Polícia Civil prende, em Jardim de Piranhas, suspeitos por tráfico de drogas

Material apreendido pela Polícia Civil em Jardim de Piranhas

Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó deram cumprimento, na tarde desta sexta-feira (11), a três mandados de busca e apreensão, em uma residência, no Bairro Novo Jardim, em Jardim de Piranhas/RN.

As diligências foram empreendidas após o recebimento de denúncias anônimas, informando que uma família estaria colaborando para o tráfico de drogas na referida cidade. No local indicado, os policiais civis confirmaram a veracidade dos fatos e prenderam, Rita da Silva Freitas, de 48 anos e Diego de Freitas Fernandes, de 28 anos.

De acordo com as investigações, Diego de Freitas estava cumprindo pena no regime semi-aberto, com uso de tornozeleira eletrônica, pela suspeita da prática de crime de tráfico de drogas.

Durante as diligências, os policiais apreenderam com eles, porções de cocaína e aproximadamente R$ 1.150,00 (Um mil cento e cinquenta reais) em dinheiro fracionado. Na ocasião, Rita da Silva tentou esconder drogas dentro da  própria roupa enquanto a nora dela tentava esconder uma quantia em dinheiro com uma criança de 6 anos.

Rita da Silva e Diego de Freitas foram conduzidos até a Delegacia, onde foram autuados pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas e, em seguida, encaminhados ao sistema prisional onde permanecerão à disposição da justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Caicó segue sem caso confirmado de Covid-19 e Hospital Regional tem 3 internados com sintomas suspeitos

A direção do Hospital Regional do Seridó, divulgou na noite desta quarta-feira (01), mais um boletim do Covid-19. Os dados apontam que não existe ainda nenhum caso confirmado da doença em Caicó.

São 98 casos suspeitos, 14 descartados, 81 em isolamento social e 3 pessoas internadas no Hospital Regional.

Os dados ainda trazem a informação da cidade aonde moram os pacientes em isolamento domiciliar ou internados. São de, Caicó, São Fernando, Marcelino Vieira, São José do Seridó, Apodi, Jardim do Seridó, Jardim de Piranhas e Lagoa Nova.


Polícia autua 23 suspeitos que participavam de festa durante a quarentena

Policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Sul autuaram em flagrante 23 indivíduos, entre homens e mulheres, que participavam de uma festa em uma granja em Parnamirim, supostamente num festejo de uma facção criminosa , na noite deste sábado (28). Os suspeitos foram presos pela equipe do 3º. Batalhão de Polícia Militar, durante a verificação da ocorrência.

Os suspeitos responderão pelo crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. A autuação vem ao encontro do Decreto n° 29556, do governo do estado do RN, de 24 de março de 2020, que proíbe em seu artigo 1°, atividades coletivas de qualquer natureza, com público superior a 20 (vinte) pessoas.

Além disso, um dos homens que estava na festa também foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de armas. No local da festa, os policiais militares apreenderam uma arma, dinheiro e drogas. Todos os 23 suspeitos responderão a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por desobedeceram a quarentena que visa evitar a propagação do coronavírus (COVID-19). A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Hospital Regional de Caicó recebeu nesta terça-feira (17) dois casos suspeitos de Coronavírus

O Hospital Regional de Caicó, informou na noite desta terça-feira (17) através de nota, que monitora dois pacientes que estão com os sintomas suspeitos de Coronavírus (Covid-19).

O primeiro caso, é de um jovem de 31 anos, que se enquadra na situação de caso suspeito. Ele viajou para o Rio de Janeiro e retornou há 5 dias apresentando sintomas leves.

O segundo, é de um jovem de 19 anos, que também se enquadra como caso suspeito do Coronavírus. Ele viajou para Pipa na última quinta-feira (12), para um evento que tinham muitos turistas internacionais, apresentando sintomas leves.

Foi realizada coleta de material para análise dos dois pacientes e enviado para o Laboratório Central, em Natal. Outra medida adotada foi a orientação do isolamento domiciliar para ambos, conforme prevê o protocolo recomendado pela Sesap e o Ministério da Saúde.

Os pacientes seguem em bom estado, em seus domicílios e seus contatos seguem sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde, pelo Setor de Vigilância Epidemiológica.

É importante enfatizar que o Município de Caicó e no Rio Grande do Norte, não há transmissão comunitária da doença, mas é imprescindível adotar as medidas preventivas.


Polícia Civil prende dois suspeitos de roubo em Caicó

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó deram cumprimento, no sábado (22), a mandados de busca e apreensão, além de mandados de prisão preventiva em desfavor de Gefferson Nunes Alves, de 31 anos, e João Paulo Vieira Fernandes, de 27 anos.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no bairro Nova Caicó, na Zona Norte do município.

Os dois homens são investigados pela suspeita da prática de um roubo, que aconteceu no dia 15 de novembro de 2019, em um estabelecimento comercial que revende embalagens plásticas.

O sistema de monitoramento por câmeras auxiliou na identificação dos suspeitos. Um deles utilizava tornozeleira eletrônica no momento do crime.

Durante as diligências, foram apreendidas as roupas que um deles estava vestindo no momento do roubo. Segundo as investigações, Gefferson e João Paulo, não são de Caicó e estavam na cidade cumprindo pena no regime semiaberto.

Eles foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede ainda que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da DM de Caicó, por meio do aplicativo WhatsApp, no (84) 99634 2422.


Polícia prende suspeitos de matar criança de 9 anos em Jardim de Piranhas

Marcos (sem camisa) e Gabriel, já estão presos

Policiais militares da 5ª CIPM, sob o comando do Major Aderlan Bezerra, prenderam os dois suspeitos da morte do garoto, Junior Cesar Vale da Costa, de 09 anos, crime registrado na manhã de domingo (17). Na mesma ação, foi atingido com um disparo de arma de fogo, de raspão, um primo da criança.

O primeiro a ser preso foi identificado como Marcos. Ele estava na casa do pai em Jardim e foi detido por volta das 12hs30min desta segunda-feira (18). Imediatamente foi encaminhado para a Delegacia. Por volta das 22hs, ainda desta segunda, os policiais prenderam na casa de um tio, o segundo suspeito, identificado como Gabriel, também conhecido por Toru. Com ele foi encontrada certa quantidade de maconha e seis munições de revólver calibre 38.

A Polícia informa que os dois estavam em uma moto e no domingo atiraram contra as vítimas já citadas e a criança foi atingida na cabeça tendo morte instantânea.


DHPP prende suspeito de corromper testemunhas de assassinato

Policiais Civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta quarta-feira (28), Tarcísio José Ribeiro de Lara Andrade Júnior, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Segundo investigações da Divisão, Tarcísio junto com seu irmão Antônio Ribeiro de Andrade Neto, teriam corrompido testemunhas que atualmente estão presas no presídio de Alcaçuz, para que elas mentissem no inquérito policial que apura os executores da morte do hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos, em 7 de Junho de 2016. Os irmãos Tarcísio e Antônio foram indiciados por Corrupção de Testemunhas.

Relembre o caso:

Em 7 de Junho de 2016, o hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos, foi morto a tiros na avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra, quando dois homens que estavam em uma motocicleta efetuaram disparos de arma de fogo contra ele. Pelo crime, a Polícia indiciou Martha Renatta Borsatto, ex-mulher de Ademar, como mentora intelectual do homicídio, e Antônio Ribeiro Neto, até então namorado de Martha Renatta.


Polícia Civil prende mais dois suspeitos pelo latrocínio de servidor da UERN em Mossoró

Uma investigação da 2a. equipe de plantão da Delegacia de Mossoró resultou na prisão, nesta sexta-feira (16), de mais dois suspeitos pelo latrocínio de Hiroito Gonçalves Falcão, que era servidor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Foram presos Jefferson Batista Sousa Morais, 19 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva e Ivonete Tintino da Silva em cumprimento a um mandado de prisão temporária. No dia 04 de junho a polícia prendeu outro suspeito, Pedro Henrique da Silva, 20 anos, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

O crime foi efetuado, no dia 03 de junho, na cidade de Mossoró. Dois bandidos teriam invadido uma casa no bairro Abolição II, onde Hiroito morava com parentes e com uma mulher idosa que estava enferma. Além dos moradores estava na residência Ivonete Tintino, técnica de enfermagem que estava cuidando da idosa, e que é namorada de Pedro Henrique.

De acordo com o delegado Evandro Aráujo, os criminosos entraram na casa e colocaram Hiroito e a enfermeira no quarto da idosa. Depois foram em busca das outras vítimas que estavam na casa, porém Hiroito decidiu sair do quarto e intervir segurando a arma de um dos bandidos com a mão, o criminoso conseguiu atirar e atingiu o queixo da vítima. Após o crime, a dupla fugiu na motocicleta de Pedro Henrique.


Polícia prende três suspeitos envolvidos na morte de policial militar que estava em bar

Uma investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão de três suspeitos que teriam participado da morte do cabo da Polícia Militar Edmilson do Nascimento Oliveira Júnior, morto dia 24 de fevereiro deste ano,quando ele estava no bar do Xexéu, localizado à Avenida Alagoas, no bairro de Neópolis, no Conjunto Pirangi, Natal.

As prisões começaram a acontecer no último domingo (19), quando policiais militares prenderam Welton John Santiago de Lima, 28 anos, vulgo “Gaspar”, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Nesta quinta-feira (23), os policiais civis da DHPP prenderam em cumprimento a mandados de prisão temporária, Lucas Costa de Oliveira, conhecido como “Prego”, 20 anos e Jackson Ventura Felix, 18 anos. Lucas já respondeu criminalmente pelo crime de tráfico de drogas e estava solto há cinco meses. Jackson foi apreendido quando tinha 17 anos, praticando ato infracional análogo ao crime de roubo.

Na noite do crime, suspeitos invadiram o Bar do Xexéu e realizaram um arrastão. De acordo com a investigação, um grupo com mais de quatro homens armados entrou no bar e rendeu os clientes. Eles conseguiram levar no dia do roubo, celulares, dinheiro, bolsas e joias. O policial militar estava dentro do bar e foi atingido com um disparo de arma de fogo.

Continue lendo