De São Fernando para Cracóvia, “Sonho de Oiticica” é selecionado para o Festival de Cinema Off Camera

Pelo segundo ano consecutivo, a Referência Comunicação terá um filme exibido no Festival Off Camera, na Cracóvia. Na edição de 2017, “Domerina” foi um dos filmes escolhidos para participar do festival de cinema independente, realizado anualmente na Europa.

Nesse ano, “Sonho de Oiticica” participou da competição Curta 1 Minuto, do 8º Festival internacional de Baía Formosa, realizado nos dias 01 e 02 de dezembro, sendo selecionado para o Festival off Camera, em 2018. O filme tem direção e roteiro de Raildon Lucena e filmagem e edição de Jefferson Dutra.

“Sonho de Oiticica” conta a história do pescador Inácio Pereira, que herdou a vocação da pesca do seu pai. Em meio a escassez hídrica que assola a região Seridó do Rio Grande do Norte, Inácio sonha em ainda estar vivo para ver a conclusão da Barragem das Oiticicas, que poderá solucionar o problema de falta de água na região.

O júri selecionou os seguintes filmes para participar do Off Camera: “A Espera” (Leandro Solari), vencedor geral; “Entre o Mar” (Adriele Dantas do Nascimento), vencedora IFRN; “Um Mar de Saudade” (Marcos Diniz); “Flor do Rio” (Airasana Busato e Geraldo Pessoa); “Amar Aberto” (Mariland Brito); “Essência de Pescador” (Thawan Tárcio); “Sonho de Oiticica” (Raildon Lucena); “Pescadores” (Anelly Costa, Gustavo Pereira e Isabele da Silva); “Meu Pescador” (Breno Edson) e “Palavras” (Ricardo Peres).

Sonho de Oiticica:



Passagem das Traíras e Oiticica também estiveram na pauta de reunião em Brasília

PASSAGEM DAS TRAÍRAS – Também entrou na pauta, a obra de recuperação da barragem Passagem das Traíras no Município de Jardim do Seridó. O governador solicitou recursos para a obra no reservatório, cuja capacidade de armazenamento é de aproximadamente 50 milhões de metros cúbicos. O secretário adjunto de Recursos Hídricos, Mairton França, explicou que é prudente que os reparos aconteçam agora enquanto ele está completamente seco. A obra total está orçada em R$ 3,1 milhões e beneficiará cerca de 62 mil pessoas.

OITICA – O aditivo no orçamento da Barragem de Oiticica voltou à discussão. Já havia sido solicitada pela Secretaria de Recursos Hídricos uma diferença de R$ 104 milhões, que contempla a construção da Nova Barra de Santana, as indenizações aos moradores das áreas que serão inundadas, a construção de uma nova tomada de água para que o reservatório receba as águas do Rio são Francisco e a realização de estudos técnicos.

O ministro nos informou que estas ações dependem de orçamento, e é preciso ver de onde pode remanejar, para que este aditivo se viabilize. O encontro foi muito positivo e mostrou que as equipes técnicas estão trabalhando de forma sinérgica. Defesa Civil, Semarh e o Ministério da Integração estão falando a mesma língua”, avaliou o adjunto da Semarh, Mairton França.

Também acompanharam o encontro, o coordenador da Defesa Civil do RN, Coronel Elizeu Lisboa Dantas, o secretário Nacional de proteção e Defesa Civil, Coronel Renato Newton, o Secretário de Infraestrutura Hídrica do MI, Antônio de Pádua, e o assessor técnico da defesa civil (RN), Marcus Morais.