Governo Federal anuncia privatização de empresas públicas, órgãos e aeroportos

Depois de anunciar, na terça-feira, a privatização da Eletrobras, o governo federal divulgou nesta quarta um novo pacote do Programa de Parcerias de Investimentos. Serão vendidas a iniciativa privada 57 ativos de controle do estado, como empresas públicas, órgãos e aeroportos.

Uma das privatizações que mais chamou a atenção é a da a Casa da Moeda, órgão que confecciona as notas de real, além de passaportes brasileiros, selos postais e diplomas. Hoje, a Casa da Moeda é ligada ao Ministério da Fazenda. A expectativa é de que o edital seja publicado no terceiro trimestre do ano que vem e que o leilão ocorra no final de 2018.

O anúncio da privatização da Eletrobras, maior grupo do setor elétrico da América Latina, fez com que a empresa ganhasse quase nove bilhões em valor de mercado, chegando a mais de 29 bilhões de reais. Na segunda-feira, o valor era de pouco mais de 20 bilhões. As ações subiram quase 50%.