Justiça determina que Unimed forneça medicamento para seridoense com doença autoimune

O juiz Uedson Bezerra Costa Uchôa, concedeu tutela antecipada antecedente obrigando a Unimed/Natal, a fornecer para jovem serra-negrense, DAVID ARAÚJO MEDEIROS, de  18 anos, a medicação para o tratamento da doença autoimune, Púrpura Trombocitopênica Primária Refrataria.

Na tutela antecipada antecedente, o magistrado deferiu os requerimentos de justiça gratuita e de tutela antecipada pleiteadas pelos advogados que moveram a ação (Navde Rafael Varela e Célio Torquato), determinando que a Unimed forneça o medicamento Rituximade (Mabthera), 375mg/m², enquanto perdurar a necessidade do mesmo, no prazo de 24h, sob pena de, não o fazendo, incorrer em multa diária de R$500,00 (quinhentos reais), limitada inicialmente a R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). A decisão deve ser cumprida em 24hs.

O orçamento feito para a aquisição de 8 frascos do medicamento, aponta o valor de R$ 61.571,60. A taxa de aplicação é de R$ 800,00.

O jovem David Araújo, está internado no Hospital São Lucas em Natal desde o dia 26 de janeiro com o quadro de saúde agravado por causa dos sintomas da doença.