PF cumpre mandados da Operação Turbulência em Natal; Tenente-Coronel da reserva da PM foi detido

Arma de fogo com queixa de furto foi apreendida em poder de um tenente-coronel da reserva da PM

A Polícia Federal cumpriu na manhã de hoje, 23/11, em endereços da Zona Sul de Natal, dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 8ª Vara Criminal do Rio de Janeiro/RJ, oportunidade em que foram apreendidos: Computador, notebook e aparelhos celulares.

Em um dos locais vistoriados, os policiais prenderam em flagrante um Ten. Cel. da reserva, 51 anos, carioca, por ter sido encontrado na sua residência uma pistola Taurus Cal. 7.65 e munições, que foram apreendidas, sem a devida documentação legal. Ao ser consultado, consta no Sistema Nacional de Armas que a pistola possui queixa de furto no ano de 2013, na cidade de Cuiabá/MT, fato que o militar afirmou desconhecer.

Os mandados de busca cumpridos hoje, na capital potiguar, fazem parte da Operação Turbulência, deflagrada nesta quinta-feira pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro/RJ, com o objetivo de investigar um esquema para a facilitação da concessão irregular de licenças e habilitações de pilotos de avião e helicóptero emitidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Veja: http://www.pf.gov.br/agencia/noticias/2017/11/pf-investiga-concessoes-de-licencas-e-habilitacoes-de-voo

Após prestar depoimento, o militar foi solto mediante o pagamento de fiança, conforme a legislação em vigor, e vai responder ao processo em liberdade, vez que a arma apreendida em seu poder é de calibre permitido.



Jucurutu: Ação conjunta do MPRN e da Polícia Militar apreende arma e materiais de jogo do bicho

Residência de vereador foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar cumpriu mandados de busca e apreensão em oito locais no município de Jucurutu nesta terça-feira (26), deferidos pela Justiça potiguar. Foram apreendidos uma arma e materiais de jogo do bicho em dois imóveis localizados no centro da cidade. Também foram alvos da ação as residências de um vereador e do irmão dele, porém nada foi localizado. A ação foi realizada após a publicação de fotos em redes sociais dos dois empunhando armas e grandes quantias em dinheiro, o que gerou grande repercussão no município.

A Promotoria de Justiça da comarca já vinha atuando de forma educativa no sentido de coibir a prática ilegal do jogo do bicho com campanha de conscientização e recomendações, que não surtiram o efeito desejado. Por isso, o MPRN solicitou à Justiça o deferimento dos mandados para que o problema pudesse ser resolvido.

A Promotoria de Justiça ouviu os investigados ao longo do dia e até o final da tarde aguarda a conclusão do flagrante a ser encaminhado pela Polícia Civil, com o resultado da ação que apreendeu arma de fogo em posse da pessoa de Anderson Douglas Dutra, que também postou fotos em redes sociais empunhando arma e grandes quantias em dinheiro.

*Fonte: MPRN



Capuleto: MPRN cumpre mandados e apura crimes com recursos públicos

MPRN cumpriu mandados e apura crimes com recursos públicos – (FOTO: Fred Carvalho/G1/RN)

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, através das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com o apoio da Polícia Militar, deflagrou, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (23), a operação Capuleto.

Foram expedidos, pelo juíz da 6ª Vara Criminal da Comarca de Natal, sete mandados de busca e apreensão, todos cumpridos na cidade de Natal. A investigação, decorrente da Operação “Candeeiro”, apura a prática dos crimes de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro, decorrentes da malversação de recursos públicos oriundos de convênio firmado entre o IDEMA/RN e a FUNDEP – Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar, para cuja execução foi contratada a empresa Plana Edificações LTDA, e tem por objeto a reforma do Ecocentro, com recursos oriundos da compensação ambiental da empresa Brasventos Eolo Geradora de Energia S/A.

Além disso, também é investigado o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos para renovação do contrato do IDEMA/RN com a mesma Fundação de Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar – FUNDEP, referente ao Projeto Barco-Escola Chama-Maré, que realiza passeios ecológicos no Rio Potengi.

Foram alvos da operação: VERONA VEÍCULOS LTDA ME; Pedro Gomes Júnior , conhecido como Júnior Verona; Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar – FUNDEP; PLANA EDIFICAÇÕES LTDA ME; Francisco das Chagas Abreu Rodrigues, conhecido como Macau; Filipe Abbott Galvão Rodrigues e Manoel Jamir Fernandes Júnior.

O Ministério Público esclarece que a divulgação só agora foi feita em razão da decisão judicial ter condicionado a publicização da operação ao término da diligência. O nome da operação é uma alusão à história de Romeu e Julieta, que se passa na cidade de Verona, na Itália. Capuleto era o nome da família de Romeu, um dos personagens.




Lava Jato: nova fase recolhe provas de crimes na Transpetro e inclui buscas no RN

PF cumpre mandado em mais uma fase da Lava Jato no RN

A pedido da Procuradoria-Geral da República, foi deflagrada nesta sexta-feira (28) mais uma etapa da Operação Lava Jato perante o Supremo Tribunal Federal (STF). O objetivo das buscas e apreensões autorizadas pelo ministro Edson Fachin era coletar provas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção, organização criminosa, entre outros, em investigações relacionadas a desvio de recursos na Transpetro.

A partir de informações do acordo de colaboração de Sergio Machado, os mandados visaram coletar documentos, equipamentos, mídias e arquivos eletrônicos, aparelhos de telefone, valores e objetos em endereços residenciais e comerciais em Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, São Paulo e no Distrito Federal. Aqui no estado, a informação é que um mandado foi cumprido na casa de um assessor de parlamentar do PMDB.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Federal e membros do Ministério Público Federal.



Operação Recovery: PM cumpriu mandados na casa da ex-prefeita de Santana do Matos

PM na casa da Ex-Prefeita Lardjane em Santana do Matos

Policiais militares cumpriram mandados de busca e apreensão na casa da ex-prefeita Lardjane Ciríaco de Araújo Macedo, na manhã desta terça-feira (18), durante a Operação Recovery deflagrada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Os promotores informam que também foi demonstrado o recebimento de recursos oriundos da referida pessoa jurídica (J VIEIRA DE MEDEIROS FILHO – EPP) pela ex-Prefeita Lardjane Ciríaco de Araújo Macedo.