Policiais civis aguardam pagamento dos aposentados e pensionistas até sábado

Policiais civis se reuniram em nova assembleia

Os policiais civis do Rio Grande do Norte, ativos e inativos, reuniram-se em assembleia geral, nesta segunda-feira, dia 15 de janeiro, e decidiram que vão aguardar que o pagamento dos aposentados e pensionistas seja efetivado até o próximo sábado, dia 20. Caso não aconteça, a categoria já deliberou por iniciar novas mobilizações.

Infelizmente, nós demos um voto de confiança ao Governo e suspendemos a mobilização na semana passada, após assinatura de um acordo o qual o próprio governador se comprometeu a pagar o salário de dezembro de todos os policiais civis no dia 12, ativos, aposentados e os pensionistas. Mas, esse acordo não foi respeitado, pois apenas os servidores da ativa receberam“, explica Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.

Diante desse descumprimento do acordo, uma assembleia geral foi convocada para esta segunda-feira. A categoria foi informada que o Governo do Estado se comprometeu a efetuar o pagamento dos aposentados e pensionistas até a manhã do próximo sábado (20).

Soubemos que os pagamentos dos aposentados e pensionistas da Polícia Civil não foram efetuados apenas por uma trapalhada dos secretários de estado“, destaca o presidente do Sindicato.

Mesmo assim, os policiais civis entenderam por aceitar a proposta de pagamento até o próximo sábado. “Vamos aguardar e queremos dar esse voto de confiança, acreditando que o governador Robinson Faria vai fazer uso do seu poder como chefe maior do Estado e cumprirá o acordo assinado por ele. Caso contrário, não teremos outra alternativa que não seja retomar as mobilizações“, completa Nilton Arruda.



Policiais civis encerram greve no RN; PM também pode voltar ao trabalho

Do G1/RN – Polícia Civil do Rio Grande do Norte encerrou nesta terça-feira (9) a greve iniciada em 20 de dezembro. A decisão foi tomada em assembleia e confirmada pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).

O Sinpol informou que as atividades da Polícia Civil serão normalizadas ainda nesta terça.

Já a Polícia Militar aguarda a assinatura de um Termo de Ajustamento de Gestão por parte do governo do estado, Ministério Público e Assembleia Legislativa para deliberar sobre o fim da greve.

Os policiais reivindicavam o pagamento dos salários e melhores condições de trabalho. Dentre as dificuldades apontadas pelos PMs, estão a precariedade das viaturas, falta de munições e coletes à prova de balas vencidos. No dia 4 de janeiro, os policiais militares entregaram um documento com 18 reivindicações ao comando da Polícia Militar e ao governo do estado.



Polícia Civil de Caicó registra aumento de casos de violência contra a mulher

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher – DEAM de Caicó registrou um pequeno aumento nos casos de violência doméstica neste ano em comparação com 2016. Foram instaurados 236 Inquéritos Policiais, enquanto em 2016, foram 214, o que representa um aumento de aproximadamente 10% no registro de casos de violência contra a mulher.

Do total de Inquéritos de 2017, 53 foram instaurados através de Auto de Prisão em Flagrante e 183 foram instaurados mediante portaria, sendo que, desse total, 222, foram concluídos e encaminhados à Justiça, enquanto apenas 14 Inquéritos aguardam o cumprimento de diligências para serem finalizados. A grande maioria dos casos se deve à pratica do crime de ameaça contra a mulher (118) ou ofensas verbais (66), seguidos dos casos de lesão corporal (48) e vias de fato (43) em que há ofensa à integridade física da vítima.

Continue lendo



NÚMEROS: Polícia Civil instaurou 1.528 Inquéritos na região Seridó em 2017

Polícia Civil divulgou os dados estatísticos de suas ações em 2017

A 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil, com sede na cidade de Caicó, apresentou os dados estatísticos referentes ao ano de 2017. De acordo com os números encaminhados pelas delegacias que compõem a Regional, foram lavrados: 7.130 Boletins de Ocorrência; 1.419 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs); 809 Autos de Prisão em Flagrante; 222 Boletins Circunstanciados de Ocorrência (BOCs) e 98 Procedimentos de Ato Infracional.

Continue lendo



Polícia Civil prendeu quase 1.200 suspeitos por vários crimes em 2017

Polícia Civil, mesmo com dificuldades, conseguiu fazer trabalho acontecer no RN

As equipes da Polícia Civil, que atuam na Grande Natal e no interior do Estado, conseguiram prender 1.184 pessoas, entre homens e mulheres que são suspeitos pela prática de diversos crimes, cometidos em 2017. Os suspeitos foram detidos em cumprimento a mandados de prisões e também mediante prisões em flagrante. As pessoas detidas são suspeitas pela prática de crimes como homicídio, estupro, associação criminosa, estelionato, tráfico de drogas, roubos, furtos, receptação de veículos, posse e porte ilegal de arma de fogo, roubos a bancos e caixas eletrônicos. Na Grande Natal, foram presas 664 pessoas e no interior do Estado, 520 suspeitos foram detidos.

Continue lendo



Delegacia de Ceará Mirim funcionará em prédio modernizado

A Delegacia Municipal de Ceará Mirim, que antes funcionava em uma casa de espaço reduzido e desgastada, a partir desta quinta-feira, 28 de Dezembro, passará a atender o público em um prédio moderno, totalmente climatizado e localizado em área de fácil acesso. O novo espaço da Delegacia, que foi liberado pela Prefeitura da Cidade, para abrigar os trabalhos da Polícia Civil passou por uma reforma que proporcionará conforto para os cidadãos e para a equipe de policiais que trabalhará no local.

Continue lendo



Desembargadora considera ilegal paralisação das polícias Civil e Militar do RN e determina retorno imediato

Do G1/RN – A desembargadora Judite Nunes acatou pedido da Procuradoria-Geral do Estado e considerou ilegal o movimento que vem sendo realizado pelas polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. Na decisão, ela determinou que os policiais retomem imediatamente suas funções. Em caso de descumprimento, as associações e sindicatos que representam as categorias podem ser penalizadas. As multas são diárias e vão de R$ 2 mil a R$ 30 mil.

Em contato com o G1, as associações de PMs, bombeiros militares e o Sindicato dos Policiais Civis disseram que ainda não foram notificados oficialmente da decisão, e que realizarão assembleias nesta terça (26) para decidirem o que fazer. Até lá, a PM e o Corpo de Bombeiros seguem fora das ruas e a Polícia Civil, até porque esta segunda (25) é feriado, continua em regime de plantão.



Policiais civis decidem se apresentar na Degepol nesta quarta-feira

Policiais decidem se apresentar na Degepol em Natal
Policiais decidem se apresentar na Degepol em Natal

Os policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram realizar uma mobilização, nesta quarta-feira, dia 20 de dezembro, e vão se apresentar na Degepol ao invés de irem para as delegacias. A categoria se reuniu em assembleia, no início da tarde desta terça-feira (19), e decidiu realizar o movimento para cobrar o pagamento dos salários atrasados.

De acordo com a deliberação feita na sede do SINPOL-RN, os policiais civis devem se concentrar na Degepol a partir das 8h, onde realizarão nova assembleia. Durante todo o dia desta quarta-feira, apenas a Central de Flagrantes e a Plantão Zona Sul estarão abertas para atendimento ao público. No interior do Estado, os Agentes e Escrivães devem se dirigir para as delegacias regionais. “Já estamos no dia 19 de dezembro e o Governo do Estado ainda não apresentou nenhuma previsão de pagamento dos salários de novembro, dezembro e do 13º. Por isso, a categoria deliberou uma mobilização nesta quarta-feira para cobrar uma definição“, explica Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.

Ele lembra que em reunião com os servidores, o governador Robinson Faria informou que teria dinheiro para efetuar os pagamentos nos próximos dias. “Então, se tem dinheiro em caixa ou se tem dinheiro para entrar, que o Governo defina as datas de pagamento“.

Nesta terça-feira (19), os policiais civis participaram de uma mobilização na Assembleia Legislativa, contra o projeto que pretende aumentar a alíquota da Previdência de 11% para 14%. Os servidores públicos foram proibidos de entrar naquela Casa, mas conseguiram que a matéria fosse retirada de pauta. Os deputados informaram que só pretendem votá-la após a volta do recesso parlamentar.



Ação conjunta do MPRN, Polícia Civil e PM fecha casa de jogos de azar em Natal

Equipamentos apreendidos durante a ação

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e das Polícias Civil e Militar fechou duas casas de jogos de azar que funcionavam em Natal na noite de sábado (16). Ao todo, foram apreendidos 65 máquinas caça-níquéis e cerca de R$ 17 mil em espécie. Duas pessoas foram autuadas em flagrante.

As casas clandestinas funcionavam na rua Piloto Gileno de Melo, em Lagoa Nova; e na avenida Coronel Estevam, no Alecrim. Duas pessoas foram autuadas em flagrante e conduzidas para a delegacia de plantão da zona Sul de Natal, onde foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs).

Também foram apreendidos mais de 30 poltronas, dois aparelhos de TV, microondas e bebedouro, que deverão ser doados para instituições filantrópicas.

A ação contou com a participação de 40 pessoas, sendo 23 integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco); 11 policiais militares e seis policiais civis. Os responsáveis pelas casas de azar serão investigados. Caso condenados, a lei de Contravenções Penais prevê pena mínima de prisão de três meses a um ano, mais pagamento de multa.



Polícia prende suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e de integrarem facção

A Polícia Civil com apoio da Polícia Militar deflagrou, nesta sexta-feira (15), a Operação Morro do Aranha nas cidades de Santa Cruz, Caicó (no presídio O Pereirão) e Tangará.

Presos na nova fase da Operação Morro do Aranha

A Operação teve como objetivo combater o tráfico de drogas na região. Foram cumpridos 17 mandados de prisão contra investigados suspeitos de integrarem facção criminosa e por envolvimento direto com tráfico de drogas. Também foram realizadas 06 autuações em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse de arma de fogo. A equipe policial contou com a força de 200 policiais.

Presos na Operação Morro do Aranha

A Operação Morro do Aranha foi desencadeada pela Operação Gladiador que ocorreu no dia 03 de agosto a qual foram presos dois homens pelos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo.

Droga apreendida na operação

Foram presos na Operação: Denis de Lima Santos, 27 anos, vulgo “Denis”; Diogo de Souto Lira de Medeiros, 23 anos, vulgo “Curinga”; Raimundo Juriel da Silva Gurgel, 32 anos, vulgo “Turiel”; Flávia Kateúcia da Silva Ferreira, 35 anos; Wanderson Rafael Januário, 27 anos, vulgo “Bigodinho”; José Lenildo de Oliveira Nunes, 30 anos, vulgo “China”; Igor Rafael Olinto, 29 anos, vulgo “Igo Oião”; Alex Patrício da Silvas, 21 anos; Maria Jaqueline dos Santos, 40 anos, vulgo “Jack” ou “Dheke”; Irla Tainara de Souza Silva, 22 anos, vulgo “Thaynara”; José Carlos da Silva , 34 anos, vulgo “Zé Jerimum” ou “Galego do Cabaré”; Leandro Moreira de Souza, 29 anos, vulgo “Ueque”; José Robson Januário, 28 anos, vulgo “Robinho”; José Alysson Gomes Sampaio, 33 anos, vulgo “Alin”; Maria Francinária Nascimento da Silva, 31 anos, vulgo “Nara”; Jackson Antônio Abreu da Silva, 27 anos, vulgo “Jack” ou “Dhek RN”; Everton Carlos de Araújo Lima, 30 anos, vulgo “Evinho” ou “Coroa Boy”; Monaliza Mikaela dos Santos, 21 anos, vulgo “Mika”; Feluce Cardoso da Silva; Vítor Rocha da Costa, 22 anos; Randley Soares Costa, 23 anos; João Paulo Pinho Rodrigues; Jonas Rodrigues da Silva.

Os presos foram conduzidos ao Sistema Prisional onde aguardarão a decisão da Justiça. Os demais investigados estão sendo procurados.



Polícia Civil prende em Natal dupla com droga avaliada em 1 milhão de reais

A dupla foi presa na rodoviária de Natal

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) em parceria com a Polícia Civil da Paraíba pela Delegacia de Repressão à Entorpecentes de João Pessoa prenderam em flagrante, na quinta-feira (07), Tales Pereira de Albuquerque, vulgo “Boca”, 31 anos, e Francisco de Assis Lelis da Nóbrega Neto, vulgo “Víbora”, 24 anos, ambos naturais da cidade de João Pessoa, capital do estado da Paraíba. Eles foram presos por volta das 23h na rodoviária de Natal, com aproximadamente 30 quilos de “skank”, um tipo de maconha cultivada em ambiente controlado visando obter maior concentração de Tetrahidrocanabinol (THC), responsável pelos efeitos psicoativos e neurotóxicos da droga.

Continue lendo



Polícia Civil e PRF deflagram Operação e prendem grupo envolvido com roubos de cargas no RN

Polícia divulgou imagens dos presos na Operação Mercúrio

Na manhã desta quinta-feira (07), a Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), a Delegacia Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagraram a Operação Mercúrio e cumpriram sete mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão contra pessoas envolvidas com desvios de cargas que vinham acontecendo dentro do Rio Grande do Norte. O nome da Operação é uma alusão ao deus romano Mercúrio ligado à venda, lucro e comércio.

Continue lendo



Polícia Civil de Assú fecha “boca de fumo” e prende suspeito por tráfico de drogas

Uma equipe de policiais civis de Assú prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (06), Danilo Marques da Silva suspeito pelo crime de tráfico de drogas, na cidade de Assú. Ele foi encontrado em uma “boca de fumo” localizada no bairro vertentes, com maconha, cocaína, balança de precisão, material para embrulhar drogas e outros apetrechos utilizados para o tráfico de drogas.

Segundo as investigações, a “boca de fumo” funcionava sob a chefia de Randoval Érico Cabral Silva, vulgo “Rato” ou “Ratinho”.  No momento da ação policial Randoval, empreendeu fuga levando consigo parte da droga que estava no local e um objeto que aparentava ser uma arma de fogo. Diligências estão sendo realizadas para encontrar o paradeiro do foragido. Na casa de Randoval os policiais encontraram mais material para embrulhar drogas e há suspeita de que as drogas depositadas no local tenham sido levadas.

Todo o material encontrado no local foi apreendido e a “boca de fumo” foi fechada. Danilo Marques foi autuado em flagrante suspeito pelo crime de tráfico de drogas, sendo encaminhado ao Sistema Prisional onde aguardará a decisão da Justiça.

A Polícia Civil solicita apoio da população para encontrar o foragido. Qualquer informação sobre a sua localização podem ser repassadas para o disque denúncia anônimo com Whatsapp (84) 9 9992-2122 ou (84) 9 8155-2956.



Polícia Civil identifica suspeito de matar advogado em Capim Macio

Homem-foi-preso-pela-Polícia-Civil

Uma investigação da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) identificou que João Paulo Lima dos Santos, vulgo “Peruca” ou “Índio”, preso, nesta segunda-feira (04), pela equipe da 4a Delegacia de Polícia Civil de Natal é um dos homens suspeitos pelo homicídio do advogado Márcio Augusto Urbano Marinho, de 59 anos. A vítima foi assassinada no dia 08 de novembro deste ano, quando chegava em sua casa, no bairro Capim Macio, na zona Sul de Natal.

De acordo com o diretor da DHPP, delegado Marcos Vinicius, a equipe da investigação da Zona Sul responsável pelo caso já possui vários indícios de que ele atuou na cena do crime. “Nós estamos pedindo a colaboração da população para nos repassar informações que nos ajudem a elucidar o homicídio deste advogado”, solicitou o delegado Marcos Vinicius. Quem tiver alguma informação pode repassar de forma anônima e com garantia de sigilo para o Disque-Denúncia 181 ou para o telefone 3232.1195.



Polícia Civil convoca coletiva para anunciar elucidação da morte de agente penitenciário

A Polícia Civil promove entrevista coletiva às 11hs da manhã desta terça-feira (05), para detalhar sobre a elucidação das investigações sobre o assassinato do agente penitenciário Thiago Jefferson Bezerra de Lima.

A coletiva será na Academia de Polícia Civil (Acadepol) em Natal.

O agente penitenciário, Thiago Jefferson Bezerra de Lima, morreu após ser baleado no bairro Bom Pastor, Zona Oeste de Natal. Segundo informações da Polícia Civil, o oficial estava chegando em casa quando foi alvo dos disparos.