ITEP procura familiares de preso que morreu no Presídio de Caicó

O Instituto Técnico-Cientifico de Perícia – ITEP de Caicó, emitiu nesta sexta-feira (28), edital de convocação para a retirada de cadáver.

De acordo com o documento, os responsáveis pelo corpo de CARLOS HENRIQUE AZEVEDO DA SILVA, de 51 anos, natural do Rio de Janeiro/RJ, o qual foi encontrado no sem vida nas dependências da Penitenciária Estadual do Seridó de Caicó/RN, no dia 14 de fevereiro de 2020, estão sendo notificados.

Conforme descrito, e em atendimento a Portaria no 068/2017 – ITEP/RN, estamos convocando o comparecimento dos possíveis genitores, irmãos, filhos, e/ou familiares de 1o grau para mediante comprovação, estarem realizando a retirada do supracitado corpo cadavérico, na sede da Unidade Regional Seridó – ITEP/Caicó-RN, situada à Rua Severiano A. da Costa, S/N, Bairro Samanaú, CEP 59.300-000, Caicó/RN, no prazo de 05 (cinco) dias, a contar da publicação deste“, diz o Edital.

O prazo máximo para que o ITEP custodie cadáveres, é de 10 dias a contar da data de entrada.

No caso do corpo de CARLOS HENRIQUE AZEVEDO DA SILVA, passados 5 dias, a contar desta data (28 de fevereiro de 2020), o ITEP prosseguirá com a liberação e encaminhamento do cadáver não reclamado ao município do local do óbito, para que sejam tomadas as providências para o sepultamento em cemitério.


Agentes penitenciários realizam revista no Complexo Penal Mário Negócio

Revista na Mário Negócio foi feita nesta quarta-feira

Agentes da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap/RN) realizaram, nesta quarta-feira (2), uma ação preventiva de revista no Complexo Penal Agrícola Doutor Mário Negócio, em Mossoró. A ação não encontrou nenhum material ilícito.

O objetivo da intervenção era buscar possíveis materiais ilícitos nas alas A e B, bem como promover uma limpeza nas celas. Na ocasião foi retirado materiais como garrafas pet, isopor, entre outros.

A medida foi executada pelo Grupo de Operações Especiais Penitenciárias (GOE) com apoio da equipe de plantão da unidade prisional. Em paralelo, o Grupo Penitenciário de Operações com Cães (GPOC) permaneceu no local dando segurança as demais equipes e utilizando os animais na vistoria.

O trabalho foi coordenador pelo Departamento de Operações Táticas da Seap (DOT).


Preso é encontrado morto em cela de presídio

Um detento foi encontrado morto dentro de uma cela na manhã desta quarta-feira (15) no presídio provisório Raimundo Nonato, também conhecido como Cadeia Pública de Natal, na zona Norte da capital.

Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejuc-RN), o corpo do homem, identificado como Leandro Elias Santos, 36 anos, foi encontrado caído dentro da cela sem sinais aparentes de violência. Ele respondia pelo crime de receptação de material roubado.

A Sejuc informou ainda que o preso já sofria de problemas de saúde e estava com outros detentos na cela, que não teriam escutado nenhum barulho e não chamaram socorro. Uma perícia do Itep-RN e investigação  vão identificar as causas.


PM morre em troca de tiros durante fuga na penitenciária de segurança máxima em Itamaracá

Um grupo de detentos fugiu, na noite de quarta-feira (13), da Penitenciária Professor Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, no Grande Recife. Durante a fuga da unidade, que é de segurança máxima, os presos trocaram tiros com um policial militar, que foi atingido na cabeça e morreu, segundo a Polícia Civil. Ainda não se sabe a quantidade de fugitivos.

Presídio registrou fuga de presos; entre eles estava o homem acusado de mandar matar um Promotor de Justiça – (Foto: Kety Marinho/TV Globo)

O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp) aponta que, entre os fugitivos, está José Maria Rosendo, condenado em 2016 como mandante da morte do promotor de Itaíba Thiago Farias. O crime aconteceu em 2013 e a motivação, segundo a PF, envolveu uma disputa pelas terras de uma fazenda.

O delegado João Brito, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que esteve na Barreto Campelo, afirmou que o sargento da PM Rinaldo Azevedo Campelo, de 49 anos, fazia a guarda externa da prisão quando percebeu o plano de fuga, reagiu e foi baleado. Ele chegou a ser socorrido por um agente penitenciário, mas morreu ao dar entrada no hospital local.

Ainda de acordo com o delegado, não houve explosão de muros durante a fuga. Os presos conseguiram escapar pelas laterais da penitenciária, em circunstâncias que ainda vão ser investigadas.

Segundo o Sindasp, uma contagem deve ser feita na manhã desta quinta-feira (14) para constatar o total de fugitivos.

*G1/PE


TVK News: Preso é encontrado morto em cela do Presídio de Caicó

Um preso da Penitenciária Estadual do Seridó em Caicó, Bruno Maycon Tavares Batista, foi encontrado por agentes penitenciários, morto, pendurado pelo pescoço. Um lençol foi usado para prender o corpo aos combogós da cela do Pavilhão C.

Confira detalhes na reportagem da TVK News.


Empresas de telecomunicações rejeitam instalar bloqueador de celular em prisões

Empresas não querem instalar bloqueadores em presídios do Ceará

ABr – As federações que representam empresas e trabalhadores dos serviços de telecomunicação divulgaram hoje (3) nota em que se manifestam contra a obrigação de instalar aparelhos bloqueadores de sinal de celular em presídios. O tema consta do Projeto de Lei Complementar (PLP) 470/18, do Senado e está na pauta de votação da Câmara dos Deputados.

De acordo com a nota, o setor não é contra o uso dos recursos, e sim contra a obrigatoriedade de as prestadoras do serviço se encarregarem da instalação e manutenção dos bloqueadores.

Segundo a nota, a iniciativa pode colocar em risco a integridade física dos trabalhadores e o patrimônio das empresas. Responsabilizar as empresas “e os milhares de técnicos por essa tarefa é colocar vidas em risco”, diz o texto, que relaciona ainda recentes atentados ocorridos no Ceará com o bloqueio de sinal de celulares em presídios.


Juiz faz fiscalização no Pereirão e ouve presas

Juiz Luiz Cândido fez fiscalização no presídio de Caicó

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, que está, também, respondendo pela Execução Penal na comarca de Caicó, esteve neste terça-feira (09), realizando fiscalização de rotina no pavilhão feminino da Penitenciária Estadual do Seridó.

Em contato com o Blog Sidney Silva, Cândido disse que a fiscalização foi rotina, mas, aproveitou, juntamente com o representante do Ministério Público, para fazer entrevistas com as presas. “Nós temos sempre que fazer esse tipo de trabalho. Lá, nós encontramos algumas melhorias sendo implementadas, como os equipamentos novos que chegaram, o Raio-X e o detector de metais, o sistema de câmeras, entre outros. Eu tenho esperança que tenhamos essa unidade funcionando bem, como antes.

O magistrado esteve acompanhado do promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, do diretor da unidade prisional, Ubirajara Araújo, do delegado de Polícia Civil, dr. Rafael e do comandante do 6º BPM, o tenente-coronel Walmery Costa.