Propaganda eleitoral do 2º turno no rádio e na TV começa dia 12

G1 – A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV recomeça nesta sexta-feira (12) e vai até dia 26 de outubro, antevéspera da votação do 2º turno – que é domingo, dia 28. Os programas serão transmitidos de segunda-feira a sábado, em dois horários por dia.

Além da disputa para presidente entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), haverá também 2º turno para o governo em 13 estados e no Distrito Federal.

Os candidatos a presidente terão 5 minutos cada um para divulgar suas propostas

No rádio: das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Na TV: das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40

Os candidatos ao governo também terão 5 minutos cada um

No rádio: das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20. Na TV: das 13h10 às 13h20, e das 20h40 às 20h50

Nos estados onde há apenas 2º turno para presidente, a propaganda eleitoral dura 10 minutos. Naqueles em que há 2º turno também para governador, 20 minutos

A ordem de veiculação da propaganda de cada partido ou coligação no primeiro dia do horário eleitoral gratuito será definida por sorteio da Justiça Eleitoral

Nos próximos dias, será a primeira propaganda aquela que foi veiculada por último na véspera. As demais seguem a ordem do sorteio

A lei proíbe a veiculação de propaganda que possa “degradar ou ridicularizar candidatos”, com punição de “perda do direito à veiculação de propaganda no horário eleitoral gratuito do dia seguinte” para partido ou coligação que cometer esse tipo de infração.

Segundo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no período de 12 a 26 de outubro, as emissoras de rádio e de televisão e os canais de televisão por assinatura também reservarão, para cada cargo em disputa, 25 minutos, de segunda a domingo, nos quais serão veiculadas inserções de 30 e 60 segundos.



Emissoras podem ser retiradas do ar se publicarem propagandas eleitorais irregulares

Desde o dia 31 de agosto, começaram a ser veiculadas propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na televisão. Cada candidato à presidência tem um tempo específico, de acordo com a bancada dos partidos no Congresso, eleita em 2014. O ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves alerta que as emissoras de rádio ou TV que veicularem material com irregularidades podem sofrer graves punições.

O tema veio à tona após o TSE barrar o registro de candidatura de Lula. Com a decisão, as propagandas eleitorais que o apresentavam como candidato foram consideradas ilegais. O Partido dos Trabalhadores tentou recorrer, sem sucesso. Dessa forma, toda e qualquer propaganda que apresente o petista como candidato é considerada crime eleitoral. É o que explica o ex-ministro do TSE e advogado Henrique Neves.

Continue lendo



Programa Resenhas da Câmara estreia nesta terça-feira

Programa Resenha da Câmara de Caicó começa nesta terça-feira

O programa Resenhas da Câmara inicia nesta terça-feira (09), a partir das 14h. Apresentado pelo radialista Cardoso Silva, o encontro será nas terça e quintas através da frequência 87,9 da Rádio Povo FM que estará em cadeia com a Rádio Caicó AM. No espaço, haverá um bate-papo com os vereadores que prestarão contas à população sobre suas reivindicações para melhorar a vida dos caicoenses.

Com duração de trinta minutos, o programa será dividido em dois momentos : bate-papo com quatro vereadores que trarão para a discussão assuntos de grande relevância para o município, junto com a participação de algum convidado sobre o tema debatido; além da resenha com as indicações, projetos e solicitações feitas pelos demais edis nas sessões da Câmara.

No primeiro programa, o presidente da Câmara fará uma avaliação a frente da mesa diretor, além dos avanços conquistados através de suas indicações para o município. O vereador Zé Filho irá abordar assuntos ligados a educação e cidadania. Já o pastor Erinaldo Lino, preferiu colocar em pauta a Segurança do Município. O vereador Alisson Jackson fez um balanço de suas indicações e projetos para contribuir com o desenvolvimento da cidade.



89% dos brasileiros escutam rádio, aponta pesquisa do Ibope

89% dos brasileiros escutam rádio

Além do consumo do rádio e o seu perfil demográfico, a Kantar IBOPE Media apresenta, pela primeira vez, a audiência comportamental do meio, na 3º edição do Book de Rádio. O estudo também traz insights sobre os hábitos, preferências, opiniões e consumo dos seus ouvintes.

A partir do TGR Rádio, lançado no fim do ano passado, é possível saber que 80% dos ouvintes de rádio, em São Paulo, acreditam que é muito importante estar bem informado. Já no Rio de Janeiro, 64% sempre procuram os melhores preços ao comprar equipamentos eletrônicos e, em Recife, 85% dos ouvintes gostam de produtos que facilitem o dia a dia.

O TGR Rádio, que cruza os dados de aferição regular do meio e do estudo single source Target Group Index, permite que anunciantes e agências estruturem, de forma mais personalizada e efetiva as suas campanhas de rádio”, explica Dora Câmara, diretora comercial Brasil da Kantar IBOPE Media.

Também de acordo com dados do Book de Rádio, o meio continua a desempenhar um papel fundamental no dia a dia do brasileiro. Em 2016, o rádio alcançou 89% das pessoas nas 13 regiões metropolitanas, onde a audiência é aferida pela empresa, o equivalente a 52 milhões de indivíduos. Em média, o brasileiro escuta 4 horas e 36 minutos ao dia – com destaque para a Grande Goiânia, onde os ouvintes dedicam 5 horas e 34 minutos do seu dia para o meio.

“O rádio é um meio versátil e ágil, ligado ao movimento. Além de ouvir em casa, as pessoas escutam rádio no carro indo para o trabalho, pelo celular enquanto caminham, na academia enquanto se exercitam. O meio é o grande companheiro dos ouvintes”, analisa Dora.

O estudo completo – com insights sobre o perfil do ouvinte, incluindo leituras do comportamento por praça e dados sobre a compra de espaço publicitário no meio – está disponível no site da Kantar IBOPE Media.