Please enter banners and links.


Polícia prende mulher envolvida em roubo à residência na zona rural de Caicó

Ruth foi presa depois da ação criminosa na zona rural de Caicó

Policiais civis, com apoio de guarnições da Polícia Militar, prenderam na tarde desta terça-feira (24), em Caicó, Ruth Lourdes Maia da Silva. Ela é natural de Umarizal/RN, tinha residência em Catolé do Rocha e em Caicó e participou diretamente do roubo a uma residência na zona rural, próximo ao Distrito da Palma, na madrugada de segunda-feira (22). O roubo rendeu aos bandidos, armas, munições, joias e dinheiro. A mulher é membro de uma facção com atuação no estado da Paraíba.

O delegado, Leonardo Germano, disse ao Blog Sidney Silva, que após deixarem a casa alvo do crime, o grupo (formado por dois homens e uma mulher), se dirigiu ao local aonde seriam resgatados, mas, quem deveria dar fuga, não apareceu. Então, decidiram seguir a pé, mas, se perderam. Eles, então, se separaram. Um dos ladrões, que foi identificado como João Nogueira Lopes, também conhecido como “RJ”, fez o morador de um sítio, de refém. Mais tarde, policiais que estavam em diligências, tiveram confronto com o homem e ele morreu.

O delegado ainda disse que “RJ” era membro de facção criminosa no Rio Grande do Norte e envolvido em uma série de crimes em Caicó. Sobre a participação de Ruth Maia, no roubo, Leonardo Germano, disse que ela intermediou a participação dos dois mossoroenses.

A prisão de Ruth se deu em uma casa pertencente a familiares de “RJ”, com quem ela estava vivendo ultimamente. A mulher aguardava a chegada de um carro que iria tirá-la de Caicó.

A Polícia Civil está investigando sobre a possível participação de João Nogueira em pelo menos dois roubos à residências e Caicó.



Caicó: Presa na Operação Blackout é posta em liberdade

O advogado Ivanildo Albuquerque Filho (Ivanildinho), conseguiu junto a Vara Criminal da comarca de Caicó, a revogação da prisão preventiva de Ruth de Araújo Pereira, que foi presa na operação Blackout deflagrada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Em contato com o Blog Sidney Silva, o advogado disse que o fato de ela ter prestado as informações no depoimento e de sua participação no esquema ser de menor importância, o magistrado consentiu a sua liberdade.

No início da manhã, Ruth de Araújo, foi presa e conduzida para a Penitenciária Estadual do Seridó juntamente com os outros presos, Abdon Maynard e Jorge Araújo. Com relação a esses últimos, os seus advogados estão tentando a liberdade no TJRN.