Polícia Civil prende suspeito de roubo em Tenente Laurentino Cruz/RN

Arma apreendida com o suspeito na zona rural de Alto do Rodrigues

Policiais civis da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Macau prenderam, na manhã de sexta-feira (3), Henrique Eduardo da Silva Olegário, de 24 anos, mais conhecido como “Henrique Barandão”, nome atribuído devido à suspeita da prática de crimes associados a homicídios e roubos a bancos, nas regiões: Central e Salineira. Ele foi autuado em flagrante por adulteração e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Com ele, foram encontrados: um revólver (calibre 38) e uma espingarda (calibre 12), com numeração raspada.

Continue lendo

Patrício e Francisco Garcia fugiram antes da Operação Derrame ser deflagrada

Francisco das Chagas (de amarelo) e Patrício Garcia foram presos em Gravatá – (FOTO: Divulgação Polícia Civil)

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR – em conjunto com a Delegacia de Polícia Civil de Gravata/PE, prenderam na tarde de domingo (28), PATRÍCIO HENRIQUE GARCIA DA SILVA NERES e FRANCISCO DAS CHAGAS GARCIA DA SILVA, ambos foragidos da operação “DERRAME”, deflagrada pela DEICOR, no dia 24, passado, onde foram cumpridos 04 mandados de prisão e mandados de busca e apreensão nas cidades de Janduis, Caicó, Jucurutu, Timbaúba dos Batista, São Gonçalo e Natal.

No dia da operação os dois estavam morando em Gravata/PE, não sendo possível às prisões.

PATRÍCIO GARCIA chegou a dar entrevista na Rádio Rural FM de Caicó, via ligação telefônica, na qual ele afirmava que a polícia não conseguiria prendê-lo, e não se entregaria.

Após diligências das equipes, ambos foram localizados e presos, com a ajuda da Delegacia de Polícia Civil de Gravatá/PE. Na casa de PATRÍCIO foi encontrado um revólver calibre 38, sendo autuado por posse ilegal de arma de fogo.

Nesse momento às equipes da DEICOR estão recambiando os dois para o Estado do Rio grande do Norte onde deverão permanecer à disposição da justiça e responder por seus crimes.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP da DEICOR (84) 98135-6796.


Policia Civil prende suspeito de roubar malotes de empresas em Caicó

Além do mandado de prisão, os policiais encontraram drogas em sua casa

Policiais civis de Caicó, cumpriram na tarde desta terça-feira (16), por volta das 16hs, na Rua Nilo Peçanha, 210, no Bairro Boa Passagem, mandado de prisão contra Everaldo da Silva Santos, de 19 anos, acusado de roubo.

Na residência, os policiais encontraram maconha (em forma de tablete) e cocaína pronta para a venda (em papelotes e trouxinhas) além de duas balanças de precisão e certa quantia em dinheiro.

De acordo com informações apuradas pelo Blog Sidney Silva, o acusado já era investigado, também por crime de tráfico de drogas, envolvimento com facção criminosa e por roubos à malotes de estabelecimentos comerciais de Caicó.

Nesta quarta-feira (17), ele será ouvido em pelo menos 4 inquéritos policiais que estão em andamento na Delegacia.

Material apreendido na casa de Everaldo, no Bairro Boa Passagem

Polícia Civil deflagra operação e prende suspeito de liderar facção criminosa no Vale do Assú

Ação aconteceu na sexta, dia 5 de junho

Uma operação deflagrada na última sexta-feira (05) pela Delegacia Municipal de Assú, com apoio de policiais civis de Ipanguaçu e da 2ª. Delegacia de Polícia de Mossoró, resultou na prisão de cinco pessoas, quatro homens e uma mulher investigados por integrarem uma organização criminosa que agia entre as regiões do Meio Oeste e o Oeste do estado. Entre os presos detidos em Mossoró, está, Francisco Canindé de Souza, conhecido como “Boy Regi, Régis ou Zé Bedeu”, suspeito de ser o líder de uma facção criminosa de atuação nacional, na cidade de Assú.

Durante a ação, foram cumpridos cinco mandados de prisão. Foram presos suspeitos pelos crimes de homicídio, organização criminosa e posse ilegal de arma de fogo, Webert Pedro do Nascimento, conhecido como “Enzo ou Mãe Luiza”, Renan Barbalho de Paula, conhecido como “Fantasmão ou Cara de Cavalo” e Francisco Canindé de Souza. Mônica Pereira da Silva, companheira de Régis, foi presa por ser investigada pelo crime de organização criminosa.

Os policiais civis cumpriram um mandado de busca e apreensão na residência de Francisco Canindé de Souza e apreenderam um veículo de luxo e outro popular, provavelmente adquiridos com o dinheiro do crime.

Os presos foram encaminhados para a Cadeia Pública de Mossoró, onde permanecerão à disposição do Sistema Prisional do estado.


DECCOR prende policial militar suspeito de desviar 1000 litros de gasolina em Natal

Operação foi comandada pela Polícia Civil

Policiais civis do Departamento de Combate a Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (DECCOR-L) cumpriram três mandados de busca e apreensão, nesta sexta-feira (05), contra João Medeiros de Oliveira, de 52 anos. Ele foi preso no município de Natal, pela suspeita da prática do crime de peculato.

De acordo com investigações, João Medeiros é policial militar e estava desviando combustível destinado ao abastecimento das viaturas oficiais da Polícia Militar para o carro pessoal dele, utilizando autorizações de três unidades veiculares para controle de abastecimento (UVE) há aproximadamente um ano.

Foi constatado também que o suspeito transformou o próprio carro em uma viatura para facilitar o procedimento. Durante a realização das diligências, os policiais apreenderam o veículo utilizado por ele e uma autorização de abastecimento das viaturas oficiais da PM. Ao todo, ele desviou aproximadamente 1000 litros de gasolina no mês de maio.

João Medeiros foi encaminhado ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar e permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou por meio dos telefones da DECCOR-L 3232-2814 ou 3232-2078.


Polícia Civil autua suspeito por receptação em Currais Novos

Moto apreendida pela Polícia

Policiais civis da Delegacia Municipal de Currais Novos autuaram em flagrante, na manhã desta sexta-feira (22), Francisco Paulo Bezerra Vitorino, 21 anos, pela prática do crime de receptação.

De acordo com investigações, Francisco Paulo transitava na cidade de Cerro Corá/RN, com a motocicleta YAMAHA/YBR125 FACTOR ED, objeto de roubo/furto na cidade de Parnamirim. O imputado foi apresentado na unidade policial onde foi lavrado um Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD), ao final foi liberado após o pagamento de fiança.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


Polícia Civil do Rio Grande do Norte lança campanha “VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA”

Campanha Você não está sozinha foi lançada pela Polícia Civil do RN

Delegadas, agentes e escrivães da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, se uniram e, dando sentido ao verdadeiro significado de SORORIDADE (união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum), produziram um vídeo inspirado no material difundido pelo grupo MOVIELAS, do Distrito Federal.

O objetivo é mostrar à mulher norte-rio-grandense que ela não está sozinha e que existem canais onde ela pode pedir ajuda, mesmo no período de pandemia.

O vídeo da campanha também está disponível no Instagram (como você vê no post a baixo) e nos demais canais oficiais da Polícia Civil do RN.

Faça a sua parte também, compartilhe com o máximo de pessoas que puder.


Operação Flare desarticular célula de facção criminosa no RN

Na manhã desta quinta-feira (14), foi deflagrada a Operação Flare com o objetivo de desarticular a célula de liderança de facção criminosa paulista que tem atuação no Rio Grande do Norte.

Pelo menos 50 policiais cumpriram 4 mandados de prisão preventiva e 9 de busca e apreensão nas cidades de Natal/RN, Pau dos Ferros/RN e João Pessoa/PB. As ordens de prisão foram expedidas pela 8ª Vara Federal em Mossoró/RN.

Continue lendo

Polícia Civil confirma que caicoense foi retirado de casa e executado por “Tribunal do Crime”

Polícia Civil confirma que caicoense foi assassinado pelo Tribunal do Crime

O Instituto Técnico-Cientifico de Perícia – ITEP, entregou nesta semana a Polícia Civil de Caicó, o resultado do exame de DNA que confirma ser de Anifrâncio Pereira, o corpo encontrado no dia 20 de janeiro, deste ano, em estado de decomposição, às margens da RN-118, entre Caicó e o trevo de acesso ao Distrito da Palma e São João do Sabugi.

O funcionário público municipal, de 20 anos, que residia na Rua João Benévolo Xavier, Bairro João XXIII, foi retirado de dentro de casa no dia 10 de janeiro e assassinado com perfurações que a investigação indica que foram feitas por disparos de arma de fogo, na cabeça. O local aonde o corpo foi encontrado, foi usado apenas para desova. O crime ocorreu em outro lugar.

O chefe de investigação da Delegacia de Polícia Civil de Caicó, Léo Bruno, disse em entrevista ao Blog Sidney Silva, que Anifrâncio Pereira, foi vítima do “Tribunal do Crime” de uma facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte. “Ele respondeu a um processo que corre em segredo de Justiça e por causa do delito que praticou, foi morto. Foi decretada e executada sua morte”, disse.

Outro crimes, foram praticados por esse grupo. A morte de um homem que era conhecido como “Bilicô”, aconteceu em via pública, nas imediações da Ponte Velha, entrada da zona norte. O outro, identificado como Ricardo, foi retirado de casa e assassinado com tiros na cabeça na região do Bairro Frei Damião, zona oeste.


Entrevista: Delegada-Geral reafirma ações da Polícia Civil para investigar disseminação de fake news no Rio Grande do Norte

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, está investigando casos de divulgação de notícias falsas em meio a pandemia do coronavírus.

A Delegada-Geral da instituição, Ana Claudia Saraiva, explicou como está sendo feita a implementação do trabalho e ainda sobre outros assuntos, como o concurso para a Polícia Civil.


Polícia Civil investiga morte de natalense em Jardim de Piranhas

Polícia investiga o crime registrado na cidade de Jardim de Piranhas

A Polícia Civil está investigando o assassinato do natalense, Adriel Mateus Pedro de Brito, de 22 anos, ocorrido na Rua Francisco Julião, nº 56, Bairro Santa Cecília, em Jardim de Piranhas, por volta das 20hs, da noite de quinta-feira (30).

Uma fonte do Blog disse que Adriel, que era natural de Natal, morou em Caicó e ultimamente em Jardim de Piranhas, era investigado por tráfico de drogas e que já respondia processo na Justiça pelo mesmo crime. Foi devedor de droga e também era da facção criminosa Sindicato do RN.

As informações sobre sua morte dão conta que dois homens em uma moto foram na residência aonde estava a vítima e o assassinaram com disparos de arma de fogo.

A Polícia foi acionada, mas, ninguém foi preso. Os peritos do ITEP estiveram no local e removeram o corpo para ser necropsiado.


Polícia Civil deflagra operação e prende quatro homens na região Oeste Potiguar

Material apreendido pela Polícia

Policiais civis da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHM) de Mossoró, com apoio da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), da 2ª Delegacia Regional (DRP) de Mossoró e da Delegacia de Plantão (DP) de Assu, deflagraram uma operação, na manhã desta quinta-feira (30). A ação contou ainda com o apoio investigativo e operacional da Polícia Federal, por meio do SEOPI/MJ/PF-Mossoró. Foram presos quatro homens e um adolescente foi apreendido.

A operação ocorreu no bairro Jardim das Palmeiras, conhecido como “Malvinas”, no município de Mossoró, localizado na região Oeste do Rio Grande do Norte, e teve como principais objetivos obter elementos de investigações relativos a suspeitos da prática do crime homicídio e combater uma organização criminosa que atuava na região.

Continue lendo

Deputados aprovaram projeto que reestrutura carreira da Polícia Civil

Assembleia do RN aprova reajuste para salários de delegados e policiais civis

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte acabou de aprovar projeto de lei que reestrutura a carreira da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O Executivo enviou a matéria à votação na Casa em 16 de dezembro do ano passado e, agora, vai à sanção da governadora do Estado, Fátima Bezerra.

De acordo com o projeto, o delegado de Polícia em início de carreira passa a ganhar R$ 16.670,59 e, em 20 anos de profissão, passa a ganhar R$ 25.632,97 na classe sênior.

Os agentes e escrivães da Polícia Civil vão ganhar R$ 4.731,91 no início de carreira, classe substituto. Quando chegarem à classe especial, o vencimento será de R$ 10.468,63.


Polícia Civil apreende carga roubada de produtos de higiene avaliada em R$ 70 mil e prende casal

Carga apreendida pela Polícia Civil

Uma operação de policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) de Natal resultou na apreensão de uma carga roubada de produtos de higiene avaliada em R$ 70 mil e na prisão em flagrante de um casal, em um sítio da zona rural de São Gonçalo do Amarante, na tarde desta segunda-feira (20).

A carga havia sido roubada de um caminhão, na manhã do mesmo dia, na cidade de Santa Maria. As investigações revelaram que o crime teria sido cometido por três homens e uma mulher. Um dos suspeitos pela prática do roubo, já vinha sendo investigado pela Polícia Civil pois teria cometido diversos roubos em fazendas da região.

Continue lendo

Polícia Civil apreende mais de 2.700 fracos de álcool em gel fabricados clandestinamente em Lagoa de Pedras

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (DECON) realizaram, nesta quinta-feira (16), após recebimento de denúncias do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), diligências que resultaram na apreensão de 2.779 frascos de álcool em gel produzidos irregularmente em uma fábrica localizada no município de Lagoa de Pedras. O material, que foi encontrado pelos policiais civis armazenado em uma pousada, na cidade de Parnamirim, estava sendo vendido em estabelecimentos comerciais e em condomínios residenciais.

Segundo as investigações realizadas pela Polícia Civil, a empresa estava fabricando álcool em gel de maneira irregular e revendendo para mercadinhos potiguares, sem garantia de qualidade do produto, omitindo informações, descumprindo o Código de Defesa do Consumidor (CDC). Ao longo das investigações, os policiais civis notaram que a cada nova embalagem do produto o rótulo vinha alterado, com informações divergentes umas das outras, que já haviam sido repassadas. Além disso, o rótulo constava endereço inexistente, sendo um galpão abandonado, há aproximadamente, 5 anos, e site inacessível.

No local, foram encontrados 2.779 frascos contendo 500 ml de álcool em gel, além de algumas outras embalagens, contendo 5l do mesmo material, quando o máximo permitido por embalagem é 1l, seguindo às medidas sanitárias. O material foi encaminhado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), onde será realizada a avaliação quanto à formulação química do álcool em gel comercializado de forma irregular.

Os responsáveis pela fábrica e pela pousada foram identificados e serão investigados pelos crimes de fazer afirmação falsa sobre produto, estelionato e falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.