Polícia Civil prende em Parnamirim homem com material pornográfico envolvendo criança e adolescente

Policias civis da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente deram cumprimento, na manhã desta quinta-feira (28), a mandado de busca e apreensão em desfavor de um dos alvos da Operação Luz da Infância 4, Fabrício Guto Macedo de Souza, 34 anos. Ele foi preso em flagrante delito, em sua residência, localizada em Emáus, Parnamirim, por armazenar, disponibilizar e transmitir material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. No imóvel, foram apreendidos equipamentos de informática que serão encaminhados ao ITEP para exame pericial. Fabrício Guto confirmou ser o responsável pelo material pornográfico encontrado no seu computador no momento da diligência.

Computador apreendido também armazenava material pornográfico

O suspeito já havia sido preso em flagrante pela Polícia Federal, em Parnamirim, em junho de 2018, por possuir e armazenar material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Na ocasião, em razão de o crime ser afiançável, foi arbitrada fiança e ele foi liberado.

A Operação Luz da Infância 4 está sendo realizada em todo território Nacional e é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A força-tarefa envolveu a Polícia Civil do Rio Grande do Norte e procurou acusados de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do MJSP, com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais, que apresentavam indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva. Esse conhecimento produzido foi repassado às Polícias Civis – em especial às delegacias de proteção à criança e ao adolescente, e de repressão a crimes informáticos – que, por sua vez, instauraram inquéritos e solicitaram aos juízes locais para expedição dos mandados de busca e apreensão.

As ações simultâneas mobilizam um efetivo de mais de 1500 policiais em todo o país. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega em Brasília (US Immigration and Customs Enforcement-ICE), oferecendo cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da Operação Luz na Infância.



Polícia Civil prende quadrilha interestadual responsável por furto de pneus em Parnamirim

Policiais civis da DEPROV, em conjunto com policiais da DECAR/GO, e com apoio de policiais da PCPB e PRF, prenderam nesta terça-feira (19), Alex Alves Tinoco, de 28 anos e a esposa deste, Daiane Alves Morais, de 27 anos. As prisões ocorreram em Natal, por força de mandados de prisão preventiva expedidos pela justiça de Goiás.

Ambos são investigados por integrarem organização criminosa atuante em falsificações, roubo de carga, receptação e estelionato, da qual Alex Alves seria o líder. Em dezembro de 2018, a DECAR prendeu a mãe de Alex Alves, Maria Aparecida Tinoco, investigada pelos mesmos crimes em inquéritos instaurados naquela Especializada.

A prisão do casal gerou diligências durante toda a madrugada e manhã de hoje, que culminaram na prisão de outros integrantes da organização criminosa, identificados como:

Anderson Ribeiro Venâncio, de 39 anos;
Magnum Campelo Diniz, de 33 anos
Rubens Tadeu de Bastos, de 53 anos;
Aquiles Candido da Rocha, de 32 anos;
Hérica Caetano dos Reis Kruger, de 31 anos
Edmilson Albertino Magalhães, de 41 anos

Na ação, foram apreendidos um equipamento Jammer (bloqueador de sinal) e uma pistola de uso restrito.

Trata-se de um grupo extremamente organizado, com movimentação financeira milionária e responsável por diversos eventos criminosos, como roubo, furto, lavagem de dinheiro, homicídio, organização criminosa, entre outros.

A Polícia Civil conta com o auxílio da população no envio de informações que ajudem nas investigações. As denúncias possuem garantia de sigilo e podem ser realizadas por meio do 181.



Polícia apreende adolescente suspeito por latrocínio de mototaxista em Parnamirim

A equipe da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim apreendeu, nesta quarta-feira (23), um adolescente de 17 anos, investigado pela prática de ato infracional análogo ao crime de latrocínio contra um mototaxista.

As investigações da Polícia Civil apontam que o adolescente teria cometido o ato infracional contra o mototaxista Anderson Gomes da Silva, 24 anos, no dia 23 de janeiro de 2018, no bairro de Cajupiranga. A vítima teria sido executada com um tiro na nuca. Um outro adolescente, de 17 anos, que também teria participado da morte do mototaxista já havia sido apreendido pela equipe 2ª. DP de Parnamirim.

A equipe da 2ª. DP de Parnamirim pede apoio da população para elucidar crimes de tráfico de drogas, homicídios, roubos e outros de maior gravidade. Informações podem ser enviadas para o “Disque Denúncia” da delegacia através do aplicativo What’s App nº (84) 98135-6724, sendo garantida a preservação do anonimato do denunciante.



Operação da PF combate fraudes em licitações no RN

Operação da Polícia Federal em Parnamirim

A Polícia Federal deflagrou hoje (17), a Operação “Liber Pretiosa” destinada a apurar a possível prática dos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, peculato, inexigibilidade indevida e fraude à licitação, atribuídos a ex-gestores de Parnamirim/RN, na região metropolitana de Natal e empresários da Paraíba e Pernambuco, os quais mantiveram contratos com o município potiguar, entre os anos de 2013 e 2016.

Estão sendo cumpridos oito mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal/RN nas cidades de Parnamirim/RN, João Pessoa/PB, Abreu e Lima/PE e Recife/PE. Na ação, a PF utiliza 38 policiais federais.

A investigação teve início a partir da notícia de irregularidades em procedimentos de inexigibilidade de licitação e adesão à ata de registro de preços no âmbito da Secretaria de Educação e Cultura do referido município potiguar, voltados para a aquisição de livros didáticos e fardamento escolar. O combate à corrupção é um dos objetivos estratégicos da PF.

Continue lendo



PF do RN prende homem que receberia maconha pelos Correios

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (11), um homem no momento em que receberia cerca de 1,6 quilo de maconha em uma Agência dos Correios, na cidade de Parnamirim/RN. A droga havia sido despachada no Paraná.

Durante verificação rotineira foi detectada, através de inspeção por raio-x, a presença de quantidade significativa de material orgânico no interior da encomenda postal. Acionados, policiais federais acompanharam de forma velada o trajeto do material até seu destinatário.

O homem foi preso e indiciado por tráfico interestadual de drogas, cuja pena pode variar de 5 a 15 anos de reclusão. Após o indiciamento, ele foi encaminhado ao sistema prisional estadual.



PRF evita assalto a ônibus e prende suspeitos na BR 101 em Parnamirim

Material apreendido pela PRF na ação Foto Comunicação Social da PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da tarde deste sábado (24), no perímetro urbano da BR-101, em Parnamirim/RN, dois homens que estavam em um ônibus que fazia a linha Natal/Pipa.

Uma denúncia anônima feita através do número 191 da PRF, informou que quatro homens suspeitos haviam embarcados no ônibus. Momentos depois policiais rodoviários federais fizeram a abordagem.

Durante a fiscalização, foi constatado que dois suspeitos haviam descido em uma parada anterior e na revista aos outros dois, foram encontradas duas armas. Com o primeiro, um homem de 30 anos, foi encontrado um revólver calibre 38, com seis munições intactas. Com o segundo suspeito, um homem de 23 anos, foi encontrada uma faca. Este, além de não portar documento de identificação, ainda informou nome falso.

Após consultas aos sistemas de segurança, foi confirmado que ambos já tinham passagem pela polícia pelos crimes de roubo. Inclusive o homem de 23 anos, estava com um mandado de prisão em aberto, pelo crime de assalto.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão da zona sul em Natal, para adoção dos procedimentos legais.



Currais-novense é preso por extorquir mulheres com fotos íntimas em troca de dinheiro e sexo

Conversas em rede social entre acusado e vítima

Do G1/RN – Um homem de 28 anos foi preso nesta quinta-feira (18), na região metropolitana de Natal, suspeito de extorquir mulheres com fotos íntimas delas. Segundo a Polícia Civil, o golpista enganava as vítimas com perfis falsos nas redes sociais e, após conseguir a confiança, pedia imagens delas nuas. Com as fotos em mãos, para não divulgar as imagens, o homem exigia dinheiro ou até mesmo relações sexuais.

Pelo menos quatro vítimas foram identificadas pela Polícia Civil, até agora. As investigações da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim têm um ano e meio. Segundo a polícia, o homem cobrava entre R$ 200 e R$ 500 para não divulgar as fotos e chegou até a pedir para ter relação sexual com algumas das mulheres para não espalhar as fotos.

Ele mora em Currais Novos, na região Seridó, mas foi preso em Parnamirim, nesta quinta-feira justamente após marcar um encontro com uma dessas vítimas e chegar ao município. A polícia foi avisada e prendeu o homem. Apesar do flagrante, já havia um mandato de prisão e de busca e apreensão aberto contra ele.

Conforme a polícia, o suspeito criava contas falsas sempre usando como primeiro nome “Gustavo”. Em algumas ocasiões, ele se passava por estudante de Medicina e, em outras, por aluno de Odontologia. Chegava, inclusive, a mandar fotos com jalecos para as vítimas. Depois de conseguir as imagens das mulheres, o homem passava a fazer ameaças.

Segundo a Polícia Civil, o homem deverá responder por tentativa de estupro, extorsão, ameaça e uso de documento falso.



Operação do MPRN apura formação de cartel e fraude em licitações em Parnamirim

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou na manhã desta segunda-feira (11) a operação Curto Circuito, que apura os crimes de formação de cartel, fraude em licitações, corrupção ativa e passiva, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em Parnamirim, na Grande Natal. As Polícias Militar e Civil, através do Núcleo Especial de Investigações Criminais (Neic), participam da operação.

A operação Curto Circuito é mais um desdobramento da operação Cidade Luz, deflagrada no dia 24 de julho de 2017 pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Natal. A operação investiga contratos firmados entre a Prefeitura de Parnamirim e uma empresa que presta serviços de manutenção da iluminação pública da cidade.

A operação Curto Circuito conta com a participação de 22 promotores de Justiça e tem o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPRN e do MPPE, das Polícias Militares potiguar e pernambucana, e ainda da Polícia Civil do RN.



Trânsito fluindo normalmente nas rodovias federais no RN

Manifestantes sendo dispersados na BR-101 em Parnamirim

A PRF informa que todos os pontos de manifestação de caminhoneiros no RN foram desmobilizados. O último a ser liberado foi o trecho da BR 101, em Parnamirim, que era o de maior relevância no Estado.

O desbloqueio total foi concluído às 19h30h. Trânsito fluindo normalmente em todas as rodovias federais no Rio Grande do Norte.

As forças de segurança federais e estaduais estarão em mobilização permanente para garantir o direito de ir vir de todos cidadãos brasileiros.




Denarc prende homem com estufa de maconha em Parnamirim

Uma equipe de policiais da Delegacia Especializada em Narcóticos prendeu em flagrante, nesta sexta-feira (12) em Parnamirim, Anderson Kennede da Silva, 28 anos, o mesmo mantinha uma estufa para cultivo de maconha em sua residência. Na casa de Anderson, localizada no bairro de Parque de Exposições, a polícia apreendeu vários jarros com plantas de maconha e duas porções de maconha prensada, já embaladas para a venda.

De acordo com o delegado titular da Denarc Ulisses de Souza, a utilização da estufa no cultivo da maconha gera o desenvolvimento da Skank, conhecida como Supermaconha.

“Ele tinha uma estrutura grande em casa, da forma em que ele estava cultivando, visava a transformação em Supermaconha, o que seria vendida por um valor ainda mais elevado”, afirmou o delegado.

O homem foi autuado por tráfico de drogas, sendo encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.



Parnamirim: Promotor de Justiça aposentado é condenado a 7 anos de reclusão por corrupção passiva

O promotor de Justiça aposentado José Fontes de Andrade foi condenado a 7 anos de reclusão em regime semiaberto pelo crime de corrupção passiva. Ele foi preso em flagrante no dia 24 de outubro de 2012, em Parnamirim, quando negociava propina para arquivar um procedimento contra um empresário. A sentença que condena o promotor aposentado foi proferida nesta quinta-feira (14) e é assinada pelo Juízo da 2ª vara Criminal de Parnamirim.

José Fontes de Andrade foi filmado negociando o recebimento de propina no valor de R$ 12 mil junto a um empresário, mediante acordo de arquivar um suposto procedimento que tramitava na Promotoria de Justiça da qual José Fontes era titular – cuja atuação se dava na defesa do meio ambiente, urbanismo, bens de interesse histórico, artístico, turístico e paisagístico.

Continue lendo



RN: Preso suspeito por movimentar mais de R$ 1 milhão com tráfico de drogas

Uma investigação, que durou 40 dias, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) resultou na prisão em flagrante de Amauri Júnior Siqueira de Souza, de 29 anos, nesta terça-feira (05). O homem foi preso quando estava à rua Parque da Cantareira, no bairro de Nova Esperança, em Parnamirim. Um adolescente que estava na companhia de Amauri foi apreendido.

Nossas investigações estão apontando que Amauri possui uma grande atuação no comércio de tráfico de drogas, chegando a movimentar uma cifra superior a R$ 1 milhão. A ação de Amauri era trazer grandes quantidades de droga, que vinham dos estados da região Norte do Brasil para serem distribuídos em Parnamirim”, afirmou o diretor da Deicor, delegado Odilon Teodósio.

Os policiais apreenderam com Amauri, que diz ser de Rondônia, sacos com cocaína; balança de precisão; duas pistolas calibre 380 com munições; quatro veículos, sendo três carros roubados e um caminhão. Os veículos roubados são modelos Fiat Touro de cor branco; um Jeep Renegade de cor prata e um Hyundai Santa Fé de cor preto. Um caminhão também foi apreendido por ser objeto do crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Odilon Teodósio, Amauri Júnior possui grande probabilidade de ter ligação com dois casais que foram presos por tráfico de drogas pela Polícia Militar, no dia 20 de novembro deste ano, em um condomínio de Parnamirim. “Nós acreditamos que a atuação de Amauri no tráfico de drogas em Parnamirim exercia influência nos índices de violência da cidade e nós, que fazemos a Deicor, não podemos deixar este tipo de cidadão permanecer no convívio da população daquela cidade. Este homem, que possui ligação com a região Norte do país, estava atuando em nosso Estado com a ajuda de outros comparsas possivelmente com a ajuda de criminosos do Sindicato do RN e a Deicor está aqui para enfrentar este tipo de criminoso”, destacou o delegado Odilon Teodósio.

De acordo com o diretor da Deicor, Amauri Júnior responderá por tráfico de drogas, receptação de três veículos, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor.

Veja vídeo com entrevistas do Delegado Odilon Teodósio e do preso Amauri Júnior:



População se une pela paz em Natal e Parnamirim

Imagine uma cidade onde é possível andar pelas ruas tranquilamente, sem medo de nada nem de ninguém. Parece um sonho distante?  Mas até pouco tempo, Natal, Parnamirim e os outros municípios do Rio Grande do Norte eram assim. Ao que se percebe, o mal esta organizado e avançando, e o bem, desarticulado se escondendo com medo de um assalto na próxima esquina.

Na tentativa de chamar atenção de que a inércia do cidadão bem gera a violência e de que só se é possível voltar a ter a paz que a população merece se esta estiver unida, foi que o grupo Renascer com o apoio de vários parceiros como a Rede EuSouDoAmor resolveu realizar a I Caminhada Por Mais Amor e Menos Medo que acontecerá no próximo sábado (11), saindo as 15 horas do Shopping Reis Magos na Av. Maria Lacerda Montenegro, em Nova Parnamirim, seguindo até o  ginásio Jorge  Tavares,  na Avenida Abel Cabral.

Dezenas de pessoas devem participar desta luta que é de todos. A caminhada tem o objetivo de fortalecer os laços entre vizinhos, moradores de diferentes bairros, firmando elos através do diálogo e da solidariedade, pensando ações imediatas e futuras para melhorar a segurança e resgatar a alegria de morar na cidade.

“A paz no mundo começa em mim” – é o convite audiovisual da Caminhada feito pelo cantor Nando Cordel, mensageiro da paz, que brindou o Rio Grande do Norte com essa convocação. Durante o evento vários artistas locais irão prestigiar a mobilização que contará com show de Carlos Zens e banda no encerramento. Terão também espaços recreativos para as crianças, momento de homenagens, e de assinatura de um documento que será entregue a representantes do poder legislativo e executivo a fim de que algo possa ser efetivado para promover a tão necessária segurança nas cidades de Natal e Parnamirim. “Por amor, se você é do bem se junte a nós. Precisamos nos conhecer e nos organizar para caminharmos rumo a um futuro mais humano e pacifico para todos”, disse um dos organizadores do evento, Wendell Araújo.

Os participantes devem vestir roupa branca e estar como o coração disposto a conquistar novos amigos para assim caminhar por mais amor e menos medo



Foragido é capturado e confessa ter cometido roubo e estupro em residência na cidade de Parnamirim

Investigações realizadas pela Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Parnamirim resultaram no interrogatório, realizado nesta quinta-feira (05), do foragido da Justiça Jeová Soares de Lima, vulgo “Galo Cego”, 29 anos, o qual confessou que no dia 29 de junho realizou um roubo em uma residência no bairro Nova Esperança, em Parnamirim, onde, além do crime, também cometeu um estupro. Jeová foi preso em flagrante por furto, na cidade de Goiana, em Pernambuco, utilizando o nome falso de Jaspion Valdevino dos Santos. Ele foi recambiado para o Rio Grande do Norte, onde responde pelos crimes de roubo e estupro, estando foragido do Centro de Detenção Provisória de Nova Parnamirim, desde o dia 31 de maio de 2017, quando teria fugido juntamente a mais outros três detentos.

Em depoimento, Jeová confessou que após a fuga, se evadiu para a residência do sogro, na comunidade de Mendes, em Parnamirim, e logo após para a residência do irmão, no bairro Nova Esperança, onde, no dia 29 de junho, teria saído a procura de uma residência para a prática de roubo, com o intuito de vender os objetos do crime e fugir para João Pessoa, na Paraíba, onde reside a sua ex-companheira. Segundo ele, após selecionar o imóvel, cobriu a face com uma camiseta rosa, e adentrou na casa, onde encontrou uma mulher, uma adolescente e duas crianças, as quais foram rendidas, roubando, em seguida, diversos pertences das vítimas, entre esses, uma televisão portátil, um videogame, um telefone celular, e diversos perfumes femininos.

No decorrer da ação criminosa, a qual ele simulou estar em posse de uma arma de fogo, o homem estuprou uma mulher na sala da casa, tendo anteriormente trancado em um quarto, a adolescente e as duas crianças. Após o cometimento dos crimes, Jeová afirmou que se deslocou para uma oficina, no município de São José de Mipibu, onde tentou vender os produtos do roubo, e em seguida viajou para João Pessoa, na Paraíba, tendo vendido, em um mercado na cidade, todos os pertences das vítimas, entre esses a televisão e o videogame, os quais foram trocados pelo valor de R$ 100,00 reais, cada. Ele confessou ainda que usa drogas, e que já esteve internado no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Acusado de Ato Infracional (CIAD), quando menor de idade. Jeová foi reconhecido pelo terço tatuado na mão e antebraço. Ele foi preso, retornando ao sistema prisional.

Confira imagens do depoimento de Jeová, e da fala da delegada da Deam de Parnamirim, Luana Faraj: