Governo do RN retira R$ 3,6 milhões do custeio da Uern

Nas últimas semanas, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) foi notícia na imprensa pelo atraso no pagamento dos servidores que prestam serviços terceirizados à instituição, como vigilantes e motoristas. Algumas empresas reclamam atrasos de até seis meses.

Sobre esse e outros assuntos, o reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto conversou no “Cafezinho com César Santos”.

O reitor falou sobre o corte no orçamento da Universidade promovido pela governadora Fátima Bezerra (PT), que atingiu, principalmente, o custeio da estrutura da Uern. A instituição deixará de receber pelo menos R$ 3,6 milhões só de custeio. O governo ainda cortou 100% de investimento.

Pedro Fernandes fala ainda a necessidade de a autonomia financeira da Uern ser efetivada e pontua, na visão dele, o porquê de a universidade enfrentar resistência em determinados setores da sociedade potiguar.

*DeFato.com



Canal Futura e UERN terão programação de mostras, debates e workshop no Curta Caicó

O 2º Curta Caicó terá uma programação especial realizada pelo Canal Futura e UERN no sábado, 16, envolvendo realização do Worshop Criadores de Formatos Audiovisuais, com Marcio Motokane, mostra de filmes e debate sobre gestão de projetos no audiovisual.

A participação do Canal Futura na edição deste ano do festival foi possível através da mediação da UERN, por meio da coordenação da UernTV, atualmente com o jornalista, professor e subchefe de gabinete da reitoria, Esdras Marchezan.

Para o reitor Pedro Fernandes, a participação da UERN no Curta Caicó é mais uma forma da presença da universidade no fomento ao desenvolvimento do Rio Grande do Norte. “Temos conseguido ampliar muito a participação de nossos alunos em projetos audiovisuais, principalmente com a parceria do Canal Futura. Isso nos deixa muito felizes. Sempre estaremos perto de ações importantes como o Curta Caicó”, explica o reitor.

Inscrições para worshop estão abertas no site do Curta Caicó

O Workshop de Marcio Motokane já está com inscrições abertas e é voltada para o público que atua no audiovisual. O objetivo é transmitir conhecimentos sobre a produção atual de conteúdos audiovisuais relacionados à organização de ideias, utilização de critérios de escolha e de avaliação, além da aplicação desses conhecimentos na direção e na produção artística. As inscrições para o workshop são gratuitas e podem ser feitas no www.curtacaico.com.br/oficinas.

A mostra Canal Futura/UERN, denominada Identidades, irá apresentar os episódios das séries “Afronta” e “Diz aí”, além do documentário “Bixa Presa”, de Felipe Cafrê. Logo após a mostra de filmes, haverá debate sobre Gestão de Projetos no Audiovisual, com presença de Tiago Gomes (Futura) e Esdras Marchezan (UERN).

O Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação. O evento conta com os seguintes parceiros: Governo do RN, Fundação José Augusto, Prefeitura de Caicó, Prefeitura de Parelhas, CERES – UFRN, UERN, SESC RN, SEBRAE, SINDSERV, Replac, Implarn, Calle, Óticas Mirna, Unicords, Auto Escola Caicó. O evento conta com apoio os seguintes apoios culturais: BrisaNet, TV Kurtição, Elo Company, Místika, ACCIRN, ABDeC, Setcenas, Sistema Rural de Comunicação, Rádio Povo FM, Rádio Caicó AM, Solidariedade FM, Jovem Pan FM, Canal Futura, Lâmina Filmes, Gravura Filmes e InterTV Costa Branca.



Governo vai repor corte de emendas federais para a UERN

O Governo do Estado vai repassar R$ 3,6 milhões para garantir investimentos na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), sendo R$ 3 milhões referentes a contingenciamentos realizados pelo Governo Federal nas emendas inseridas no Orçamento Geral da União que foram destinadas à instituição de ensino superior pela bancada federal potiguar. Os R$ 600 mil restantes são contrapartidas para o recebimento de mais R$ 6 milhões em emendas dos anos anteriores.

Ainda durante a reunião, a chefe do executivo determinou a criação de grupos de trabalho para discutir e avaliar demandas dos professores da UERN, em especial a criação do plano de cargos, carreiras e salários para os 823 professores efetivos da instituição.

Os professores da UERN discutem a formatação do plano da categoria há vários anos, tendo aprovado ainda no início de 2016 a minuta que foi entregue ao Governo do RN nesta reunião, e o último aumento salarial foi escalonado de 2012 a 2014.



Caicó: Chuva alaga ruas e árvore cai nas imediações da Praça Dom José Delgado

Chuva registrada na tarde desta quinta-feira (28), provocou o alagamento de ruas em várias partes da cidade de Caicó. O vídeo mostra como ficou o setor aonde é localizado o campus da UERN no Bairro Paraíba.Vídeo: Sidney Silva

Publicado por Sidney Silva em Quinta-feira, 28 de março de 2019

A chuva registrada na tarde desta quinta-feira (28), que segundo o Cemaden foi de 35,8 milímetros no centro de Caicó, provocou, como sempre, o transbordamento de uma galeria pluvial existente nas imediações do Campus da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, na região do Bairro Paraíba.

O vídeo feito no momento da chuva mostra o problema que é antigo. Os carros passavam com cuidado pelo local.

Árvore caiu na ao lado da Praça Dom José Delgado – (Foto: Sidney Silva)

Do outro lado da praça, uma árvore caiu e interditou por algumas horas, o trânsito de veículos. A Defesa Civil o Corpo de Bombeiros foram acionados para remover a árvore. Neste mesmo local, também houve o transbordamento de outra galeria e o alagamento das ruas.



Tesouro sugere privatização da Caern e federalização da UERN

Sugestão é que Caern seja privatizada e a Uern seja federalizada – (Foto: Aldair Dantas/Tribuna do Norte)

O Governo Federal sugeriu a privatização da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e a federalização da Universidade Estadual do RN (Uern)  ao governador Robinson Faria, para redução de despesas do Estado.

De acordo com o Controlador-Geral do Estado, Alexandre Azevedo, as sugestões foram apresentadas na reunião da equipe do Tesouro Nacional com representantes estaduais, na última quinta-feira (25).

O Estado ainda aguarda a finalização do relatório da equipe federal, o qual oficializa a sugestão, para se posicionar sobre o assunto.

*Leia a matéria completa da Tribuna do Norte, aqui



Supremo Tribunal Federal determina demissão de 80 servidores não concursados da Uern

Reitor Pedro Fernandes acompanhou reunião com o ministro Dias Toffoli

O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou  a certidão de trânsito em julgado da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 1241, que contesta os artigos 1º e 2º da Lei Estadual 6.697/1994, a qual efetivou os servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) que foram admitidos sem concurso após 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição Federal.

O julgamento da ADI, em 22 de setembro de 2016, declarou a lei estadual inconstitucional, dando prazo de um ano para a extinção de todos os vínculos empregatícios desses servidores.

Continue lendo



Controladoria Geral do Estado fará auditoria na folha de pagamento da Uern

Equipe do Governo do Estado é recebida pela reitoria da Uern

Uma equipe da Controladoria-Geral do Estado fará uma auditoria da folha de pagamento da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A medida foi confirmada pela própria Universidade.

A equipe responsável pelo procedimento foi recebida no início desta semana pelo reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto.

Ele recepcionou a equipe capitaneada pelo secretário adjunto da Controladoria, Fábio Silveira que disse se tratar de um procedimento padrão. “Estamos realizando auditoria em vários setores da administração estadual. A UERN é o terceiro órgão que estamos inspecionando. Não se trata de caça às bruxas. Faremos as recomendações que julgarmos necessárias”, explicou.

A equipe está atuando no gabinete da vice-reitoria e recebendo informações da pró-reitora adjunta de planejamento Tatiane Paula e o assessor da Reitoria Adonias Vidal.

Ao recepcionar a equipe, Pedro Fernandes disse estar a disposição para qualquer esclarecimento. “Fiquem à vontade para tirar qualquer dúvida. Estamos aqui para colaborar e toda ajuda é bem-vinda”, analisou.

A equipe da Controladoria-Geral do Estado deve ficar analisando a folha da UERN pelas próximas duas semanas.



Após articulação de deputados, servidores desocupam Assembleia Legislativa

Manifestantes desocuparam ALRN

Após 24 horas da ocupação da Assembleia Legislativa, o deputados estaduais conseguiram a desocupação do Palácio José Augusto nesta terça-feira (5), onde servidores públicos estaduais da Saúde e Educação faziam manifestação. Pela manhã, abrindo o diálogo com o grupo, os deputados se colocaram à disposição para colaborar com o pleito dos servidores e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), garantiu audiência com o governador Robinson Faria (PSD), agendada para o dia 15 de dezembro.

Continue lendo



UERN deve parar de renovar contratos de trabalho por tempo determinado de professores

O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) deve se abster de renovar os contratos de trabalho por tempo determinado dos professores do curso de Comunicação Social da instituição. É isso que recomenda o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) para o caso dos professores que tiveram seus contratos temporários de dois anos vencidos. A recomendação da 7ª Promotoria de Justiça de Mossoró foi publicada na edição de sexta-feira (10) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Além de parar de renovar esses contratos, o reitor deve regularizar todas as situações de sucessivas prorrogações/convocações/nomeações ilegais para contratação temporária de professor do curso de Comunicação Social. Para preencher possíveis vagas em aberto, a UERN deve convocar e nomear dos candidatos aprovados em concurso realizado no ano passado.

Continue lendo




Hospital do Seridó e UERN incentivam o aleitamento materno

Hospital do Seridó e UERN incentivam o aleitamento materno

Professoras e estudantes do curso de Enfermagem da UERN Caicó estiveram desenvolvendo no Hospital do Seridó uma séria de ações, cujo objetivo conscientizar as mães no tocante aos benefícios da amamentação exclusiva.

Conversas, demonstração e até uma peça teatral foram realizadas nas enfermarias da maternidade para ilustrar o quão importante é o leite materno para a saúde da mãe e da criança.

Aproveitamos o espaço para agradecer aos alunos e suas professoras pela ação e parabenizar pelo envolvimento no cuidado ao próximo, sempre com humanização na assistência”, disse o diretor do Hospital do Seridó, Gedson Santos.





Câmara de Caicó se soma à luta pela manutenção da UERN

Audiência pública na Câmara de Vereadores tratou sobre conquistas e lutas da UERN em Caicó

A Câmara de Vereadores de Caicó discutiu na tarde desta segunda-feira (16), a situação da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Proposta pelos Vereadores José Rangel e Lobão Filho, a audiência reuniu diversas pessoas que se somam a luta pela manutenção deste instrumento de inclusão e acesso de milhares de jovens ao ensino superior.

De acordo com Rangel, o debate foi muito proveitoso e a Casa pode dar o seu apoio a UERN na sua independência financeira.

A reunião contou com a participação do diretor do campus da UERN – Álvaro Inácio, que explanou a situação vivenciada na Universidade e o desejo pela Autonomia Financeira. Álvaro ainda aproveitou para agradecer ao empenho dos vereadores que se somam a luta pela defesa da Universidade.

Para o presidente da Câmara de Vereadores de Caicó, Odair Diniz a audiência foi de suma importância da instituição que mais realiza ações no Rio Grande do Norte. “A UERN é a responsável pela formação de milhares de profissionais de várias áreas, principalmente da educação básica, que forneceu ao longo dos anos, e continua fornecendo, os profissionais das redes municipais do interior do Estado, dos profissionais do Estado”, disse.

Participaram ainda da audiência pública padre Francisco Costa ( representado a Diocese de Caicó); Sandra Kelly ( diretora do Ceres/Caicó); Alexandro Diógenes( diretor do IFRN); Lúcia Clemente (secretária de educação do município); Galileu Galilei ( membro da UERN Caicó), além de outros participantes.