Salomão Gurgel confirma pré-candidatura a deputado estadual pelo PSOL

Médico Salomão Gurgel confirma pré-candidatura a deputado estadual

O médico Salomão Gurgel afirmou que é pré-candidato a deputado pelo PSOL. A decisão foi tomada em reunião do diretório estadual do partido, em que foram discutidos os nomes para Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Salomão afirma que vai atender a convocação do diretório estadual do PSOL e colocar seu nome como opção para a Assemblei Legislativa, diante da atual situação vivenciada no Rio Grande do Norte e no Brasil e da importância do PSOL no processo democrático brasileiro.

“Queremos consolidar o PSOL como opção para o estado e o país, por isso estamos atendendo a convocação do diretório estadual do nosso partido para lutarmos por um país mais justos e democrático”, destacou Salomão Gurgel.



Pré-candidatura da esposa de Paulinho pode ter motivado saída de Fernandinho do PR

A pré-candidatura de Terezinha Maia, esposa do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros, parece que foi o motivo que levou o caicoense Fernando Antônio Bezerra, a sair do Partido da República – PR, liderado no estado pelo ex-deputado federal, João da Silva Maia.

A Blog Sidney Silva, soube de fonte segura que a prioridade dentro do partido em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa, é o nome dela. Diante da situação, Fernandinho teria procurado João Maia e pediu apoio para seu projeto, mas, não obtendo êxito. O “amigo” não chegou junto. Então, ele preferiu procurar outra legenda e encontrou espaço no Solidariedade, que é liderado pelo deputado estadual, Kelps Lima.

O blog Sidney Silva procurou Fernandinho em busca de saber se realmente foi o que aconteceu, mas, ele foi reticente na resposta. Mas, disse que seu novo partido lhe dá condições mais justas para disputar o pleito.

O  Solidariedade vai ter uma nominata com nomes próprios na disputa eleitoral e isso me dá uma condição mais justa de disputa. O PR, no Seridó, já tinha alguns compromissos com nomes, que nós precisamos respeitar. De fato, no início, o presidente, João Maia, pensava em ter uma nominata com nomes próprios do partido, ele tentou, mas no final ele percebeu que se teria dificuldade de manter isso. O PR tem possibilidade de outras coligações“, disse Fernando Antônio.



Collor anuncia que vai concorrer à Presidência em 2018

Collor anuncia pré-candidatura a presidência da República

Nesta sexta-feira (19), Fernando Collor de Mello, do PTC, anunciou que é pré-candidato à Presidência da República em 2018.

No breve discurso que fez em Arapiraca, interior de Alagoas, o atual senador disse que esse é um dos momentos dos mais importantes de sua vida pessoal e de sua vida pública.

Um das principais pontos defendidos por Collor desde que foi eleito ao Senado, em 2006, é a adoção do parlamentarismo no país. O ex-presidente foi processado no STF (Supremo Tribunal Federal), mas acabou inocentado de todas as ações. A última delas foi em 2014.

Collor já foi presidente do país entre 1990 e 1992, quando se tornou o primeiro mandatário a sofrer impeachment. No lugar dele, assumiu o vice-presidente, Itamar Franco.