Prefeito de Macau decide não realizar carnaval

Da Tribuna do Norte – A Prefeitura de Macau não conseguiu apoio para a realização do Carnaval em 2017 e, por isso, a programação será somente dos blocos organizados pelos próprios foliões. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Túlio Lemos, que acatou recomendação do Ministério Público e não usará recursos públicos para realizar a tradicional festa.

Em vídeo publicado em sua página no Facebook, Túlio Lemos explicou que a Prefeitura de Macau tentou enquadrar empresas na Lei Rouanet para a captação de recursos. A lei federal prevê que empresas enquadradas nos termos legais podem financiar certos eventos culturais e, em troca, recebem isenção fiscal. Porém, segundo o município não conseguiu os recursos.