TSE cassa mandato do deputado Sandro Pimentel

Deputando Sandro Pimentel perde o mandato por decisão do TSE

Por sete a zero, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou recurso ao deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) e manteve, ontem, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pela “cassação do mandato por “captação ilícita de recursos financeiros na campanha eleitoral de 2018”.  Com isso, o TSE cassou o mandato de Sandro Pimentel. Se o acórdão — o texto com a íntegra da decisão — não anular os votos que ele obteve em 2018, em seu lugar deverá assumir seu companheiro de partido e suplente da coligação, o professor Robério Paulino (PSOL), que atualmente é candidato à Câmara dos Vereadores de Natal.

O julgamento do caso havia começado dia 9 por meio virtual. Agora, não há mais como recorrer da decisão e, após a publicação do acórdão, Sandro Pimentel perde o mandato de deputado. O deputado ainda não tinha se manifestado sobre a decisão até o encerramento desta edição. De acordo com a assessoria de Sandro Pimentel, deverá ser emitido um comunicado em breve.

Continue lendo

TRE-RN cassa o diploma do Deputado Estadual Sandro Pimentel; Decisão cabe recurso

Sandro Pimentel teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral

Por maioria dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), julgou procedente a representação formulada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), que pedia a cassação do diploma do Deputado Estadual, Sandro Pimentel, eleito no pleito de 2018, pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), em virtude da captação ilícita de recursos financeiros.

O processo retornou à pauta na sessão plenária desta terça-feira (30), após o Presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, pedir vistas na votação do dia 16 de julho, para melhor análise dos autos. Em conclusão, o voto-vista do Desembargador seguiu parcialmente o entendimento do relator – na época, o juiz Francisco Glauber Pessoa Alves, sendo acompanhado por maioria da Corte Eleitoral, e ficando vencidos o Desembargador Cornélio Alves e o juiz Wlademir Capistrano, que votaram pela improcedência da representação.

Continue lendo


Sandro Pimentel defende Salomão como nome do PSOL para governo

Sandro Pimentel defende Salomão como nome do PSOL para governo

O vereador Sandro Pimentel afirmou que irá defender, internamente, o nome de Salomão Gurgel como o candidato do PSOL ao governo do Rio Grande do Norte. “É um nome conhecido e respeitado no estado e é o meu candidato”, sinalizou.

O parlamentar destaca que o partido toma suas decisões baseadas no processo democrático e que essas discussões serão feitas no tempo apropriado, mas destaca que, enquanto representante do partido, como qualquer outro filiado, tem o direito de defender o nome que ele entenda ser o melhor atualmente para cumprir essa tarefa. “E o nome de Salomão é o que melhor pode representar o partido nesse momento”, finalizou.

Sobre o assunto, filiados ao PSOL no Rio Grande do Norte avaliam a possibilidade do partido lançar chapa própria nas eleições do próximo ano. O prefeito de Janduís José Bezerra (PSOL) aponta que vê com bons olhos o nome de Salomão Gurgel, tanto pelo seu histórico ligado à esquerda como pelas boas gestões, quando esteve ocupando cargos públicos. “Esse é o sentimento de muitos integrantes do PSOL. Seria uma alternativa forte para a disputa do governo do RN”, destacou.

Continue lendo