Maio Amarelo: campanha alerta para mortes nas estradas do país

Maior Amarelo chama a anteção para alto índice de morto e feridos no trânsito

A quinta edição da campanha Maio Amarelo foi lançada nesta semana com o intuito de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito.

De acordo com o diretor do Departamento Nacional de Trânsito, Maurício Alves, quase 40 mil pessoas morrem todos os anos no trânsito das cidades e rodovias do país. “As tristes estatísticas apontam que quase 40 mil pessoas perdem as suas vidas por ano em nossas estradas. Temos quase 600 mil pessoas que são vítimas, grande parte com sequelas para toda as suas vidas, em nossas estradas. Sabemos que a quantidade de agentes, de policiais deixam muito a desejar. E só o trabalho conjunto, coeso de todos os órgãos de trânsito, fará frente a essas tristes estatísticas”.

Continue lendo