Polícia prende suspeitos de matar criança de 9 anos em Jardim de Piranhas

Marcos (sem camisa) e Gabriel, já estão presos

Policiais militares da 5ª CIPM, sob o comando do Major Aderlan Bezerra, prenderam os dois suspeitos da morte do garoto, Junior Cesar Vale da Costa, de 09 anos, crime registrado na manhã de domingo (17). Na mesma ação, foi atingido com um disparo de arma de fogo, de raspão, um primo da criança.

O primeiro a ser preso foi identificado como Marcos. Ele estava na casa do pai em Jardim e foi detido por volta das 12hs30min desta segunda-feira (18). Imediatamente foi encaminhado para a Delegacia. Por volta das 22hs, ainda desta segunda, os policiais prenderam na casa de um tio, o segundo suspeito, identificado como Gabriel, também conhecido por Toru. Com ele foi encontrada certa quantidade de maconha e seis munições de revólver calibre 38.

A Polícia informa que os dois estavam em uma moto e no domingo atiraram contra as vítimas já citadas e a criança foi atingida na cabeça tendo morte instantânea.



DHPP prende suspeito de corromper testemunhas de assassinato

Policiais Civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nesta quarta-feira (28), Tarcísio José Ribeiro de Lara Andrade Júnior, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Segundo investigações da Divisão, Tarcísio junto com seu irmão Antônio Ribeiro de Andrade Neto, teriam corrompido testemunhas que atualmente estão presas no presídio de Alcaçuz, para que elas mentissem no inquérito policial que apura os executores da morte do hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos, em 7 de Junho de 2016. Os irmãos Tarcísio e Antônio foram indiciados por Corrupção de Testemunhas.

Relembre o caso:

Em 7 de Junho de 2016, o hoteleiro Ademar Miranda Neto, de 58 anos, foi morto a tiros na avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra, quando dois homens que estavam em uma motocicleta efetuaram disparos de arma de fogo contra ele. Pelo crime, a Polícia indiciou Martha Renatta Borsatto, ex-mulher de Ademar, como mentora intelectual do homicídio, e Antônio Ribeiro Neto, até então namorado de Martha Renatta.



Polícia Civil prende mais dois suspeitos pelo latrocínio de servidor da UERN em Mossoró

Uma investigação da 2a. equipe de plantão da Delegacia de Mossoró resultou na prisão, nesta sexta-feira (16), de mais dois suspeitos pelo latrocínio de Hiroito Gonçalves Falcão, que era servidor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Foram presos Jefferson Batista Sousa Morais, 19 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva e Ivonete Tintino da Silva em cumprimento a um mandado de prisão temporária. No dia 04 de junho a polícia prendeu outro suspeito, Pedro Henrique da Silva, 20 anos, em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

O crime foi efetuado, no dia 03 de junho, na cidade de Mossoró. Dois bandidos teriam invadido uma casa no bairro Abolição II, onde Hiroito morava com parentes e com uma mulher idosa que estava enferma. Além dos moradores estava na residência Ivonete Tintino, técnica de enfermagem que estava cuidando da idosa, e que é namorada de Pedro Henrique.

De acordo com o delegado Evandro Aráujo, os criminosos entraram na casa e colocaram Hiroito e a enfermeira no quarto da idosa. Depois foram em busca das outras vítimas que estavam na casa, porém Hiroito decidiu sair do quarto e intervir segurando a arma de um dos bandidos com a mão, o criminoso conseguiu atirar e atingiu o queixo da vítima. Após o crime, a dupla fugiu na motocicleta de Pedro Henrique.



Polícia prende três suspeitos envolvidos na morte de policial militar que estava em bar

Uma investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão de três suspeitos que teriam participado da morte do cabo da Polícia Militar Edmilson do Nascimento Oliveira Júnior, morto dia 24 de fevereiro deste ano,quando ele estava no bar do Xexéu, localizado à Avenida Alagoas, no bairro de Neópolis, no Conjunto Pirangi, Natal.

As prisões começaram a acontecer no último domingo (19), quando policiais militares prenderam Welton John Santiago de Lima, 28 anos, vulgo “Gaspar”, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Nesta quinta-feira (23), os policiais civis da DHPP prenderam em cumprimento a mandados de prisão temporária, Lucas Costa de Oliveira, conhecido como “Prego”, 20 anos e Jackson Ventura Felix, 18 anos. Lucas já respondeu criminalmente pelo crime de tráfico de drogas e estava solto há cinco meses. Jackson foi apreendido quando tinha 17 anos, praticando ato infracional análogo ao crime de roubo.

Na noite do crime, suspeitos invadiram o Bar do Xexéu e realizaram um arrastão. De acordo com a investigação, um grupo com mais de quatro homens armados entrou no bar e rendeu os clientes. Eles conseguiram levar no dia do roubo, celulares, dinheiro, bolsas e joias. O policial militar estava dentro do bar e foi atingido com um disparo de arma de fogo.

Continue lendo