Polícia Civil procura caicoense suspeito de ter participado de homicídio em Neópolis

Caicoense, Thiago Portugal é procurado pela Polícia – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil)

A Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) pede ajuda da população para que envie informações anônimas que possam ajudar a localizar o caicoense, Tiago Vinícius Silva, conhecido como “Comendador, Playboy ou Tyago Portugal”. Ele foi indiciado pela DHPP, por ser um dos 13 homens suspeitos de participaram do homicídio de Ranieri Pablo da Silva Azevedo, vulgo “Pequeno”, assassinado no dia 04 de agosto de 2018, no bairro de Neópolis, próximo a dois condomínios da Zona Sul de Natal. O homicídio de Ranieri resultou na deflagração da Operação Clowns, que conseguiu identificar todos os suspeitos pelo crime.

As investigações revelaram que, na ocasião do crime, 13 pessoas “convocaram” a vítima para um “julgamento” feito por eles, que resultou na decisão de matar Ranieri Pablo. A vítima foi executada sumariamente, após ter sido arrastada à força para dentro de um veículo Fox de cor preta, de onde foi jogada e alvejada por disparos de arma de fogo.

Ao todo, 13 pessoas participaram do homicídio, sendo 2 adolescentes e 11 adultos. Dos 13 suspeitos, 7 adultos foram presos e dois adolescentes foram apreendidos, restando apenas 2 foragidos: Tiago Vinícius Silva, “Comendador ou Playboy ou Tyago Portugal” e Jefferson Cleyton Fernandes, “vulgo Bomba ou Raposo”.

Com a identificação e o indiciamento de Tiago Vinícius Silva, todas as 13 pessoas que participaram do homicídio de Ranieri Pablo, que resultou na Operação Clowns, foram identificadas. O nome da operação (“Clowns”, palhaço em inglês) é alusiva a um dos símbolos de uma facção, pois os indiciados também são suspeitos de integrarem uma facção e executaram a vítima seguindo os trâmites do “estatuto” da facção.