Três suspeitos de assalto no Paraguai morrem em confronto com a polícia

Carro usado por bandidos foi localizado e três morreram em confronto com a Polícia

Agência Brasil – Três assaltantes que participaram do mega-assalto à sede da empresa de transportes de valores Prosegur, em Ciudad del Este, no Paraguai, morreram hoje (24) após troca de tiros com agentes das polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF). Segundo a PRF, três veículos usados pela quadrilha, que roubou cerca de US$ 40 milhões na madrugada desta segunda-feira, foram localizados. Ainda não há informações sobre a recuperação de valores.

De acordo com a PRF, no início da tarde de hoje, houve uma perseguição a uma caminhonete em que estavam entre oito e dez envolvidos no assalto. Em um trecho da BR-277, no Paraná, os bandidos pararam e iniciaram o confronto. Dois morreram no local, um ficou ferido, foi socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. Os demais conseguiram fugir.

Na caminhonete havia um fuzil calibre 762, com 16 munições. Em um dos três veículos abandonados pela quadrilha e localizados por agentes da PRF, havia sete quilos de explosivos.

O presidente Michel Temer colocou a PF à disposição das autoridades paraguais para a investigação do crime.

Mega-assalto

Na madrugada de hoje, um grupo de aproximadamente 50 pessoas assaltou a sede da Prosegur em Ciudad del Este, na Tríplice Fronteira. Eles conseguiram roubar cerca de US$ 40 milhões (o equivalente a R$ 125 milhões).

O dinheiro estava em um cofre que foi aberto com uso de explosivos e fuzis antiaéreos. O jornal paraguaio La Nación informou que o assalto foi liderado por membros da facção criminosa brasileira Primeiro Comando da Capital (PCC), que também atacaram a sede da polícia e do governo. Um policial identificado morreu no enfrentamento com os assaltantes.

Carro encontrado em Catolé do Rocha/PB foi roubado em Caicó

Carro Cherry Tiggo encontrado abandonado em Catolé do Rocha na Paraíba

Na manhã deste domingo (26), caçadores encontraram abandonado no mato próximo a cidade de Catolé do Rocha/PB, um veículo Chery Tiggo de cor prata que foi roubado na manhã de sábado (25), no centro da cidade de Caicó. A informação foi confirmada ao Blog Sidney Silva, pelo Major Walmery Costa, comandante do 6º BPM em Caicó, que esteve em contato com a Polícia Militar de Catolé do Rocha.

O carro encontrado está sem placas. O carro roubado em Caicó, era ano 2010, de propriedade do senhor conhecido como Agaciel e de placas NNX-4756/Natal.

A informação repassada pela polícia, é que dois homens armados anunciaram o roubo e fugiram no veículo.

Carro foi encontrado por caçadores que avisaram à polícia

Polícia registrou furto e roubos em Caicó no sábado (18)

Polícia registra furto e roubos neste sábado em Caicó

Durante o dia de sábado (18), a Polícia registrou assaltos em pontos diferentes de Caicó. Pela manhã, objetos foram furtados de dentro de um carro que estava estacionado no Centro da cidade. À tarde aconteceu um assalto na “Panificadora Bom Sucesso” na Barra Nova e outro no “Minibox Alto da Boa Vista” no Bairro Alto da Boa Vista.

Já à noite, uma mulher foi vítima de assalto na Rua Generina Vale, no centro de Caicó. Um indivíduo armado de arma faca subtraiu o celular e a bolsa da vítima, fugindo em seguida pela Rua Com. Ezequiel em direção ao CEJA. Pouco tempo depois o acusado foi visto correndo próximo ao Hospital do Seridó. A Polícia Militar fez rondas, mas, não conseguiu prendê-lo.

Deicor desarticula organização criminosa e prende oito pessoas suspeitas de roubos a bancos

Rodrigo, Leandro, Maria de Fátima e Joyce
Rodrigo, Leandro, Maria de Fátima e Joyce

Uma investigação realizada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) deflagrou, nesta quinta-feira (09), a última fase da Operação Fogo contra Fogo e prendeu oito pessoas suspeitas de roubar agências bancárias entre 2016 e 2017. As prisões foram realizadas através de investigações iniciadas há seis meses, quando homens fortemente armados tentaram roubar o dinheiro de um carro-forte que estava estacionado em um supermercado na Avenida Maria Lacerda, localizado no bairro Nova Parnamirim. As pessoas foram presas em cumprimento de mandados de prisão. Cinco pessoas estão sendo procuradas pela Polícia Civil.

Foram presos na Operação Fogo contra Fogo: Rodrigo Anderson Gomes de Souza, vulgo “Sadan”; Leandro da Silva Oliveira; Maria de Fátima Nazaré Conceição, vulgo Neném; Joyce Carolina Andrade Barbosa; Laurêncio Francisco da Silva, vulgo “véio” ou “olhos azuis”; Wenio Rodrigues de Melo, conhecido como “Bilú”; Rivanildo Pereira de Medeiros, vulgo “Rambo”, natural da cidade de Caicó; e George Michael da Silva Besa. Do grupo, quatro foram presos nesta quinta-feira (09), sendo eles Rodrigo, Leandro, Maria de Fátima e Joyce, e os demais estavam no sistema prisional.

Trio foi apontado como líder do bando – (Fotos: Divulgação: Degepol/RN)

O grupo era composto, em sua maioria, por foragidos da Justiça e integrantes de facções criminosas e funcionava de forma articulada, sendo suspeito pelo cometimento de diversos roubos a agências bancárias no Rio Grande do Norte e em outros estados. Os integrantes que lideravam a quadrilha eram o caicoense, Rivanildo, integrante da facção Sindicato do RN, Paulo Eduardo de Oliveira, conhecido como “Pajé”, integrante da mesma facção criminosa de Rambo e morto em confronto com a polícia, tendo ele grande poder de liderança no crime no bairro de Mãe Luiza, e Adriano da Conceição, também morto em enfrentamento com policiais.

Segundo o delegado geral da Polícia Civil do RN, Claiton Pinho, as ações da operação Fogo contra Fogo são resultados de investigações integradas entre a Deicor e vários órgãos de forças policiais de diversos estados, através da constante troca de informações. “Hoje, conseguimos, através dessa operação, prender diversos foragidos da Justiça que participavam de várias células as quais praticavam ações criminosas não só no Rio Grande do Norte, como também em vários estados. Policiais da Deicor têm trabalhado intensamente para desarticular quadrilhas que vêm realizando assaltos a instituições bancárias e com os resultados de hoje conseguimos enfraquecer essas organizações criminosas, apreendendo uma grande quantidade de armamento, explosivos e veículos roubados”, detalha o delegado geral, Claiton Pinho.

Polícia Civil de Pedro Velho prende suspeito de roubar celulares em Montanhas

Uma ação conjunta realizada entre a Polícia Civil de Pedro Velho e a Polícia Militar de Montanhas, prendeu, nesta terça-feira (07), Bruno Candido Gomes, vulgo “Bruno Paulista”, 22 anos, suspeito pelo roubo de pelo menos 10 celulares na cidade de Montanhas. Após vários registros de boletins de ocorrência acerca de roubos do suspeito, que teria chegado na cidade a aproximadamente cinco meses, os policiais realizaram diligências e prenderam o homem com 12 trouxinhas de maconha, e três aparelhos celulares roubados.

Em depoimento, Bruno confessou os crimes, informando aos policiais que teria vendido um dos celulares roubados à Paulo Sérgio Souza, conhecido como “Kacita”, 27 anos. Posteriormente, a polícia localizou o segundo suspeito e apreendeu com o mesmo um celular roubado e uma motocicleta que teria sido utilizada na noite anterior, para a prática do crime de roubo. Bruno foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e Paulo Sérgio por receptação.

Polícia Civil recupera veículo poucas horas após o roubo em Natal

Polícia recupera carro roubado em Natal

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) recuperaram, na tarde desta quarta-feira (22), no bairro Neópolis uma Toyota/Hilux SW4 SRX, que fora tomada de assalto poucas horas antes,no bairro de Lagoa Nova.

O veículo foi recuperado praticamente nas mesmas condições em que estava, o que permitiu a pronta devolução ao seu proprietário. As investigações seguirão a fim de que sejam identificados os responsáveis pelo roubo.

Casal com carro do RN é preso com dinheiro roubado em ação integrada de polícias na Paraíba

Ação das polícias resultou na prisão de assaltantes de bancos

Uma dupla suspeita de compor  quadrilha  de assaltantes de banco foi presa na noite de ontem na BR-101 pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na unidade operacional de Mamanguape. Um homem e uma mulher que seguiam de Pernambuco para Rio Grande do Norte foram interceptados com grande quantidade de cédulas de dinheiro ocultas em compartimentos do veículo em que viajavam.

Uma equipe de agentes da PRFs realizavam trabalhos de policiamento na rodovia quando abordaram um veículo Toyta Etios com placas de Natal (RN). A fiscalização seguia normalmente até que a dupla demonstrou nervosismo e contradições em suas respostas. Indagados pelo motivo da viagem, a mulher afirmou ter ido ao Recife para visitar o esposo que havia sido preso, segundo ela por por uso de documento falso e carro clonado.

Em revista ao interior do veículo, os policiais encontraram grande quantidade de cédulas ocultas em compartimento do veículo que fica entre lataria e o forro interno. Foi encontrada, ao todo, a quantia de R$ 3.900,00 em notas “novas”  distribuídas em 1.030 cédulas de dinheiro em moeda nacional.

Após a abordagem houve a integração e a união de esforços entre a PRF e as Polícias Civis da Paraíba e Pernambuco para solucionar o crime. Com a integração entre as forças, descobriu-se que o dinheiro encontrado era proveniente de um roubo a banco na madrugada do último dia 3 em Porto de Galinhas, litoral Sul pernambucano.

Na realidade, o esposo da mulher abordada, foi preso em flagrante, junto a mais dois suspeitos, na Zona Sul do Recife transportando dois fuzis, munição e pistola e o homem é  considerado um dos maiores assaltantes de banco do país.

A prisão do trio ocorrida na capital pernambucana no último dia 7,  foi resultado de uma ação ocorrida próximo a um lava jato, quando agentes da PRF em Pernambuco perceberam uma movimentação suspeita no local. Após consultarem algumas placas nos sistemas policiais, foi constatado que um deles tinha placa clonada. Com o apoio da Polícia Civil e Militar local, os homens que ainda tentaram fugir foram abordados e grande arsenal foi apreendido.

O casal preso em Mamanguape, o dinheiro e o veículo foram encaminhados para a Polícia Civil e se condenados responderão pelo crime de Associação Criminosa e Receptação.

Quadrilha que trazia carros roubados no RN para a PB é presa pela PM

Do Portal Correio – A Polícia Militar prendeu, nesta terça-feira (24), três suspeitos de fazer parte de uma quadrilha especializada em roubos de veículos no Estado do Rio Grande do Norte e trazer os carros para a Paraíba. Os acusados, de 30, 29 e 19 anos, foram interceptados com dois automóveis roubados em um bloqueio montado por policiais do 6º Batalhão, na cidade de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba, a 500 km de João Pessoa.

Conforme informações do comandante do 6º Batalhão, tenente-coronel Cunha Rolim, a prisão do trio aconteceu depois que um carro foi roubado de uma empresa, na cidade de Mossoró (RN), a 281 km de Natal.

O veículo era rastreado e a empresa nos informou que o carro estava vindo para a Paraíba, então foi montado um bloqueio que interceptou três carros, sendo dois deles roubados e o terceiro era o que dava apoio nos assaltos e também no transporte dos veículos para a Paraíba”, destacou.

O oficial contou ainda que na delegacia um dos presos recebeu a ligação de um homem perguntando pelo carro. “Esse homem, que estava esperando a chegada de um dos carros roubados, já foi identificado, mas não foi possível configurar a participação dele como receptador, pois a entrega não chegou a ser feita”, acrescentou.

Os três presos são do Rio Grande do Norte. Eles foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, em Cajazeiras, também no Sertão, a 468 km da Capital.