Batata: “Tem um áudio que eu não autorizei ninguém a falar por mim”

Nesta segunda-feira (18), o Prefeito de Caicó, Batata Araújo, ao final da sessão em que leu a mensagem anual na Câmara de Vereadores, foi entrevistado e falou sobre sua situação na investigação do Ministério Público que culminou com a deflagração da Operação Tubérculo, em agosto de 2018.

Ele disse que não foi afastado por questão de pagamento de propina. “Isso aconteceu porque a Justiça e o Ministério Público entenderam que a gente (ele e Lobão) poderíamos atrapalhar o andamento de uma CPI que já estava paralisada“, disse e comentou ainda sobre o áudio da conversa entre Lobão e o vereador Zaqueu Fernandes. “Tem um áudio que eu não autorizei ninguém a falar por mim“.

Na mesma fala, ele criticou a Comissão que estava instalada para apurar as denúncias feitas pelo Ministério Público, contra ele e Lobão. “A Câmara não pode em 90 dias, no meu entendimento, julgar um processo que pode se arrastar por anos“, afirmou.

O prefeito Batata lembrou, como exemplo, o ex-prefeito de Caicó, Nilson Dias. Ele comentou que o ex-gestor foi afastado e respondeu a dezenas de processos. “Ao longo dos anos, esses processos foram arquivados. Então, eu acho que o tempo dirá tudo“, disse.



Com discurso de reconstrução, prefeito de Caicó lê mensagem anual na Câmara de Caicó

Com um discurso de reconstrução o prefeito Robson de Araújo, “Batata”, fez a leitura da sua mensagem anual na tarde desta segunda-feira (18), na Câmara de Vereadores de Caicó.

O prefeito abriu seu discurso pedindo diálogo entre os poderes que compõe a administração municipal (Legislativo, Executivo e o povo caicoense). Deixando de lado as divergências políticas partidárias, para que possa enfrentar as dificuldades e construir uma cidade melhor.

Batata Araújo fez mensagem anual na Câmara de Caicó – (Foto: Wllana Dantas)

Para 2019, a gestão pretende dentro dos meios possíveis, intensificar ações prioritárias voltadas para a educação, saúde, infraestrutura e outros setores que precisam avançar.

O gestor ainda falou sobre a importância de manter o equilíbrio das finanças para que os compromissos possam ser honrados e seja mantido o funcionamento de todos os serviços essenciais à população.

Frisou ainda das obras que estão em andamento e as paralisadas, onde as pendências serão resolvidas e retomadas. Além disso, contou sobre os convênios de pavimentação provenientes de emendas federais que foram empenhados e assinados.

Sobre a situação do Mercado Público disse que precisa ser discutida de forma definitiva para que se possa encontrar um meio necessário de reformar ou construir um novo espaço.

O homem do campo também foi lembrado na mensagem do gestor que destacou uma atenção especial, além dos serviços básicos tradicionais como recuperação de estradas, açudes e barreiros, além dos corte de terras, dentre outras ações que dê mais qualidade de vida.

Confira outros pontos abordados no discurso do gestor:

Saúde
O gestor falou da estrutura e do trabalho de ampliação dos procedimentos para a população. Será retomado o trabalho de recuperação das Unidades Básicas de Saúde, além de instalação de novos equipamentos e melhorias na qualidade do atendimento, valorizando os profissionais.

Educação
A estrutura física das escolas é um dos assuntos prioritários no tocante a Educação do município. Outro ponto ainda destacado foi a ampliação da frota escolar.

Habitação
Sobre a Habitação Batata declarou que não vai medir esforços para tirar do papel os projetos habitacionais nos quais Caicó foi selecionado voltado para os servidores municipais e a população em geral.