RN: Alcaçuz registrou 90 casos de Tuberculose no primeiro trimestre de 2017

No Rio Grande do Norte, a cada 100 mil moradores, 25 têm Tuberculose. Só em Natal, são setecentos e vinte e três pessoas doentes. Ou seja, tem muita gente com Tuberculose. A região metropolitana de Natal é a mais afetada. E o número de casos aumenta quando são contabilizados o número de doentes privados de liberdade da unidade prisional Alcaçuz, como explica a coordenadora do Programa de Controle da Tuberculose no Rio Grande do Norte, Valéria Nepomuceno.

“Sessenta e um por cento dos nossos casos estão na região da grande Natal, na região metropolitana. As maiores incidências no estado são na capital, Natal, e nos municípios de Mossoró e Parnamirim. Também no município de Linda Floresta onde está o maior presídio do estado. Então, nesse município que tem a maior unidade prisional do estado, que é a Alcaçuz, nós já temos mais de 90 casos diagnosticados só este ano. Então nós estamos intensificando a parceria para que, em parceria com o município onde o presídio está instalado, eles consigam desenvolver ações de combate a esse agravo”.