MPRN participou de audiência pública sobre Resíduos Sólidos em Jardim do Seridó

Na última quinta-feira (8), o Centro de Apoio Operacional às Promotorias do Meio Ambiente (CaopMA), órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) participou, a convite do Município de Jardim do Seridó, de uma atividade relacionada ao projeto Lixo Negociado: uma audiência pública. Em setembro, a Prefeitura firmou acordo com o MPRN e com o Ministério Público Federal (MPF) para adequar provisoriamente o lixão público.

Na ocasião, foi tratada a correta destinação de resíduos sólidos produzidos por clínicas médicas, laboratórios, empresas, comércio e indústrias em geral. Ou seja, a audiência serviu para abordar com a população, empresários e comerciantes a implementação da Política de Resíduos Sólidos. Esse trabalho de articulação e sensibilização também conta com atuação do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

Esse esforço conjunto visa viabilizar uma solução provisória para os problemas decorrentes do acúmulo irregular de lixo, de forma a atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos e enquanto não são efetivados os aterros sanitários regionais.



Prefeito de Lagoa Nova vence Batata e presidirá Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó

Marcos Dantas destaca em seu blog que em eleição nesta quarta-feira (11) na sede da AMSO em Currais Novos, o prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos (PMDB) foi eleito para a presidência do Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó.

Antes de mudanças no regimento, o Consórcio sempre era presidido pelo gestor de Caicó, Município que sediará o Aterro Sanitário. Além de Luciano, o prefeito caicoense Batata se candidatou. Na primeira votação, Luciano teve 12 votos, enquanto que Batata apenas 6. Na segunda votação, Luciano ampliou para 14 votos e Batata ficou com 5.

De acordo com informações chegadas ao Blog do Marcos Dantas, o resultado não foi aceito pelo prefeito Batata, que ameaçou deixar o Consórcio, e criar um aterro apenas para o município caicoense.