Comissão Processante vota pelo prosseguimento da denúncia contra Batata

Maioria de vereadores da Comissão Processante quer que investigação continue

Em reunião ocorrida na Câmara de Vereadores de Caicó nesta quinta-feira (29), a Comissão Processante nº 001/2018, presidida pela Vereadora Ana Edna da Silva (Avante) decidiu, pelo prosseguimento da denúncia formulada pelo Sr. Francisco da Silva Filho, a qual pede a cassação do prefeito Robson Araújo, afastado do cargo pela Operação Tubérculo, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

Com o parecer da Comissão opinando pelo prosseguimento da denúncia, dá-se início à produção das provas indicadas pelo denunciante, das provas requeridas pela defesa do denunciado, mais os atos, diligências e audiências necessárias à instrução do processo, conforme estipulado pelo Decreto Lei nº 201/67.

Votos

Entre os três vereadores que compõem a Comissão, a presidente, Ana Edna e o relator, Alisson Jackson, votaram pela continuidade dos trabalhos, enquanto Maria Cleide, contra, ou seja, para arquivar a investigação.



Carlos Eduardo agradeceu votos recebidos

Em nota, o candidato Carlos Eduardo agradeceu pelos votos recebidos e pela confiança dos potiguares que acreditaram nas suas propostas.

Fizemos uma campanha limpa e propositiva. Baseada na coragem e no sentimento de mudança, na nossa história que transformou Natal numa capital capaz de orgulhar seus filhos e seus visitantes. Abri mão de meus quase três anos de mandato como prefeito por saber que, ao homem público verdadeiro, não é permitida a omissão da luta. O Rio Grande do Norte chegou ao fundo do poço nos últimos quatro anos. Me propus mudá-lo, percorrendo no calor, nas noites e madrugadas, o itinerário da esperança numa gestão voltada a todos, sem lados ou preconceitos ideológicos“, declarou.



Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro obteve 57,7 milhões de votos

Com 100% da apuração das urnas, Jair Bolsonaro (PSL) obteve 55,13% dos votos válidos, conquistando 57.796.986 votos. Fernando Haddad (PT) teve 44,87% dos votos, o equivalente a 47.038.963 votos.

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, anunciou, por volta das 20h10, que Jair Bolsonaro estava matematicamente eleito novo presidente do Brasil. Segundo a ministra, o resultado da eleição foi definido às 19h18, com 94,44% das urnas apuradas. A diferença entre os dois candidatos foi superior a 10,7 milhões de votos.

Continue lendo



ELEIÇÕES: Entenda a diferença entre voto branco e nulo

Votos brancos e nulos não influenciam diretamente no resultado da eleição

No próximo domingo (7), os eleitores brasileiros vão às urnas para votar em seis candidatos, porém, não é todo mundo que quer exercer o seu voto, já que existe a opção de votar em branco ou nulo.

O fato é que o descontentamento da população com a política atual tem aumentado o número de votos brancos e nulos. Então, para ficar mais claro a diferença de um para outro: o cidadão vota nulo quando digita um número que não pertence a nenhum candidato e depois aperta o botão “confirma”. Já o voto em branco é registrado quando o eleitor pressiona o botão “branco” e em seguida a tecla verde para confirmar.

É importante também que o eleitor saiba que, ao contrário do que têm sido dito nas redes sociais, votos brancos não são direcionados para o candidato que está à frente na votação. Esse mito surgiu com o antigo Código Eleitoral de 1965, que determinava que os brancos contassem para o quociente eleitoral, mas a regra caiu com o código aprovado em 1997.

No próximo domingo (7), os eleitores brasileiros votarão para deputado federal, seguido de deputado estadual ou distrital, senador 1, senador 2, governador e, por último, presidente da República.

Até esta quinta-feira (4), os candidatos vão poder usar o horário de propaganda gratuita para conquistar os votos do eleitorado, que soma mais de 147 milhões de brasileiros.



Filhas do Amor Divino se preparam para renovação de votos em Natal

Filhas do Amor Divino renovam votos em Natal

Elas carregam no hábito religioso o amor, a fé, o zelo e o altruísmo. Em todo o mundo, são reconhecidas pela dedicação aos ensinos em nível escolar sob a luz dos princípios cristãos. Estamos falando das Irmãs da Congregação das Filhas do Amor Divino que, no dia 2 de fevereiro, renovarão os votos em missa presidida pelo arcebispo Metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, em Natal. A celebração acontecerá às 9h, no auditório Madre Francisca Lechner do Colégio Nossa Senhora das Neves. O nome do espaço é uma homenagem à fundadora da Congregação, que foi instituída em 21 de novembro de 1868, em Viena, Áustria.

Durante o ato litúrgico, será celebrado o Jubileu de Prata da diretora-financeira do Colégio das Neves, Irmã Beatriz Medeiros, que, na tradição da Igreja, define-se pela passagem de 25 anos de uma ordenação sacerdotal.

Cerca de 100 irmãs que atuam em escolas católicas do Rio Grande do Norte e da Paraíba também vão participar da profissão religiosa. A missa, que marca o Dia da Vida Consagrada, contará com a presença de freiras de todo o Brasil, padres, seminaristas, bispos, além de familiares, amigos e pais dos alunos das Filhas do Amor Divino. A data é dedicada àqueles que optaram por entregar-se a Deus e à Sua obra.