Please enter banners and links.


Morada da Paz é destaque na prestação de serviço no Seridó Potiguar

Sede do Sempre em Caicó, localizada no Centro da cidade

Com serviços de assistência 24 horas e investimentos em ampliação, o Morada da Paz se destaca no segmento funerário da região do Seridó Potiguar. Com mais de 70 profissionais em campo, a empresa do Grupo Vila tem atuação em quase todos os 24 municípios que formam a região, o que reflete a aceitação da população seridoense aos serviços oferecidos.

Para o sócio diretor do Morada da Paz na região, Tales Dias, a empresa se distingue pelo crescimento e credibilidade junto aos clientes. “São muitos os nossos diferenciais. Em 15 anos de atuação no Seridó, personalizamos nossos serviços, crescemos em estrutura física e apostamos em capacitação do nosso pessoal. A aceitação que tivemos por parte da sociedade ao oferecer um produto que ajudaria a família no momento mais difícil e doloroso confirma nosso destaque no segmento”, conta.

Cemitério Morada da Paz, localizado na zona oeste da cidade

O reconhecimento do cliente impulsiona melhorias como a reforma da Central de Velórios em Caicó. “É uma demanda dos seridoenses que pediam que tivéssemos duas capelas de velório em nossa estrutura localizada no centro da cidade. Com o crescimento dos serviços, sentimos a necessidade de ampliação para que pudéssemos atender mais de um velório ao mesmo tempo”, revela Tales Dias. A maior capacidade após a reforma vem acompanhada de mais conforto, pois o local contará, também, com sala da família.

Profissionais do Luto

O Grupo Vila reconhece a força dos seus funcionários para o sucesso das suas ativações no Seridó. “Não construímos essa história sozinhos, existem hoje funcionários sendo treinados para dar o melhor de si. Temos trabalhado intensamente com nossa capacitação em luto para cada área e setor. Todos os nossos colaboradores vivem essa busca incansável pela excelência no atendimento, para sempre proporcionar o melhor para quem nos procura”, pontua Tales Dias.



Governo assina ordem de serviço para construção de 15 queijeiras no Seridó

A governadora Fátima Bezerra e a Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa) assinam nesta quarta-feira (23) as ordens de serviço para construção de 15 queijeiras vinculadas à Capesa, beneficiadas pelo Edital de Leite e Derivados lançado pelo Governo do RN via projeto Governo Cidadão e Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), com recursos do Banco Mundial. A assinatura está marcada para acontecer às 15h na sede da cooperativa, em Parelhas. 

Os investimentos nestas 15 queijeiras somam R$ 6.688.380,53, incluindo R$ 921 mil de contrapartida dos 15 beneficiários. A injeção de recursos vai mudar a realidade da produção de queijo em todo o Rio Grande do Norte, mas sobretudo no Seridó, onde se concentra a maior parte da produção artesanal.

As queijeiras estão localizadas em Parelhas, Santana do Seridó, Florânia, Acari, Carnaúba dos Dantas, Tenente Laurentino Cruz, Currais Novos, Jucurutu e Timbaúba dos Batistas. As empresas vencedoras das licitações foram a S. Torres, Dantas Construtora, Silva Cruz, 3R Construções, W&W Soluções e DP de Lima.



Feirinha de Doces reunirá produtores artesanais do Seridó

Evento acontece na Praça da Catedral de Sant’Ana de Caicó

Acontecerá em Caicó-RN, nos próximos dias 27 e 28 de setembro, o 1° Encontro de Doceiras do Seridó. O evento foi aprovado no Edital de Economia Criativa 2019 do Sebrae RN e será realizado pela JK Promoções e Referência Comunicação. Toda a programação será gratuita e aberta ao público, contando com oficinas, Cozinha Show e programação cultural.

Um dos destaques do evento será a Feirinha de Doces e Artesanato, na praça Monsenhor Walfredo Gurgel, em frente à Catedral de Sant’Ana, que reunirá produtores artesanais de diversos municípios do Seridó. As doceiras interessadas em comercializar seus produtos na Feirinha, deverão fazer inscrição no site referenciacomunicacao.com.br/doceiras. A organização reservará espaços na praça para os inscritos, sem custo para isso.

A ideia é mostrar o potencial dos doces artesanais do Seridó. As inscrições estão abertas e são gratuitas! Já contamos com a confirmação de doceiras de diversos municípios”, destaca Juscelino Kubitichek, um dos organizadores do evento. A doçaria seridoense contempla produtos diversos como biscoitos, bolos regionais, comidas de milho e docinhos de festa.



Encontro de Doceiras do Seridó será lançado em Caicó e Currais Novos

Encontro de Doceiras acontece em Caicó

Os produtores de doces artesanais do Seridó terão um encontro especial no final de setembro, em Caicó. O 1° Encontro de Doceiras do Seridó, promovido pela JK Produções e Eventos e pela Referência Comunicação, foi vencedor do Edital de Economia Criativa 2019 do Sebrae-RN. “A tradição das nossas doceiras é um patrimônio cultural do Seridó e uma importante fonte de renda para centenas de famílias que produzem os doces artesanalmente”, destaca Diego Vale, um dos organizadores do evento.

A programação será conhecida nesta terça e quarta-feira, durante os eventos de lançamento que acontecerão em Caicó (27) e Currais Novos (28). A programação começará às 09 horas, nos escritórios regionais do Sebrae. “Teremos o lançamento nos dois municípios, para facilitar a participação das doceiras. Elas poderão optar pelo que for mais próximo”, observa Diego.

O lançamento contará com duas palestras de sensibilização. Uma delas com a pesquisadora do IFRN, Maria Isabel Dantas, sobre “Doçaria Seridoense: um patrimônio cultural alimentar”. A outra será “Mercado e Tendências para doces artesanais”, com David Xavier, gerente da Unidade de Acesso a Mercados do Sebrae-RN.

Toda a programação é gratuita e a organização também está mobilizando agentes de desenvolvimento e secretários de Cultura, Turismo e Assistência Social dos municípios seridoenses para o lançamento.



Geneticista da UFRN realiza pesquisa sobre tipo de Câncer hereditário no Seridó

Geneticista coordena a pesquisa no Seridó

Uma parceria entre a UFRN, a Liga Norte-Riograndense Contra o Câncer (LNRCC) e as prefeituras de Caicó e Jardim do Seridó está permitindo a realização de exames para identificação e prevenção de câncer colorretal hereditário na região do Seridó.

Até esta sexta-feira, 2, uma equipe coordenada pela geneticista Tirzah Braz Petta Lajus, professora do Departamento de Biologia Celular e Genética (DBG), do Centro de Biociências (CB/UFRN), promove uma série de palestras, discussões e análises para identificar e esclarecer sobre o tema, dentro do 1º Encontro dos Pacientes com Polipose Colônica do Seridó.

Continue lendo



Governo assegura R$ 56 mi para agilizar obras de Oiticica

Mais recursos estão disponíveis para a obra da Barragem de Oiticica

O Governo do RN assegurou com o Governo Federal agilidade na liberação de verbas para as obras da Barragem de Oiticica e teve um resultado muito positivo. Hoje (26), o Ministério do Ministério de Desenvolvimento Regional transferiu R$ 56 milhões para o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs), órgão interveniente do convênio que viabiliza a obra.

Essa é uma emenda de bancada e fica aqui todo o meu agradecimento, em nome do povo do Rio Grande do Norte, pelo empenho e dedicação da bancada federal nesta ação. Gostaria também de destacar o trabalho da Semarh e destacar também todos os esforços conjuntos dos representantes da sociedade civil, a igreja, o movimento dos atingidos pela Barragem. A união destas forças, lideradas exatamente pela figura da Governadora, é responsável agora por essa conquista de mais um direito do povo potiguar. Reafirmo aqui o meu compromisso de que, em não havendo atrasos nos repasses financeiros da União, entregaremos Oiticica no ano que vem, já com água e funcionando”, disse Fátima Bezerra.

Continue lendo



Após troca de experiências na França, produtor de queijo do Seridó sonha alto

Lucenildo Firmino vai passar a produzir queijos maturados

A primeira vez que o legítimo queijo do Seridó do RN cruzou o Oceano Atlântico já foi suficiente para render frutos. Estreando na Mondial Du Fromage em Tours, na França, competição mundial de queijo, representado pelo produtor Lucenildo Firmino de Tenente Laurentino, o queijo seridoense deve ganhar novo sabor em um futuro próximo. Ao trocar experiências com quase mil produtores do mundo inteiro, Lucenildo já tem uma meta para quando sua queijeira estiver pronta: quer maturar queijo e, assim, agregar mais valor ao produto.

Experimentei queijos maturados em cavernas, que passaram até quatro anos nesse processo até ficarem prontos e todos têm um valor agregado em cima disso. Estamos com essa ideia de implantar a produção de queijo envelhecido, com sabor mais apurado. Já estamos em contato com compradores de São Paulo e Minas Gerais. Assim que a queijeira estiver pronta, vamos correr atrás do certificado para vender para fora do RN”, projeta.

Participando da competição graças ao apoio do Governo do Estado via Governo Cidadão e Banco Mundial, Lucenildo, mais conhecido como Galego, voltou cheio de entusiasmo. Não trouxe nenhuma medalha da competição, mas a mala voltou cheia de ideias e planos. “Só de estar lá, representando os queijeiros do RN e o pequeno produtor rural, já é um prêmio. Levar nosso produto e nosso nome a um patamar mundial já foi uma grande conquista e vitória para mim”, diz.

Vinculado à Cooperativa Agropecuária do Seridó (Capesa), Galego é um dos 39 beneficiários do Edital de Leite e Derivados do Governo do Estado, que vai construir, equipar e regulamentar queijeiras no Seridó. A primeira mudança que o evento na França proporcionou a ele foi pensar em incluir uma câmara de maturação na sua queijeira.

A de maturação é diferente de uma câmara fria tradicional. O equipamento conta com controle de temperatura e umidade e inicialmente não está previsto no projeto de Galego, que vai receber R$ 365 mil para construir seu empreendimento. Mas ele já adiantou conversas com a assistência técnica responsável pelo projeto para discutir a viabilidade da ideia. “Queremos investir cada vez mais em produtos diferenciados”, finaliza.

O secretário de Gestão de Projetos Fernando Mineiro foi quem articulou, através do projeto Governo Cidadão, a ida do queijeiro até a França, e comemora os resultados que a troca de experiências proporcionou.

O entusiasmo dele em agregar valor ao seu produto, levar algo diferente ao mercado, é uma demonstração clara de como foi importante apoiá-lo na ida ao evento. Significa que, como governo, estamos cumprindo nossa missão de incentivar o pequeno produtor e fortalecer a agricultura familiar do Estado. Assim como o Galego, temos outros queijeiros no estado que produzem queijos de excelente qualidade e só precisam de oportunidade e apoio para mostrar seus produtos”, enfatiza.



MPRN anuncia criação do Gaeco do Seridó para ampliar investigações na região

Gaeco será criado no Seridó

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) vai criar o Gaeco do Seridó nos próximos dias. O anúncio oficial foi feito pelo procurador geral de Justiça do RN, Eudo Rodrigues Leite, nesta segunda-feira (20). O objetivo é ampliar a atuação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O Gaeco do Seridó será sediado em Caicó. A resolução que institui a unidade do MPRN será publicada no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. “A criação do Gaeco do Seridó é mais um ato dessa gestão com vistas à interiorização das ações da PGJ à frente do MPRN. Estamos consolidando um plano que vem sendo implementado desde junho de 2017: a capilarização do Gaeco. O MPRN mostra que está determinado a reforçar a sua atuação no combate firme à criminalidade e à corrupção, em todos os municípios do nosso Estado“, falou Eudo Leite.

O promotor de Justiça Vinícius Lins Leão Lima será o coordenador do Gaeco do Seridó. Ele vai continuar sendo o responsável pela Promotoria de Justiça de Jardim de Piranhas, acumulando as funções.

Com a criação do Gaeco do Seridó, vamos poder realizar um trabalho de excelência em investigações criminais especiais, produzindo resultados sociais relevantes. A ideia é trabalhar em total sincronia com outras instituições e dar apoio às iniciativas e procedimentos investigatórios às Promotorias de Justiça da região”, disse o promotor de Justiça.

A atuação do Gaeco do Seridó compreenderá a área territorial das Promotorias de Justiça de Acari, Bodó, Cerro Corá, Carnaúba dos Dantas, Caicó, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, São Fernando, São Vicente, São João do Sabugi, São José do Seridó, Santana do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas e Tenente Laurentino Cruz, obedecendo um planejamento integrado e servindo de apoio tanto ao Gaeco, quanto a esse conjunto de Promotorias. O novo órgão terá estrutura de pessoal, veículos, equipamentos e espaço físico para um efetivo incremento da atuação do MPRN nas investigações.

O coordenador do Gaeco, o promotor de Justiça Fausto França, ressaltou que a criação do Gaeco do Seridó reforça a atuação do órgão na região. “Estamos procurando descentralizar a estrutura do Gaeco, passando a não apenas estarmos fixados em Natal. O primeiro passo foi a criação, há dois anos, do Gaeco do Oeste, com sede em Mossoró, que já deu inúmeros e relevantes resultados. Agora, chegou a vez da região Seridó ser contemplada. Com isso, o MPRN amplia o combate à criminalidade comum e aos crimes do colarinho branco”, disse.



PGJ anuncia hoje em Caicó, criação do GAECO/Seridó

O Procurador Geral de Justiça, Eudo Leite, estará em Caicó, nesta segunda-feira (20), para anunciar a criação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado – GAECO para atuação na região Seridó.

Ele concederá entrevista coletiva para a imprensa no início da tarde para dar detalhes.

No mesmo encontro, o chefe do Ministério Público fará avaliação dos dois anos iniciais de sua gestão a frente da PGJ e perspectivas para o próximo mandato.



Coordenador de Arboviroses confirma que o Seridó tem 500 casos notificados de dengue

O coordenador de Arboviroses da IV Ursap em Caicó, Francisco Batista de Moura, conversou com o Blog Sidney Silva esta semana sobre os casos de dengue notificados na região atendida pela unidade e em Caicó. Existe uma preocupação por causa dos números que aponta elevada quantidade de mosquitos voando na cidade e a quantidade pequena de casos notificados.

Eles explica:

Francisco Batista de Moura – Coordenador de Arboviroses na IV Ursap em Caicó.Ele conta sobre os casos notificados de dengue em Caicó e região e ainda sobre o índice elevado da infestação predial.

Publicado por Sidney Silva em Quarta-feira, 1 de maio de 2019




Em 2019, Seridó teve 6 casos de influenza notificados com 2 óbitos

Marcos Dantas noticia em seu Blog que dados divulgados pela IV Unidade Regional de Saúde Pública e o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes apontam que seis casos de Influenza foram notificados na região nos primeiros meses de 2019. Dos seis, dois foram a óbitos, um em Jardim do Seridó e outro em Carnaúba dos Dantas.

Um conseguiu a cura, outro está em tratamento, e três permanecem hospitalizados no Hospital Regional e no Hospital do Seridó.

Entre os casos, dois foram confirmados como sendo H1N1 com uma cura e outro em tratamento.



Operação combate facção criminosa que age dentro e fora de presídios potiguares

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta quinta-feira (28) a operação Cancão, com o objetivo de combater uma facção criminosa que age dentro e fora de unidades prisionais potiguares. Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em 15 municípios. O nome da operação é referência a uma ave típica do semi-árido nordestino.

A ação é fruto de uma investigação iniciada em 2017 para apurar a atuação da organização criminosa principalmente em cidades da região Seridó. As investigações apontam que a principal atuação do grupo é a aquisição, transporte, armazenamento e distribuição de drogas ilícitas na região. Além disso, a facção também é responsável por homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro.



Seridó: Projeto hídrico de distribuição e reservação custará R$ 671,5 mil

Outra proposta levantada nas discussões sobre o Projeto Seridó e que também será realizada com parte do saldo do convênio, é a elaboração do projeto operacional do sistema de obras hídricas de reservação e distribuição de água no Seridó Potiguar, calculado em R$ 671,5 mil.

Esse projeto consiste na implantação de um sistema operacional todo automatizado, que, após a implantação e interligação dos sistemas adutores, vai uma analisar o nível de águas reservadas e sugerir como ela deverá ser usada de forma mais eficaz e racional.  “Será mais uma ferramenta de suporte às decisões relacionadas à gestão dos recursos hídricos da região” frisa o secretário João Maria Cavalcante.

Durante o encontro também foi discutida a continuidade dos convênios realizados entre os órgãos, como a Atualização do Plano Estadual de RH, Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (Procomitês), Projeto Seridó e o Pacto Nacional pela Gestão das Águas (Progestão), em andamento pelo Igarn.



Seridó teve chuva de mais de 100 milímetros na noite de sexta (18); Confira os registros

Chuva na região de Parelhas foi acompanhada de descargas elétricas – (Foto: Miranda Nego)

Na noite desta sexta-feira (18), a região Seridó do Rio Grande do Norte, foi banhada por boas chuvas. Na zona rural da cidade de Carnaúba dos Dantas, teve registro de chuva de mais de 100 milímetros.

Confira alguns dados que chegaram à Rádio Rural AM de Caicó:

Sítio Barbosa de Cima (Caicó) – 40mm
Sítio Extrema (Caicó) – 12,5mm
São João do Sabugi – 25mm
Sítio Salgado – 28mm
Sítio Manhoso (Caicó) – 7mm
Vila do Sabugi (Caicó) – 60mm
Sítio Alecrim (Serra Negra) – 51mm
Sítio Mossoró – 33mm
Sítio Pitombeira – (Serra Negra) – 33mm
Sítio Angico (Serra Negra) – 62mm
Sítio Toco (Timbaúba dos Batistas) – 55mm
Sítio Ermo (Timbaúba dos Batistas) – 120mm
Sítio Pedra Branca (Carnaúba dos Dantas)– 120mm
Sítio Garrote (Carnaúba dos Dantas – 150mm
Timbaúba dos Batistas – 87mm
Sítio Angicos (Serra Negra) – 72mm
Fazenda Vila Nova – 28mm
Sítio Saudade (Serra Negra) – 65mm
Sítio Pedra Cal (Serra Negra) – 50mm
Sítio Curral Queimado (Serra Negra) – 60mm
Caicó, Bairro Maynard – 28mm
Sítio Poços – 53mm
Sítio Caiçara (Jardim de Piranhas) – 30mm
Caicó, Bairro Barra Nova – 35mm
São João do Sabugi – 25mm
Sítio Floresta – 62mm
Sítio Barra da Maniçoba (Serra Negra) – 60mm
Distrito Palma (Caicó) – 24,5mm
Serra Negra – 59mm
Sítio Curral Queimado (Serra Negra) – 60mm
Sítio Arapuá (Serra Negra) – 59mm
Caicó, Bairro Paraíba – 62,5mm
Sítio Cordeiro (São João do Sabugi) – 40mm
Jardim de Piranhas – 32mm
Sítio Pico (Serra Negra) – 90mm
Sítio Retiro (Caicó) – 60mm
Sítio Casa Nova no Brejinho – 46mm
Caicó, Bairro Penedo – 27,6mm
Sítio Entre Serras (Serra Negra) – 22mm
Sítio Carrapateira (Serra Negra) – 22mm
Sítio Jerusalém – 50mm
Sítio Campo Grande – 30mm
Sítio Cantinho (Caicó) – 30mm
Felipe Guerra – 30mm
Sítio Várzea Redonda – 25mm
Sítio Umbuzeiro (Caicó) – 70mm
Sítio Salgado dos Medeiros (São João do Sabugi) – 32mm
Caiçaras de Baixo (São João do Sabugi) – 61mm
Caiçaras de Cima (São João do Sabugi) – 118 mm (Barragem transbordando)
Sítio Saquinho (Janduís) – 40mm



Operação policial cumpre mandados de busca e prisão no Seridó

A Polícia Civil deflagrou hoje a operação PECADO ORIGINAL em diversas cidades da região do Seridó do Estado.
Ao todo estão sendo cumpridos trinta mandados de busca e apreensão e quarenta e dois mandados de prisão preventiva e temporária, nas cidades de Jardim de Piranhas, Serra Negra do Norte, Caicó, Jucurutu e Jardim do Seridó. Também foram cumpridos mandados na cidade de Itajá/RN e Campina Grande, no Estado da Paraíba.

O objetivo da operação é prender criminosos membros de uma facção que atua no Estado e que praticavam crimes como tráfico de drogas, roubo e até homicídios, tendo sido identificada uma grande conexão principalmente entre as cidades de Caicó e Jardim de Piranhas.

O nome da operação é uma referência ao apelido de facção do líder do grupo criminoso e a forma como ele aliciava pessoas a enveredarem pelo caminho do mal e espalharem o terror pela região.

O trabalho está sendo coordenado pelos Delegados Leonardo Germano e Ricardo Brito, em conjunto com o Major Aderlan, além do serviço de inteligência da 3°DRP, contando com o apoio de equipes de delegacias de todo o Estado e também da Polícia Militar, especialmente das equipes da 5°CIPM de Jardim de Piranhas que durante toda a investigação prestaram valoroso auxílio à Polícia Civil.