Radialista é preso em nova fase da ‘Calvário’ suspeito de extorsão de investigados

O radialista Fabiano Gomes foi preso na manhã desta terça-feira (10) na oitava fase da Operação Calvário, em João Pessoa. Ele é suspeito de atrapalhar as investigações solicitando dinheiro aos investigados para não divulgar informações sigilosas. Outros nove mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em João Pessoa e Bananeiras, na Paraíba. Um auditor também é investigado.

Radialista Fabiano Gomes foi preso novamente

A defesa do radialista Fabiano Gomes ainda não teve acesso a decisão do desembargador Ricardo Vital, mas acompanha a busca e apreensão e a prisão temporária. No entanto, informou estar surpresa com ação, pois, segundo a defesa, “Fabiano até então não era investigado, citado ou sequer foi ouvido antes pelo Gaeco na Operação Calvário, a quem sempre se colocou e novamente se coloca à disposição para todo e qualquer esclarecimento“.

A 8ª fase da Operação Calvário e investiga a lavagem de dinheiro de recursos desviados de organizações sociais da área da saúde, por meio de jogos de apostas autorizados pela Loteria do Estado da Paraíba (Lotep).

De acordo com as investigações, parte dos recursos teriam sido desviados com a participação de um auditor do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Ele teria recebido uma valor para atrapalhar a fiscalização nas organizações sociais.

Além disso, também com o objetivo de impedir a investigação da Operação Calvário, o radialista Fabiano Gomes estaria utilizando canais da imprensa para constranger os investigados ou potenciais investigados. Ele teria solicitado a eles uma quantia em dinheiro para não revelar nenhum conteúdo sigiloso sobre eles.

Ao todo, 55 policiais federais e cinco auditores da Controladoria Geral da União participaram do cumprimento dos mandados, que aconteceram nas residências dos investigados e no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.

As ordens foram expedidas pelo Desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba.

*Fonte: G1/PB


Comerciante é raptado e tem caminhonete com placas de Caicó roubada em São Bento-PB

A Polícia Civil está investigando o rapto de um comerciante e o roubo de sua caminhonete HILUX, ano 2019/2020, de cor branca e placas QGU-7G88, com inscrição em Caicó-RN.

De acordo com informações do portal Catolé News (www.catolenews.com.br), uma guarnição da 3ª CIA de São Bento, no Sertão da Paraíba, foi acionada no início da manhã de sábado (07), para se deslocar à Fazenda Oriente. A informação era que um comerciante estava sequestrado.

A vítima que foi localizada, disse aos policiais que 6 homens armados de revólveres e pistolas, renderam as pessoas que estavam na fazenda, até a chegada da vítima. E que este comerciante, ao chegar também foi rendido e levado até a cidade. Os bandidos estavam atrás de dinheiro, e depois teriam retornado a fazenda. Depois, eles fugiram levando a caminhonete e o comerciante que foi liberado em uma estrada de terra em Belém do Brejo do Cruz.


Vendedores de confecção são assassinados a tiros em Brejo do Cruz/PB

Carro era ocupado por vítimas

Pelo menos 3 pessoas foram assassinadas a tiros na cidade de Brejo do Cruz, no sertão da Paraíba, na noite desta sexta-feira (06). Uma quarta vítima foi socorrida com vida para uma unidade hospitalar.

Os mortos foram identificados como Alex Santos Flor, de 23 anos, Cícero Alexandro do Nascimento, de 34 anos, e Elias. O outro que foi baleado e socorrido, trata-se de Vinicius da Silva, de 21 anos. Todos são naturais da cidade de Picuí. Eles tavam no interior de um veículo Ponto de cor vermelha e placas OET-3887, com inscrição em Belém de Caiçara/PB.

As polícias Civil e Militar estão em diligências para tentar prender os suspeitos pelo crime. A motivação ainda é desconhecida.


Carro da Secretaria de Saúde de Picuí capota na BR-104 e deixa feridos, na PB

Um acidente envolvendo uma van da Secretaria de Saúde da cidade de Picuí, na Paraíba, deixou aproximadamente nove feridos na tarde desta segunda-feira (24), na BR-104.

Van conduzia pacientes para tratamentos em Campina Grande – (Foto: Reprodução: TV Paraíba)

O motorista perdeu o controle da direção em uma curva, entre as cidades de Remígio e Barra de Santa Rosa, e o carro saiu da pista e capotou. Cerca de dez pessoas estavam na Van, a maioria pacientes que realizam o tratamento contra câncer e hemodiálise no Hospital da FAP em Campina Grande.

As vítimas com ferimentos leves foram socorridas e levadas para uma unidade de saúde em Barra de Santa Rosa e depois encaminhadas para o Hospital da cidade de Picuí. Outras três sofreram escoriações e foram encaminhadas para o Hospital de Trauma de Campina Grande e uma para a cidade de Esperança. O motorista não sofreu nenhum ferimento.

Segundo informações do prefeito da cidade, Olivânio Dantas, a suspeita é de que um pneu do veículo tenha estourado e causado o acidente.

O estado de saúde das vítimas levadas para o Hospital de Trauma de Campina Grande é estável.

*G1/PB


Ex-presidiário é assassinado em São Bento – PB

Um homem, inicialmente identificado como Fabrício, foi assassinado na noite de sábado (01), em São Bento/PB.

Segundo informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, a vítima residia na localidade conhecida por ‘pinga fogo’. Ele era ex-presidiário.

A vítima estava numa casa, vizinho ao “Bar da Cabeça”, quando dois homens armados chegaram atirando. Logo após, fugiram.


Hospital de Cajazeiras/PB, inscreve em seleção para contratação de sete médicos

Estão abertas as inscrições para seleção com sete vagas para médicos no Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), no campus de Cajazeiras, no Sertão do estado.

Conforme o edital divulgado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), as inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 5 fevereiro no site da organizadora. Os salários são de 8.647,57.

Continue lendo

MPF abre inquérito civil para investigar possíveis fissuras no açude de Santa Luzia-PB

G1/PB – Um inquérito civil público vai apurar a possível existência de fissuras na barragem do açude José Américo, localizado no município de Santa Luzia, Sertão da Paraíba. A portaria que instaura o inquérito foi publicado no Diário do Ministério Público Federal Eletrônico (DMPFE) desta quinta-feira (28) e foi assinada pelo procurador da República Tiago Misael Martins.

No texto, contudo, o procurador não explica o que motivou a abertura de investigação.

A reportagem do G1 entrou em contato com João Pedro Chaves, gerente de operações de mananciais da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) do Governo da Paraíba.

Ele explicou que o primeiro passo é localizar o proprietário do manacial e notificá-lo para analisar o local e eventualmente recuperá-lo. Segundo João Pedro, o açude pode ser do Estado, da União ou mesmo particular. E que, a depender do caso, a fiscalização pode ficar ou com a Aesa ou com a Agência Nacional de Águas (ANA).

De toda forma, ele disse que ao menos por ora a Aesa não foi notificada de nada. A ANA também foi procurada, mas os telefonemas não foram atendidos.


Onze vereadores de Santa Rita, PB, são presos suspeitos de desviar dinheiro público para viagem

G1/PB – Onze vereadores e um contador da Câmara Municipal de Santa Rita, na Grande João Pessoa, foram presos na madrugada desta terça-feira (5), suspeitos de desviar dinheiro público para custear despesas de uma viagem feita para a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. Os parlamentares foram detidos durante a operação ‘Natal Luz’ do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

De acordo com o delegado Allan Terruel, a operação teve início após o MP suspeitar da viagem dos vereadores, que usaram um seminário como justificativa para a ida a Gramado. A empresa organizadora da viagem seria da cidade de Sergipe, o que fez a investigação ser iniciada. A operação contou com a participação da Gaeco da PB e do Rio Grande do Sul, além da Polícia Civil de Sergipe. De acordo com a operação, só em diárias foram gastos R$69 mil.

Monitoramos todas as atividades dos vereadores e de todas as pessoas que os acompanhavam. A polícia civil fez o levantamento da empresa que estaria responsável pelo suposto seminário e pela viagem, e foram confeccionados dois relatórios“, explicou o delegado, acrescentando que todas as ações levam a confirmar uma viagem de lazer e turismo. Entre os vereadores detidos, está o presidente da câmara do município, Anésio Alves.

Ainda segundo Terruel, foi confirmado que os parlamentares forjaram o evento para realizar a viagem com dinheiro público. Os vereadores foram encaminhados para a Central de Flagrantes, em João Pessoa, onde aguardam a audiência de custódia, prevista para acontecer ainda nesta terça-feira (5).

Vereadores presos durante a operação ‘Natal Luz’

  • 1 – Anesio Alves de Miranda Filho
  • 2 – Brunno Inocencio da Nóbrega Silva
  • 3 – Carlos Antônio da Silva
  • 4 – Francisco de Medeiros Silva
  • 5 – Diocélio Ribeiro de Sousa
  • 6 – Francisco Morais de Queiroga
  • 7 – João Evangelista da Silva
  • 8 – Ivonete Virgínio de Barros
  • 9 – Marcos Farias de França
  • 10 – Sérgio Roberto do Nascimento
  • 11 – Roseli Diniz da Silva

Polícia Civil prende líder de facção criminosa do RN; “Daniel Assado” era foragido de Caicó

Daniel foi preso em João Pessoa na Paraíba

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (17), um homem apontado como o líder de uma facção criminosa que atua no estado do Rio Grande do Norte.

Daniel Batista de Almeida, de 23 anos, foi localizado por equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco). Ele estava escondido no bairro do João Paulo II, em João Pessoa/PB. Daniel, mais conhecido como “Madrugão” e “Assado”, era procurado pela justiça por envolvimento em tráfico de drogas.

Segundo o delegado Alan Terruel, titular da Draco, o preso foi enviado pela facção criminosa para atuar na Paraíba no fornecimento de entorpecentes.

A Polícia Civil iniciou um trabalho de investigação e detectou essa movimentação na Paraiba. A facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte busca se ramificar na Paraíba, o que vem sendo combatido pela Draco”, afirmou.

O preso será apresentado ao Poder Judiciário durante audiência de custódia, para , em seguida, ser recambiado ao Rio Grande do Norte.

Daniel Assado era procurado pela Polícia Civil de Caicó, desde a deflagração da Operação Progresso.


PM intercepta quadrilha que planejava atacar bancos no Sertão da Paraíba

Material apreendido pela polícia

A Polícia Militar interceptou uma quadrilha, no início da madrugada desta segunda-feira (15), na cidade de Teixeira, e apreendeu todo o material que o bando estava transportando para possivelmente atacar bancos no Sertão da Paraíba, esta semana. Até agora, três pessoas foram detidas e a PM continua as buscas na região para prender mais envolvidos. A identificação deles ainda está sendo confirmada.

A ação policial, realizada pela 4ª Companhia do 3º Batalhão, começou pouco depois da meia noite. Um veículo que vinha na PB-110, na região de Teixeira, não obedeceu a ordem de parada dada pela PM e teve início uma perseguição. O grupo criminoso acabou perdendo o controle do carro e bateu em uma pedra.

Duas pessoas foram detidas ainda no local. Um terceiro suspeito foi preso agora no começo da manhã, em São José do Bonfim. As buscas continuam.

Até agora, foram apreendidas vinte e cinco bananas de dinamite, fuzil, duas submetralhadoras, pistola, carregadores, quase seiscentas munições de armas de grosso calibre, várias espoletas, cinco coletes balísticos, touca ninja, lanternas de cabeça, motosserra, lixadeiras, alicate grande, discos de corte, um rádio comunicador e outros materiais usados por quadrilhas que atacam bancos.

*PatosVerdade


PRF recupera em São Mamede/PB, caminhonete roubada em Pernambuco

Caminhonete foi recuperada pela PRF em São Mamede

Patos Verdade – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na manhã deste sábado (6) uma caminhonete roubada no Estado de Pernambuco, durante uma abordagem na Unidade Operacional (UOP) em São Mamede, no Sertão paraibano.

Foi dada a ordem de parada ao veículo VW/Amarok, placas NPT-5191/PB, conduzida por Thiago da Rocha, e ao verifica o CRLV foi constatado que tinha registro de roubo/furto.

De acordo com a PRF, a VW/Amarok havia sido tomada por assalto na última quinta-feira, dia 4, por quatro bandidos, armados, na cidade de Itambé, localizada na Zona da Mata pernambucano.

O motorista foi conduzido para delegacia de Polícia Civil na cidade de Santa Luzia para prestar esclarecimentos.

*Airton Alves com informações da PRF.


“Cara de Chinelo” é preso em São Bento/PB acusado de homicídios, roubos e sequestros

Arma apreendida com Cara de Chinelo

Policias civis e militares prenderam na tarde desta quarta-feira (19), na cidade de São Bento/PB, Alberto de Oliveira Dantas, o “Cara de Chinelo”, natural de Brejo dos Santos/PB, acusado de ser pistoleiro com mais de 10 homicídios praticados em Catolé do Rocha, São Bento e outras cidades do sertão paraibano.

No momento da prisão, Cara de Chinelo empreendeu fuga e entrou uma residência aonde fez reféns uma idosa e uma criança de 7 anos. Os polícias conseguiram prendê-lo e com ele encontraram uma pistola de calibre 9mm, de uso restrito.

O delegado seccional da cidade de Catolé do Rocha, Silvio Rabelo, disse ao Blog Sidney Silva, que o homem cometeu homicídio há dois dias. Ele também praticou sequestros e outros crimes como roubo. Inclusive, havia em aberto, um mandado de prisão.

Cara de Chinelo participou de assalto aos Correios em Timbaúba dos Batistas/RN

Em 2013, policiais militares de Caicó e de Jardim de Piranhas, prenderam na zona rural da cidade de São Bento/PB, o Cara de Chinelo, na época com 18 anos. No dia anterior, ele participou do assalto à Agência dos Correios da cidade de Timbaúba dos Batistas/RN. Na ação, um dos seus comparsas morreu em confronto com a Polícia nas imediações de Caicó.


MPF em Patos/PB ajuíza quinta denúncia da Operação Recidiva

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou a quinta denúncia no âmbito da Operação Recidiva. Os denunciados são: os empresários Dineudes Possidônio de Melo e Madson Fernandes Lustosa; o contador e advogado Charles Willames Marques de Morais; o vereador de Teixeira (PB) Francisco de Assis Ferreira Tavares; os engenheiros Émerson Levingston Gadelha Medeiros, Mílton Barbosa de Freitas e Dinart Moreira e Santos; além do secretário de Obras de Imaculada (PB), José Serafim Sobrinho.

Operação Recidiva é alvo de mais uma denúncia

De acordo com a nova denúncia do MPF, os acusados estão envolvidos em crimes cometidos no município de Imaculada, no Sertão paraibano, onde a Construtora Millenium executou obras em duas quadras poliesportivas com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As obras foram vistoriadas pela Controladoria-Geral da União (CGU), de 30 de julho a 3 de agosto de 2018. A CGU constatou mecanismo de fraude licitatória e desvio de recursos públicos.

Segundo o Ministério Público Federal, Dineudes e Charles praticaram o fato típico previsto no artigo 90 da Lei 8.666/93, ao fraudarem, mediante apresentação de três documentos falsificados, o caráter competitivo do procedimento licitatório TP n.03/2014, com o intuito de obter, para si, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação. A pena prevista é de dois a quatro anos de detenção, além de multa. Dineudes e Charles praticaram ainda, com os demais denunciados, o crime de peculato. Além da aplicação de penas privativas de liberdade, o MPF requer à Justiça perda de cargo, emprego, função pública ou mandato eletivo dos réus, bem como fixação de valor mínimo para reparação dos danos aos cofres públicos.

Dos denunciados nesta quinta ação penal, Dineudes, Madson, Charles e Francisco de Assis já têm condenações na 14ª Vara da Justiça Federal em Patos, no âmbito da Recidiva. Os quatro estão presos preventivamente.

A operação – Deflagrada em novembro do ano passado, a Operação Recidiva indica a existência de uma organização criminosa que tinha objetivo de fraudar licitações públicas (em obras de construção civil) em diversos municípios paraibanos, bem como do Ceará, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte, além de desviar recursos públicos, lavar dinheiro público desviado e fraudar os fiscos federal e estadual. Já são cinco ações penais e duas ações civis ajuizadas. O Ministério Público Federal estima em R$ 20 milhões os prejuízos.

Ação nº 0800339-06.2019.4.05.8205 (confira a denúncia)

Confira todas as notícias da Operação Recidiva


Polícia prende dois acusados de matar caicoense em Catolé do Rocha

Galeguinho confessou o crime

Policiais da cidade de Catolé do Rocha/PB, prenderam nesta terça-feira (07), dois homens acusado do assassinato de José de Arimateia Diniz, caicoense.

A vítima foi morta a facadas e depois teve o corpo queimado em um terreno baldio no Bairro da Palha, na cidade paraibana.

Primeiro, foi preso, ALAN LOPES DE ARAÚJO, o GALEGUINHO, de 22 anos, também, natural de Caicó/RN, residente na Rua André Sales, Nº 36, no Bairro Barra Nova. Em depoimento, ele confessou o crime e fez com que todos acreditassem, inicialmente, que o corpo carbonizado era seu.

Francisco Eudes foi preso, mas, nega participação no crime

A arma do crime, uma faca peixeira, foi apreendida nas ações realizadas pela polícia.

O segundo preso, é Francisco Eudes pereira da Silva, mais conhecido por EUDINHO, que já responde por envolvimento com o tráfico de drogas, e estava no semi-aberto.

O Eudinho, nega a participação no crime.