PF: “Operação Além Mar” desarticula esquema de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro

Ação da Polícia Federal aconteceu em vários estados – (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal, deflagrou na manhã de hoje (18/08), a Operação Além-Mar, que investiga esquema de Tráfico Internacional de Drogas e Lavagem de Dinheiro.

Estão sendo cumpridos 139 mandados de busca e apreensão e 50 mandados de prisão (20 prisões preventivas e 30 prisões temporárias), expedidos pela 4ª Vara Federal – Seção Judiciária de Pernambuco. Os mandados são dirigidos a endereços e pessoas localizados em 13 estados (AL, BA, CE, DF, GO, MS, PA, PB, PE, PR, RN, SC, SP).

Foi determinado, ainda, pela Justiça Federal o sequestro de aviões (7), helicópteros (5), caminhões (42) e imóveis (35) urbanos e rurais (fazendas) ligados aos investigados e ao esquema criminoso, além do bloqueio judicial do valor de R$100 milhões.

Participam da ação por aproximadamente 630 policiais federais.

Continue lendo

PF e Receita Federal apreendem 703,95 kg de cocaína no porto de Natal

Sugestivo o elefante branco em destaque para identificar a droga dentro do carregamento

A Polícia Federal realizou na noite de sábado (15), a maior apreensão de cocaína deste ano no Porto de Natal. O trabalho foi realizado em conjunto com a Receita Federal. No total, 703,95 kg da droga, foram encontrados dentro de um container carregado de manga que seguiria para a Europa.

A descoberta do entorpecente aconteceu em decorrência da intensificação do trabalho de fiscalização realizado pela PF e pela RFB naquele Terminal Portuário.

As investigações terão prosseguimento com o objetivo de identificar a autoria desse crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode variar de 7 a 25 anos de reclusão.

A Polícia Federal acredita que essa apreensão reforça a importância das reuniões da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis – CESPORTOS. Essa mesma Comissão, que é presidida pela PF e integrada pela RFB, tem como missão prevenir e reprimir os atos ilícitos nos portos, terminais e vias navegáveis.

Desde 2019, a Polícia Federal já apreendeu, em cooperação com a Receita Federal e somente no Porto de Natal, mais de 5 toneladas de cocaína.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte
cs.srrn@dpf.gov.br | @pfnorn | www.gov.br/pf/pt-br
(84) 3204.5588


Operação da PF combate no RN desvios em financiamentos do Pronaf

Polícia Federal deflagrou ação contra crimes no RN

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 6/8, a Operação Chupim destinada a apurar atos de fraude e desvio em financiamentos vinculados ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura – PRONAF, além de corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais.

Estão sendo cumpridos 3 mandados judiciais de busca e apreensão nas cidades de Natal e Nova Cruz/RN.

A investigação teve início em razão de apuração interna do Banco do Brasil que identificou atuação irregular do gerente da agência bancária em Canguaretama/RN em cerca de 85 financiamentos do Pronaf, com prejuízo potencial de R$ 2.180.504,34.

Continue lendo

Operação da PF combate contrabando de cigarros no interior do RN

A Polícia Federal em Mossoró, com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 29/7, a Operação Smoke Route para combater o contrabando de cigarros no interior do Rio Grande do Norte.

Cerca de 40 Policiais Federais cumpriram 3 mandados de prisão preventiva, 10 mandados de busca e apreensão, além de dar cumprimento à cautelares diversas das prisões decretadas contra 3 investigados. Todas as medidas judiciais foram determinadas pela 12ª Vara da Justiça Federal em Pau dos Ferros/RN. As prisões e buscas ocorreram em cidades potiguares situadas na Região Oeste: Umarizal, Riacho de Santana e José da Penha.

Continue lendo

PF prende trio suspeito de agir como “seguranças” no transporte de cigarros contrabandeados no RN

A Polícia Federal em Mossoró cumpriu na tarde desta segunda-feira (29), em Umarizal, Região Oeste Potiguar, um mandado de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva expedidos pela 12ª Vara da Justiça Federal/RN, contra dois motoristas de caminhão, de 30 e 38 anos, respectivamente, e mais um autônomo, de 33 anos, todos oriundos do estado do Pará.

Os homens são acusados de integrar uma organização criminosa que se dedica ao contrabando de cigarros. Um outro mandado de prisão expedido contra um conhecido comerciante de 33 anos, residente em Umarizal, deixou de ser cumprido tendo em vista que ele não foi localizado e encontra-se foragido.

Continue lendo

Fabrício Queiroz é preso pela PF no Rio de Janeiro

Fabrício Queiroz é preso

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz foi preso em Atibaia (SP) na manhã desta quinta-feira (18). Ele estava no imóvel do advogado do parlamentar.

Os mandados de busca e apreensão e de prisão foram expedidos pela justiça do Rio de Janeiro, num desdobramento da investigação que apura esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

G1


Auxílio Emergencial: PF vai investigar possível ação de quadrilha contra caicoenses

Vítimas procuraram a Caixa e foram informadas de possível golpe

A Polícia Federal vai começar a investigar a ação de uma possível quadrilha especializada em roubo “virtual” de dinheiro, inclusive, alguns caicoenses já foram vítimas do grupo.

O Blog Sidney Silva tomou conhecimento que nesta segunda-feira (08) várias pessoas procuraram a agência local da Caixa Econômica Federal para tentar entender o motivo de não terem recebido a segunda parcela do Auxílio Emergencial. Lá, tomaram conhecimento que seu dinheiro foi retirado da conta digital sem que elas percebessem. Um funcionário orientou que cada um fizessem uma contestação e assinassem um documento autorizando a abertura da investigação pela PF.

As vítimas disseram que receberam a primeira parcela normalmente, mas, a segunda, não.

A possibilidade é que a quadrilha tenha tido acesso aos dados da conta digital das pessoas e feito a retirada do dinheiro sem serem percebidos.


PF prende cinco pessoas e faz apreensão recorde de maconha no aeroporto de Natal

Droga foi apreendida no Aeroporto da grande Natal pela Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite do último sábado (23), no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, na grande Natal, quatro mulheres e um homem, acusados de tráfico de drogas. O grupo, composto por duas catarinenses, de 27 e 29 anos; uma paranaense, 29 anos e uma paraibana, 22 anos, havia desembarcado de um voo que teve origem em Guarulhos/SP. Na bagagem, traziam 47,44 quilos de maconha.

A ação aconteceu durante uma fiscalização de rotina junto ao setor de desembarque doméstico. Após uma rápida entrevista com alguns passageiros, os policiais observaram o comportamento suspeito das quatro jovens que ficaram visivelmente nervosas e não souberam informar, com precisão, o real motivo da viagem e, tampouco, onde ficariam hospedadas. Desconfiados, os agentes pediram então que elas abrissem as malas para uma inspeção e logo encontraram os tabletes da droga.

Na sequência, um paraibano, de 29 anos, foi identificado e preso no saguão. Ele aguardava e daria suporte, em princípio, a uma das mulheres. No seu carro, foram encontradas uma balança de precisão e vestígios de substância entorpecente.

Após receberem voz de prisão, os cinco suspeitos foram levados para autuação na Superintendência da PF. Durante o interrogatório, a maioria preferiu invocar o direito constitucional de se manifestar apenas em juízo.

Uma das mulheres possui antecedentes criminais e já havia sido presa pela Polícia Federal na Bahia, por idêntica conduta criminosa, quando em setembro de 2019, tentou embarcar para Lisboa, Portugal, levando na bagagem, pasta-base de cocaína.

Indiciadas por tráfico interestadual de drogas, as pessoas presas permanecem custodiadas na sede da PF, à disposição da Justiça.

Esta foi a maior apreensão de maconha da história realizada pela Polícia Federal em aeroportos do Rio Grande do Norte.

Apesar das restrições impostas neste período de pandemia, a Polícia Federal segue vigilante na sua missão de reprimir a atuação de criminosos no estado potiguar.


Bolsonaro exonera diretor-geral da PF

O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Leite Valeixo, levado ao cargo pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro foi exonerado do cargo nesta sexta-feira (24). O decreto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e foi publicado no Diário Oficial da União.

Não há ainda um substituto para o comando da PF.

*Veja a matéria completa do G1 aqui


Grupo que planejava atacar carros-fortes e bancos no Sertão da Paraíba é preso na BR-230

Humberto Vital (Catolé News)- Seis suspeitos de planejar ataques a carros-fortes e bancos, foram presos em uma operação realizada nesta quinta-feira (16), em Aparecida, Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o grupo foi preso com armas escondidas embaixo da carroceira de um carro.

Segundo a polícia, os seis suspeitos estavam com uma metralhadora, quatro fuzis, uma pistola, explosivos e munições. O grupo estava dividido em dois veículos, com placas de Minas Gerais, e em um deles estavam as armas escondidas.

Ainda de acordo com informações da Polícia Militar, a apreensão do grupo foi feita após um trabalho integrado entre a Polícia Militar da Paraíba, Polícia Federal do Rio Grande do Norte, Polícia Federal da Paraíba e Polícia Civil da Paraíba.

Os suspeitos são dos estados do Maranhão, Ceará, Pernambuco e Bahia, e foram levados para a sede da Polícia Federal em Patos.

Segundo a polícia, operação irá continuar até chegar em outros integrantes da quadrilha.


Operação Tricerátops cumpre mandados de prisão contra grupo criminoso que agia em estados do Nordeste

Operação foi deflagrada e teve a participação das forças policiais

A Força-Tarefa de Combate às Facções Criminosas no Rio Grande do Norte, coordenada pela Polícia Federal e composta de policiais federais, policiais militares e policiais civis da SESED/RN e, ainda, agentes penitenciários federais, atuando com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), na manhã desta quinta-feira, 16/4, deflagrou a Operação Tricerátops, para dar cumprimento a cinco mandados de prisão preventiva expedidos pela 11ª Vara Federal de Assu/RN.

Os mandados foram expedidos contra pessoas responsáveis pela prática de arrombamentos e furtos em mais de 40 estabelecimentos comerciais nos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Dentre os estabelecimentos arrombados e furtados, com grande demonstração de violência, estavam agências dos Correios das cidades de Paraú e Triunfo Potiguar/RN, nas datas de 27/02/2018 e 07/03/2019, respectivamente.

Todos os indivíduos presos possuem um extenso histórico criminal ligado à prática de crimes contra o patrimônio, incidências que causam grande abalo social, especialmente em pequenos municípios do interior dos estados.

Apesar das restrições impostas neste período de calamidade pública, a Força-Tarefa coordenada pela Polícia Federal prossegue com o monitoramento da criminalidade visando reprimir as ações das facções criminosas no Rio Grande do Norte, atividade essencial que não pode ser interrompida.


PF prende em Goiás acusado de integrar cúpula do PCC no RN

Um homem de 42 anos foi preso nesta quarta-feira (1º) pela Polícia Federal. Ele era foragido da Operação Extração, deflagrada em setembro de 2019 no Rio Grande do Norte. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Criminal de Mossoró e cumprido na unidade penitenciária da cidade de Planaltina, em Goiás.

O foragido integrava a cúpula paulista do PCC no RN, sendo um dos “Sintonias Gerais”, espécie de posição hierárquica de destaque no comando da facção criminosa neste estado.

A investigação realizada pela Polícia Federal culminou com o indiciamento do investigado por integrar organização criminosa (artigo 2º, da Lei n. 12.850/2013), e por sua associação ao tráfico de drogas no RN (artigo 35 da Lei n. 11.343/2006).

Apesar das restrições impostas no período de calamidade pública, a Força-Tarefa formada pela PF, PM/RN e PC/RN prossegue nos trabalhos, a fim de monitorar e reprimir as ações das facções criminosas no Rio Grande do Norte.

Agora RN


Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e poderá ser extraditado

A Policia Federal (PF) prendeu o empresário Carlos Nataniel Wanzeler, ex-sócio da Telexfree, empresa que responde a diversas ações no Brasil pela acusação de prejudicar consumidores por meio de um suposto esquema de pirâmide financeira. Wanzeler foi preso quinta-feira (20), em Búzios, no Rio de Janeiro, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski.

O ministro aceitou pedido feito pelo governo dos Estados Unidos, onde o empresário é alvo de mandado de prisão pelo suposto cometimento dos delitos de fraude eletrônica e transações monetárias de atividade ilegal, crimes que também teriam ocorrido em operações da Telexfree naquele país. Pela decisão, o governo norte-americano terá 60 dias para fazer o pedido formal de extradição.

Continue lendo

PF combate crimes violentos contra agências dos Correios na Paraíba

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (29) a Operação QUEIMA ROUPA, que tem por objetivo reprimir os crimes violentos de roubo contra agências dos Correios do município de Junco do Seridó/PB. A operação contou com a participação de 20 policiais federais, tendo sido realizado o cumprimento de sete mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e comerciais, nas cidades de Juazeirinho/PB e Tenório/PB.

ENTENDA O CASO

Na data de 10/12/2018, dois homens armados invadiram a Agência dos Correios de Junco do Seridó/PB, visando cometer um roubo. O vigilante da agência reagiu. Houve uma intensa troca de tiros entre o vigilante e um dos assaltantes. Durante a ação, a arma do vigilante caiu no chão, tendo sido apanhada pelos ladrões. Nesse momento, o vigilante só não foi executado porque a munição das armas de todos os envolvidos acabou. Após o ocorrido, os ladrões fugiram levando apenas a arma do vigilante.

CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados responderão pelo crime de tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), cuja pena poderá chegar à 20 anos de reclusão.

NOME DA OPERAÇÃO

O nome da operação é uma alusão à curta distância em que ocorreu a troca de tiros entre um dos investigados e o vigilante da Agência dos Correios. Tal situação, no jargão popular, é conhecida por “QUEIMA-ROUPA”.


Operação da PF apura desvios de recursos públicos em Ceará-Mirim, RN

Agentes saíram as ruas na manhã desta segunda-feira para mais uma operação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (4) a operação Boca da Mata, destinada a apurar fraudes a dispensas em licitações e desvio de recursos públicos no município de Ceará-Mirim, na Grande Natal. O objetivo da operação foi reunir provas para verificar se houve pagamento de vantagem indevida a servidores públicos.

Cerca de 30 policiais federais cumpriram seis mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 15ª Vara Federal em Ceará-Mirim e também em Natal. A operação foi batizada de Boca da Mata como referência à cidade onde teriam ocorrido os fatos investigados.

A ação é um desdobramento da operação Guaraíras, deflagrada em setembro de 2018, que apurou o surgimento de indícios de fraude na contratação do serviço de transporte por parte da prefeitura de Ceará-Mirim.

De acordo com o que foi apurado nos levantamentos feitos desde o ano passado pela Polícia Federal, houve ajuste indevido para a contratação do serviço de transporte escolar e de saúde no município investigado.