Caicó: Vacinação contra o Covid-19 acontece hoje no Hospital do Seridó e no Hemocentro

Profissionais de saúde seguem sendo vacinados

A vacinação contra o novo coronavírus em Caicó, segue sendo realizada pela Secretaria Municipal de Saúde. Nesta terça-feira (02), serão imunizados, os profissionais que trabalham no Hemocentro e no Hospital do Seridó, nos setores de obstetrícia, centro cirúrgico e pediatria.

Na quarta-feira (03), será a vez dos profissionais que atuam nos Centros de Atenção Psicossocial – Caps III e AD.

A Secretaria Estadual de Saúde – SESAP, enviou até agora para Caicó, 1.540 doses das vacinas CoronaVac e AstraZeneca. Dessas, 1.089, foram aplicadas, restando ainda em estoque, 451.

Diversos serviços de saúde de Caicó, já foram alcançados com as ações de imunização. São eles: Instituições de Longa Permanência, profissionais e seus idosos; Equipes envolvidas na vacinação; Serviços de Referência: Hospital Regional e Hospital do Seridó (pediatria); Samu; Central de Ambulâncias; PA da Unimed; Centro Covid; Estratégias de Saúde da Família; Agente de Endemias; Vigilância Sanitária; Laboratório Municipal; LAREC; Pronto Atendimento Odontológico; Profissionais de Funerárias que manejam corpos e UNICAT.


Covid-19: Secretaria de Saúde de Caicó conclui vacinação de idosos em instituições de longa permanência

Vacinação dos idosos em instituições de longa permanência foi concluída em Caicó
– (FOTO: Alexandre Costa)

A vacinação contra o novo coronavírus em idosos que estão em instituições de longa permanência em Caicó, foi concluída. Ao todo, 45 pessoas foram imunizadas.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Evaneide Nóbrega, os idosos alcançados nessa etapa de vacinação residem no Abrigo Pousada do Idoso, Residência Terapêutica, Casa da Caridade e Abrigo Dispensário Professor Pedro Gurgel.

“Estamos trabalhando com muita responsabilidade para imunizar as pessoas contra a Covid-19 dentro do cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde. Neste primeiro momento, tivemos que vacinar os idosos e graças a Deus, deu tudo certo. Vamos seguir com a vacinação dos profissionais de saúde”, disse Evaneide.

Foram registrados casos em que a pessoa não aceitou ser vacinada. Um deles foi na Casa da Caridade e outro, no Abrigo Pedro Gurgel. Ambos assinaram termo de responsabilidade por causa da recusa.

“Essa situação dos idosos que se recusaram, não teve jeito. Nós insistimos muito, mas eles preferiram não se vacinar. Porém, tiveram que assinar um documento se responsabilizando diante da decisão tomada”, relata.

Outra situação registrada no Pedro Gurgel, foi que mais 4 idosos não tomaram a vacina, 3 deles por já ter tido Covid-19, e outro, porque, estava com sintomas da doença.

A Secretaria de Saúde de Caicó já recebeu da Sesap, 1.540 doses das vacinas CoronaVac e Aztraneca, tendo ainda em estoque, 552.


Governo divulga públicos prioritários para vacinação

27 categorias terão prioridade na hora de receber a vacina – (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

O governo federal divulgou nesta quinta-feira (28), o plano que estabelece a ordem de vacinação contra a covid-19 para os grupos prioritários. A seleção das populações com prioridade foi elaborada pelo Ministério da Saúde e, de acordo com a pasta, foi baseada em princípios da Organização Mundial da Saúde (OMS) e feita em acordo com entidades como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Ao todo, são 27 categorias prioritárias pessoas, que incluem, por exemplo pessoas acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, indígenas, pessoas em situação de rua, entre outras (veja lista completa a seguir). Trabalhadores do transporte coletivo, da educação básica e superior, forças de segurança também estão na lista.

Ao todo, a lista de grupos prioritários soma uma população de 77,2 milhões de pessoas, pouco mais de um terço dos 210 milhões de habitantes do país. Confira a lista dos públicos prioritários:

Pessoas com 60 anos ou mais e que estejam institucionalizadas;

Pessoas com deficiência institucionalizadas;

Povos indígenas vivendo em terras indígenas;

Trabalhadores de saúde;

Pessoas de 80 anos ou mais;

Pessoas de 75 a 79 anos;

Povos e comunidades tradicionais ribeirinhas;

Povos e comunidades tradicionais quilombolas;

Pessoas de 70 a 74 anos;

Pessoas de 65 a 69 anos;

Pessoas de 60 a 64 anos;

Pessoas que possuam comorbidades;

Pessoas com deficiência permanente grave;

Pessoas em situação de rua;

População privada de liberdade;

Funcionários do sistema de privação de liberdade;

Trabalhadores da educação do Ensino Básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA);

Trabalhadores da educação do Ensino Superior;

Forças de segurança e salvamento;

Forças Armadas;

Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros;

Trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário;

Trabalhadores de transporte aéreo;

Trabalhadores de transporte aquaviário;

Caminhoneiros;

Trabalhadores portuários;

Trabalhadores industriais. 

O Ministério da Saúde informa que mais de 7 milhões de doses de vacinas já foram enviadas aos estados desde o início da imunização contra a covid-19 no país, que começou no dia 18 de janeiro.

Agência Brasil


Caicó: Em nota, Secretária de Saúde explica motivos da vacinação de servidor comissionado

Evaneide Nóbrega é Secretária de Saúde de Caicó

Nas últimas horas, o assunto mais comentado nas redes sociais, leia-se, grupos de WhatSapp, é a vacinação de Almir Pereira de Araújo Neto, servidor (cargo comissionado) da Secretaria de Saúde de Caicó, sem que este, durante a pandemia, tenha estado na linha de frente de combate ao novo coronavirus.

Por causa da repercussão, a Secretária de Saúde de Caicó, Evaneide Nóbrega, emitiu nota com informações sobre caso, inclusive, demonstrando que junto a equipe de vacinação volante, se faz necessária a presença de um digitador, função que o servidor exerce.

Em relação ao subcoordenador de saneamento e oficina sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, Almir Pereira de Araújo Neto, o mesmo foi designado para ser digitador do e-SUS. A demanda dessa primeira fase da aplicação da vacina exige que as equipes volantes visitem instituições de saúde e abrigos de idosos para aplicar a vacina, sendo obrigatório irem: vacinador, técnico em enfermagem e um digitador. No momento em que as vacinas são aplicadas, esse digitador insere esse dado no Sistema on Line chamado RN Vacina Gestor. Desta forma, eles informam ao estado em quem a vacina está sendo aplicada, que horas, o horário e o lote da vacina, para justamente o estado ter esse controle e o município justificar as vacinas recebidas“, diz a nota.

A Secretaria e a Prefeitura Municipal de Caicó, ainda esclareceu que com base na Nota Técnica Nº 1/2021/SESAP, PROCESSO Nº 00610041.000073/2021-89, o item 10 diz respeito a POPULAÇÃO-ALVO E QUANTIDADE DE DOSES DISPONÍVEIS NESTA PRIMEIRA ETAPA, que diz:

Considerando tal fracionado da FASE 1 em etapas, recomenda-se a que seja adotada a seguinte ordem para vacinação dos trabalhadores da saúde conforme disponibilidade de doses:

Equipes de vacinação que estiverem inicialmente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para as 39.258 doses;
Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos;
Trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19, na seguinte ordem:
Trabalhadores dos hospitais de referência;
Trabalhadores dos serviços de urgência e emergência,;
Trabalhadores dos denominados serviços de CENTRO DE ATENDIMENTO COVID-19;
Trabalhadores da atenção primária;

Somente serão vacinados nesta fase os demais trabalhadores da saúde, caso todos os profissionais relacionados acima já estiverem sido vacinados“.

Por tudo o que foi dito, se justificativa que o servidor citado, por estar diretamente envolvido na equipe de vacinação, tenha que receber a vacina, assim como os demais que desempenham o serviço de imunizar a população neste primeiro momento da vacinação contra a Covid-19“, disse Evaneide Nóbrega, Secretária de Saúde de Caicó.


Início da campanha de vacinação no RN acontece em ato simbólico na Escola de Governo em Natal nesta terça (19)

O ato simbólico do início da campanha de vacinação no estado será realizado nesta terça-feira (19), às 10h, na Escola de Governo, e contará com a participação de prefeitos e secretários de Saúde dos municípios de Natal, Parnamirim, Macaíba, Extremoz, São Gonçalo do Amarante e Ceará-Mirim.

Maura Sobreira, Secretária Adjunta da Saúde

O processo de vacinação será realizado em três fases. Na primeira serão atendidos os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19, que trabalham em hospitais – da rede estadual, municipal e privada – e UPAs; pessoas com 75 anos ou mais; pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas; e pessoas de comunidades tradicionais ribeirinhas.

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Sesap, em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN, desenvolveu o RN Mais Vacina, que irá monitorar o processo de vacinação contra a Covid-19 no estado. O sistema vai registrar a chegada da vacina enviada pelo Governo Federal, a transferência aos 167 municípios e a aplicação que será feita pelas secretarias municipais de saúde. Para o controle, a Sesap fez a distribuição de mil tablets em todas as salas de vacina, facilitando o acesso de todos.

O sistema permite maior transparência sobre as doses das vacinas, reduzindo desperdícios e ampliando a governança dos processos, além do rastreio da vacina desde o seu recebimento na Central Estadual da Rede de Frio, até a aplicação na sala de vacina, com uma interface web intuitiva e acessível. Proporciona também o cruzamento de dados que identifica incidentes e gera alertas e relatórios centrados na experiência do cidadão e do profissional de saúde.

Os pacientes que se enquadram no grupo de risco já podem realizar o autocadastro no RN Mais Vacina, basta acessar: https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/. O cadastro é autoexplicativo, mas quem tiver dificuldade para realiza-lo poderá fazer na hora de tomar a vacina na própria unidade de saúde.

Em menos de um dia, o sistema teve mais de 200 mil pessoas cadastradas. Isso vai facilitar o acesso a unidade de vacinação, mas cabe destacar que o paciente que não tiver feito o autocadastro não vai ser impedido de tomar a vacina”, frisou a secretária adjunta da Sesap, Maura Sobreira.


Caicó terá 4 locais de vacinação contra a Covid-19

Secretaria de Saúde de Caicó está definindo locais de vacinação

A vacinação, em Caicó, vai acontecer em 4 locais, sendo um em cada zona da cidade, norte, leste, oeste e centro. A informação foi confirmada pelo prefeito, Dr. Tadeu.

O que está pendente, mas, deve ser agilizado nas próximas horas, é a definição exata dos locais.

Outra questão que está sendo ajustada é aonde às pessoas residentes na zona rural irão ter acesso às vacinas. O Blog Sidney Silva soube que provavelmente, elas poderão se vacinar no local mais próximo de sua comunidade, por exemplo: quem mora no Distrito de Laginhas, poderá se vacinar no local definido pela Secretaria que funcionará na zona norte e assim será para as demais regiões do Município.


Vacinadores passaram por capacitação para atuar no RN

Vacinadores passarão por capacitação

A Sesap, em parceria com as Universidades Estadual e Federal do Rio Grande do Norte, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) e com o apoio logístico do Município de São Gonçalo do Amarante, produziu uma capacitação inédita aos vacinadores que atuarão nas 711 salas de vacinação espalhadas pelo Estado.

O objetivo é atualizar esses profissionais de saúde sobre as rotinas, organização, materiais a serem utilizados e, especialmente, a forma correta de aplicação do imunizante. O conteúdo, construído de forma inédita no Brasil, está disponível através do AvaSUS, plataforma que oferece cursos online na área da saúde.

SISTEMA RN MAIS VACINA

O Governo do Rio Grande do Norte desenvolveu, também em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), o sistema RN Mais Vacina que irá monitorar o processo de vacinação contra a Covid-19 em todo o território potiguar. O sistema vai registrar a chegada da vacina enviada pelo Governo Federal, a transferência aos 167 municípios e a aplicação que será feita pelas secretarias municipais de saúde. Foram distribuídos mil tabletes para as salas de vacina em todo estado.

Para os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, a Sesap preparou materiais online que utilizados em reuniões agendadas para os Coordenadores da Vigilância Epidemiológica, Coordenadores da Imunização e Secretários Municipais de Saúde. Também serão disponibilizados vídeos tutoriais visando auxiliar o profissional no dia a dia, caso surja alguma dúvida sobre a utilização do sistema.