Em nota, nova contratada pelo Governo do Estado diz que médicos estão recebendo ameaças para não assumir plantões no Samu

Nota pode ser baixada no arquivo no final do post

Marcos Dantas informa em seu Blog que em nota a empresa Releecun Serviços Eireli EPP, contratada pelo Governo do Estado para administrar o SAMU 192 RN, explicou o que motivou a ausência do médico designado para exercer suas atividades no SAMU da região Seridó.

De acordo com a empresa o profissional médico informou às 5 horas da manhã de hoje (13), que não poderia assim proceder, pois teria sofrido ameaças de que seria demitido do município no qual presta serviços, se iniciasse as atividades junto à Releecun.

Diversos médicos, que já haviam sido contratados pela empresa RELEECUN, vencedora do certame, estão recebendo ligações da Cooperativa e sendo pressionados a não assumir os postos de trabalho, sob ameaças de toda sorte, que vão desde a intervenção em pretensos processos disciplinares, até denúncias por fatos descabidos, etc”, diz um dos trechos da nota.

Ainda continua a nota de que “os casos são diversos e estão comprovados através das imagens e áudios em anexo. Em um dos casos, a Cooperativa chegou a contatar o prefeito de um município do Rio Grande do Norte – parente de membro da diretoria – para que o mesmo exigisse que um médico, que trabalha na administração, não assumisse suas atividades Junto à RELEECUN, sob pena de ser exonerado do cargo e ante tal ameaça o médico comunicou o seu desligamento do contrato junto à vencedora do certame”.

Reafirmamos nosso compromisso para com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte e informamos que não serão medidos esforços para que sejam rechaçadas veementemente, todas as ilegalidades que sejam perpetradas por quem deseja obstar o fiel cumprimento do contrato administrativo e a devida prestação do serviço à população”, disse a empresa em nota.


Promotor de Justiça instaura procedimento para investigar falta de médico no Samu de Caicó

Vicente Elísio de Oliveira Neto instaurou o procedimento nesta quarta

O Promotor de Justiça, Vicente Elísio de Oliveira Neto, instaurou nesta quarta-feira (13), procedimento para apurar informação que chegou ao seu conhecimento através de diversas publicações em redes sociais e na imprensa local informando da suposta suspensão do serviço da unidade de suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) existente no Município de Caicó/RN ocasionada pela inércia da nova empresa contratada pelo Governo do Estado do RN para a formação da equipe, principalmente, o profissional médico.

Diante da notícia, Vicente Elísio, determinou o imediato contato telefônico com a coordenação estadual do SAMU, ocasião em que confirmaram a ausência do profissional noticiada, esclarecendo ainda que o serviço não foi suspenso e que, nessas hipóteses, a região passa a ser atendida pela unidade de suporte avançado existente no Município de Currais Novos/RN enquanto adotam providências para regularizar o local desfalcado.

Ele relata no procedimento que logo após os esclarecimentos, a imprensa local noticiou que o problema foi solucionado com a chegada de um médico na sede do SAMU em Caicó/RN. Contudo, a fim de melhor entender o fato noticiado e, sobretudo, evitar sua recorrência, mostra-se necessária adotar algumas diligências, como:

O REGISTRO da NOTÍCIA DE FATO, com o objetivo de “averiguar a suposta suspensão do serviço da unidade de suporte avançado do SAMU existente no Município de Caicó/RN pela ausência de profissional médico na equipe a ser fornecida pela empresa contratada pelo Governo do Estado do RN”;

A JUNTADA aos autos das notícias publicadas pela imprensa local relacionadas ao fato aqui tratado;

Que se CERTIFIQUE os esclarecimentos prestados pela coordenação estadual do SAMU quando do contato telefônico e que seja encaminhado ofício a empresa Releecum Serviços Eirele solicitando que remeta a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 05 (cinco) dias, esclarecimentos acerca dos fatos aqui noticiados, notadamente a suposta interrupção do serviço do
SAMU em decorrência da inércia da empresa em fornecer um profissional médico para tanto.

O Blog comenta

O que será que na verdade aconteceu? A informação extraoficial que chegou ao conhecimento deste Blog, é que o prefeito Batata não teria permitido que um médico contratado pela empresa que agora presta serviços para fornecer profissionais ao Samu, efetivamente assumisse o serviço.

Se foi isso mesmo, qual o motivo para tanto? E outra coisa, o Samu não é um órgão gerido pelo Governo do Estado: Se sim, qual força que um gestor municipal tem para agir de tal forma?

Com a palavra, o prefeito Batata…


RN: Samu é contemplado com novas viaturas

Novas ambulâncias foram entregues ao Samu

Nesta sexta-feira, 6, oito novas ambulâncias foram entregues ao Serviço Médico de Urgência – SAMU. São veículos do modelo Sprint, da Mercedes Benz. O investimento é de R$ 1,4 milhão.

Atualmente, o SAMU conta com frota 39 ambulâncias de suporte básico e atende em média 7.800 ocorrências por mês.

O secretário estadual de Saúde, Pedro Cavalcanti informou que outras seis ambulâncias estão em fase final de montagem para serem enviadas ao RN e incorporadas à frota do SAMU estadual que, somado a outro lote, totalizará 47 novos veículos.

O ato de entrega das 8 ambulância foi realizado no Hospital Pedro Germano (Hospital da PM), em Natal.


Currais Novos: Samu realizou mais de 1700 atendimentos em 2017

Samu de Currais Novos fez milhares de atendimentos em 2017

A base descentralizada do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) de Currais Novos realizou no ano passado 1786 atendimentos de diversas ocorrências nas cidades pactuadas com o serviço, além de atender municípios nas macrorregiões e municípios circunscritos. De acordo com a coordenadora da base Currais Novos, enfermeira Lígia Daiana, foram 1.566 atendimentos, entre casos clínicos, traumas e outros procedimentos, realizados nas cidades de Currais Novos, Acari, Bodó, Cerro Corá, Lagoa Nova, São Vicente e Tenente Laurentino.

A Unidade de Suporte Avançado (USA) que conta com UTI Móvel, realizou 220 atendimentos em outras cidades de municípios das macrorregiões de Santa Cruz e Parelhas, como Campo Redondo, Carnaúba dos Dantas, Equador, Jaçanã, Japi e Tangará.

A base descentralizada do SAMU Currais Novos fica localizada na Avenida Cândido Dantas, próximo ao Ginásio Geraldão, e o serviço só deverá ser acionado pelo número 192 em casos de acidentes com múltiplas vítimas, casos de urgência e emergência, catástrofes, desastres, entre outras ocorrências graves.


Estudante de medicina morre em acidente de carro na RN 118

Felipe de Lima Fernandes morreu em acidente na estrada de Jardim de Piranhas

Policiais do 3º DPRE em Caicó, atenderam no início da tarde desta sexta-feira (25), ocorrência de acidente de trânsito na RN 288, na altura do sítio Maracujá, já na zona rural da cidade de Jardim de Piranhas/RN. O condutor do carro morreu no local. Ele foi identificado como Felipe de Lima Fernandes, de 23 anos.

O carro que ele conduzia, era um Celta de cor vermelha e placas OWB5927/Apodi/RN. O rapaz que era estudante do curso de medicina na UFCG, bateu contra um poste violentamente de forma lateral.

Equipes do Serviço Móvel de Urgência – Samu e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para fazer o socorro da vítima.


Informação de mudança no número do Samu é falsa

Mudança em número do Samu não procede

Um boato passou a circular nos grupos de whatsapp em Natal e no interior do estado com a “informação” de que o número de emergência da Samu (192) estava com problema e que só receberia ligações de uma determinada operadora. Além disso, quem precisasse de atendimento deveria ligar para outros quatro números fixos. A informação é falsa.

O número de emergência continua disponível e não há nenhuma ligação entre os números divulgados na corrente com a central de atendimentos.

Não compartilhe boatos!


Caicó: Criança passsa 9 horas em ambulância do Samu antes de ser conduzida para Natal

Ambulância do Samu conduziu criança para a cidade de Natal – (Foto: Willacy Dantas)

Uma criança de 1 ano e 7 meses foi transferida na manhã desta quinta-feira (27) para Natal em uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência – Samu, depois de ficar cerca de 9 horas no interior da UTI Móvel do órgão na frente do Hospital do Seridó em Caicó.

O garoto, Ítalo Daniel da Silva de Medeiros, foi levado para o Hospital Regional por volta das 20 horas da noite de quarta-feira (26) tendo convulsões. Na urgência, ele foi atendido pelos médicos Belísio Neto e Deibi Dantas. Ambos acionaram o Samu para fazer a remoção do mesmo para Natal, inclusive, os procedimentos de regulação foram feitos. Quando os profissionais do Samu chegaram e avaliaram o quadro, informaram que não iriam fazer o transporte da criança. Os médicos do Regional sugeriram que eles (os médicos do Samu) seguissem para o Hospital do Seridó com o objetivo de ter um parecer do médico pediatra de plantão. Chegando lá, decidiram não encaminhar a criança de imediato para Natal por causa de sua situação instável. E, ficaram com o paciente no interior da unidade porque o Hospital do Seridó não tem UTI Pediátrica.

Na manhã desta quinta-feira, os profissionais do Samu decidiram conduzir a criança para Natal, segundo informações, depois que seu quadro clínico teve uma leve melhora.

A falta de estrutura no Hospital do Seridó fez com a unidade fosse usada para manter a criança estável. Ela estava com apenas um dos pulmões funcionando.

O Samu pediu apoio do Helicóptero Potiguar I para fazer a remoção da criança para Natal, mas, foi negado.