Feirante envolvido em acidente que deixou mototaxista morto se apresenta na Delegacia e fica em liberdade

Teté mototaxista morreu no final de semana depois de acidente

O feirante, Edson Farias dos Santos, de 28 anos, que se envolveu no acidente de moto ocorrido na manhã de domingo (05), se apresentou na Delegacia de Polícia Civil, acompanhado do advogado Ariolan Fernandes, que faz a sua defesa, foi ouvido e ficou em liberdade.

O acidente (colisão) deixou o motociclista Idenildo Oliveira, mais conhecido como Teté, em estado grave, inclusive, vindo a óbito na noite do mesmo dia em hospital de Natal.

O feirante, Edson dos Santos, disse que estava trafegando em velocidade baixa e que o Teté fez conversão a esquerda no mesmo momento que ele. Foi aí que aconteceu a colisão.

Ele disse ainda que não ficou no local por medo e porque estava próximo do Hospital Regional. Disse, também, que viu quando um popular ligou para o Samu que viria fazer atendimento à Teté. Ele não disse que foi para casa ou se foi para o Hospital, haja vista estar com ferimentos.


Mototaxista caicoense não resiste aos ferimentos causados por acidente e morre

Teté não resistiu aos ferimentos e morreu

Morreu na noite deste domingo (05), ao chegar no Hospital Walfredo GURGEL em Natal, o moto-taxista, Idenildo Oliveira, de 41 anos. Ele se envolveu em um acidente de moto pela manhã, na rua Chilon Heráclito, nas imediações da Escola Senador Dinarte Mariz (Caic) e foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Seridó.

De acordo com o que o Blog Sidney Silva conseguiu apurar, Teté moto-taxista como era conhecido voltava do supermercado para casa quando foi abalrroado por outro moto.

O condutor da outra moto, uma Honda Bros, se evadiu do local e ainda não foi localizado pela Polícia.

Teté ficou internado no Hospital Regional do Seridó e foi transferido para Natal.