Polícia investiga morte de ex-presidiário no Bairro Paraíba em Caicó

A Polícia Civil de Caicó está investigando o assassinato do ex-presidiário, Wildson Paulino de Medeiros, o “Aladin”, de 35 anos. Ele foi morto com disparos de arma de fogo no início da noite de quinta-feira (04), na Rua Coronel Bembém, Bairro Paraíba.

De acordo com informações repassadas à polícia, dois homens em uma moto se aproximaram da vítima que também estava de moto, e abriu fogo. A esposa de Aladim, estava com ele como passageira, mas não foi atingida pelos disparos.

Policiais militares foram acionados, estiveram no local e aguardaram a chegada dos peritos e Polícia Civil.


Polícia Civil prende foragido da Justiça do Rio de Janeiro

O “Biscoitão da Favela do Jacarezinho” foi preso em Natal

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) prenderam, na manhã desta quarta-feira (24), Fábio da Silva Oliveira, conhecido como “Biscoitão da favela de Jacarezinho”, 27 anos. Ele foi detido na cidade de Várzea, na região do Agreste potiguar.

De acordo com investigações, Fábio da Silva estava escondido no município onde aconteceu a prisão. Em desfavor dele, existiam dois mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, um deles em decorrência de condenação pelo crime de associação para o tráfico de drogas.

Fábio da Silva foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou dos telefones da DECAP: (84) 98135-6174 (WhatsApp) ou 3232-7867.

*Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS


Polícia Civil prende condenado por estupros em Patu

Polícia Civil fez a prisão em Patu – (Foto: Sidney Silva)

Policiais civis da Delegacia Municipal de Patu, com apoio de policiais civis de Alexandria, prenderam, nesta quarta-feira (24), um homem de 43 anos, em cumprimento a um mandado de prisão definitiva expedido pela Vara Única da Comarca de Patu.

A prisão aconteceu no município de Patu. O homem foi condenado a uma pena de 20 anos, pelos crimes de estupro de vulnerável e estupro, praticados contra a própria filha. De acordo com as investigações, os abusos sexuais aconteceram por cerca de dois anos e oito meses, antes e depois de a vítima completar 14 anos.

Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


Polícia Civil prende suspeito por posse ilegal de arma de fogo em Caicó

Armas apreendidas pela Polícia

Policiais civis da Delegacia Municipal de Jardim de Piranhas, em ação conjunta com policiais civis da equipe de plantão de Caicó e do Grupo Tático Operacional da Polícia Militar, prenderam, nesta segunda-feira (22), Antônio Bezerra da Costa, 55 anos. Ele foi detido no bairro Soledade, em Caicó.

Com o suspeito, foram apreendidos um revólver calibre 32 com duas munições intactas e uma faca peixeira. Em razão disso, ele foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Antônio Bezerra ainda é apontado como autor de um homicídio ocorrido no dia 09 de fevereiro, que teve como vítima o seu vizinho, Geraldo Dutra de Medeiros, 59 anos, o qual foi atingido com diversas cutiladas de faca pelo suspeito.

Ele foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS


Polícia Civil localiza suspeito de roubo em ótica de Caicó; Em confronto, ele morreu

Arma de fogo apreendida em poder de Riquinho de Extremoz

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó, com apoio de policiais civis da Delegacia Municipal de Extremoz, Polícia Militar de Extremoz e São Gonçalo do Amarante, deflagraram, neste domingo (21), uma operação com o objetivo de prender, José Henrique Silva, conhecido como “Riquinho de Extremoz”, de 19 anos. Ele é suspeito da prática de um roubo em um estabelecimento comercial, no Centro de Caicó.

O crime aconteceu em 08 de dezembro de 2020, quando dois homens armados entraram no estabelecimento e roubaram objetos de valor, que totalizaram aproximadamente R$ 200,00 mil. Após o recebimento de denúncia anônima informando que “Riquinho de Extremoz” estava em uma festa de facção, na cidade de São Gonçalo do Amarante, policiais civis da Delegacia de Caicó entraram em contato com policiais militares de Extremoz e São Gonçalo do Amarante, para que realizassem a abordagem do suspeito.

Os policiais militares foram ao local indicado na denúncia, onde houve reação à abordagem. Na ocasião, José Henrique efetuou disparos contra os policiais usando um revólver, mas foi atingido no confronto e foi a óbito. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre .38, duas espingardas fabricação caseira, pólvora e drogas. Além de José Henrique, dois suspeitos também foram autuados em flagrante em decorrência da posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas.

As investigações continuam para identificar e localizar o outro homem envolvido no crime.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS


Governo do RN faz entrega de 141 coletes balísticos para a Polícia Civil

Coletes balísticos foram entregues nesta segunda – (Foto: Elisa Elsie)

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), entregou 141 novos coletes balísticos para a Polícia Civil.

Os equipamentos de proteção foram recebidos pela delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, em ato que aconteceu na sexta-feira (19) no Centro de Convenções de Natal, com a presença da governadora Fátima Bezerra, do titular da SESED, coronel Francisco Araújo Silva, e do secretário adjunto, delegado Osmir Monte.

Os coletes que a Polícia Civil potiguar está recebendo foram doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), órgão do Ministério da Justiça e da Segurança pública (MJSP), e serão distribuídos entre as delegacias da capital e do interior do estado.

Em 2020, a Polícia Civil foi contemplada com:

– 20 metralhadoras SMT 40 (recebidas no final de 2019 e incorporadas à carga patrimonial em jan/2020);

– 1 carabina 5.56;

– 1 Fuzil 7.62;

– 23.000 munições calibre .40;
 
– 164 coletes balísticos;

– 1.371 algemas;

– 11 escudos balísticos;

– 10 capacetes balísticos;


Polícia Civil deflagra operação e prende cinco pessoas por roubos em propriedades rurais

Policiais civis da 1a Delegacia Regional de Polícia (DRP) de São Paulo do Potengi deflagraram, nesta quarta-feira (10), a Operação “Boi Zebu”, com o objetivo de prender um grupo criminoso que estava praticando diversos assaltos em propriedades rurais, nas cidades de Bom Jesus, Elói de Souza, Serra Caiada, Tangará, São Pedro do Potengi e Sítio Novo.

Durante as diligências, foram presos: Fábio Júnior Soares (“Sapeka”), Fernando da Silva Morais (“Bebê”), Francisco Alves Cavalcante Santa (“Calango”), Jefferson Soares Cavalcanti (“Gordo”) e Luís Ludegério da Silva (“Lula”).

De acordo com investigações, a quadrilha costumava praticar roubos sequenciados em propriedades rurais, onde na maioria das vezes os animais eram abatidos ainda no imóvel pelos criminosos, enquanto que os ocupantes das propriedades eram feitos reféns.

Foi constatado ainda que os criminosos agiam com violência e, em um dos assaltos, na cidade de Serra Caiada (RN), o caseiro da propriedade foi atingido com um disparo de arma de fogo, sendo socorrido após o roubo. Durante a apuração, o grupo criminoso foi reconhecido como responsável por cerca de oito assaltos ocorridos na região.

A ação policial realizada nesta quarta-feira (10) contou com o apoio da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) e Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (DEATUR), além da Guarda Municipal de Tangará e Polícia Militar de Bom Jesus.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


RN: Comissão Organizadora do concurso da Polícia Civil decide não adiar provas

A Comissão Organizadora do concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN) decidiu que não vai adiar a data das provas do certame, prevista para os dias 7 e 14 de março próximo.

A decisão foi firmada em Ata dentro do Inquérito Civil do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN), que solicitou, no dia 27 de janeiro, uma avaliação sobre a conveniência e a necessidade do adiamento das provas.

O pedido do MPRN se baseia no decreto de calamidade pública expedido pelo Governo do Estado em função da pandemia da covid-19 e na Lei Estadual Nº 10.727/2020, que “determina a suspensão das etapas e fases dos concursos públicos realizados anteriormente à publicação do Decreto até o término da vigência do estado de calamidade”.

O documento que atesta calamidade pública no Rio Grande do Norte é válido até 18 de abril deste ano.

*Tribuna do Norte, leia a notícia completa AQUI