Força-tarefa transfere quase 120 mil peixes ameaçados para rio São Francisco

Peixes foram colocados no Rio São Francisco

Recentemente, uma força-tarefa transferiu quase 120 mil peixes de lagoas ameaçadas pela seca que atinge a região de Xique-Xique, no norte da Bahia, para o Rio São Francisco. Entre os animais salvos estão espécies como o pacu, piaba, traíra e surubim.

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, o Ibama, o objetivo da operação foi minimizar a morte dos peixes, além de combater o desmatamento, a pesca predatória, o lançamento inadequado de resíduos na água e a ocupação irregular em Áreas de Preservação Permanente (APPs).

A transferência dos peixes foi feita em um recipiente chamado transfish e todo o trajeto foi monitorado por analistas do Ibama. Desta forma, o índice de mortalidade durante o procedimento ficou abaixo de 3%.

A força-tarefa contou com a ajuda de pelo menos 100 pessoas, entre elas representantes do Ibama, do Ministério Público da Bahia, da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco, a Codevasf, além de universidades, organizações não governamentais, prefeituras e voluntários.


Canal da transposição do São Francisco entregue neste mês rompe

Reservatório rompeu com intervenção de popular para desviar água do canal

Um canal do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, no Sertão pernambucano, rompeu neste sábado (11). A obra da terceira estação de bombeamento do Eixo Norte (EBI-3) foi entregue em 3 de agosto pelo presidente Michel Temer.

O Ministério da Integração suspeita tratar-se de um ato criminoso. De acordo com o ‘G1’, suspeitos foram detidos pela Polícia Militar (PM). Moradores acreditam que o objetivos dos criminosos era desviar o curso d’água para encher um reservatório nas imediações.

Após o rompimento, o trecho do São Francisco está desaguando no Riacho Grande e seguindo até o município pernambucano de Terra Nova.

Ainda segundo o Ministério da Integração, em nota, o rompimento foi pontual. Técnicos estão no local trabalhando para recuperar a estrutura em até 48 horas. O documento afirma também que equipes estão verificando todo o perímetro para avaliar possíveis danos a comunidades no entorno.

*Fonte: Notícias ao Minuto


Relator de privatização da Eletrobras quer fundo de R$ 700 mi para revitalização do São Francisco

Seis eixos deverão guiar o roteiro dos trabalhos da Comissão Especial de Desestatização da Eletrobras, na Câmara dos Deputados. A proposta do relator José Carlos Aleluia, do DEM da Bahia, é dividir as discussões em tópicos para que até o final de abril o relatório seja concluído e o parecer votado. Um deles é a criação de um fundo de reserva anual de pelo menos R$ 700 milhões para cuidados com o rio São Francisco.

Inicialmente o governo federal, autor da proposta de privatização da maior companhia de distribuição de energia elétrica da América Latina, definiu um valor diferente: R$ 350 milhões por ano para a revitalização do São Francisco nos primeiros 15 anos após a desestatização. A partir daí, esse fundo cairia para R$ 250 milhões anuais nos 15 anos seguintes.


Segunda estação de bombeamento do Eixo Norte da Transposição é inaugurada hoje

O presidente Michel Temer inaugura, na manhã de hoje, a segunda estação de bombeamento do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, que vai abastecer o Ceará, por meio do reservatório de Jati, no Cariri. A solenidade será em Cabrobó, no sertão de Pernambuco na presença dos ministros Hélder Barbalho (Integração) e Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia).

Continue lendo


Matéria do Fantástico mostra seca que castiga o Rio São Francisco

Dos grandes rios brasileiros, o São Francisco é o maior e um dos mais importantes. Para 12 milhões de pessoas, o Velho Chico é um pai generoso: mata a sede, a fome, produz frutas, energia. Mas o pai anda muito doente. É como se o rio estivesse sofrendo de anemia grave. Em uma viagem de mais de mil quilômetros, o Fantástico mostra um São Francisco quase irreconhecível. Nem os afluentes estão ajudando como antes. Na lagoa de Itaparica, a seca matou mais de 500 toneladas de peixes. O nível da barragem de Sobradinho é de menos de 5% do volume normal. Se chegar a zero, as turbinas param de funcionar.

Veja aqui a matéria


Governo discute ações administrativas sobre transposição do São Francisco no RN

Governo discute ações administrativas sobre transposição do São Francisco no RN

O governador Robinson Faria se reuniu na manhã desta segunda-feira (17) com o grupo de trabalho do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), no Gabinete Civil, para discutir ações administrativas e viabilizar a transposição. A reunião tratou do andamento do projeto com as pastas que estão diretamente envolvidas nas áreas administrativa e jurídica.

Durante o encontro, Robinson Faria destacou que “é importante que as secretarias estejam integradas e preparadas para quando as águas chegarem ao Rio Grande do Norte. Para isso, estamos nos reunindo constantemente para acompanhar o que precisa ser feito pelo Estado e o andamento do projeto“.

Os temas abordados hoje serão levados para a reunião com o conselho do PISF, composto pelos quatro estados beneficiados com a transposição e o governo federal. “As informações discutidas entre as pastas serão levadas no final do mês para a reunião com o conselho, atualizando o grupo sobre as ações do governo e dando prosseguimento ao projeto no estado“, explicou Mairton França secretário-adjunto da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos e representante do Estado no Conselho Gestor do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional.

A transposição do Rio São Francisco chegará ao Rio Grande do Norte em meados de 2018, pelo ramal do Apodi e deverá alimentar os rios Mossoró-Apodi e Piranhas-Açu.

Ainda participaram da reunião os secretários Ivan Júnior (Recursos Hídricos), Gustavo Nogueira (Planejamento e Finanças), Guilherme Saldanha (Agricultura), André Horta (Tributação) e Tatiana Mendes Cunha (Gabinete Civil), além dos diretores Josivan Cardoso (Instituto de Gestão de Águas do RN), Marcelo Toscano (Caern) e Alexandre Wanderley (Emparn), do controlador geral, Alexandre Azevedo, e do procurador geral adjunto, João Carlos Coque.


STF autoriza reinício das obras de trecho norte da transposição do São Francisco

O Ministério da Integração Nacional conseguiu autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para tocar as obras de um trecho de 146 quilômetros da transposição do Rio São Francisco, última etapa que falta para concluir o empreendimento que leva água para região do sertão do Nordeste.

A decisão da ministra Cármen Lúcia atendeu a um pedido apresentado pelo Ministério da Integração por meio da Advocacia-Geral da União. Cármen Lúcia decidiu suspender uma liminar dada em abril pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que paralisava a licitação para contratação das obras, atendendo a alegações de uma das concorrentes na disputa. Com a autorização do STF, o Ministério da Integração pretende retomar as obras imediatamente.

*Do Estadão via Tribuna do Norte


Caravana das Águas pede retomada das Obras do Eixo Norte da transposição do São Francisco

Imagem da Barragem de Jati no Ceará feita em 2016 mostra a obra ainda em andamento – (Foto: Sidney Silva)

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado da República (CDR), presidida pela senadora do RN, Fátima Bezerra, realizará nos dias 19 e 20 de junho, a “Caravana das Águas pela retomada das obras do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco”, através de visitas técnicas e audiências Públicas nos estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte.

A Caravana contará com a participação de parlamentares das bancadas Federais dos Estados envolvidos, da Igreja Católica, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó- Piranhas-Açu (CBH-PPA), de representantes dos Legislativos Estaduais e Municipais, além de Prefeitos, representantes da Sociedade Civil Organizada, de Sindicatos de Trabalhadores Rurais, de empresários, da OAB, e outros segmentos interessados.

O objetivo da Caravana das Águas, é fiscalizar o andamento das obras físicas do eixo norte, que permitem a chegada das águas do Velho Chico ao RN e a PB, como também as obras sociais derivadas do projeto de integração do São Francisco. A caravana tem ainda como objetivo mobilizar e conscientizar toda a sociedade da importância desta obra e pressionar o governo para sua retomada e conclusão, já que se encontram paralisadas desde julho de 2016 e sub Júdice.

Para organizar e planejar a audiência pública da Caravana das Águas no município de Caicó, convidamos as instituições públicas e privadas, Igrejas, OAB, Universidades, movimentos sociais\sindicais\populares, clubes de serviços e demais entidades e pessoas interessadas para participarem de uma reunião preparátoria a ser realizada amanhã (terça-feira), dia 13 de junho, às 14 horas, na sala de reuniões da ADESE/CBH-PPA, localizada no 1º andar – da rádio rural de Caicó – ao lado Colégio Diocesano”, disse Procópio Lucena, presidente do CBH PPA.

O evento terá a seguinte programação:

  • 19/06
  • 08h – Visita técnica a Estação de bombeamento EBI – 3, na cidade de Terra Nova/PE
  • 10h – Visita técnica a Barragem de Jati, no município de Jati/CE
  • 15h- visita técnica na Barragem de Boa Vista, no município de São José de Piranhas/PB
  • 16h – visita técnica a Barragem de Caiçara no município de Cajazeiras/PB, concluindo as atividades com um ato público na praça pública da referida cidade
  • 20/06
  • 09h – Audiência Pública no auditório da UERN, município de Pau dos Ferros/RN
  • 14h30min – Audiência Pública no auditório do CERES/UFRN – município de Caicó/RN