Polícia diz que assaltantes mortos em confronto com GEOSaC da PB eram ligados à caicoenses

Os assaltantes que morreram no confronto com policiais do GRUPAMENTO ESPECIALIZADO DE OPERAÇÕES EM ÁREA DE CAATINGA – GEOSaC da Paraíba, na tarde de sábado (19), na zona rural de Cantingueira/PB, fazem parte de uma quadrilha que age em vários estados do Norderte, roubando bancos e carros-fortes.

A última ação criminosa do grupo aconteceu na madrugada de quarta-feira (16), por volta de 2h da manhã, em Coremas, no Sertão da Paraíba. Os ladrões explodiram a agência bancária do município e incendiaram um carro em frente a uma igreja. Cerca de dez homens em quatro carros estavam envolvidos no crime.

Depois do assalto, as polícias da região se mobilizaram para prender o bando. A GEOSaC continuou por mais de 80 horas no mato, até que os localizou na região de Catingueira, quando houve o confronto.

O Blog Sidney Silva conseguiu a identificação dos seis homens que morreram. Eles são do Rio Grande do Norte, da Paraíba e de Pernambuco.

Edi Carlos de Lima, o Garrote, de 43 anos, natural de Caraúbas/RN e residente no Sítio Baixa Grande, zona rural, CARAÚBAS-RN;

Fábio Leite de Lacerda, o “FÁBIO GALEGO”, de 44 anos, natural de CATINGUEIRA/PB e residente na Rua Rosilda Gomes Fragoso Albuquerque, 2020, Cuiá, João Pessoa/PB;

Francieudo da Silva Alves, o “Coremas” de 35 anos, natural de Coremas/PB e residente no Sítio Riacho do Meio, zona rural, SANTA CRUZ-PB;

Francisco Humberto Marques da Luz Júnior, o “Orelha”, de 40 anos, natural de Afogados da Ingazeira/PE e residente na Rua José Queiroz, n.º 14 , AFOGADOS DA INGAZEIRA – PE

Pedro Washington Pereira, o “PEDRO CESÁRIO”, de 30 anos, natural de SANTA CRUZ/PB e residente na Rua Luiz Severiano, n.º 20, SANTA CRUZ-PB.

Francileudo de Sousa Torres, o “Boião, de 36 anos, natural de Patos/PB e residente na Rua Francisco Trindade, Alto da Tubiba, PATOS-PB.

INVESTIGAÇÃO

Um grupo composto pelo GAECO do Ministério Público e por agentes das polícias Federal, Civil e PM, dos estados do RN e PB, mobilizado para impedir ataques a bancos e carros-fortes na região, identificou a quadrilha que assaltou o banco em Coremas, como a mesma que agiu com o mesmo modus operandi, recentemente, em Umarizal e Campo Grande no Rio Grande do Norte e, Piancó na Paraíba.

Outra informação que a reportagem teve acesso com uma fonte na Polícia, é que existe uma ligação do bando, já mencionado, com o trio detido no dia 03 de junho deste ano nas imediações de Santa Luzia/PB, com drogas e dinheiro. Na ocasião, foram presos, Huender Regis de Medeiros, de 44 anos, natural de Caicó/RN, Flabson Tairone Gomes, de 23 anos, natural de Caicó/RN e Mauro Félix Ramalho Júnior, de 26 anos, natural de São Bento/PB. Estes, estão detidos à disposição da Justiça.

Eles são do mesmo grupo. Agiam juntos nessa prática de assaltos à banco e carros-fortes. Mas, saibam que nossas ações não pararam. Já desarticulamos boa parte desse pessoal e a investigação continua“, disse a fonte.


RN: Polícia Civil deflagra 7ª fase da Operação Parabellum

Os policiais apreenderam drogas, armas de fogo, dinheiro e celulares

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagraram, nesta terça-feira (15), a 7ª fase da Operação “Parabellum”. A operação, que teve como objetivo desarticular a ação de uma organização criminosa, atuante no município de Macaíba, resultou nas prisões em flagrante de Joonhgleyson da Silva Dantas, mais conhecido como “Kinho”, 26 anos, e Aline do Nascimento Rodrigues, 25 anos.

O casal foi preso no bairro Morada da Fé, no município de Macaíba, pela suspeita da prática dos crimes de: posse ilegal de armas de fogo e munições, receptação e por integrar organização criminosa. As diligências foram iniciadas após investigações realizadas pelos policiais civis sobre uma residência pertencente a uma organização criminosa atuante no município, localizada no bairro Morada da Fé, que estava sendo utilizada como ponto de venda de drogas, abrigando suspeitos de praticarem crimes em nome dessa facção investigada.

Segundo as investigações, após a circulação em redes sociais de um vídeo, no qual os suspeitos promoviam ameaças contra integrantes de uma facção rival: anunciando que haveria confronto armado na cidade de Macaíba para disputa de território, a equipe de policiais civis da unidade, desde as primeiras horas desta terça-feira (15), passou a acompanhar a movimentação de suspeitos previamente identificados. Já nas diligências, foi possível fechar um ponto de venda de drogas: onde, como fachada para camuflar a ação ilícita, funcionava uma venda de açaí. Na ocasião, os suspeitos conseguiram fugir com grande parte das drogas e armas.

Na segunda diligência, a equipe flagrou um casal suspeito de integrar a mesma organização criminosa dos vídeos, cujo imóvel era monitorado por câmeras para sinalizar a chegada da polícia, mas não perceberam a aproximação dos policiais a pé e, ao serem abordados, tentaram se desfazerem de suas armas de fogo, calibre .38, ambas totalmente municiadas, além de diversas munições do mesmo calibre. Além disso, no local, foram apreendidos: aparelhos celulares, relógios, dinheiro fracionado e porções de drogas.

O nome da Operação “Parabellum” remete ao provérbio latino “se vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”, tendo em vista as diversas ações policiais de combate às facções criminosas que têm atuado em Macaíba.

Joonhgleyson da Silva e Aline do Nascimento foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.


Polícia Civil prende suspeito por homicídio em Parelhas

Homem foi preso pela Polícia Civil em Parelhas

Policiais civis da Delegacia Municipal de Parelhas deram cumprimento, nesta segunda-feira (14), a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca de Parelhas, contra Willian Nóbrega de Oliveira, 23 anos. Ele foi preso pela suspeita da prática do crime de homicídio.

De acordo com as investigações, Willian Nóbrega, em conjunto com Judson Vítor Alves de Morais, 20 anos, teria praticado, no dia 18 junho de 2020, o homicídio que vitimou Osaías Araújo de Sousa Lima. Judson Vítor já havia sido preso anteriormente pelo crime.

Willian Nóbrega foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


RN tem média de quase duas crianças estupradas ou maltratadas por dia

“A maior parte das vítimas do estupro de vulnerável sofre o abuso dentro de casa”, disse a Delegada Dulcinéia Costa – (Imagem Ilustrativa)

Estatísticas da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente do Rio Grande do Norte (DCA) revelam um dado preocupante. Todos os dias, quase duas crianças sofrem abuso sexual ou maus-tratos no estado. A média exata é de 1.8, quando calculados os casos registrados entre os meses de janeiro e maio deste ano. Nos casos de estupro de vulnerável (onde as vítimas são menores de 14 anos), os homens são os maiores infratores. Já nos casos de maus-tratos, as mães são as maiores vilãs.

O Agora RN teve acesso aos relatórios que somam os boletins de ocorrência registrados pela DCA. Quando comparados os casos de estupro de vulnerável registrados entre janeiro e maio de 2019 (77 casos) com o mesmo período de 2020 (107 casos), fica constatado um aumento de 39%. Quanto aos casos de maus-tratos, nos primeiros cinco meses do ano passado foram registradas 302 ocorrências, contra 176 ocorrências no mesmo período deste ano – o que significa uma redução de quase 42%.

Para a delegada Dulcinéia Costa, que já foi titular da DCA e atualmente está na assessoria de comunicação da Polícia Civil, “o aumento dos casos de estupro de vulnerável, especialmente neste período de pandemia, provavelmente se deve porque o isolamento social acabou aumentando o fator de risco, que é a convivência”, destacou.

Continue lendo

Janduis: Polícia Civil cumpriu mandados em operação que investiga a morte do pré-candidato Neto de Nilton

Material apreendido pela Polícia Civil será parte do inquérito que investiga o crime

Policiais civis deflagraram nesta quinta-feira (10), a segunda fase da operação Mandacaru, com o objetivo dar andamento a investigação do homicídio que vitimou Raimundo Gonçalves de Lima Neto, conhecido como “Neto de Nilton”, que era pré-candidato a prefeito na cidade de Janduis/RN. Sua morte ocorreu na zona rural do município de Campo Grande, no dia 11 de abril de 2020.

Participaram da operação, policiais da Delegacia Municipal de Caraúbas, com apoio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal e da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM).

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, em duas residências no município de Janduís. No decorrer das diligências, os policiais apreenderam seis aparelhos celulares e dois notebooks.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


Polícia Civil prende dois com cocaína no Bairro Recreio em Caicó

Material apreendido pela Polícia Civil de Caicó

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó prenderam em flagrante, nesta sexta-feira (04), João Paulo de Souza Araújo, mais conhecido como “JP” e Jardel Calazancio de Medeiros. Eles foram detidos pela suspeita da prática do crime tráfico de drogas.

As diligências foram iniciadas após o recebimento de denúncias anônimas, informando que uma residência localizada na Rua Anselmo Sebastião de Medeiros, no Bairro Recreio, zona norte da cidade, estava sendo utilizada como ponto de venda de drogas.

Durante a ação, os policiais civis apreenderam no imóvel: uma balança de precisão, porções de cocaína, sacos plásticos utilizados para embalar as drogas e R$ 2.474.00 (dois mil quatrocentos e setenta e quatro reais) em dinheiro fracionado.

João Paulo e Jardel Calazancio foram conduzidos até a Delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Relembre

João Paulo de Souza Araújo, foi preso no dia 01 de agosto deste ano, por tráfico de cocaína e foi solto no dia seguinte. Esta, é a terceira prisão dele em flagrante por tráfico. A primeira ocorreu em 2018.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Polícia Civil prende cinco suspeitos por homicídio e tráfico de drogas em Cerro Corá

Ação aconteceu nesta quarta em Cerro Corá

Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó e da Delegacia Municipal de Currais Novos, com o apoio da Polícia Militar, deflagraram, na manhã desta quarta-feira (26), uma operação que resultou no cumprimento de cinco mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão. Todos os cinco alvos das diligências foram presos no município de Cerro Corá.

Ao longo da operação, foram apreendidos: sete aparelhos celulares, o valor de R$ 810,00 em dinheiro fracionado, comprovantes de depósitos bancários e diversos chips SIM-cards. As investigações elucidaram um crime de homicídio, praticado no município de Cerro Corá, que teve motivação ligada à prática do crime de tráfico de drogas. Além disso, foi identificado um ponto de venda de drogas e seu proprietário na cidade de Cerro Corá.

Gilmara Cecília Gomes de Araújo, apontada como possível autora do homicídio, foi presa. Além dela, foram presos: João Maria Pinheiro Filho, Hailla Moise Santos da Silva, Machael Douglas Rodrigues Guedes da Silva e Eduardo Santos da Silva.

Todos os cinco suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Operação “Narco” de combate ao tráfico de drogas cumpriu mandados em cidades do Seridó

Policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em Currais Novos

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou, por meio da Delegacia Municipal de Currais Novos, a Operação “Narco”. As diligências, realizadas na região do Seridó, visavam o combate aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, sendo 15 deles cumpridos no município de Currais Novos, nos bairros: Alto de Santa Rita e Paizinho Maria, e um dos mandados no município de Caicó.

Além disso, foram apreendidos uma motocicleta e diversos aparelhos celulares, que serão analisados para subsidiar a investigação em combate ao tráfico de drogas. Participaram da operação delegacias subordinadas às Diretorias de Polícia do Interior (DPCIN) e da Grande Natal (DPGRAN).

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Material apreendido pela polícia em Currais Novos

Polícia Civil investiga aborto em Serra Negra do Norte; Feto foi encontrado em via pública

Polícia investiga o caso em Serra Negra do Norte

A Polícia Civil está investigando o caso de um feto que foi encontrado em uma calçada da Rua Dr. Geraldo Mariz de Faria, no centro da cidade de Serra Negra do Norte, na manhã do dia 11 de agosto, passado.

Um popular passava pela rua quando viu o feto no chão. Ele acionou a Polícia Militar.

Um equipe com policiais civis e peritos do ITEP esteve na cidade e realizou perícia no local.

O delegado André Albuquerque, disse ao blog Sidney Silva que a investigação foi aberta e que está aguardando informações da perícia do ITEP.


Polícia Civil deflagra Operação “Adicia” e apreende, em Pau dos Ferros, drogas avaliadas em R$ 500 mil reais

Droga apreendida pela Polícia durante a operação

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Pau dos Ferros, deflagrou a Operação “Adicia”, que foi realizada de forma integrada à Polícia Civil do Ceará, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). O objetivo da operação foi reprimir a prática do crime de tráfico interestadual e dar cumprimento a mandados de busca e apreensão em desfavor dos investigados.

Cinco pessoas foram presas em flagrante delito; com elas foram apreendidos 169 tabletes de maconha, que haviam sido enviados por uma facção criminosa que atua no Estado de São Paulo (SP). Toda a droga apreendida foi avaliada em R$ 500 mil reais. Durante as investigações da Operação “Mãos Malditas”, que teve a sua segunda fase deflagrada nesta quarta-feira (12), os policiais da DEICOR também identificaram que, parte da organização criminosa, que furtava caixas 24h, também traficava drogas vindas de outros estados: Santa Catarina (SC) e São Paulo (SP).

Continue lendo

Polícia Civil prende dupla suspeita por envolvimento em atentado à casa de vereador em João Dias

Policiais civis da Delegacia Especializada de Capturas (DECAP) e da Delegacia Municipal de Apodi, com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) de Apodi, prenderam no sábado (08), uma mulher e um homem, investigados pela suspeita de envolvimento no atentado à residência de vereador do município de João Dias (RN).

O crime ocorreu na madrugada do dia 03 deste mês de agosto, quando homens, em dois carros, fuzilaram o imóvel e utilizaram explosivos, destruindo-o parcialmente.

Continue lendo

Vereador e secretários de Goianinha são alvos de operação que investiga grampos telefônicos e clonagem de redes sociais

Polícia Civil deflagrou a operação na manhã desta quarta-feira

Agora RN

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (5), equipes da 6° Delegacia Regional de Nova Polícia Civil de Nova Cruz e da Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deflagraram a “Operação Araponga”, que investiga uma organização criminosa que é apontada como responsável pela realização de interceptações telefônicas clandestinas e clonagem de redes sociais de autoridades e políticos da região Agreste potiguar.

Foi preso por força de mandado judicial um profissional de TI e foram alvos de mandados de busca e apreensão um vereador e dois secretários municipais de Goianinha, além de um ex-prestador de serviços do Fórum de Justiça da cidade.

De acordo com o delegado Wellington Segundo, titular da 6ª DRP, os nomes dos envolvidos não podem ser revelados porque o caso está em segredo de Justiça.

Espionagem

No decorrer das investigações realizadas pela 6°DRP foi descoberta a existência de uma central clandestina de interceptações telefônicas que funcionava na praia da Pipa, de onde números de agentes públicos eram grampeados de forma ilegal e desviados para um núcleo existente na cidade de Goianinha, onde posteriormente as informações eram processadas e repassadas para os contratantes dos serviços de espionagem, principalmente políticos da região Agreste, que se utilizavam dos serviços da organização criminosa para bisbilhotar e obter informações privilegiadas de adversários políticos.

Ainda segundo as investigações, os alvos de mandados de busca e apreensão teriam contratado os serviços da organização criminosa para acompanhar os passos e articulações dos adversários políticos e possíveis autoridades.


Para acelerar processos, Searh descentraliza realização de concursos da Polícia Civil e Itep

Concurso é previsto para acontecer em 2020 – (Foto: Adriano Abreu)

A Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos (Searh) está buscando alternativas para dar celeridade à realização dos concursos públicos previstos para este ano no Rio Grande do Norte. Os certames da Polícia Civil e Itep, dois dos mais esperados para 2020, terão os processos de elaboração a cargo das próprias instituições.

De acordo com a secretária Virgínia Ferreira, o Estado vai realizar concursos da Polícia Civil, Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase), Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep/RN) e também para médicos da Polícia Militar. A realização dos certames foram decididas pela gestão e também por força de decisões judiciais. Porém, a Searh vai ficar com a elaboração e organização somente dos concursos da Fundase e da PM.

Continue lendo

Polícia Civil deflagra Operação “Colheita” e prende onze suspeitos por tráfico de drogas em Patu e Campo Grande

Policiais civis da 7ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Patu, em conjunto à Polícia Militar e à Polícia Penal, deflagraram, na manhã desta terça-feira (04), a Operação “Colheita”, que resultou no cumprimento de 13 mandados de prisão e 15 mandados de busca e apreensão, resultando na prisão de 11 suspeitos. As diligências foram realizadas em Patu e Campo Grande.

Ao todo, 140 policiais participaram da ação. O nome da operação, “Colheita”, reflete as prisões decorrentes do trabalho investigativo realizado durante meses, voltado ao combate do tráfico de drogas que acontecia na região de Patu.

Foram presos em cumprimento a mandados de prisão durante a Operação “Colheita”: Carlos Roberto Pinto Diniz, Francisco Erivan Carias da Silva, mais conhecido como “Branquinho de Zé Pintada”, Kilmy Tavares de Almeida Sobrinho, Leonardo Bezerra De Medeiros, mais conhecido como “Zeca”, Matheus Santana Abílio “Matheus de Alcidema”, Ramonny Kelly Felix Cordeiro, José Tagno dos Santos “Tagno Mecânico”, Weslley De Oliveira Medeiros, Karilou Azevedo Marques, João Camelo Dantas e João Camelo Dantas Filho. Robison Félix Azevedo De Lira morreu após entrar em confronto com os policiais.

Continue lendo

Polícia Civil prende suspeito por posse irregular de arma de fogo no Paço da Pátria

O que foi apreendido, a Polícia encaminhou para a Delegacia

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Natal, com o apoio da Delegacia Especializada de Capturas (DECAP), prenderam, nesta segunda-feira (03), Otávio Pedroza de Souza Silva, 24 anos. A prisão em flagrante, que se deu pela suspeita da prática do crime de posse ilegal de arma de fogo, aconteceu na Comunidade Paço da Pátria, Zona Leste de Natal.

Na ocasião, os policiais civis recuperaram uma pistola que havia sido roubada de um policial militar, no mês de julho, no município de Parnamirim. Além disso, foram apreendidos cerca de R$ 3.600,00 com o suspeito, que, segundo as investigações, é apontado como “soldado do tráfico de drogas” na comunidade.

Otávio Pedroza foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.