Prefeita de Florânia nega ter influenciado mudança no Comando do Destacamento da PM

A prefeita da cidade de Florânia, Márcia Nobre, enviou nota ao Blog refutando as informações de que supostamente teve ligação com a mudança de comando no Destacamento local da Polícia Militar.

Leia a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

​Acerca dos fatos veiculados na imprensa relacionados à substituição do comando da Polícia Militar na nossa cidade, venho a público, por dever de ofício, informar à comunidade que são totalmente inverídicas as tentativas de relacionar a mudança de destacamento a qualquer ordem ou pedido feito por mim em razão do cargo que ocupo.

​Ao contrário, o trabalho existente entre a Polícia Militar na cidade e a Prefeitura Municipal de Florânia sempre se deu em ambiente de extrema parceria e respeito entre as instituições, inclusive com a total disponibilidade da estrutura do poder público para a viabilidade das ações policiais na nossa comunidade.

​Nesse sentido, cumpre esclarecer ainda que todas as vezes em que precisei me remeter ao comando da Polícia Militar, na cidade de Caicó/RN, foi para tão-somente solicitar reforço de contingente para dar suporte ao destacamento local, sobretudo em tempos de pandemia,como posso demonstrar documentalmente, mas jamais para influenciar decisão administrativa da corporação, nem tampouco para agir fora da legalidade que sempre foi própria das ações por mim praticadas.

​Em verdade, a substituição no destacamento da cidade está sendo usada pelo grupo oposicionista para, numa ação eleitoreira e desesperada, imputar a mim, embora não seja candidata nas próximas eleições já sou reeleita no cargo, conduta jamais praticada e, assim, despertar na comunidade um sentimento contrário à aprovação das ações que estamos praticando enquanto gestão comprometida com a ética e a legalidade.

​Por fim, ao mesmo tempo em que me coloco à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos, informo que tomarei todas as medidas judiciais cabíveis contra aqueles que insistirem na tentativa de imputar a mim fatos considerados criminosos.​

​A verdade há de prevalecer!


Tribunal de Justiça recebe denúncia contra prefeita do Município de Ouro Branco

Prefeita de Ouro Branco tem denúncia recebida no TJRN

O Tribunal de Justiça do RN recebeu Denúncia ofertada pelo Ministério Público Estadual contra a prefeita municipal de Ouro Branco, Maria de Fátima Araújo da Silva, pela prática, em tese, dos crimes de desobediência e falsidade ideológica – inserção de informação falsa no Decreto nº 007/2015 – em concurso material.

Os desembargadores seguiram o voto da relatora da ação, desembargadora Zeneide Bezerra, que considerou o acervo probatório suficiente para embasar a denúncia, assim como observou as condições materiais da ação devidamente preenchidas, além dos requisitos dispostos no artigo 41 do Código de Processo Penal.

A denúncia do MP foi baseada em dados colhidos no Inquérito nº 083/2015, instaurado com base em constatação de suposto crime cometido pela prefeita, nos autos da Ação Civil Pública nº 0100201- 83.2015.8.20.017.

Continue lendo


Veículo roubado de prefeita do interior é encontrado dentro de canal

Carro foi encontrado dentro de esgoto

Do G1/RN – A prefeita Taianni Santos, da cidade de Lagoa D’Anta, que fica na região Agreste potiguar, teve o carro roubado na tarde deste domingo (22) em frente ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal. Segundo a Polícia Militar, além do carro, os bandidos levaram joias e celulares.

A polícia foi acionada e perseguiu os bandidos, que abandonaram o carro dentro de um canal no Paço da Pátria, na Zona Leste da cidade. Os assaltantes não foram encontrados.

De acordo com a PM, a prefeita estava indo visitar um morador de Lagoa D’Anta no hospital, quando dois homens chegaram e anunciaram o assalto. Os criminosos fugiram levando o carro da prefeita, uma caminhonete Amarok.

A PM não sabe se os bandidos caíram com o carro dentro do canal ou se o veículo foi abandonado próximo e depois jogado no esgoto. Na traseira da caminhonete é possível ver marcas de tiros, mas também não se sabe em que circunstâncias o veículo foi baleado.


TRE/RN cassa mandatos da prefeita e do vice de Água Nova e determina novas eleições

TRE cassa mandatos da prefeita e do vice de Água Nova RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, cassou nesta quinta-feira (28), os mandatos de Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho e Elias Raimundo de Souza, prefeita e vice-prefeito do município de Água Nova/RN. A decisão foi proferida em julgamento de Recurso Eleitoral da relatoria do juiz Gustavo Smith. O Recurso foi impetrado na Ação de Investigação Judicial Eleitoral-AIJE que apurou suposto abuso de poder durante as eleições municipais de 2016, praticados pela prefeita e o seu vice, além de seu pai, Francisco Iromar de Carvalho.

A Corte eleitoral potiguar, à unanimidade de votos, e em consonância com o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, manteve a sentença do juiz da 65ª Zona Eleitoral, em todos os seus termos, cassando os diplomas e determinando que sejam realizadas novas eleições no município, além da declaração de inelegibilidade por oito anos dos três que, segundo a decisão, participaram ativamente do processo de captação ilícita de votos e de abuso de poder econômico.

Desta decisão cabe recurso ao TSE e o TRE deliberará, oportunamente, sobre a data da eleição suplementar no município.


Prefeita é presa por envolvimento em morte de jornalista

Agência Brasil – A prefeita de Santa Luzia (Região Metropolitana de Belo Horizonte), Roseli Ferreira Pimentel (PSB), foi presa nesta quinta-feira (7) por suspeita de envolvimento na morte de um jornalista em agosto do ano passado. O mandado de prisão foi assinado pelo juiz Alexandre Victor de Carvalho, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

De acordo com a decisão, ela teria participado do homicídio de Maurício Campos Rosa, que era dono do jornal local O Grito. Também foram presos três homens suspeitos do crime.

Roseli foi encontrada pela Polícia Civil em sua própria casa e foi levada a uma delegacia em Belo Horizonte. Antes de ser encaminhada para uma unidade prisional, ela deverá ser submetida a exames no Instituto Médico Legal (IML).

Reeleita em 2016 para um segundo mandato, Roseli teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) por irregularidades na sua campanha. Ela foi afastada em 7 de junho. No entanto, recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e conseguiu uma liminar, retornando ao cargo 15 dias depois.


Salário da Prefeita de São José do Seridó é maior que oito de suas secretarias juntas

Salário de prefeita de São José do Seridó é maior que o de seus secretários juntos

Marcos Dantas destaca em seu blog que a prefeita de São José do Seridó, Maria Dalva (Miúda) recebe um salário bruto mensal de 19 mil, 227 reais e 80 centavos. Com descontos previdenciários, fica com 14.616.07.

Seu salário é maior do que a soma de todos os salários dos servidores de, pelo menos cinco secretarias de seu governo: Administração, Planejamento, Esporte, Agricultura, Serviços Urbanos, Procuradoria, Controladoria e Governo.


RN tem 1ª cassação de prefeito após posses

Juízes do TRE irão decidir sobre recurso impetrado na corte – (FOTO: Valdir Julião/Tribuna do Norte)

Tribuna do Norte – O município de Ouro Branco poderá ser o primeiro a ter eleição suplementar este ano, com a cassação em primeira instância do mandato da prefeita Maria de Fátima de Araújo da Silva e do vice-prefeito Francisco Lucena de Araújo Filho, por abuso de poder político. Ambos filiados são filiados ao Partido dos Trabalhadores (PT) e devem recorrer da sentença ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A se confirmar na segunda instância a decisão da juíza da 23ª Zona Eleitoral, Janaina Lobo da Silva Maia, o PT só passará a contar com um prefeito no RN, Odon de Souza Júnior, em Currais Novos, na região do Seridó, onde também se situa Ouro Branco.

Além da cassação do mandato da prefeita, a juíza Janaina Lobo Maia determinou a inelegibilidade de Maria de Fátima da Silva por oito anos. Nas eleições municipais de 2 de outubro de 2016, a prefeita cassada obteve 2.312 votos (62,57%) contra 1.383 ou 37.43% dos votos dados à professora Eurinete dos Santos Silva e ao candidato a vice Getúlio Oliveira de Souza, os dois do PSD.

Continue lendo