Vereador de São Mamede/PB é preso por crime de peculato e furto

Vereador Chaguinhas Medeiros foi preso em Patos

A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (10), o vereador da cidade de São Mamede/PB, Francisco das Chagas Medeiros (Chaguinhas Medeiros), que é filiado ao PSB. Ele está sendo acusado de desvios e apropriação de equipamentos públicos pertencentes a 6ª Gerência Regional de Educação do Estado da Paraíba com sede na cidade de Patos/PB.

O delegado Demétrios Patricius, da Especializada em Roubos de Furtos disse que na semana passada, chegou denúncia dando conta que uma pessoa que se apresentava como Luiz Augusto estava ofertando um equipamento do tipo roteador em um site de compra e venda na internet. Esse equipamento era tombado pelo órgão educacional com sede em Patos. “Checamos e identificamos que realmente o roteador era do Estado. Fizemos diligência e efetuamos a prisão do acusado. Um agente nosso entrou em contato com ele dizendo que tinha interesse em adquirir o equipamento. Foi marcado um encontro em Patos e quando chegou foi dada voz de prisão“, disse.

A pessoa que foi presa, identificada como Arlan Ravele de Araújo Guerra, que se apresentou como Luiz Augusto, vai responder pelo crime de receptação.

O fornecedor dos produtos era na verdade, o vereador Chaguinhas. Nós saímos em diligência aqui e conseguimos localizar o parlamentar. Vários outros equipamentos foram apreendidos“, confirmou o delegado.

Contra o vereador, foi lavrado o auto de prisão em flagrante por crime de peculato e furto. Logo em seguida foi encaminhado ao presídio Romero Nóbrega. Por se tratar de um crime contra a administração pública, não cabe fiança na fase inicial. No caso de Arlan Ravele, ele pagou fiança e foi posto em liberdade.

Na Delegacia de Polícia Civil, acompanhado de advogado, o vereador, exerceu o direito de permanecer em silêncio e só se manifestar na Justiça.



Chuva forte em Patos provoca alagamentos e derrubou teto de concessionária de carros

Uma forte chuva com rajadas de vento, que começou por volta das 19hs30m desta segunda-feira (09), foi suficiente para deixar várias ruas e avenidas de Patos alagadas e quase intransitáveis.

Ainda não há informação sobre a totalização dos pluviômetros instalados em alguns bairros, mas o temporal inundou boa parte da cidade sem maiores transtornos a população.

As rajadas de vento conseguiram derrubar algumas árvores e provocaram um incidente em uma revendedora de veículos que funciona após a Ponte Figueiredo, no Monte Castelo, chegando a derrubar boa parte do teto da empresa em cima de vários carros.

*Fonte: PortalPatos