Ladrões roubam carro com carga de queijo de caicoense na BR 226

O caicoense, Jarismar Monteiro de Medeiros, de 36 anos, teve seu carro uma Pick-Up Strada Woring, de cor cinza, ano 2014 e placas OJX8953, tomada de assalto na BR 226, na entrada da cidade de Bom Jesus/RN, por volta de 1hs da madrugada desta quinta-feira, dia 6 de novembro.

Em contato com o Blog Sidney Silva, a vítima disse que trafegava com destino à Natal para fazer a entrega de cerca de 500 quilos queijo quando foi abordado por cindo homens armados. Eles estavam em uma caminhonete que não soube descrever detalhes.

Os ladrões trancaram o carro da vítima obrigado o mesmo a parar sob a via. Os ocupantes da Pick-Up foram obrigados a deitar no chão. De lá, os ladrões fugiram levando o carro e a carga.

O caicoense disse que procurou a Delegacia de Bom Jesus, prestou queixa, mas, seguiu para Natal, aonde fez o registro do fato na Delegacia de Furtos e Roubos.



PRF apreende 125 quilos de queijo impróprio para o consumo humano

PRF apreende 125 quilos de queijo impróprio para o consumo humano

A Polícia Rodoviária Federal, apreendeu no final da manhã desta quinta-feira (13), 125 quilos de queijo durante fiscalização na BR 230, no município de Sobrado, Zona da Mata da Paraíba. O produto foi encontrado na carroceria de uma Pick Up Fiat Strada, dentro de caixas de papelão.

O primeiro fato que chamou a atenção dos policiais foi ausência de câmara frigorífica para o transporte de alimentos perecíveis, como é o caso do queijo, exigido pela norma sanitária brasileira para garantir a sua preservação. Outra questão foi que o condutor não tinha nota fiscal da carga. Mas, o que preocupou mais os policiais foi que o fabricante não tinha a certificação do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.), emitido pelo Ministério da Agricultura, comprovante que atesta que o estabelecimento segue as normas adequadas para a manipulação de alimentos com o objetivo de garantir a preservação da saúde do público consumidor.

O queijo vinha da cidade de Pombal, Sertão paraibano, e seria comercializado na feira de Sapé.

Os agentes da PRF encaminharam o produto apreendido para a Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba (Agevisa), que autuará o fabricante e incinerará os 125 de queijo.