Caicó: Prefeito determina estudos para implantação do Serviço de Verificação de Óbito

O prefeito de Caícó, Robson de Araújo (Batata) confirmou à imprensa que já autorizou a Secretaria de Saúde do Município buscar mecanismos para a implantação em Caicó do SVO (Serviço de Verificação de Óbito), o que vai atender a demanda de situações como a do mecânico Vicentão, que faleceu vítima de infarto em local público (Ilha de Sant’Ana) e nenhum órgão estadual pode ir retirar o corpo porque não se tratava de um crime ou situação afim.

“Corpo ficar lá por mais de três horas? Que situação difícil! Vamos estudar a implantação do SVO para impedir que mais uma vez isso aconteça no nosso município. Muitos acham que é um fato novo, mas não, faz tempo que acontece isso em nosso município. Pedi agilidade nesse processo que busca a instalação do SVO em Caicó, pois é de extrema urgência esse serviço em Caicó”, disse Batata em contato com a imprensa.

O Serviço de Verificação de Óbito (SVO) é o responsável por determinar a causa do óbito, nos casos de morte natural, sem suspeita de violência, com ou sem assistência médica, sem esclarecimento diagnóstico e, principalmente aqueles por efeito de investigação epidemiológica, o que para a sociedade é de grande importância, uma vez que pode colocar em evidência os possíveis riscos à saúde que estão em emergência, tanto os já conhecidos quanto os que não são comuns, ou ainda casos de uma doença nova em um determinado local.