, no dia 03 de junho, na cidade de Mossoró. Dois bandidos teriam invadido uma casa no bairro Abolição II, onde Hiroito morava com parentes e com uma mulher idosa que estava enferma. Além dos moradores estava na residência Ivonete Tintino, técnica de enfermagem que estava cuidando da idosa, e que é namorada de Pedro Henrique.

De acordo com o delegado Evandro Aráujo, os criminosos entraram na casa e colocaram Hiroito e a enfermeira no quarto da idosa. Depois foram em busca das outras vítimas que estavam na casa, porém Hiroito decidiu sair do quarto e intervir segurando a arma de um dos bandidos com a mão, o criminoso conseguiu atirar e atingiu o queixo da vítima. Após o crime, a dupla fugiu na motocicleta de Pedro Henrique.



DHPP prende suspeito de participar de latrocínio contra sargento da PM

Cláudio Sérgio foi preso como suspeito do crime

Uma equipe de policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, nesta segunda-feira (05) na Favela do Japão, Claudio Sérgio de Oliveira Silva, 30 anos, suspeito de participar do latrocínio contra o sargento da Polícia Militar Antônio Cândido dos Santos, ocorrido na manhã de hoje no bairro Dix-Sept Rosado, Zona Oeste da capital. No crime, a vítima foi abordada por dois homens que estavam em uma motocicleta Honda CB 300, cor branca, e atingida por um disparo de arma de fogo. Após o latrocínio, a dupla subtraiu a arma do policial militar.

Segundo investigações, a dupla teria ainda cometido um roubo anteriormente ao latrocínio, na Avenida Lima e Silva, e subtraído das vítimas uma bolsa azul, uma carteira, e um celular. Imagens de câmeras de segurança, as quais mostram a dupla empreendendo fuga na motocicleta após o latrocínio, exibem um dos homens utilizando a mesma bolsa azul roubada na Avenida Lima e Silva. Através de diligências, policiais encontraram a motocicleta utilizada pelos homens abandonada no bairro das Quintas, tendo o veículo queixa de roubo. Durante a prisão de Cláudio, foram apreendidos dois aparelhos celulares, uma algema, além de serem encontradas uma calça preta e uma capa de chuva de mesma cor, ambas semelhantes as peças de roupa utilizadas pelos autores do crime.

Continue lendo



Polícia indicia suspeito de participação em latrocínio contra empresário em Natal; Veja vídeo

Uma investigação conduzida pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) descobriu que um homem preso pela Polícia Militar, no último domingo (05), era a pessoa suspeita de ter dirigido o carro onde estavam os executores pela morte do empresário José Rosemberg Saldanha, 55 anos, assassinado no dia 29 de novembro de 2016, no conjunto Cidade Satélite, Zona Sul de Natal. Francisco Cledemilson do Nascimento Macedo, 36 anos, foi preso em flagrante, no domingo após a realização de um roubo e havia apresentado o nome falso de Marcos Antônio Pinheiro Machado.

Durante o seu interrogatório ele confessou que era o homem que dirigia o carro modelo Fluence, no qual estava mais dois comparsas. “Francisco Cledemilson foi autuado pelos crimes de latrocínio, associação criminosa e corrupção de menor”, afirmou o delegado Ernani Júnior, da DHPP.

O crime – De acordo com as investigações, três homens estavam em um carro modelo Fluence e “trancaram” o veículo do empresário, que estava saindo com a esposa de um condomínio no bairro Cidade Satélite. Dois homens teriam saído do carro e praticado o latrocínio, o terceiro homem que ficou no carro é Francisco Cledemilson. Um adolescente de 16, que também participou do crime, já havia sido apreendido no dia 29 de dezembro do ano passado.

Confira vídeo com a confissão do suspeito no canal oficial da Polícia Civil no Youtube: