Denarc prende mulher com crack em Mãe Luíza

Lisleide Sobrinho da Fonseca estava em posse de 250 gramas de crack – (FOTO: Divulgação: Assessoria da Polícia Civil)

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira (21), Lisleide Sobrinho da Fonseca, 23 anos, que estava em posse de 250 gramas de crack, e prováveis anotações de contabilidade de tráfico na sua residência, localizada no bairro de Mãe Luíza, Zona Leste de Natal.

Segundo investigações, a mulher tem envolvimento com organizações criminosas. Lisleide foi presa em flagrante e autuada pelo crime de tráfico de drogas, sendo encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



Polícia prende em Natal, os caicoenses, “Filé” e “Del”

Filé foi capturado em ação da PM em Mãe Luiza

Policiais militares de Natal, prenderam no início da tarde desta terça-feira (30), no Bairro de Mãe Luiza, dois caicoenses, foragidos da Justiça.

Foram detidos,  Josivan Araújo da Silva, mais conhecido como “Filé” e outro identificado como “Del”, este residiu por muitos anos no Conjunto Casas Populares em Caicó. Já, o Filé, ele é suspeito de ter praticado diversos assaltos e homicídios em Caicó, inclusive, o roubo em um sítio aonde estava um policial militar que teve a arma levada.

A prisão dos dois caicoenses foi realizada por policiais do BPCHoque e Rocam.

“Del” foi preso em Natal na tarde desta terça-feira


Polícia sobe morro e retira bandeira de facção criminosa em Mãe Luiza

Bandeira com siglas do Sindicato do RN é retirada de morro em Mãe Luíza pela PM –
(Foto: Cedida via Portal BO)

Do Portal BO – Policiais militares lotados na Companhia Ambiental retiraram na manhã desta terça-feira (11), uma bandeira contendo identificações de uma facção criminosa instalada em uma área do bairro considerada de preservação ambiental. O pedaço de tecido pintado com tinta verde estava preso a galhos de árvores.

De acordo com o Major Eduardo Franco, assessor de comunicação da Polícia Militar uma equipe da corporação participava de um ato social em uma escola da comunidade quando percebeu a bandeira no local. “Assim que vimos acionamos a Cipam (Companhia de policiamento ambienta), que em poucos minutos retirou a bandeira do alto do morro“, disse.

O oficial ainda informou que diariamente outras unidades da PM realizam operações no bairro com a finalidade de prender indivíduos em conflito com a lei e apreender produtos ilícitos como drogas e armas ilegais. Qualquer morador pode denunciar a atuação de criminosos ligando para o disk denúncia através do 181.



Operação da Polícia Civil em Mãe Luíza prende integrantes da facção “Sindicato do RN”

Pablo Roberto e Francisco Silas foram presos na Operação – (Fotos: Assessoria de Comunicação/Degepol RN)

Uma operação policial conduzida pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), com apoio do Batalhão de Operações Policiais (BOPE) e do helicóptero Potiguar 1, conseguiu prender dois homens, apreender armas, munições, celulares e drogas no bairro de Mãe Luiza, na manhã desta quinta-feira (09). Pablo Roberto de Araújo Santos, conhecido como “Rabujo”, 26 anos e Francisco Silas de Oliveira França, 26 anos foram presos em flagrante quando estavam na residência de Pablo.

Os dois, que são integrantes do Sindicato do RN, são suspeitos de terem participado dos últimos ataques criminosos ocorridos em Natal, durante o mês de janeiro. Nós descobrimos a casa onde Rabujo estava e nesta manhã, as equipes deslocaram-se até a residência do mesmo. No local, nós encontramos Rabujo com Silas. Ambos estavam com um revólver calibre 38 com munições; uma pistola calibre 380 com munições; crack, maconha e cocaína; um instrumento para analisar a veracidade de ouro que era subtraído das vítimas. Nós indiciamos os dois por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte compartilhado ilegal de arma de fogo”, detalhou a delegada Danielle Filgueira, titular da Defur. A investigação feita pela Delegacia Especializada descobriu que a dupla estava planejando viajar para Recife com o intuito de praticar roubos durante o desfile do Galo da Madrugada.

Material apreendido na Operação em Mãe Luíza

De acordo com a delegada, Pablo Roberto de Araújo, que também possuía um mandado de prisão em aberto, é suspeito de ter matado duas vítimas no Distrito Federal. Ele também teria assassinado um homem no dia 27 de janeiro, em Mãe Luiza. “No momento da entrada dos policiais na casa de Pablo, os suspeitos dispararam e ele acabou sendo atingido de raspão na perna”, relatou a delegada Danielle Filgueira.

*Fonte: Assessoria de Comunicação/Degepol/RN