Comissão Processante recebe defesa de Lobão

Comissão Processante reunida na Câmara de Vereadores

A Câmara de Vereadores de Caicó recebeu no último dia 08 de novembro a defesa por escrito do vereador Raimundo Inácio Filho, afastado da sua função através da Operação Tubérculo, deflagrada pelo Ministério Público.

Nesta terça-feira (12) a Comissão Processante presidida pela vereadora do MDB Ivonete Dantas irá se reunir para decidir sobre o arquivamento ou não denúncia. Sendo ela recebida iniciará a fase de instrução no qual o denunciado poderá convocar até 10 testemunhas para serem ouvidas. A Comissão Processante tem como relator o vereador Zé Filho (PRP) e como membro Alisson Jackson (PROS).



Ivonete Dantas presidirá Comissão Processante em desfavor de Lobão

Ivonete Dantas preside Comissão que pode cassar Lobão

Ficou para a vereadora Ivonete Dantas (MDB) a presidência da Comissão Processante que irá analisar as denúncias contra o vereador Raimundo Inácio Filho, “Lobão”, afastado do cargo através da Operação Tubercúlo. A relatoria ficou para o vereador Zé Filho e Alisson Jackson como membro da Comissão que iniciará os trabalhos no prazo de até cinco dias úteis.É importante destacar que a escolha dos membros foi feita através de sorteio.

O acusado terá ampla defesa dentro da Comissão que também ouvirá outras testemunhas para ser apreciada e votada em plenário pelos os vereadores em até 90 dias uteis e que estará embasada no Decreto Federal.



Câmara escolheu membros de comissões que conduzirão investigação contra Batata e Lobão

Vereadores instalaram Ceis para apurar denúncias contra Lobão e Batata

Foi aprovado com unanimidade na sessão desta segunda-feira (15), a instauração de duas Comissões Especiais de Inquérito, para apreciar os documentos sigilosos enviados pelo Ministério Público, para Câmara de Caicó que envolve o prefeito Robson Araújo e o vereador Raimundo Inácio Filho, ambos afastados de suas funções.

A mesa diretora seguiu rito de escolha dos seus membros através de sorteio, embasado no Decreto Lei 201/67, que dispõe sobre a responsabilidade de prefeitos e vereadores. Na primeira CEI, que investigará a documentação que envolve Batata terá como presidente a vereadora Maria Cleide (PP) e relatora Ivonete Dantas (MDB). Já a segunda, que analisará o envolvimento do vereador Lobão, será presidida pelo vereador Ivanildo dos Santos e terá como relatora também a vereadora Ivonete Dantas.

Nesta terça-feira (16), haverá a primeira reunião com os membros das duas CEIs. O presidente da Câmara de Caicó, Odair Diniz em entrevista à imprensa destacou que seguiu à risca o regimento interno e espera agora que as Comissões também façam o mesmo para que não exista nenhum atropelo que dê caráter de nulidade as mesmas.



Se nada mudar, Batata e Lobão devem voltar aos cargos em fevereiro de 2019

Lobão e Batata estão afastados dos cargos de vereador e prefeito por 6 meses

O Pleno do Tribunal de Justiça do RN determinou, na sessão desta quarta-feira (10), a substituição das prisões preventivas do prefeito de Caicó, Robson de Araújo (o Batata), e do vereador Raimundo Inácio Filho, por medidas cautelares diversas da prisão. Eles haviam sido detidos no dia 14 de agosto durante a operação “Tubérculo”, deflagrada pelo Ministério Público como desdobramento das operações “Cidade Luz” e “Blackout”, e se encontravam detidos desde então no Quartel da Polícia Militar, em Natal. As operações investigam fraudes em contratos para prestação de serviços de iluminação pública.

Os desembargadores determinaram a suspensão do exercício dos cargos de Prefeito do Município de Caicó e de Vereador pelo prazo de 180 dias, contados a partir do início do cumprimento da prisão preventiva. Além disso, ambos estão proibidos de acessar e frequentar a Prefeitura Municipal e a Câmara de Vereadores de Caicó. Também estão proibidos de manterem contato com pessoas envolvidas no processo ou sob investigação. Por fim, devem comparecer bimestral em juízo.

Continue lendo



Pedido de cassação de Batata e Lobão pode não ir ao plenário nesta quarta

O pedido de cassação que foi protocolado pelo caicoense, Francisco da Silva Filho, pode não ser levado ao plenário da Câmara Municipal como era esperado pelos vereadores de oposição. É que o pedido foi direcionado para o presidente da Casa, Odair Diniz, e ele não estaria na cidade hoje. Se não for levado para discussão hoje, somente na próxima segunda-feira.



Protocolado na Câmara de Caicó pedido de cassação de Batata e Lobão

Foi protocolado nesta quarta-feira (10), na secretaria da Câmara Municipal de Caicó, um pedido de cassação do Prefeito Robson de Araújo (Batata) e do vereador Raimundo Inácio Filho (Lobão). Um popular fez a denúncia.

Os vereadores devem votar o pedido ainda na sessão ordinária desta quarta, que começa às 17hs30min.

Na mesma Câmara, já existe um processo de cassação contra Batata, mas, está paralisado por decisão judicial.



TJ concede liberdade a Batata e Lobão

Marcos Dantas informa em seu Blog que na sessão desta quarta-feira (10) o Tribunal de Justiça transformou em medidas cautelares, as prisões do prefeito afastado de Caicó, Batata Araújo e do vereador, também afastado de seu mandato, Lobão Filho.

Eles foram presos no dia 13 de agosto de 2018, durante a deflagração da Operação Tubérculo na cidade de Caicó. Batata é acusado de participar de um esquema de desvios de recursos públicos, nos contratos de energia na Prefeitura de Caicó. Já Lobão, de agir nos bastidores da Câmara Municipal, para evitar que Batata seja cassado em uma Comissão de Investigação.

Os desembargadores também determinaram um prazo de 180 dias para que Batata e Lobão cumpram todas as medidas cautelares, dentre elas a de permanecerem afastados de seus respectivos mandatos.



Lobão e Batata teriam oferecido cargos e dinheiro

O Blog Sidney Silva, conseguiu informações de fontes dando conta de detalhes que levaram a decretação da operação Tubérculo. Uma delas envolve a última eleição para mesa diretora da Câmara Municipal de Caicó. O vereador, Raimundo Inácio Filho (MDB), teria oferecido dinheiro aos colegas de Câmara, Zaqueu Fernandes e Rosângela Maria, na última eleição para a presidência da casa ocorrida no ano passado.

Zaqueu teria gravado a conversa aonde Lobão fez a oferta.

Segundo a fonte, outra negociação teria envolvido o prefeito que ofereceu vantagens para que não votassem a cassação dele na Cei da Cosip, que foi concluída e não teve parecer nesse sentido. O prefeito teria oferecido cargos e ao vereador Diogo Silva, 3 mil reais por mês e cinco cargos na gestão.



Operação do MPRN prende prefeito e vereador de Caicó

Policia na frente do prédio da Câmara de Vereadores – (Foto: Sidney Silva)

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu nesta terça-feira (14) o prefeito de Caicó, um vereador da cidade e ainda um lobista suspeitos de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação.

A operação Tubérculo cumpriu três mandados de prisão, e outros seis mandados de busca e apreensão na cidade seridoense e em Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito Robson de Araújo e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos. O lobista Edvaldo Pessoa de Farias teve prisão temporária decretada.

A operação Tubérculo é desdobramento das operações Cidade Luz e Blackout. Ao todo, 12 promotores de Justiça, 22 servidores do MPRN e 28 policiais militares participaram da operação Tubérculo. Os gabinetes do prefeito e do vereador foram alvos dos mandados de busca e apreensão.



Senador Garibaldi garante emenda de 600 mil reais para reforma do açougue público de Caicó

Prefeito e Lobão tiveram reunião com Garibaldi

Em reunião entre o senador Garibaldi Filho (MDB), o prefeito Batata e o vereador Lobão, foi solicitada a destinação de recursos, através de emenda parlamentar, para a reforma do açougue público de Caicó.

Garibaldi, que já havia se comprometido com o vereador Lobão em destinar recursos para o município de Caicó, acatou a solicitação e informou que destinará 600 mil reais para a realização da reforma e modernização do açougue público.

Comento:

Vamos ver se dessa vez a emenda não some no caminho de Brasília para Caicó. Essa mesma notícia já foi anunciada no passado. Mas, até hoje, o Açougue passa por dificuldades. Sua estrutura precisa de uma reforma, ou então, vai cair na cabeça de quem ali trabalha ou faz compras.




Trânsito de Caicó será discutido em audiência Pública na Câmara na próxima quinta

Vereador Lobão volta a discutir o assunto do trânsito de Caicó

Uma audiência pública na próxima quinta-feira (15), vai tratar a situação do trânsito de Caicó. O evento será realizado no plenário da Câmara de Vereadores, a partir das 18h, com a presença de vários setores ligados ao assunto.

Proposto pelos vereadores Erinaldo Lino (PP) e Lobão Filho (MDB), um dos pontos que será tratado na audiência pública será a viabilização de um local fixo para os transportes alternativos que fazem a linha para outros municípios.

De acordo com Lobão o assunto é de suma importância, visto a desorganização em que se encontra hoje o trânsito no município, sem qualquer tipo de fiscalização. “A situação precisa ser resolvida imediatamente, já que a cidade é polo, por onde passam pessoas de diversos municípios, aquecendo a economia local”, disse Lobão.



Evento tradicional da Festa de Sant’Ana de Caicó, Baile dos Coroas não vai acontecer

Baile dos Coroas de Caicó não será realizado em 2017

O tradicional Baile dos Coroas, que neste ano completaria 44 anos sendo realizado sempre no período da Festa de Sant’Ana, no mês de julho em Caicó, não acontecerá neste ano de 2017. A informação foi confirmada Lobão Filho pelo presidente do Clube Corintians, local que sediou o baile durante toda a sua história, .

O motivo alegado pela direção do clube, é a crise financeira que afeta fortemente a entidade, inclusive, em entrevista na manhã desta quarta-feira (28), Lobão disse que o Baile de 2016, deixou prejuízo que ainda não foi pago.

Para este ano, o presidente do clube, Raimundo Inácio Filho, disse que surgiu a possibilidade de realizar o baile noutro local em parceria com empresários, mas, não prosperou.



Lobão disse que dinheiro da Prátika foi usado para a locação de carros de som

O vereador disse ao Blog Sidney Silva no final da manhã desta quarta-feira (21), que o dono da Prátika Locação de Equipamentos LTDA., Fred Queiroz, esteve em Caicó em 2014 e ofereceu os valores citados pelo MPF na denúncia contra Henrique Alves, para a locação de carros de som.

Segundo ele, os carros foram locados e a prestação de contas foi feita. “Eu não tenho porque mentir. Não recebi propina. Os carros foram alugados e rodaram na reta final da campanha“, disse.



MPF diz que políticos seridoenses receberam dinheiro de Henrique em 2014

O Ministério Público Federal, na denúncia ofertada contra Henrique Eduardo Alves, Eduardo Cunha e outras pessoas, afirma que os dados bancários obtidos revelam que a empresa PRATIKA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS LTDA. serviu como instrumento para compra de apoio político para Henrique Eduardo Lyra Alves na campanha ao Governo do Rio Grande do Norte em 2014.

Sob o pretexto de prestar serviços de “militância e mobilização de rua”, a empresa recebeu valores que, posteriormente, serviram na realidade para pagar políticos e pessoas politicamente relacionadas no Rio Grande do Norte, em troca do apoio ao candidato.

Entre os nomes citados pelo MPF estão o do vereador caicoense, Lobão e do prefeito de Caicó, Robson Araújo (Batata).

O vereador Lobão Filho teria recebido R$ 30.300,00 e o prefeito Batata, R$ 20.000,00.