Mara Costa diz que não era aliada de Batata e e que vai fazer oposição a Marcos do Manhoso

A vereadora Mara Costa (Pros), procurou a imprensa para dizer que não atuou na defesa das ideias do Prefeito preso, Robson Araújo, Batata.

Confira a entrevista:



Mara Costa acusa vereadores de receberam propina para cassar Batata

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Caicó, a vereadora, Mara Costa, do Pros, fez denúncia afirmando que vereadores receberam dinheiro do vice-prefeito, Marcos do Manhoso, do PP, para agilizar, votar e aprovar na CEI instalada na Casa, o pedido de cassação do Prefeito Robson Araújo (Batata), do PSDB.

O momento da fala de Mara, foi quando o vereador, pastor Erinaldo Lino, fazia pronunciamento na tribuna da Câmara.

Veja o momento:



Com decisão judicial, eleição de Mara Costa para presidência da Câmara continua valendo

Juiz Luiz Cândido nega liminar e eleição de Mara Costa continua valendo -(Foto: Sidney Silva)

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, indeferiu o pedido de liminar do mandado de segurança impetrado pelos vereadores, Zaqueu Fernandes Gomes, Rosângela Maria da Silva, Frankslaneo Diogo da Silva, José Alexandre Pereira, Ivonete Dantas Silva, Alisson Jackson dos Santos, Erinaldo Lino dos Santos e Anderson Clayton Duarte de Medeiros contra os atos do Presidente e da própria Mesa Diretora da Câmara Municipal de Caicó/RN, praticados durante a sessão ocorrida no dia 21 de março de 2018, entre eles, o indeferimento do registro de candidatura da chapa de oposição à presidência da Casa para o biênio 2019/2020. Com a decisão, que é temporária, fica valendo a eleição de Mara Costa para presidir o legislativo caicoense para o período já citado.

Na decisão, o juiz Luiz Cândido Villaça, destaca que a liminar deve ser indeferida, tendo em vista o tempo para os efeitos da decisão que elegeu Mara Costa e sua mesa diretora, só começarem a valer em 2019. “Embora as alegações formuladas sejam, a primeira vista, capazes de autorizar presente o requisito do fumus boni iuris – o receio que a demora da decisão judicial cause um dano grave ou de difícil reparação ao bem tutelado – os efeitos da eleição da mesa diretora da Câmara, principal efeito que se pretende anular no mandado de segurança, somente passará a vigorar no ano de 2019. Assim, existe tempo hábil para que o presente feito transcorra naturalmente“.

O magistrado ainda chama a atenção para o fato de que a situação poderia ter sido resolvida na própria Câmara Municipal, sem necessariamente, ter que ser levada à Justiça, embora a medida adotada seja legítima. “Ademais, a intromissão do Judiciário em atos do Legislativo, embora possível e
legítimo, somente deve ser feita em juízo de cognição sumária quando presentes ambos os requisitos autorizadores de forma clara e incontroversa, caso que não ocorre nos presentes autos“.




VÍDEO: Vereadores abandonam sessão e Mara Costa é eleita presidente da Câmara de Caicó

Vereadores fizeram eleição no escuro – (Foto: Sidney Silva)

Os vereadores da Câmara Municipal de Caicó, realizaram a sessão nesta quarta-feira (21), data para a qual estava marcada a eleição da mesa diretora da casa por antecipação para o biênio 2019/2020. Duas chapas foram registradas, uma, tendo Mara Costa (Pros) como candidata apoiada por Odair Diniz – a chapa de Mara tinha ainda Lobão como 1º Vice-presidente; Rangel como 2º Vice-presidente; Drº Júlio, 1º secretário e Ivanildo, 2º secretário – e a outra tendo Zaquel Fernandes, presidente e – Rosângela, 1ª vice-presidente; Ivonete, 2ª vice-presidente; Diogo, 1º secretário e Zé Filho, 2º secretário.

O atual presidente Odair Diniz, criticou a forma como seus opositores conduziram o processo, inclusive, andando nos corredores da Câmara com segurança armada.

A sessão estava agendada, mas, faltou energia elétrica, o que fez o presidente repensar sobre a data para a eleição. Ele preferia deixar para a próxima segunda-feira (26), porém, os demais edis não concordaram e resolveram alugar um gerador para que sessão fosse realizada. Mesmo com o fornecimento de energia comprometido, a reunião teve início e logo foi interrompida por 1 hora. Na volta, o vereador Lobão fez um intervenção pela ordem e disse que a chapa encabeçada por Zaquel tinha que ser impugnada pois foi registrada de forma coletiva e não individual como manda o regimento.

Diante da questão, o presidente, Odair Diniz, pediu um parecer da Procuradora Jurídica e a sessão foi novamente suspensa. Na reabertura dos trabalhos, a advogada Priscila Paiva, fez uso da Tribuna para dizer que, legalmente, a candidatura de Zaquel era irregular por causa da forma como foi registrada, ou seja, de forma coletiva. Nesse caso, o presidente, impugnou a candidatura.

Diante da decisão, os vereadores que davam apoio a Zaquel se levantaram um-a-um e deixaram o plenário pensando em acabar com a sessão, mas, não foi o que aconteceu. Saíram da sessão, os vereadores, Alisson Jakcon (Pros), Zaquel (PHS), Pastor Erinaldo Lino (PP), Rosângela (PR), Ivonete Dantas (MDB), Andinho Duarte (PRP), Diogo Maia (PP) e Zé Filho (PRP). E não acabou porque os que ficaram, prosseguiram com a realização da eleição.

O gerador que havia sido contratado pelo grupo que apoia Zaquel, foi desligado e a Câmara ficou completamente no escuro pois a energia elétrica ainda não tinha voltado. Mesmo assim, eles decidiram seguir com a sessão e elegeram Mara Costa, mesmo tendo só 7 votos. O vereador Lobão disse que “nesse caso, não tem problema, pois, o grupo de Zaquel se retirou da sessão, abandonou a disputa, e isso dá a vitória para Mara“.



Mara Costa foi eleita presidente da Câmara de Vereadores de Caicó

Mara Costa foi eleita para presidir a Câmara de Vereadores de Caicó – (Foto: Sidney Silva)

A vereadora Mara Rejane Saldanha da Costa (Pros) foi eleita na noite desta quarta-feira (21), a presidente da Câmara Municipal de Caicó para o biênio 2019/2010.

A sessão que foi antecipada por causa de mudança no Regimento votada e aprovada pelos Edis, foi tumultuada em diversos aspectos. Um deles foi o fato de ter faltado energia elétrica, mas, isso não atrapalhou. Os vereadores que montaram a chapa encabeçada por Zaquel Fernandes, alugaram um gerador de energia para garantir que a sessão acontecesse.

A vereadora Mara Costa, foi eleita com os votos de Lobão Filho (MDB), Júlio Gregório (MDB), Ivanildo Santos (Pros), José Rangel (PDT), Maria Cleide (PP), Odair Diniz (PSDC) e Mara Costa (Pros).



Caicó: G9 quer o apoio da vereadora Mara Costa

Fortalecido para as eleições da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Caicó para o biênio (2019/2020), o G9 encabeçado pelos vereadores (as) Odair Diniz, Erinaldo Lino (PP), Zaqueu Fernandes (PHS), Zé Filho (PRP), Alisson Jackson (PROS), Diogo Silva (PP), Ivonete Dantas (PMDB), Rosângela Maria (PR) e Andinho Duarte (PRP) quer segurar também o apoio de Mara Costa.

Unido, o grupo admite a força da vereadora Mara Costa no tocante às decisões pertinentes ao trabalho legislativo em Caicó. “É uma união que não nasceu hoje, estamos pelo bem de Caicó desde o início da gestão do vereador Odair, e Mara já faz parte do nosso grupo, infelizmente, nessa nova reunião do G9, às pressas, ela não pode participar, mas vamos insistir pela sua permanência“, esclarece Odair.




Mara consegue aprovação da CEI que investigará recursos da Cosip em Caicó

Vereadora Mara Costa consegue instalar Comissão na Câmara Municipal

Com embasamento jurídico favorável,  a vereadora Mara Costa conseguiu a aprovação da Comissão Especial de Investigação dos recursos da Contribuição de Iluminação Pública de Caicó.

A Comissão será formada por sete edis que são líderes de partido na Casa, que hoje apresenta representantes de oito siglas partidárias: PP (Erinaldo Lino, Diogo Silva e Maria Cleide), PRP ( Andinho e Zé Filho), PMDB (Ivonete Dantas, Dr. Júlio e Lobão), PR (Rosângela), PSDC (Odair Diniz), PROS ( Mara, Alisson e Ivanildo do Hospital), PHS (Zaqueu Fernandes) e PDT (José Rangel). Lembrando que o presidente Odair Diniz não pode participar da Comissão e o partido que só tiver um membro será automaticamente o seu representante, ficando os demais ainda a serem escolhidos mediante votação interna dentro da sigla.

Os partidos terão cinco dias úteis para enviar a Casa Legislativa, através de oficio, o nome dos representantes que integrarão a Comissão.

Mara explicou que a Casa não está para condenar a atual gestão e sim para apurar os fatos com maior celeridade que tem amplos poderes no processo de apuração das investigações junto ao Ministério Público. “Nós esperamos que todos os membros da Comissão sejam imparciais e cada passo tomado será informado a população de Caicó“, disse Mara.



Com cinco assinaturas, vereadora Mara Costa protocola pedido de abertura da CEI

A vereadora Mara Costa (PROS) conseguiu reunir as cinco assinaturas que precisava para dar entrada no requerimento para abrir a Comissão Especial de Investigação – CEI para acompanhar a investigação do Ministério Público na Operação Blackout e para investigar o uso dos recursos da Contribuição Social de Iluminação Pública – Cosip.

Os vereadores que assinaram o requerimento foram: Mara Costa, Anderson Duarte, Diogo Silva, Odair Diniz e Rosângela Queiroz.

A vereadora protocolou o requerimento na Câmara, no final da manhã desta quinta-feira (10) e na próxima segunda-feira, dia 14, durante a sessão ordinária, vai ser deliberado. O prazo para instalação da CEI é de 5 dias.



Até o início da tarde desta quarta, Mara Costa não tinha 5 assinaturas para criar CPI

A vereadora Mara Costa (PROS) até o início da tarde desta quarta-feira (09), não tinha as cinco assinaturas de vereadores para abrir a Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI. Ela confirmou ao Blog Sidney Silva que só conseguiu as assinaturas de Rosângela (PR) e de Andinho (PRP).

Os demais vereadores que disseram que irão assinar, são: Odair Diniz (PSDC) e Rangel (PDT). Mas, está apenas apalavrado o apoio. Na manhã desta quarta, José Rangel viajou e não fez a assinatura enquanto Odair Diniz estava em Natal.

A vereadora Mara Costa espera quando chegarem para a Sessão Ordinária da Câmara que assinem o documento. Com isso, ela poderá dar entrada no requerimento para criar a CPI na próxima segunda-feira (14).



Vereadora Mara Costa não consegue assinaturas para abrir CPI na Câmara de Caicó

Vereadora Mara Costa não consegue assinaturas para abrir CPI na Câmara

A vereadora Mara Costa (PROS) disse em entrevista na Rádio Caicó no início da tarde desta quarta-feira (09), que não conseguiu as 5 assinaturas dos vereadores para abrir a Comissão Especial de Inquérito para apurar de forma paralela o que o Ministério Público investiga na Operação Blackout.

Ela disse que só conseguiu as assinaturas dos vereadores, Anderson Duarte (PRP) e de Rosângela Queiroz (PR). O prazo regimental para dar entrada na comissão com pelo menos cinco assinaturas para ser levada ao plenário da Câmara na sessão desta quarta-feira (09), seria até o meio dia.

O vereador Rangel  (PDT) que disse ao Blog Sidney Silva que assinaria a CPI, mas, se fosse para investigar desde a gestão de Bibi Costa. Diante disso, Mara Costa, acrescentou um artigo no seu pedido para assim fosse feito, mas, o Edil não assinou o documento.

O vereador Odair Diniz, presidente da Câmara disse a Mara que ela terá a sua assinatura, porém, ele não estava em Caicó por causa de compromissos com a Fecam.

Os vereadores do Pros, mesmo partido de Mara Costa, Ivanildo do Hospital e Alisson Jackson, não assinaram. Com relação a Alisson, ele estava na Casa até o meio dia, mas, não assinou e Ivanildo disse que não o faria por questões pessoais.

O vereador Lobão Filho (PMDB), teria dito a Mara que não assinaria e diria na Tribuna da Câmara na sessão desta quarta-feira, os seus motivos.

Os demais vereadores, não atenderam ligações ou não foram localizados por Mara Costa, que disse que vai novamente tentar viabilizar a CPI para dar entrada na sessão da próxima segunda-feira (14).



Câmara de Caicó quer explicações da Prefeitura sobre cortes nos prédio públicos

Câmara de Caicó quer explicações da Prefeitura sobre cortes nos prédio públicos

A Câmara de Vereadores de Caicó cobrou da gestão do prefeito Robson Araújo explicações sobre o corte no fornecimento de energia em alguns prédios públicos, ocorridos nesta segunda-feira (07). O requerimento é da vereadora e vice-presidente da mesa diretora, Mara Costa (PROS) que lamentou a situação de descaso vivenciada no município.

Em entrevista a imprensa Mara explicou que irá pedir todos os débitos da prefeitura junto a Cosern, já que o pagamento é feito via recursos da Cosip que arrecada cerca de R$ 250 mil por mês.

Se a arrecadação gira em torno de R$ 250 mil e é gasto pouco mais de R$ 100 mil com o fornecimento de energia, onde está sendo aplicado o restante do recurso? Para acontecer o corte é necessário ter pelo menos dois papeis. A situação é preocupante“, destacou a vereadora do PROS.



Vereadora Mara Costa relata deterioração de asfalto no município com obra da Caern

Vereadora Mara Costa relata deterioração de asfalto no município

Através de requerimento direcionado à Gerência da Construtora A Gaspar em Caicó, a vereadora solicita providências da empresa responsável interceda à restauração e revitalização mais rápido possível das vias públicas danificadas em virtude dos serviços de implantação de rede de água.

No requerimento Mara ainda observa que “que as obras são para o beneficio da população, mas não podemos admitir que a população sofra com o descaso deixado pela empresa contratada A Gaspar. É necessário deixar o asfalto como encontrou, e com restauração de qualidade“.



Mara Costa cobra realização do Festival da Carne de Sol e do Queijo de Caicó

Vereadora Mara Costa solicitou revitalização do Festival da Carna de Sol e do Queijo

A vereadora, caicoense, Mara Costa (PROS), solicitou esta semana durante sessão ordinária na Câmara Municipal, através de indicação que será encaminhada ao Executivo Municipal, que viabilize entendimentos para revitalizar o Festival da Carne de Sol e do Queijo no calendário de eventos culturais da cidade de Caicó.

Em sua justificativa, a Edil afirmou que a medida, irá proporcionar a valorização a gastronomia regional gerando emprego e renda para o município.