Please enter banners and links.


Pedreiro acusado de matar e enterrar menina de 12 anos em Natal vai a júri popular nesta quarta (19)

Começou por volta das 9h desta quarta-feira (19) o júri popular do pedreiro Marcondes Gomes da Silva, acusado de matar a estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos – crime ocorrido em março do ano passado na comunidade da África, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal. O julgamento acontece no Tribunal do Júri do Fórum Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova.

Marcondes responde pelos seguintes crimes:

Homicídio doloso triplamente qualificado (motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e emprego de meio cruel);

Estupro de vulnerável;

Ocultação de cadáver.

Nada vai trazer a Iasmin de volta, mas a aplicação de uma pena rigorosa, bem acima dos 20 anos de reclusão, vai aliviar um pouco a dor da família da menina“, disse o advogado Emanuel Grilo, que atua no julgamento como assistente de acusação.

*Anderson Barbosa do G1/RN

* Veja aqui a notícia completa



No final de semana, pedreiro é assassinado dentro de bar na Zona Oeste de Caicó

Eduardo Alves, foi assassinado dentro de um bar na Zona Oeste de Caicó

O Instituto Técnico-Científico de Perícia -ITEP ainda registrou no final de semana, um assassinato na cidade de Caicó.

O crime contra o pedreiro, Eduardo Alves dos Santos, de 48 anos, que era natural da cidade de Brejo do Cruz/PB, foi registrado na noite de sábado (04), por volta das 19hs, no Bar da Amizade, localizado na Rua Odilon Lebarre, no Bairro Barra Nova II, próximo da residência da vítima.

Dois homens em uma moto chegaram ao estabelecimento, entraram e abriram fogo contra a vítima que morreu ali mesmo. A dupla empreendeu fuga com destino ignorado.

A Polícia Militar foi acionada e ainda fez várias diligências, mas, ninguém foi preso.

Os peritos do ITEP recolheram o corpo para ser necropsiado.