Homem que foi flagrado por câmeras espancando a ex-noiva é preso em Natal

José Augusto espancou a ex-noiva em via pública e continuou a fazer a emeaças

Do G1/RN – O homem que, nesta semana, apareceu em um vídeo espancando a ex-noiva no meio da rua foi preso nesta terça-feira (6). O crime aconteceu em plena luz do dia no bairro Nazaré, Zona Oeste de Natal, no dia 25 de janeiro. Ele foi flagrado por câmeras de vigilância e a filmagem passou a circular nas redes sociais nos últimos dias. Uma das filhas da vítima, que tem quatro anos de idade, presenciou tudo.

De acordo com a Polícia Civil, José Augusto Ferreira foi preso sob mandado de prisão preventiva. O motivo que levou ao pedido de prisão não foi apenas a agressão do dia 25 passado. Segundo a delegada Ana Paula, da Delegacia da Mulher de Natal, o suspeito seguia ameaçando a ex-companheira. Ele teria dito que iria comprar uma arma para matá-la.

Após o crime, a mulher ficou com marcas da agressão no rosto e nas costas. Ela passou cerca de dez dias trancada em casa, com medo do agressor. Nesta segunda-feira (5), foi levada pelas autoridades a uma casa abrigo, com suas filhas de 4 e 8 anos.

Imagens foram captadas por câmeras de prédio próximo de onde ocorreu o fato


Polícia Civil prende suspeito com arma e munição em Pium

Arma artesanal apreendida em Pium

Uma ação da equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) resultou na prisão em flagrante de Rodrigo Lopes da Silva, 21 anos, na manhã desta quinta-feira (01).

Ele foi preso após a Polícia receber informações anônimas do Disque Denúncia 181. Rodrigo Lopes foi preso em uma residência, na praia de Pium, em Parnamirim, com uma espingarda calibre 12 e munições e foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.



Caicó: Adriano Jorge foi preso por descumprimento de medida protetiva

Adriano Jorge foi preso e deve ser encaminhado para o sistema prisional

No final da manhã desta sexta-feira (26), o caicoense, Adriano Jorge Alves, que atirou contra a sua ex-companheira, Ilma Alves, procurou com o seu advogado Ariolan Fernandes, a Delegacia de Polícia Civil, com o intuito de se apresentar espontaneamente, mas, antes disso, foi detido. É que já existia um mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Luiz Antônio Tomaz do Nascimento, por causa do descumprimento da medida protetiva que o proibindo de se aproximar da vítima (Ilma Alves).

Em contato com o Blog, Ariolan Fernandes disse que realmente levou seu cliente para ser apresentado. Ele também relatou que agendou a apresentação de Adriano para esta quinta-feira. “Eu o levei e o deixei no carro. Entrei na delegacia e fiquei esperando na recepção para ser atendido pelo delegado Leonardo Germano, mas, antes disso, ele foi detido. Eu tinha agendado com o delegado para hoje a apresentação do meu cliente“, contou.

Nas próximas horas, a defesa do acusado vai ingressar na Justiça em primeira instância com pedido de revogação da prisão e se não obtiver êxito vai ao Tribunal de Justiça tentar um habeas corpus.

O Blog também conversou com o delegado Leonardo Germano, titular da DP Municipal de Caicó. Ele disse que realmente, o advogado Ariolan Fernandes, manteve contato na quinta-feira (25). “Na verdade, ele vislumbrou a possibilidade de apresentá-lo, mas, condicionou a cerca da existência de um mandado de prisão expedidoQuando ele me procurou para negociar a apresentação do acusado, não havia mandado, que só foi expedido no final da tarde e recebido depois na delegacia. Hoje, iria haver a apresentação dele, mas, ai a gente descobriu que ele estava escondido dentro de um veículo, nas imediações aqui da delegacia e nisso, os policiais foram lá e efetuaram o mandado de prisão. Então, ele não se apresentou espontaneamente pra gente“, disse o delegado.

Depois de tentar contra a vida da ex-esposa, Adriano Jorge, fugiu de moto e não tinha sido localizado pela polícia. Já, Ilma Alves, está internada em uma unidade hospitalar de Natal, com o seu estado de saúde agravado.

Nas próximas horas, o acusado deve ser encaminhado para o Sistema Prisional, aonde fica a disposição da Justiça.



Polícia Civil prende advogada suspeita de liderar grupo que furtou R$ 3 milhões

Advogada foi presa sob suspeita de liderar o esquema – (Foto: Arquivo Pessoal)

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) prendeu, na manhã desta quinta-feira (25), a advogada Brenda Luanna Martins de Mendonça mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ela é suspeita de ser a líder de uma organização criminosa que conseguiu furtar aproximadamente R$ 3 milhões de cofres pertencentes a empresas que são correspondentes bancários. Brenda foi presa pelos policiais civis quando estava em um apartamento de luxo, localizado no bairro de Candelária, em Natal. Os crimes teriam sido aplicados no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Bahia.

Continue lendo



PF prende motorista por tentativa de fraude no PIS em Mossoró

Motorista foi preso pela Polícia Federal em Mossoró

Policiais federais da Delegacia de Mossoró prenderam em flagrante nesta quinta-feira (18/1) nas dependências da Caixa Econômica Federal naquela cidade, um motorista de aplicativo, maranhense, de 61 anos, acusado de tentativa de estelionato e uso de documento falso.

O homem foi flagrado quando procurou a agência para fazer o saque do PIS, tendo para isso fornecido como identidade, a carteira de habilitação, porém, o documento apresentava uma textura diferente da habitual, o que levantou suspeitas de falsificação, fato que ficou ainda mais evidente quando ao ser entrevistado ele não soube, com exatidão, mencionar os nomes dos seus próprios pais.

Em seguida, quando outros dados estavam sendo checados, o acusado tentou apressadamente deixar o local, sendo de imediato contido pela segurança. A PF foi então acionada, deslocou uma equipe até lá e o prendeu.

Conduzido para a sede da delegacia, no bairro de Nova Betânia, durante o interrogatório, o suspeito confessou que teria sido recrutado por um desconhecido na cidade de Fortaleza, o qual lhe forneceu a documentação falsificada, além da promessa do pagamento de 30% sobre o montante que conseguisse irregularmente sacar junto aos bancos.

Em poder do homem foram ainda apreendidos R$ 953,00 em espécie, segundo ele, resultado de um saque fraudulento praticado anteriormente contra uma outra agência bancária na cidade.

O acusado possui antecedentes criminais, foi preso por idêntico delito no estado do Ceará e atualmente encontrava-se em liberdade condicional mediante o uso de tornozeleira eletrônica.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, o suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Mossoró, onde deverá permanecer, à disposição da Justiça.



Cláudio Santos manda prender policiais militares e civis que incitem a greve no RN

Do G1/RN – O desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), determinou que os comandantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e o Delegado Geral da Polícia Civil do estado prendam os policiais responsáveis por incitar, defender ou provocar a paralisação iniciada no último dia 19. A decisão foi favorável a um pedido do Governo do RN, que argumentou que os servidores da segurança desobedeceram à primeira decisão da Justiça, no domingo (24), que considerou o movimento ilegal.

De acordo com o desembargador, a determinação é para que todos os policiais e bombeiros que estejam “incitando, defendendo ou provocando em qualquer meio de comunicação o estado de greve” sejam presos em flagrante delito pelo crime de desobediência e, no caso dos policiais militares, motim. “Fato é que a Constituição da República não tolera greve para policiais civis e militares“, afirmou o desembargador em entrevista.

Ainda de acordo com Cláudio Santos, o atraso do pagamento dos salários não pode sobrepor a lei e a greve deve parar para que haja tranquilidade da população e turistas do estado. “É uma medida de força. A Justiça agora age de maneira mais forte para que essa greve termine“, pontuou.

O magistrado ainda decidiu que os policiais tenham transporte gratuito nos transportes públicos e que o estado possa alugar carros (para uso das polícias) sem licitação.

Leia a notícia completa aqui



Após denúncia ao MPRN, PM prende homicida e traficante em prédio de luxo em Natal

Após denúncia ao MPRN, PM prende homicida e traficante em prédio de luxo em Natal

O homicida e traficante de drogas José Alexandre Lima Leitão foi preso na manhã desta terça-feira (19) em um prédio de luxo em Ponta Negra, bairro da zona Sul de Natal. Acusado de integrar uma facção criminosa, Espiga, como é conhecido, é foragido do sistema prisional potiguar. Contra ele, havia três mandados de prisão em aberto.

Espiga foi preso por policiais militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), que foram acionados após um telefonema anônimo ao Disque Denúncia 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Além de prender o criminoso, os policiais da Roçam também apreenderam drogas e dinheiro que estavam com ele.

Segundo investigações do MPRN, José Alexandre Lima Leitão integra uma facção criminosa com atuação em todo o Rio Grande do Norte. Ele é um “linha de frente” da organização, sendo responsável pela segurança no local onde atua: os Coqueiros, comunidade no bairro de Lagoa Nova.

Os três mandados de prisão expedidos contra Espiga são por homicídio qualificado, tráfico de drogas e por integrar organização criminosa. Ele é apontado como sendo um dos autores da morte de Júlio César Lima da Silva, crime cometido em 2016, em Natal. Ele estava foragido desde o dia 7 de agosto passado, quando fugiu do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Potengi, na zona Norte da cidade. José Alexandre será entregue ao sistema prisional potiguar, onde deverá cumprir as penas a que foi condenado.



Caraúbas: Gaeco localiza condenado por homicídio que estava foragido desde 2009

O foragido da Justiça potiguar, Elailde Vieira de Souza, foi preso nesta terça-feira (12) na cidade de Garuva (SC). Ele foi condenado em 2009 a 14 anos de reclusão pelo crime de homicídio qualificado, em sentença proferida pelo Tribunal do Júri do município de Caraúbas. A prisão foi possível graças a informações repassadas ao Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio do Disque Denúncia 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPRN (Gaeco).

O foragido estava residindo na cidade de Guaratuba (PR), onde trabalhou como comerciante e proprietário do “Bar do Ceará”. O Gaeco do RN encontrou fortes indícios de que o foragido estava mantendo movimentação entre as cidades de Guaratuba e Garuva, distantes 38 km, e acionou o Gaeco do Ministério Público do Paraná, que efetuou a captura e prisão do condenado.

Caso você saiba de alguma informação que possa levar à prisão de criminosos, colabore com as autoridades ligando para o Disque Denúncia do MPRN – 127. A identidade do informante será preservada.



Defur prende homem pela prática de vários assaltos em Mossoró

Eriglaudo foi preso em Mossoró

Policiais Civis da Delegacia de Furtos e Roubos (Defur) de Mossoró prendeu, nesta terça-feira (05), Eriglaudo Diogo Rodrigues Vieira da Silva, 23 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 3 ª Vara Criminal de Mossoró. Ele é suspeito de realizar vários assaltos na cidade.

Eriglaudo já havia sido preso pela prática do crime de roubo dias atrás. Havia sido solto e continuou a praticar delitos. Ele foi reconhecido por várias vítimas que compareceram à Defur para denunciá-lo. A Polícia Civil reforça a importância do apoio da população repassando informações sobre criminosos e registrando as ocorrências. Após a realização dos procedimentos cabíveis, Eriglaudo Diogo será encaminhado ao Sistema Prisional, onde aguardará a decisão da Justiça.



Polícia Civil prende homem por furto qualificado em Mãe Luíza

Imagens de câmeras ajudaram a Policia a prender o suspeito

Policiais Civis da 4ª Delegacia de Polícia e da 13ª Delegacia de Polícia com apoio da Força Tática da Polícia Militar prenderam em flagrante, nesta terça-feira (05), Alexsandro Alvares da Silva pela prática do crime de furto qualificado, no bairro de Mãe Luíza. Ele foi encontrado pelos policiais em posse de objetos subtraídos das vítimas e também de um dispositivo conhecido como Chapolim, usado para bloquear sinal de travamento e alarme dos veículos.

Alexsandro também foi identificado como o autor de outras ocorrências de furto em veículos. A Polícia Civil disponibiliza uma imagem onde é possível verificar a atuação criminosa do flagranteado e solicita o comparecimento à Delegacia de eventuais vítimas que venham a identifica-lo, para os devidos procedimentos legais cabíveis. Ele foi preso e encaminhado ao Sistema Prisional onde aguardará a decisão da Justiça.



RN: Preso suspeito por movimentar mais de R$ 1 milhão com tráfico de drogas

Uma investigação, que durou 40 dias, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) resultou na prisão em flagrante de Amauri Júnior Siqueira de Souza, de 29 anos, nesta terça-feira (05). O homem foi preso quando estava à rua Parque da Cantareira, no bairro de Nova Esperança, em Parnamirim. Um adolescente que estava na companhia de Amauri foi apreendido.

Nossas investigações estão apontando que Amauri possui uma grande atuação no comércio de tráfico de drogas, chegando a movimentar uma cifra superior a R$ 1 milhão. A ação de Amauri era trazer grandes quantidades de droga, que vinham dos estados da região Norte do Brasil para serem distribuídos em Parnamirim”, afirmou o diretor da Deicor, delegado Odilon Teodósio.

Os policiais apreenderam com Amauri, que diz ser de Rondônia, sacos com cocaína; balança de precisão; duas pistolas calibre 380 com munições; quatro veículos, sendo três carros roubados e um caminhão. Os veículos roubados são modelos Fiat Touro de cor branco; um Jeep Renegade de cor prata e um Hyundai Santa Fé de cor preto. Um caminhão também foi apreendido por ser objeto do crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Odilon Teodósio, Amauri Júnior possui grande probabilidade de ter ligação com dois casais que foram presos por tráfico de drogas pela Polícia Militar, no dia 20 de novembro deste ano, em um condomínio de Parnamirim. “Nós acreditamos que a atuação de Amauri no tráfico de drogas em Parnamirim exercia influência nos índices de violência da cidade e nós, que fazemos a Deicor, não podemos deixar este tipo de cidadão permanecer no convívio da população daquela cidade. Este homem, que possui ligação com a região Norte do país, estava atuando em nosso Estado com a ajuda de outros comparsas possivelmente com a ajuda de criminosos do Sindicato do RN e a Deicor está aqui para enfrentar este tipo de criminoso”, destacou o delegado Odilon Teodósio.

De acordo com o diretor da Deicor, Amauri Júnior responderá por tráfico de drogas, receptação de três veículos, posse ilegal de arma de fogo e corrupção de menor.

Veja vídeo com entrevistas do Delegado Odilon Teodósio e do preso Amauri Júnior:



Polícia Civil identifica suspeito de matar advogado em Capim Macio

Homem-foi-preso-pela-Polícia-Civil

Uma investigação da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) identificou que João Paulo Lima dos Santos, vulgo “Peruca” ou “Índio”, preso, nesta segunda-feira (04), pela equipe da 4a Delegacia de Polícia Civil de Natal é um dos homens suspeitos pelo homicídio do advogado Márcio Augusto Urbano Marinho, de 59 anos. A vítima foi assassinada no dia 08 de novembro deste ano, quando chegava em sua casa, no bairro Capim Macio, na zona Sul de Natal.

De acordo com o diretor da DHPP, delegado Marcos Vinicius, a equipe da investigação da Zona Sul responsável pelo caso já possui vários indícios de que ele atuou na cena do crime. “Nós estamos pedindo a colaboração da população para nos repassar informações que nos ajudem a elucidar o homicídio deste advogado”, solicitou o delegado Marcos Vinicius. Quem tiver alguma informação pode repassar de forma anônima e com garantia de sigilo para o Disque-Denúncia 181 ou para o telefone 3232.1195.



Após decisão de Gilmar Mendes, PGR volta a pedir a prisão de Jacob Barata ao STF

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu hoje (4) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar a decisão do ministro Gilmar Mendes que determinou, pela terceira vez, a soltura do empresário Jacob Barata Filho, dono e sócio de várias empresas de ônibus no Rio, na sexta-feira (1º).

Além de pedir que o empresário volte à prisão, Raquel Dodge sustentou que Mendes não poderia decidir sobre a questão porque um outro habeas corpus sobre a matéria foi distribuído ao ministro Dias Toffoli, que chegou a pedir parecer da PGR sobre o caso.

Continue lendo



Após denúncia ao MPRN, acusado de matar advogado em Caraúbas é preso no Acre

Um trabalho conjunto entre os Ministérios Públicos do Rio Grande do Norte e do Acre resultou na prisão do foragido de Justiça Luiz Lobo Neto, acusado de ter sido um dos executores do advogado Antonino Benevides Filho. O crime foi cometido em Caraúbas, cidade da região Oeste potiguar, em 13 de janeiro de 1992. Luiz Lobo Neto estava foragido desde a data do assassinato.

Continue lendo



Disk Denúncia do MPRN ajuda polícia do DF a prender homem foragido há 21 anos

Uma informação anônima recebida pelo Disque Denúncia do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPRN (Gaeco), órgão integrante do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), levou à prisão do foragido Eliel Benigno Ramalho. Ele foi localizado na manhã desta terça-feira (28), em Ceilândia, região administrativa do Distrito Federal.

O número 127 do disque-denúncia do MPRN tem se mostrado uma ferramenta fundamental de reforço em investigações de crimes em geral, contribuindo para a defesa do cidadão. Após uma denúncia anônima recebida na manhã desta terça, o Gaeco entrou em contato com a Polícia Civil do DF, resultando na captura de Eliel Ramalho, foragido da Justiça há 21 anos. Ele é acusado do homicídio qualificado de sua então companheira, Maria do Socorro Costa da Silva, crime cometido em 10 de novembro de 1996 na cidade de Upanema, região Oeste do Rio Grande do Norte.

Eliel Benigno Ramalho será trazido para o RN e apresentado ao Juízo da Comarca de Upanema, onde deve responder pela acusação.

Caso saiba de alguma informação que possa levar à prisão de criminosos, colabore com as autoridades ligando para o disque-denúncia do MPRN: 127. A identidade do informante será preservada.