Justiça nega pedido do Prefeito de Belém do Brejo do Cruz/PB para parar investigações da Câmara Municipal

Prefeito tentou parar investigações da Câmara de Vereadores

O juiz João Lucas Souto Gil Messias, da 1ª Vara Mista da Comarca de Catolé do Rocha (PB), acaba de negar pedido do Prefeito de Belém do Brejo do Cruz (PB), Evandro Maia Pimenta, para parar 06 (seis) investigações instaladas a partir de notícias de fato recebidas pela Câmara Municipal.

Em sua decisão, o juiz destacou a necessidade de que todos os fatos referentes a supostas irregularidades na gestão do prefeito sejam investigados a fundo.

As Portarias atacadas no presente feito, aparentemente estão de acordo com a Legislação, que confere à Câmara de Vereadores o poder-dever de fiscalizar os atos do Executivo. As Portarias em questão foram abertas em razão de ter chegado ao conhecimento do impetrado notícias que mereciam ser investigadas à fundo. A maneira como tais informações chegam à autoridade competente pouco importa. O que importa é que chegaram e, pelo menos nesta análise preliminar, não foram fruto da imaginação ou de perseguição infundada, como alegou-se na inicial. Apenas a título de exemplo, a Portaria 05/2020 foi instaurada a partir de ofício recebido pela Autoridade Competente oriundo do Tribunal de Contas do Estado, assim como ocorreu em outras Portarias aqui discutidas”.


Morre, aos 72 anos, o cantor e compositor paraibano Pinto do Acordeon

Morreu, na madrugada desta terça-feira (21), o cantor e compositor paraibano, Francisco Ferreira Lima, mais conhecido como Pinto do Acordeon. O cantor tinha 72 anos e estava internado desde janeiro no Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo.

Ele estava com a saúde debilitada há vários meses por causa de um câncer.

Natural de Conceição, no Sertão da Paraíba, o músico desde a infância cultivava seu gosto pela poesia regional e foi um dos integrantes da banda de Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”, sua eterna referência.

No ano passado, Pinto do Acordeon foi reconhecido com o título “Mestre das Artes Canhoto da Paraíba”, concedido pelo Governo do Estado.

O corpo de Pinto do Acordeon será velado em João Pessoa, em um cemitério particular, e enterrado na cidade de Patos, no Sertão. A previsão é de que o corpo do artista chegue à capital paraibana por volta das 16h desta terça-feira.

Blog do Mário Sorrentino


Desembargador aposentado Manoel Paulino morre em João Pessoa

Desembargador Manoel Paulino sofreu infarto e morreu

O desembargador aposentado Manoel Paulino morreu nesta sexta-feira (19), em João Pessoa, vítima de infarto. O magistrado tinha 82 anos e deixa esposa e dois filhos.

De acordo com o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Manoel estava internado em um hospital para hemodiálise, porém sofreu três paradas cardíacas e não resistiu à terceira.

Continue lendo

“Operação Sombra” da Polícia Federal resultou na prisão de caicoenses na Paraíba; ENTENDA

A investigação da Polícia Federal do Rio Grande do Norte, que leva o nome de “Operação Sombra”, que tenta prender quadrilha envolvido com assaltos à bancos e carros-fortes e tráfico de drogas, levou a prisão de três pessoas em uma ação conjunta com a Polícia Militar da Paraíba, no final da manhã desta quarta-feira (03), nas imediações da cidade Santa Luzia/PB.

Os detidos, que foram autuados por tráfico de drogas interestadual e associação para o tráfico, são: Huender Regis de Medeiros, de 44 anos, natural de Caicó/RN, Flabson Tairone Gomes, de 23 anos, natural da cidade de Caicó/RN e Mauro Félix Ramalho Júnior, de 26 anos, natural da cidade de São Bento/PB.

A Polícia Militar, através do Comando Regional II, sediado na cidade de Patos, recebeu a informação que nesta quarta-feira, dia 03, passariam pela região, dois carros, possivelmente, carregados com drogas. Com a informação, foram montadas barreiras entre Patos e Teixeira, e entre Junco do Seridó e Santa Luzia. Nesse último trecho, foi aonde aconteceu a abordagem.

Os dois carros, seguiam com destino à Caicó/RN, sendo que o VW SAVEIRO, ano 2016, de cor branca e placas QGD7A13, que era ocupado por Flabson e Mauro, estava a frente e servia como espécie de batedor para o segundo, um FORD KA, ano 2018, de cor branca e placas QGV0H01, que era ocupado por Huender Regis.

No porta-malas do carro de Hender, os policiais encontraram 22.330 vinte e dois quilos e trezentos e trinta gramas de maconha, acondicionada em 23 pacotes feitos com sacos plásticos pretos e fita adesiva, além de 7.000,00 (sete mil reais) em notas de cem e de cinquenta.

Um dos policiais que participou da ação, disse em depoimento na Delegacia da Polícia Federal em Patos, que Huender Regis, confirmou no momento da abordagem que o produto em seu carro era maconha e assumiu a propriedade da droga. Disse ainda que adquiriu o entorpecente em ARCO VERDE/PE.

No veículo aonde estavam, FLABSTON TAIRONE e MAURO FÉLIX, foram encontrados R$ 2.000,00 em notas de cem.

Ainda foram aprendidos 4 aparelhos de telefone celular, pertencentes aos presos.

O Blog Sidney Silva, entrou em contato com o advogado Ariolan Fernandes, que confirmou ter sido constituído para fazer a defesa de Huender Regis. Ele não quis dar mais detalhes de como está atuando, mas, confirmou que acompanhou o depoimento do mesmo em Patos e que seu cliente é inocente.

Em Caicó, enquanto os policiais realizavam os procedimentos em Patos, outra equipe da Polícia Federal cumpria mandado de busca e apreensão na residência e no Sítio de Huender Regis. Um segundo sítio de pessoas ligadas ao preso, ainda foi alvo de mandado de busca pelos federais.


Paraíba muda protocolo e passa a não recomendar Cloroquina para tratamento de Covid-19

Protocolo é mudado no estado da Paraíba o uso da Cloroquina passa a não ser recomendado

Um novo protocolo sobre o tratamento de pacientes com Covid-19 pela Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba não recomenda o uso de hidroxicloroquina para pacientes com a doença causada pelo novo coronavírus. O documento do Centro Estadual de Disseminação de Evidências em Saúde do Covid-19 (Cedes), que traz a alteração, foi divulgado nesta quarta-feira (27). Até o início da semana, o governo do Estado recomendava o uso para casos graves da doença.

A Paraíba é o segundo estado a deixar de recomendar o medicamento para o medicamento para o tratamento do novo coronavírus. O Ceará decidiu nesta segunda-feira (25), por meio de uma nota técnica, não recomendar aos médicos do estado a utilização do remédio. A Covid-19 já matou 24.512 brasileiros até esta terça-feira (26).

Segundo Daniel Beltrammi, secretário-executivo da Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, a recomendação é para que a hidroxicloroquina não seja usada em nenhum caso da doença. Entretanto, os médicos têm o direito de prescrever qualquer medicamento, assumindo totalmente a responsabilidade por receitar a medicação.

*Leia a notícia completa do G1/PB, aqui


Paraíba: ‘Operação Contenda’ prende suspeitos de crimes em São Bento, Catolé do Rocha e Brejo dos Santos

Armas e munições apreendidas pela Polícia de Catolé do Rocha

As polícias Civil e Militar deflagrou na manhã desta quinta-feira (21), a “Operação Contenda” com o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra pessoas suspeitas de assassinatos, tráfico de drogas e posse ilegal de armas de fogo. A ação acontece nas cidades de Catolé do Rocha, São Bento e Brejo dos Santos na Paraíba e em Recife/PE.

Desde o início da manhã, nove pessoas foram presas. Também foram apreendidas armas de fogo, munições, carros e motos roubadas.

O delegado seccional de Catolé do Rocha, Sylvio Rabelo, disse que as ações são coordenadas pela Secretaria de Segurança e que “neste ano, de janeiro a outubro, as ações de prevenção e repressão qualificadas das forças de segurança estaduais resultaram em uma queda de 22% no registro de crimes contra a vida no Estado. O trabalho faz parte do Programa Paraíba Unida pela Paz, que também já apreendeu mais de uma tonelada de drogas e mais de 3 mil armas de fogo no mesmo período“.


Câmara julga recursos de envolvidos em explosão de caixas eletrônicos no RN e na Paraíba

A Câmara Criminal do TJRN, à unanimidade de votos, julgaram e rejeitaram recurso, na sessão dessa terça-feira (7), apresentado por vários envolvidos em uma organização criminosa, com atuações na Paraíba e no Rio Grande do Norte, os quais, desta vez, foram denunciados por um crime ocorrido na cidade de Acari, no Seridó potiguar.

A decisão se relaciona à apelação, na qual a defesa dos acusados argumentou desde duplicidade na condenação até a não participação nos delitos por parte de um dos integrantes, contudo, alegações não acolhidas em sua totalidade pelo órgão julgador, o qual modificou elementos do julgamento de primeiro grau, como dias de multa, dentre outros elementos.


Carreta carregada de cimento tomba entre Paulista e São Bento/PB

Carreta tombou em estrada no sertão da Paraíba

Uma carreta carregada com sacos de cimento tombou no início da manhã desta quarta-feira (08), na PB-293, na altura da comunidade Catingueira, entre as cidades de Paulista e São Bento, no Sertão da Paraíba.

O motorista relatou a populares que se deslocava desde a cidade de Baraúna-RN, juntamente com seu filho, quando perdeu o controle da carreta ao se encadear com a luz de outro veículo que trafegava no sentindo contrário, momento em que freou bruscamente e tombou na pista, caindo dentro de um pequeno açude.

Os ocupantes tiveram apenas ferimentos leves e a estrada teve que ser interditada para que o carro e a mercadoria fossem retirados do local.


Polícia de São Fernando prende foragido da Paraíba acusado de assalto

Josinaldo Pereira era foragido do estado da Paraíba aonde praticou crimes de assaltos – (FOTO: Divulgação/PM)

Policiais militares da cidade de São Fernando/RN, prenderam durante a operação Tiradentes III, o paraibano, JOSINALDO PEREIRA FARIAS, também conhecido como “Babalú”, natural de Juazeirinho/PB. Contra ele, tinha em aberto, um mandado de prisão por crime de roubo. A condenação é de 6 anos e 8 meses de reclusão.

A prisão aconteceu por volta das 08hs40min, na RN 083, na entrada de São Fernando.

O comandante do destacamento, Sargento Da Silva contou ao Blog que o homem trafegava em uma moto pelo desvio da estrada do Britador.

A Guarnição sob meu comando realizava Bliz na operação Tiradentes III, quando abordamos esse cidadão. Quando fizemos a checagem, constatamos o fato e o conduzimos para Delegacia de Polícia Civil e depois para o Presídio “O Pereirão”, aonde fica à disposição da Justiça“, disse.


Maior chuva da Paraíba aconteceu em Nova Floresta com 181mm

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba – AESA, divulgou nesta terça-feira (05), os registros de chuvas das últimas 24 horas. A maior delas foi em Nova Floresta, com 181 milímetros.

Confira as 10 maiores chuvas:

Nova Floresta – 181,5mm
Cuité – 123,2mm
São Vicente do Seridó – 85mm
Ouro Velho – 49mm
Catolé do Rocha – 44,3mm
Areia – 43,2mm
Cubati – 35,5mm
Maturéia – 34,4mm
Catolé do Rocha – 34mm
Cacimbas – 32mm
Pedra Lavrada – 29,5mm


AESA registrou chuva de 115 milímetros em Sousa na Paraíba

A Agência Executiva de Gestão das Águas – AESA da Paraíba, registrou chuva de 115 milímetros na cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba, entre quinta e sexta-feira, dia 18.

Veja aonde forma as 10 maiores chuvas na Paraíba:

Sousa – 115,5mm

Santa Cruz – 57mm

Riacho dos Cavalos – 56,5mm

Aguiar  – 49,2mm

Catolé do Rocha – 40,9mm

Mato Grosso – 39,5mm

Vista Serrana – 36,5mm

Aparecida – 35mm

Vieirópolis – 34,4mm

Itaporanga – 33mm


Advogado e vereador foram presos na Operação Recidiva

Com relação às prisões preventivas realizadas na Operação Recidiva pela Polícia Federal, nesta quarta-feira (22), foram cumpridos mandados contra: Madson Fernandes Lustosa, Marcodes Edson Lustosa Félix, conhecido como Duda (pai de Madson), Charles Williams Marques de Moraes (advogado), Dineudes Possidônio de Melo, Francisco de Assis Ferreira Tavares (vereador de Texeira, conhecido como Assis Catanduba) e Diângela Oliveira Nóbrega (assessora de projetos). Está foragido o empresário Joilson Gomes da Silva.

Continue lendo


Operação Recidiva também sequestrou bens móveis e imóveis

Na Operação Recidiva deflagrada nesta quarta-feira (22), pela Polícia Federal, além das sete prisões preventivas, das oito prisões temporárias e dos 28 mandados de busca e apreensão, o juiz da 14ª Vara da Justiça Federal, deferiu o sequestro de todos os bens móveis e imóveis dos envolvidos, até o montante de R$ 2,3 milhões.

A investigação de MPF, PF e CGU, que resultou na Operação Recidiva, reuniu elementos probatórios que indicam a existência de uma organização criminosa do colarinho branco, com o objetivo reiterado de fraudar licitações públicas em diversos municípios paraibanos, bem como do Ceará, de Pernambuco, de Alagoas e do Rio Grande do Norte, além de mascarar desvios de recursos públicos, lavar o dinheiro público desviado e fraudar os fiscos federal e estadual.

Continue lendo


Operação Recidiva cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ações cautelares penais e a Justiça deferiu 15 pedidos de prisão e 28, de busca e apreensão na Paraíba e no Ceará. As buscas estão sendo realizadas em residências e estabelecimentos comerciais dos dois estados, sendo oito em prefeituras paraibanas. Em todos os locais existem documentos e bens de interesse da investigação. O objetivo é impedir que o grupo criminoso inutilize ou destrua provas ou bens adquiridos com o proveito do crime.

A Operação Recidiva ocorre nesta quinta-feira (22) e está sendo deflagrada em parceria com a Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU). Os presos estão sendo encaminhados para a sede da PF em Patos.

Segundo o MPF, há inveterada reincidência, neste novo caso, de pessoas que já foram investigadas nas operações Desumanidade e Dublê, também ocorridas no âmbito da Procuradoria da República no Município (PRM) de Patos.