Suspeito por receptação é preso em município do Oeste do RN

A Polícia Civil prendeu, em flagrante, um homem suspeito pela prática do crime de receptação qualificada. A ação foi executada por agentes da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur) do município de Mossoró, no Oeste do RN, nesta quarta-feira (4).

As diligências foram iniciadas para localizar um aparelho celular que havia sido roubado. Na ocasião, foi constatado que o aparelho estava na residência do suspeito, no bairro Barrocas, localizado na Zona Norte de Mossoró.

Durante a ação, os policiais civis apreenderam no imóvel dois aparelhos celulares que haviam sido roubado. De acordo com as investigações, Jonathan Pereira é proprietário de uma loja de conserto de aparelhos telefônicos e, anteriormente, já tinha sido autuado pelo mesmo crime, após vender um celular roubado.


PF combate tráfico interestadual de drogas na Região Oeste do Rio Grande do Norte

Operação foi desencadeada pela Força Tarefa na região Oeste do Estado

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, coordenada pela Polícia Federal e composta por Policiais Federais, Policiais Civis, Policiais Militares e Policiais Penais Federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI), deflagrou nesta quinta-feira, 29/10, a Operação Extração III, com o objetivo de coletar provas necessárias para instrução de investigação voltada à reprimir a atuação de uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

Cerca de 30 policiais estão cumprindo 4 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal, nas cidades de Mossoró/RN, Natal/RN e João Pessoa/PB.

As investigações revelaram que após a prisão de lideranças da facção criminosa em setembro de 2019, quando da deflagração da primeira fase da Operação Extração, o tráfico de drogas sob condução dos suspeitos passou a ser gerenciado de dentro de unidades penais com o auxílio de um advogado que transitava informações clandestinas objetivando perpetuar aquela atividade ilícita.

Também restou comprovado que o fornecedor das drogas comercializadas pela célula criminosa no Oeste Potiguar agia de dentro da Penitenciária PB1, em João Pessoa/PB, sendo que o mesmo suspeito já havia sido preso pela Polícia Federal em 2015, acusado de participar de diversos assaltos contra agências dos Correios no interior do RN.

Vale registrar que, no ano de 2019, cooperativa criminosa ligada aos investigados intencionou promover ataques dentro do sistema prisional potiguar, incentivando a violência contra integrantes de facções rivais e estimulando o confronto com forças policiais do estado, fato anteriormente investigado e acompanhado pela atual unidade de ações integradas. Em virtude de tal articulação, no ano de 2020, cinco membros da cúpula da Orcrim foram transferidos para o Sistema Prisional Federal.

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Polícia Federal e as demais forças policiais seguem atuando em sintonia contra o crime organizado no Rio Grande do Norte.


Deicor investiga série de assassinatos na região Oeste do estado

Armas apreendidas na ação do Deicor

Policiais civis da Divisão Especial de Investigação e de Combate ao Crime Organizado – Deicor, realizaram ação na última quarta-feira (19), nas cidades de Caicó, Jucurutu, e sítios no Sertão da Paraíba e Oeste do Rio Grande do Norte. O objetivo foi dar cumprimento a mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Campo Grande/RN, na tentativa de fazer cessar mais de uma dezena de mortes registradas na região oeste.

A investigação é presidida por uma comissão de delegados, tendo a frente o diretor da Deicor, Odilon Teodósio. A comissão foi criada depois da morte do homem identificado como Chico Boi, no dia 10 de julho de 2018, em Janduis.

Na ação desta quarta, os policiais apreenderam três espingardas e dois revólveres, além de munições.

Duas espingardas foram apreendidas

Foi preso, no sítio Salgado, zona rural de Belém de Brejo do Cruz/PB, Francisco das Chagas Garcia da Silva. Ele estava na posse de um revólver de calibre 38. No mesmo sítio, foi apreendido outro revólver de calibre 38, um rifle de calibre 38.

Um adolescente também foi apreendido. Ele assumiu ser dono de uma das armas apreendidas na ação.

Continue lendo


Maiores chuvas foram registradas no Oeste; Veja o boletim da Emparn

Chuvas atingiram a região oeste do estado

A Emparn divulgou os registros de chuvas registrados entre às 07hs da manhã de terça-feira (20) até às 07hs da manhã desta quarta-feira (21). Choveu em 29 postos de captação.

Confira:

REGIÃO OESTE 
Riacho da Cruz (Emater) – 51mm
Campo Grande (Particular 2) – 38,7mm
Jose da Penha (Emater) – 33,1mm
Venha Ver (Emater) – 24mm
São Francisco do Oeste (Prefeitura) – 21mm
Campo Grande (Particular) – 20,2mm
Major Sales (Prefeitura) – 17mm
Apodi (Prefeitura) – 16,5mm
Francisco Dantas (Emater) – 15mm
Pau dos Ferros (Particular) – 14mm
Riacho de Santana (Emater) – 12mm
Alexandria (Emater) – 10mm
Parana (Emater) – 10mm
Rodolfo Fernandes (Prefeitura) – 9,1mm
Rafael Fernandes (Emater) – 8,7mm
Água Nova (Prefeitura) – 8,5mm
Martins (Particular) – 8mm
Paraú (Prefeitura) – 8mm
Viçosa (Prefeitura) – 8mm
Dr. Severiano (Emater) – 7,1mm
São Rafael (Particular Ii) – 6,5mm
Olho D’Água dos Borges (Particular) – 5,5mm
Jucurutu (Emater) – 3,5mm
Portalegre (Particular) – 3,4mm
São Miguel (Emater) – 3mm
Severiano Melo (Prefeitura) – 2,6mm
Caraúbas (Particular) – 2mm

REGIÃO CENTRAL
São Vicente (Emater(ex-particular)) – 17,8mm
Carnaúba dos Dantas (Emater) 0,2mm


Internacional empata com o Oeste e garante acesso

Inter consegue voltar a elite do Brasileirão

O Internacional está garantido na Série A em 2018. Nesta terça-feira (14), o Colorado confirmou o acesso matematicamente ao empatar sem gols com o Oeste, em Barueri (SP). Também pela 36ª rodada, o Brasil de Pelotas venceu o ABC por 3 a 0, em Pelotas (RS). Já Vila Nova e Figueirense ficaram no empate em 1 a 1.

De olho no acesso, Oeste e Internacional duelaram na Arena Barueri. Precisando de apenas um empate para carimbar a volta à elite do futebol brasileiro, o Colorado teve a chance de matar e vencer a partida no último lance do jogo, mas Carlos desperdiçou a oportunidade e o placar permaneceu zerado. Com o empate sem gols, o time gaúcho chegou a 65 pontos e garantiu o acesso com duas rodadas de antecedência. Com 58, o Oeste ainda segue sonhado com uma vaga no G-4.

Continue lendo


Microcrédito financia mais 830 pequenos empreendedores da região Oeste

Microcrédito financia mais 830 pequenos empreendedores da região Oeste – (FOTO: Ivanízio Ramos)

O ginásio de esportes no centro do município de Messias Targino ficou lotado no final da tarde e início da noite desta quinta-feira, 21, para o ato de entrega pelo Governo do Estado de 830 financiamentos do programa Microcrédito do Empreendedor. O programa beneficiou pequenos empreendedores de outros cinco municípios, além de Messias Targino –  Patu, Umarizal, Lucrécia, Janduís e Parau e representa um investimento de R$ 2 milhões.

Os financiamentos são para diversas atividades produtivas como comércio de roupas, cosméticos, perfumaria, salão de beleza, fabricação de doces e salgados, vendas de peças de automóveis, lojinhas de variedades, lanchonetes, oficina mecânica e artesanato, além de prestadores de serviços.

Miriam Naiana vive em Paraú, onde  trabalha com a produção de doces e salgados por encomenda, foi beneficiada com financiamento do Microcrédito no valor de R$ 1.993,88. Ela, que tem 20 anos de idade e conta com a ajuda da mãe e da irmã, disse que vai utilizar os recursos para adquirir material para a produção e embalagens diversificadas. “Com o Microcrédito vou poder trabalhar com maior variedade dos produtos e ampliar nossas vendas“, declarou confiante.

Continue lendo


Sesed reforça policiamento em cidades da região Oeste do Rio Grande do Norte

Sesed reforça policiamento em cidades da região Oeste do Rio Grande do Norte

Uma reunião realizada nesta segunda-feira (10), a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) definiu algumas ações que serão realizadas em cidades da região Oeste do Rio Grande do Norte nos próximos dias.

No encontro, que contou com a presença dos comandantes do policiamento do interior – tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar – ficou acertado que serão realizadas ações ostensivas na região pela PM, que contará com um reforço no efetivo que já foi deslocado para as cidades. Além disso, serão formados grupos para auxiliar nas investigações dos crimes de homicídio ocorridos nos últimos dias.

Já determinei que esse reforço fosse enviado para a região. Iremos realizar operações para identificar a prender os envolvidos nesses crimes, assim como qualquer um que esteja praticando algum ato ilícito na região, garantindo maior segurança para a população”, destacou a secretária da Segurança do RN, Sheila Freitas.


Cidades do Alto Oeste têm suspensão temporária no abastecimento

Um vazamento na adutora Alto Oeste, na entrada da cidade de Lucrécia, paralisou o abastecimento para as cidades de Riacho da Cruz, Viçosa, Portalegre, Olho D’água dos Borges, Lucrécia, Martins, Serrinha dos Pintos, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias. A previsão é que estas cidades voltem a ser abastecidas na quarta-feira (12).

O vazamento ocorreu às margens da RN-117, em um trecho de adutora de grande diâmetro (300 milímetros). Vários motivos contribuem para a dificuldade em executar o serviço. O trecho da adutora a ser consertado está em um alagadiço que cobre a os tubos da adutora. A equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) terá que esperar secar o local, fazer barreiras, para proceder a intervenção.

As cidades de Serrinha dos Pintos, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias, ainda não estão pagando as contas porque a adutora do Alto Oeste ainda está em fase de teste para estas quatro cidades. A fase de teste se caracteriza do período de transição de operação pela empresa contratada para executar as obras, no caso a EIT, que foi contratada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e a Caern. A Companhia só assume integralmente a operação quando o sistema não precisa de nenhum ajuste a ser feito pela empresa executora da obra. Ao ter todas as garantias para fazer o abastecimento, a Caern começa a emitir as contas de água.