Polícia Civil prende suspeito em desdobramento da “Operação Soledade” em Caicó

Operação Soledade foi deflagrada pela Polícia Civil em março deste ano

Nesta sexta-feira (22), policiais civis da 3° DRP de Caicó, deram cumprimento, a um mandado de prisão preventiva contra Rodrigo Costa dos Santos, de 24 anos. Ele foi preso no bairro Soledade, pela suspeita da prática dos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa e roubo.

A prisão se deu em continuidade à “Operação Soledade”, deflagrada no dia 12 de março de 2020. Na ocasião, foram cumpridos sete mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão. A ação teve como objetivo, desarticular uma organização criminosa atuante no município de Caicó, voltada ao cometimento de crimes como homicídios, tráfico de drogas, latrocínios, posse ilegal de arma de fogo, lavagem de dinheiro, descaminho, sonegação fiscal. Ao todo oito pessoas foram presas

De acordo com investigações, Rodrigo Costa era um dos principais integrantes de uma organização criminosa atuante no município. Ele foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

O nome da operação remete ao bairro Soledade, local de cumprimento dos mandados e onde se constata atuação de grupos criminosos na prática do tráfico de drogas.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do disque denúncia 181 ou do número da Delegacia Municipal de Caicó: (84) 99634-2422.


DEICOR prende assaltantes de carros-fortes, bancos e Correios com atuação interestadual

Material apreendido pela Deicor com os ladrões

Ele foi filmado, roubando com sua quadrilha, em pelo menos 04 agências dos Correios no Estado da Paraíba, sendo em ÁGUA BRANCA, no dia 2 de maio de 2019; por duas vezes na agência dos Correiros da UFPB em João Pessoa, (nos dias 28/06/19 e 04/02/20), bem como foi flagrado, também, roubando malotes de um carro-forte, na cidade de João Pessoa/PB, no dia 17 de fevereiro deste ano. Na ação um segurança um dos seus comparsas foram alvejados com tiros.

“A quadrilha age com violência e vinha sendo investigada, haja vista estarem cogitando explodir uma agência bancária no Oeste Potiguar e roubar mais um carro-forte, dessa vez no Rio Grande do Norte. Ocorre que nos antecipamos e frustramos os planos criminosos”, disse o delegado que coordenou a ação que culminou com a prisão dos dois homens.

Em ação recente, no dia 28 de abril, na cidade de TAPERUÁ/PB, o grupo criminoso roubou um supermercado e trocou tiros com a polícia militar, onde um militar foi alvejado.

A polícia civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP DEICOR (84) 98135-6796.


Ação conjunta resulta na prisão de homicida foragido da Justiça de Caicó há 15 anos

Na tarde de sexta-feira (28), foi localizado nas dependências de um estabelecimento comercial no Bairro São Judas Tadeu, cidade de Taboão da Serra/SP, o foragido da Justiça, MAURÍCIO RAFAEL DE LUCENA, de 41 anos de idade. Ele foi detido por policiais da Delegacia de Roubos a Bancos do DEIC de São Paulo. De acordo com as informações apuradas pelo Blog Sidney Silva, ele é indiciado pelo homicídio que vitimou Laércio José Silveira Carvalho, ocorrido no dia 28 de dezembro de 2019, na cidade de Dionísio Cerqueira em Santa Catarina.

A localização e prisão de MAURÍCIO somente foi possível graças a troca intensa de informações do CIOF, PCSC, PCSP, PRF e demais forças de segurança desde o final de dezembro de 2019.

No crime praticado em Santa Catarina, o preso matou a vítima com 3 disparos de arma de fogo e evadiu-se para o estado de São Paulo. Ele também era foragido da Justiça de Caicó, estado do Rio Grande do Norte, desde 2005, também pela prática do crime de homicídio.

Inaugurado em dezembro de 2019, o Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF) é um projeto estratégico do Ministério da Justiça e Segurança Pública – conduzido pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), objetiva intensificar e fortalecer a integração entre os agentes de segurança pública no combate ao crime organizado transnacional, atuando também com operação ostensiva e auxílio das investigações.


Decretada a prisão preventiva de motorista bêbado que atropelou mulher na Rota do Sol

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve em audiência de custódia decisão favorável para garantir a homologação da prisão em flagrante e a decretação da preventiva de Allandson Leandro Diogo, que foi preso na Rota do Sol, na Grande Natal, com sinais de embriaguez e dirigindo na contramão. A audiência foi realizada na tarde desta sexta-feira (15), no mesmo dia da ocorrência. O motorista, que foi preso pela Polícia Militar e se negou a se submeter ao teste do bafômetro, ainda chegou a atropelar uma mulher no Centro de Pium, que foi socorrida e passa bem.

Continue lendo

Polícia Civil prende líder de facção criminosa do RN; “Daniel Assado” era foragido de Caicó

Daniel foi preso em João Pessoa na Paraíba

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (17), um homem apontado como o líder de uma facção criminosa que atua no estado do Rio Grande do Norte.

Daniel Batista de Almeida, de 23 anos, foi localizado por equipes da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco). Ele estava escondido no bairro do João Paulo II, em João Pessoa/PB. Daniel, mais conhecido como “Madrugão” e “Assado”, era procurado pela justiça por envolvimento em tráfico de drogas.

Segundo o delegado Alan Terruel, titular da Draco, o preso foi enviado pela facção criminosa para atuar na Paraíba no fornecimento de entorpecentes.

A Polícia Civil iniciou um trabalho de investigação e detectou essa movimentação na Paraiba. A facção criminosa que atua no Rio Grande do Norte busca se ramificar na Paraíba, o que vem sendo combatido pela Draco”, afirmou.

O preso será apresentado ao Poder Judiciário durante audiência de custódia, para , em seguida, ser recambiado ao Rio Grande do Norte.

Daniel Assado era procurado pela Polícia Civil de Caicó, desde a deflagração da Operação Progresso.


Negada liminar para revogar prisão preventiva de advogado acusado de corrupção ativa e extorsão

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça RN indeferiu pedido liminar feito pela defesa do advogado Allan Clayton Pereira de Almeida para revogar a sua prisão preventiva e impor medidas cautelares. Ele foi preso no último dia 10 de junho, em decorrência da “Operação Infiltrados”, deflagrada pelo Ministério Público Estadual. O advogado foi denunciado pelo MP pela suposta prática dos crimes de corrupção ativa, extorsão e lavagem de dinheiro em um esquema para compra de decisão judicial.

No Habeas Corpus impetrado, a defesa de Allan Clayton Pereira de Almeida alegou a ocorrência de um suposto constrangimento ilegal por parte do Juízo de Direito da 5ª Vara Criminal de Natal, que manteve a prisão preventiva do advogado.

Sustentam a ausência dos pressupostos para a decretação da prisão preventiva e para a manutenção de Allan Clayton na prisão em que se encontra, pois “não há nenhum elemento nos autos que indique uma possível turbação à ordem pública” assim como “não se tem notícias de que ele pretenda atrapalhar a instrução criminal ou se furtar à aplicação da lei penal”.

A defesa reconhece que o advogado chegou a ser preso em decorrência da “Operação Medellín”, mas que não foi sequer denunciado na respectiva ação penal, de modo que mantém a sua primariedade.


Caso F. Gomes: Advogado Rivaldo Dantas é preso acusado de intimidar testemunhas

Rivaldo Dantas foi preso acusado de intimidar testemunhas do processo

O advogado Rivaldo Dantas de Faria, foi preso na manhã desta sexta-feira (05). Sua prisão foi solicitada pelo promotor Augusto Flávio de Azevedo, depois que chegou ao seu conhecimento que o advogado estava fazendo intimidações e ameaças contra testemunhas do processo da morte do jornalista F. Gomes, no qual ele é réu, respondendo como mandante do crime.

Os policiais militares que cumpriram a prisão de Rivaldo, o encontraram por volta das 10hs30min nas imediações da Central do Cidadão, no Bairro Penedo, em Caicó. Inicialmente, ele foi conduzido à sede do Ministério Público, depois para o ITEP e em seguida para Natal, aonde fica detido no Quartel Geral da Polícia Militar.

O advogado Rivaldo Dantas, foi denunciado pelo Ministério Público, como mandante da morte do jornalista F. Gomes, crime ocorrido em Caicó, no mês de outubro de 2010.

O promotor Augusto Flávio, disse que pediu a prisão do advogado para o rito processual não fosse atrapalhado. A juíza Eliana Alves Marinho, atendeu ao pedido ministerial.

Momento da abordagem dos policiais ao advogado Rivaldo Dantas em Caicó


“Cara de Chinelo” é preso em São Bento/PB acusado de homicídios, roubos e sequestros

Arma apreendida com Cara de Chinelo

Policias civis e militares prenderam na tarde desta quarta-feira (19), na cidade de São Bento/PB, Alberto de Oliveira Dantas, o “Cara de Chinelo”, natural de Brejo dos Santos/PB, acusado de ser pistoleiro com mais de 10 homicídios praticados em Catolé do Rocha, São Bento e outras cidades do sertão paraibano.

No momento da prisão, Cara de Chinelo empreendeu fuga e entrou uma residência aonde fez reféns uma idosa e uma criança de 7 anos. Os polícias conseguiram prendê-lo e com ele encontraram uma pistola de calibre 9mm, de uso restrito.

O delegado seccional da cidade de Catolé do Rocha, Silvio Rabelo, disse ao Blog Sidney Silva, que o homem cometeu homicídio há dois dias. Ele também praticou sequestros e outros crimes como roubo. Inclusive, havia em aberto, um mandado de prisão.

Cara de Chinelo participou de assalto aos Correios em Timbaúba dos Batistas/RN

Em 2013, policiais militares de Caicó e de Jardim de Piranhas, prenderam na zona rural da cidade de São Bento/PB, o Cara de Chinelo, na época com 18 anos. No dia anterior, ele participou do assalto à Agência dos Correios da cidade de Timbaúba dos Batistas/RN. Na ação, um dos seus comparsas morreu em confronto com a Polícia nas imediações de Caicó.


Michel Platini é detido na França

O ex-jogador e ex-presidente da União Europeia de Futebol (Uefa) Michel Platini foi detido nesta terça-feira (18) como parte das investigações sobre suposta corrupção na escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022, informa a imprensa francesa. Platini está sob custódia da Polícia Judicial em Nanterre, perto de Paris.

Platini, que comandou a entidade de 2007 a 2015, cumpre um período de suspensão de quatro anos por violar o código de ética ao aceitar um repasse de 1,8 milhões de euros autorizado pelo então presidente da Fifa, Joseph Blatter, por trabalhos feitos entre 1998 e 2002.

Em 2016, a França abriu uma investigação por suposta corrupção na escolha do Catar como sede da Copa 2022 e Platini se declarou como testemunha em dezembro de 2017. A investigação se concentra em uma reunião que autoridades do Catar mantiveram com o ex-presidente Nicolás Sarkozy e Platini na sede do governo francês.

*G1


Operação “Canastra”: decretada prisão preventiva de ex-servidora da Assembleia Legislativa

Depois de um extenso debate, a Câmara Criminal do TJRN, por maioria de votos, decidiu pela decretação da prisão preventiva da ex-chefe do gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, posteriormente exonerada, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, que foi investigada pelo Ministério Público do Estado por supostamente comandar um esquema de desvio de dinheiro dentro do órgão, usando servidores fantasmas. A acusada, também primeira-dama do município de Espírito Santo/RN, foi o principal alvo da Operação Canastra Real, deflagrada pelo MP no dia 17 de setembro de 2016.

A investigação apurou um esquema, cujo início se deu em 2015, que desviou mais de R$ 2 milhões em recursos públicos na Assembleia Legislativa do estado e se utilizava de servidores fantasmas, os quais também foram exonerados recentemente. Ao todo, oito pessoas foram presas e o marido dela, o prefeito Fernando Luiz Teixeira de Carvalho de Esperíto Santo, também foi preso, mas por porte ilegal de arma de fogo. A operação cumpriu seis mandados de prisão e 23 de busca e apreensão nas cidades de Natal, Espírito Santo, Ipanguaçu e Pedro Velho.

*Veja mais detalhes aqui


Temer diz que irá se apresentar ‘voluntariamente’ à Justiça nesta quinta

O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que irá se apresentar “voluntariamente” à Justiça nesta quinta-feira (9). A afirmação foi dada a jornalistas que o aguardavam na porta de sua casa, em Alto de Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, na noite desta quarta, após o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidir pela revogação do habeas corpus do ex-presidente e de João Baptista Lima Filho (Coronel Lima), amigo dele.

Em primeiro lugar, decisão da Justiça se cumpre. Segundo ponto, claro, eu a considero inteiramente equivocada sob o foco jurídico. Eu sempre sustentei que nessas questões todas não há prova. Para mim, foi uma surpresa desagradável, mas eu amanhã me apresento voluntariamente“, disse. “Claro que com muita lamentação. É uma injustiça, não só injustiça, mas uma invericidade“.

O ex-presidente acrescentou que irá recorrer da decisão. “Já falei com o advogado, ele apresentará um habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça. Ou seja, vou defender os meus direitos até o fim”, afirmou.


Toffoli muda voto e Supremo estende imunidade de prisão a deputados estaduais

Com a mudança do voto do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, nesta quarta-feira (8), o plenário da Corte decidiu por maioria estender a possibilidade de imunidade de prisão a deputados estaduais. Segundo a maioria, as assembleias estaduais podem reverter ordem de prisão preventiva dada pelo Judiciário contra parlamentares estaduais.

Até o início do julgamento, havia maioria de votos no sentido de que as assembleias não poderiam reverter a ordem de prisão dada contra deputado estadual. Seis ministros votaram neste sentido. Porém, com a mudança de entendimento do presidente da Corte, o placar virou.

Votaram a favor de assembleias revogarem prisões:

  • Marco Aurélio Mello
  • Alexandre de Moraes
  • Gilmar Mendes
  • Celso de Mello
  • Ricardo Lewandowski

Votaram contra possibilidade de assembleias reverterem prisões:

  • Luiz Edson Fachin
  • Rosa Weber
  • Luiz Fux
  • Cármen Lúcia
  • Luís Roberto Barroso
  • Dias Toffoli

*Leia a notícia completa do G1, aqui


Polícia prende em Santana do Matos/RN, foragido da Justiça, suspeito de traficar drogas

Paulo Henrique Correia Xavier , tinha mandado em aberto

Policiais civis e militares do município de Santana do Matos/RN, prenderam, na madrugada desta quinta-feira (11), Paulo Henrique Correia Xavier, de 21 anos. Ele responde pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A ação ocorreu após os policias receberem denúncia anônima informando que Paulo havia chegado de Natal e se encontrava pelas ruas de Santana do Matos. Durante trabalho investigativo, Paulo foi localizado, por volta das 3 horas da manhã, dentro do transporte coletivo que faz a linha Santana do Matos-Natal.

Os policiais interceptaram o veículo, realizaram uma busca pessoal nos passageiros e, ao verificarem a documentação de Paulo, foi constatado que havia contra ele um mandado de prisão expedido pela Justiça de Parnamirim, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

O homem foi conduzido à Delegacia para os procedimentos de praxe e em seguida encaminhado ao Sistema Penitenciário Estadual, onde ficará à disposição da Justiça.


Polícia Civil cumpre mandado de prisão no Estado de Roraima

Wellington Pereira foi preso em Roraima

Policiais civis do Estado de Roraima com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Norte deram cumprimento, nesta quinta-feira (21), a um mandado de prisão preventiva contra Wellington Pereira da Silva.

Durante as investigações, a polícia recebeu informações de que Wellington estaria escondido na cidade de Mossoró. Após as diligências no município, policiais civis potiguares constataram que ele se encontrava mesmo na cidade de Roraima, onde é suspeito de ter cometido o crime.

Wellington foi encaminhado à Casa de Detenção de Vilhena, no município de Vilhena-RO, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Homem é condenado a mais de mil anos de prisão

Um homem foi condenado a 1.008 anos de prisão por abusar sexualmente da enteada. A sentença foi proferida pela Justiça de Fernandópolis, cidade do interior de São Paulo (SP).

O criminoso iniciou os abusos quando a menina tinha seis anos e só terminou quando a mãe se separou do acusado, cinco anos depois. Uma tia que visitava a família foi quem relatou os abusos à polícia.

Como foram comprovados 63 estupros, o cálculo foi multiplicado pela pena de 16 anos prevista para o crime hediondo.