Patrício e Francisco Garcia fugiram antes da Operação Derrame ser deflagrada

Francisco das Chagas (de amarelo) e Patrício Garcia foram presos em Gravatá – (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR – em conjunto com a Delegacia de Polícia Civil de Gravata/PE, prenderam na tarde de domingo (28), PATRÍCIO HENRIQUE GARCIA DA SILVA NERES e FRANCISCO DAS CHAGAS GARCIA DA SILVA, ambos foragidos da operação “DERRAME”, deflagrada pela DEICOR, no dia 24, passado, onde foram cumpridos 04 mandados de prisão e mandados de busca e apreensão nas cidades de Janduis, Caicó, Jucurutu, Timbaúba dos Batista, São Gonçalo e Natal.

No dia da operação os dois estavam morando em Gravata/PE, não sendo possível às prisões.

PATRÍCIO GARCIA chegou a dar entrevista na Rádio Rural FM de Caicó, via ligação telefônica, na qual ele afirmava que a polícia não conseguiria prendê-lo, e não se entregaria.

Após diligências das equipes, ambos foram localizados e presos, com a ajuda da Delegacia de Polícia Civil de Gravatá/PE. Na casa de PATRÍCIO foi encontrado um revólver calibre 38, sendo autuado por posse ilegal de arma de fogo.

Nesse momento às equipes da DEICOR estão recambiando os dois para o Estado do Rio grande do Norte onde deverão permanecer à disposição da justiça e responder por seus crimes.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP da DEICOR (84) 98135-6796.


Polícia Civil prende em Pernambuco, o foragido de Janduís/RN, Patrício Garcia

Patrício Garcia foi preso em Gravatá, no Pernambuco

Uma operação conjunta da Polícia Civil de Gravatá/PE com o DEICOR do Rio Grande do Norte, prendeu em flagrante o FORAGIDO da Justiça Potiguar, PATRÍCIO HENRIQUE GARCIA DA SILVA NERES. Com ele estava, FRANCISCO DAS CHAGAS GARCIA DA SILVA, que também foi detido.

Os dois foram localizados no sítio Camoçim, zona rural de Gravatá. No local, os policiais encontram um revólver de calibre 38 com 6 munições.

Após a prisão e autuação dos dois em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, ambos foram encaminhados para o Presídio de Vitória de Santo Antão, aonde ficam à disposição da Justiça.

A Polícia Civil informou que Patrício foi o investigado que concedeu entrevista na Rádio Rural FM 102,7, de Caicó, na última quinta-feira (25) criticando a atuação do trabalho da Polícia Judiciária Potiguar.

*Aguardem novas informações…