Quadrilha sitia Centro de Criciúma e faz reféns em assalto a bancos

Pessoas foram feitas reféns e usadas para bloquear as ruas de Criciúma – (Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma quadrilha sitiou o Centro de Criciúma, no Sul de Santa Catarina, para assaltar um banco no início da madrugada desta terça-feira (1º), espalhando terror entre os moradores. O bando fortemente armado invadiu uma agência, arrombou caixas eletrônicos, provocou incêndios, bloqueou ruas e acessos à cidade, usou reféns como escudos e atirou várias vezes.

Pessoas foram feitas reféns e usadas para bloquear as ruas de Criciúma – (Foto: Reprodução/TV Globo)

Duas pessoas ficaram feridas: um policial militar e um vigilante.

A polícia ainda não sabe afirmar quantas pessoas participaram do ataque. Ninguém foi preso até o momento.

O ataque durou mais de uma hora e a prefeitura pediu ajuda a batalhões de municípios vizinhos e também para cidades do Rio Grande do Sul.

G1


Polícia diz que assaltantes mortos em confronto com GEOSaC da PB eram ligados à caicoenses

Os assaltantes que morreram no confronto com policiais do GRUPAMENTO ESPECIALIZADO DE OPERAÇÕES EM ÁREA DE CAATINGA – GEOSaC da Paraíba, na tarde de sábado (19), na zona rural de Cantingueira/PB, fazem parte de uma quadrilha que age em vários estados do Norderte, roubando bancos e carros-fortes.

A última ação criminosa do grupo aconteceu na madrugada de quarta-feira (16), por volta de 2h da manhã, em Coremas, no Sertão da Paraíba. Os ladrões explodiram a agência bancária do município e incendiaram um carro em frente a uma igreja. Cerca de dez homens em quatro carros estavam envolvidos no crime.

Depois do assalto, as polícias da região se mobilizaram para prender o bando. A GEOSaC continuou por mais de 80 horas no mato, até que os localizou na região de Catingueira, quando houve o confronto.

O Blog Sidney Silva conseguiu a identificação dos seis homens que morreram. Eles são do Rio Grande do Norte, da Paraíba e de Pernambuco.

Edi Carlos de Lima, o Garrote, de 43 anos, natural de Caraúbas/RN e residente no Sítio Baixa Grande, zona rural, CARAÚBAS-RN;

Fábio Leite de Lacerda, o “FÁBIO GALEGO”, de 44 anos, natural de CATINGUEIRA/PB e residente na Rua Rosilda Gomes Fragoso Albuquerque, 2020, Cuiá, João Pessoa/PB;

Francieudo da Silva Alves, o “Coremas” de 35 anos, natural de Coremas/PB e residente no Sítio Riacho do Meio, zona rural, SANTA CRUZ-PB;

Francisco Humberto Marques da Luz Júnior, o “Orelha”, de 40 anos, natural de Afogados da Ingazeira/PE e residente na Rua José Queiroz, n.º 14 , AFOGADOS DA INGAZEIRA – PE

Pedro Washington Pereira, o “PEDRO CESÁRIO”, de 30 anos, natural de SANTA CRUZ/PB e residente na Rua Luiz Severiano, n.º 20, SANTA CRUZ-PB.

Francileudo de Sousa Torres, o “Boião, de 36 anos, natural de Patos/PB e residente na Rua Francisco Trindade, Alto da Tubiba, PATOS-PB.

INVESTIGAÇÃO

Um grupo composto pelo GAECO do Ministério Público e por agentes das polícias Federal, Civil e PM, dos estados do RN e PB, mobilizado para impedir ataques a bancos e carros-fortes na região, identificou a quadrilha que assaltou o banco em Coremas, como a mesma que agiu com o mesmo modus operandi, recentemente, em Umarizal e Campo Grande no Rio Grande do Norte e, Piancó na Paraíba.

Outra informação que a reportagem teve acesso com uma fonte na Polícia, é que existe uma ligação do bando, já mencionado, com o trio detido no dia 03 de junho deste ano nas imediações de Santa Luzia/PB, com drogas e dinheiro. Na ocasião, foram presos, Huender Regis de Medeiros, de 44 anos, natural de Caicó/RN, Flabson Tairone Gomes, de 23 anos, natural de Caicó/RN e Mauro Félix Ramalho Júnior, de 26 anos, natural de São Bento/PB. Estes, estão detidos à disposição da Justiça.

Eles são do mesmo grupo. Agiam juntos nessa prática de assaltos à banco e carros-fortes. Mas, saibam que nossas ações não pararam. Já desarticulamos boa parte desse pessoal e a investigação continua“, disse a fonte.


Acusado de integrar quadrilha de tráfico de drogas entre SP e RN tem HC negado

Os desembargadores que integram a Câmara Criminal do TJRN negaram pedido movido pela defesa de Jailson Xavier de Mesquita, preso em julho de 2020, com armas e munições, além de dois quilos de cocaína. Segundo os primeiros apontamentos da investigação o acusado trazia veículos de São Paulo a Mossoró com drogas para a comercialização de entorpecentes. O órgão julgador não acatou as alegações trazidas por meio de Habeas Corpus e manteve a prisão do acusado.

Da decisão que decretou a prisão preventiva, se extraem circunstâncias, em concreto, que denotariam, para o órgão julgador do TJRN, a necessidade da manutenção da prisão com o fim de garantir da ordem pública.

Continue lendo

Ex-membro da quadrilha de Mangueira é preso em hospital de Natal

Na noite desta terça-feira (22), a Polícia de Natal, conseguiu prender, Jailson Saturno da Silva, de 31 anos, conhecido como Galego de Assu ou Saci.

O homem, considerado perigoso, era membro da extinta quadrilha do “Magueira”, morto durante um confronto com a polícia no dia 12 de junho de 2005, em uma fazenda entre as cidades de Olho D’água do Borges e Patu.

Em 2004, Saci, quando ainda era membro da quadrilha, sofreu um tiro de fuzil na perna, durante um confronto com a polícia, no município de João Dias, e ficou deficiente.

Devido este fato, ele, que havia sido condenado a 57 anos de prisão, conseguiu liberação para cumprir a sentença em prisão domiciliar.

Em 2018, Saci, foi considerado foragido da justiça e teve mandado de prisão decretado. Nesta terça-feira (22), ele foi atendido no Walfredo Gurgel, utilizando uma documentação falsa. Contudo, a companheira dele apresentou os documentos verdadeiros do homem ao atendente do hospital, que acionou a polícia. Saci foi preso por volta das 23hs.

Saci foi entregue a justiça e agora vai cumprir a pena a qual foi condenado em regime fechado.

Jailson Saturno “Saci” é condenado por diversos crimes, como roubos, assaltos a bancos e arrombamentos, além de ser ex-membro da quadrilha já citada, considerada uma das mais perigosas atuantes no Oeste Potiguar.

*Mossoró Hoje


PM intercepta quadrilha que planejava atacar bancos no Sertão da Paraíba

Material apreendido pela polícia

A Polícia Militar interceptou uma quadrilha, no início da madrugada desta segunda-feira (15), na cidade de Teixeira, e apreendeu todo o material que o bando estava transportando para possivelmente atacar bancos no Sertão da Paraíba, esta semana. Até agora, três pessoas foram detidas e a PM continua as buscas na região para prender mais envolvidos. A identificação deles ainda está sendo confirmada.

A ação policial, realizada pela 4ª Companhia do 3º Batalhão, começou pouco depois da meia noite. Um veículo que vinha na PB-110, na região de Teixeira, não obedeceu a ordem de parada dada pela PM e teve início uma perseguição. O grupo criminoso acabou perdendo o controle do carro e bateu em uma pedra.

Duas pessoas foram detidas ainda no local. Um terceiro suspeito foi preso agora no começo da manhã, em São José do Bonfim. As buscas continuam.

Até agora, foram apreendidas vinte e cinco bananas de dinamite, fuzil, duas submetralhadoras, pistola, carregadores, quase seiscentas munições de armas de grosso calibre, várias espoletas, cinco coletes balísticos, touca ninja, lanternas de cabeça, motosserra, lixadeiras, alicate grande, discos de corte, um rádio comunicador e outros materiais usados por quadrilhas que atacam bancos.

*PatosVerdade


DEICOR apreende armas e munições depois de trocar tiros com quadrilha de assaltantes de bancos

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, entraram em confronto nesta segunda-feira (11), na zona rural de Taipu/RN, com uma quadrilha especializada em roubos a bancos e carros-fortes.

Os investigadores da DEICOR, há meses, vinham investigando essa Organização Criminosa e, há poucos dias, tomaram conhecimento de que os seus componentes estavam planejando uma grande ação delituosa.

Após a localização do esconderijo, uma granja às margens da BR 406, no município de Taipu/RN, os policiais se deslocaram até o local e ao se aproximarem, foram recebidos a tiros de fuzis, dando início ao intenso confronto armado com os assaltantes.

Durante o embate os bandidos foram aos poucos entrando no matagal e enquanto trocavam tiros com os policiais se aproximaram da citada rodovia, quando tomaram um veículo de assalto e conseguiram se evadir do local.

Na granja foram apreendidos 05 fuzis, 03 escopetas de calibre 12, 04 pistolas de diversos calibres, centenas de munições, explosivos, coletes balísticos e táticos, veículos preparados para as ações criminosas, grampos, além de rádios comunicadores na frequência da PM local.


Policiais do COTAR prendem potiguar acusado de dar apoio a assaltantes de carro forte

Carlos Cesar Vieira Torres foi preso pela Polícia

Policiais do Cotar da Polícia Militar do Ceará, prenderam o potiguar, Carlos César Vieira Torres, suspeito de ter dado apoio à quadrilha que tentou assaltar um carro forte entre as cidades de Flores e Quixeré, na última sexta-feira, dia 23 de novembro. Na ocasião, seis assaltantes morreram e quatro fugiram.

O homem foi localizado no Assentamento Vila Real na região entre Baraúna e a Maísa. Com ele foram encontradas drogas e munições. Não houve reação.

A polícia do Rio Grande do Norte, informou Carlos Cesar, é suspeito de crimes de pistolagens e já havia sido preso pela PF no passado portando fuzis.

Continue lendo


Bando armado ataca agências bancárias e comercio de Parelhas na madrugada de hoje

Uma quadrilha fortemente armada invadiu a cidade de Parelhas/RN, na madrugada desta quinta-feira (13), e atacou as agência bancárias do Bradesco e do Banco do Brasil, além de lojas comerciais.

O bando se dividiu em vários pontos da cidade de modo a não permitir que as polícias da região se aproximassem em quanto saqueavam os estabelecimentos alvo. As lojas ficam no Shoping de Parelhas.

A ação durou cerca de 1 hora e muitos disparos foram ouvidos por populares que fizeram relatos nas redes sociais. Os ladrões fugiram em direção ao estado da Paraíba.

*Fotos: Blog de Marcos Dantas