Operação Malvinas efetua prisões e apreende drogas e armas em Mossoró

Droga apreendida nas Malvinas em Mossoró

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (23), com o objetivo de combater a criminalidade na região conhecida como Malvinas, na cidade de Mossoró. A operação Malvinas cumpriu seis mandados de busca e apreensão em residências da região. Investigações do MPRN concluíram que os locais serviam para armazenar drogas e armas utilizados na atividade criminosa.

A ação resulta de uma investigação da 6ª Promotoria de Justiça Criminal de Mossoró, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, e foi iniciada após a ocorrência de uma série de atos de violência na região.

Além do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a operação Malvinas apreendeu um adolescente por posse de arma de fogo, sendo uma espingarda calibre 12, e prendeu quatro pessoas em flagrante com dinheiro fracionado. Houve ainda a apreensão de 44 “pedras” e um tablete de 200gm de crack; e 4,5kg de maconha e mais 26 “trouxinhas”. Foram também encontradas anotações que evidenciam vinculação dos suspeitos com organização criminosa.

As investigações prosseguirão no âmbito do Ministério Público e da Polícia Civil para fim de individualização das condutas.

Arma apreendida durante a operação


Polícia Civil divulga que disparos que mataram PM em Mossoró vieram de arma que estava com adolescente

O delegado titular da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), Rafael Arraes, divulgou nesta sexta-feira (18), que os disparos que mataram o sargento da reserva da PM, Luiz Valdécio Faustino, saíram de uma pistola calibre 380 que foiapreendida com um adolescente suspeito pelo homicídio. O militar foi morto no dia 23 de março, em Mossoró.

Segundo o delegado Arraes, o exame de comparação balística realizado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) com a arma apreendida e projéteis retirados do corpo do sargente apresentou resultado positivo, ou seja, os projéteis saíram da arma que estava com o adolescente.

As investigações apontam que o sargento foi executado e que a motivação era porque o mesmo, que era evangélico, vinha realizando um trabalho de evangelização em um bairro chamado Ouro Negro e que tal atuação estaria trazendo incômodos aos criminosos daquele bairro.



Polícia Civil prende homem suspeito de ter fábrica clandestina de armas em Mossoró

Francisco Edmilson Diógenes foi preso pela Divipoe – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil)

Uma ação de policiais civis da Divisão de Polícia do Oeste – Divipoe, resultou na prisão em flagrante de Francisco Edmilson Diógenes, na tarde desta segunda-feira, 23, em Mossoró. Ele foi preso, na zona rural de Mossoró, por ser apontado como dono de uma fábrica clandestina de arma de fogo, localizada no bairro Belo Horizonte. No local, os policiais apreenderam armas e munições.

Segundo investigações da Polícia Civil, Francisco Edmilson utilizava sua residência, localizada à Rua Beltran Duarte como espaço para manter a fábrica. Os agentes da Divipoe foram até o local e apreenderam uma espingarda calibre 36; seis espingardas de pressão, que estariam sendo transformadas em arma de fogo; duas munições calibre 380; uma munição calibre 38; duas munições calibre 22; estojos de munições deflagrados de calibres 12,28,36,38 e 380.

No momento da abordagem o dono da fábrica não estava na casa, mas foi encontrado em um sítio, na zona rural de Mossoró. Francisco Edmilson foi autuado pelos crimes de posse de arma de fogo e munição. Após pagar fiança, o mesmo foi liberado e responderá em liberdade”, detalhou o delegado Renato Oliveira.



Polícia Civil prende homem em flagrante por posse ilegal de arma de fogo

Arma e munições apreendidas em Mossoró

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Mossoró, prenderam em flagrante na tarde de hoje (10), Alex Sandro Azevedo de Morais. Em seu estabelecimento, situado no Bairro Itapetinga (Mossoró), foi encontrada uma espingarda calibre 36 e munições do mesmo calibre.

Segundo o titular da Denarc, Delegado Teixeira Júnior, o homem foi autuado e responderá por posse ilegal de arma de fogo.



Denarc Mossoró prende mulher com quase 60 quilos em drogas

Droga apreendida pela Denarc de Mossoró

Agentes da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró prenderam, nesta segunda-feira (02), Eulália de Souza Silva, 19 anos, acusada pelo crime de tráfico de drogas.

A Polícia recebeu denúncias anônimas relatando que uma residência na rua Beni Saldanha, no bairro do Alto do Sumaré, em Mossoró, era utilizada para a comercialização de drogas.

Após diligências, a DENARC realizou a abordagem e apreendeu com Eulália 58kg e 600g de Maconha, e 510g de Crack, uma pistola 380, dois carregadores com munições, um celular, facas, papel filme e uma balança de precisão.

Eulália de Souza foi encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



justiça anula transferência de agentes penitenciários de Caicó para Mossoró

Agentes penitenciários removidos para Mossoró devem voltar para Caicó

O juiz Luiz Antônio Tomaz do Nascimento, decidiu nesta quinta-feira (22), anular os atos de remoção de seis agentes penitenciários que eram lotados na Presídio Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, “O Pereirão”, em Caicó. Na decisão o magistrado determina que os agentes, ADNALVA MEDEIROS DE OLIVEIRA, ERIVALDO JOSÉ DA SILVA, FRANCISCO DAS CHAGAS LOPES, JOCEVAL CHARLES DOS SANTOS, JOSÉ DE ASSIS JÚNIOR e RENÊ LUCIANO DE AZEVEDO, devem ficar lotados no presídio de Caicó. Antes, eles tinha sido transferidos para o Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio em Mossoró/RN.

Continue lendo



Polícia Civil prende homem por posse irregular de arma de fogo

Material apreendido pela Divipoe em Mossoró em poder de Edson

Uma equipe da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE) prendeu, nesta terça-feira (20), Edno Eliel Cessario da Silva, 36 anos. Ele foi preso após a Polícia receber informações anônimas de ser suspeito por portar arma de fogo e já ter efetuado disparos em duas residências do bairro de Dom Jaime Câmara, em Mossoró.

Após localização da residência, foi encontrado uma espingarda calibre 40 e munições calibre 38. Edno Eliel foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, e em seguida, conduzido ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.



Plano Sempre se consolida em Mossoró

Sempre se consolida em Mossoró

O Plano Sempre de Assistência Funeral, empresa do Grupo Vila, comemora a marca de mais de 140 mil vidas protegidas e 40 cidades atendidas na região Oeste potiguar, garantindo menos burocracia em um momento tão delicado. A marca está presente na vida dos potiguares há 14 anos e, em Mossoró, se consolida ao proteger as famílias, garantindo tranquilidade financeira e menos desgaste emocional.

Na unidade do Plano Sempre da capital do Oeste, os mossoroenses podem tirar dúvidas, aderir a um dos três tipos de planos – Sempre Pleno, Sempre Mais e Sempre Melhor –e fazer pagamentos.

O Plano Sempre Mossoró funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 14h às 17h, e aos sábados, das 7h às 11h. O escritório fica localizado na Rua Melo Franco, 197, Centro, em frente ao Batalhão do Exército Tiro de Guerra.

Marca do Grupo Vila líder em assistência funeral e familiar, o Plano Sempre completa 14 anos de atuação, com mais de 1 milhão de vidas protegidas em mais de 280 cidades nos estados do Rio Grande do Norte, da Paraíba e de Pernambuco.

O Sempre é um serviço de assistência funeral que garante a resolução de trâmites como documentações, traslado, velório, entre outros, evitando desequilíbrios financeiros e o incômodo de ter que se encarregar de burocracias em um momento tão delicado.



Denarc prende suspeito de tráfico de drogas em Mossoró

Denarc prende suspeito de tráfico de drogas em Mossoró

Uma equipe da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró prendeu em flagrante, na manhã desta segunda-feira (5), Jackson de Souza Silva, suspeito pelo crime de tráfico de drogas. Em ação realizada na residência de Jackson, localizada à rua Afonso Pena, no bairro Paredões, em Mossoró, a polícia apreendeu 70 papelotes de cocaína dentro de um rádio e dinheiro fracionado. O suspeito já havia sido preso pela especializada, em ocorrência do mesmo crime.



Polícia Civil prende homem com cocaína em Mossoró

Droga foi apreendida em Mossoró

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró prendeu em flagrante Francisco das Chagas Holanda, conhecido por “Chaguinha”, pela prática do crime de tráfico de drogas, na manhã desta quarta-feira (28). Francisco das Chagas foi preso quando estava com 35 papelotes de cocaína prontos para revenda.

“A residência de Chaguinha já estava sendo investigada pela nossa equipe e eu representei junto à Justiça pela expedição de um mandado de busca e apreensão, o qual foi expedido pelo Poder Judiciário”, afirmou o titular da Denarc Mossoró, delegado Teixeira Júnior.



Ex-prefeito de Mossoró é condenado à quatro anos de reclusão por peculato

Silveirinha é condenado por crime de peculato

O juiz Cláudio Mendes Júnior, da 3ª Vara Criminal de Mossoró, condenou o ex-vereador e ex-prefeito daquele município, Francisco José Lima Silveira Júnior, a uma pena de quatro anos e dois meses de reclusão pela prática do crime de peculato, consistindo no desvio, em proveito próprio, de recursos financeiros liberados mensalmente aos parlamentares da Câmara Municipal de Mossoró a título de verba de gabinete, destinando, para si, dinheiro público reservado ao custeio das despesas necessárias ao funcionamento do gabinete parlamentar. A prática foi descoberta pela denominada Operação Sal Grosso.

Continue lendo



Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra suspeito por tráfico de drogas

Ricardo Alexandre de Paiva foi preso por força de mandado

Policiais da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Mossoró cumpriram, na tarde desta quarta-feira (21) um mandado de prisão em desfavor de Ricardo Alexandre de Paiva, de 42 anos. Ele foi preso no centro de Mossoró pelo crime de tráfico de entorpecentes.

O Titular da Denarc, Delegado Teixeira Júnior, informou ainda que Ricardo responderá também por um homicídio.



PF investiga assassinato de agente penitenciário federal em Mossoró

PF deflagrou operação em Mossoró

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (06), em Mossoró/RN, a segunda fase da Operação Força e União (Não Passarão) com o objetivo de apurar o homicídio do agente penitenciário federal Henry Charles Gama Filho, ocorrido naquela cidade no dia 12 de abril de 2017.

Cerca de 30 policiais federais, com apoio da Polícia Militar e de agentes penitenciários federais, estão cumprindo 10 mandados judiciais de busca e apreensão e 2 mandados judiciais de prisão temporária expedidos pela Justiça Federal/RN.

Na primeira fase da operação, deflagrada no mês de julho do ano passado, foram identificados os mandantes do crime, bem como, os responsáveis pelos levantamentos sobre a rotina daquele agente público que acabou sendo covardemente assassinado.

Na ação de hoje, os policiais se concentram na mesma região da cidade onde, à época dos fatos, foi encontrado o veículo utilizado na execução do agente, vez que as investigações miram suspeitos de participação no crime que ali estariam escondidos.



VÍDEO: Imagens mostram chefe do Ibama de Mossoró recebendo dinheiro

Imagens mostram Armênio recebendo dinheiro de pescador – (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal fez imagens (vídeo) que mostram o momento em o chefe do Ibama de Mossoró, Armênio de Medeiros da Costa, recebe dinheiro das mãos do homem que fez a denúncia (o pescador). As imagens foram gravadas pela PF e a divulgação foi autorizada pela Justiça.

No acerto em plena rua, o suspeito recebe cerca de R$ 500,00 de um total de R$ 2000,00 que seriam pagos em prestações mensais.

Continue lendo



PF prende motorista por tentativa de fraude no PIS em Mossoró

Motorista foi preso pela Polícia Federal em Mossoró

Policiais federais da Delegacia de Mossoró prenderam em flagrante nesta quinta-feira (18/1) nas dependências da Caixa Econômica Federal naquela cidade, um motorista de aplicativo, maranhense, de 61 anos, acusado de tentativa de estelionato e uso de documento falso.

O homem foi flagrado quando procurou a agência para fazer o saque do PIS, tendo para isso fornecido como identidade, a carteira de habilitação, porém, o documento apresentava uma textura diferente da habitual, o que levantou suspeitas de falsificação, fato que ficou ainda mais evidente quando ao ser entrevistado ele não soube, com exatidão, mencionar os nomes dos seus próprios pais.

Em seguida, quando outros dados estavam sendo checados, o acusado tentou apressadamente deixar o local, sendo de imediato contido pela segurança. A PF foi então acionada, deslocou uma equipe até lá e o prendeu.

Conduzido para a sede da delegacia, no bairro de Nova Betânia, durante o interrogatório, o suspeito confessou que teria sido recrutado por um desconhecido na cidade de Fortaleza, o qual lhe forneceu a documentação falsificada, além da promessa do pagamento de 30% sobre o montante que conseguisse irregularmente sacar junto aos bancos.

Em poder do homem foram ainda apreendidos R$ 953,00 em espécie, segundo ele, resultado de um saque fraudulento praticado anteriormente contra uma outra agência bancária na cidade.

O acusado possui antecedentes criminais, foi preso por idêntico delito no estado do Ceará e atualmente encontrava-se em liberdade condicional mediante o uso de tornozeleira eletrônica.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, o suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Mossoró, onde deverá permanecer, à disposição da Justiça.