Ex-secretário da Sejuc no RN, Walber Virgolino vai ser candidato a Deputado Federal

Delegado Walber Virgolino vai disputar uma vaga na Câmara Federal em 2018 – (FOTO: Rayane Mainara)

Deu no blog de Suetoni Souto no Jornal da Paraíba que o delegado Walber Virgolino, ex-secretário de Justiça e Cidadania no Rio Grande do Norte, vai ser candidato a deputado federal pelo PRB da Paraíba.

Veja a notícia:

Difícil não é matar um leão por dia, difícil é conviver com as cobras”, postou há um mês, nas redes sociais, o delegado da Polícia Civil, Wallber Virgolino. A frase foi dita pelo paraibano após entregar o cargo de secretário de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte. Hoje, de volta à Paraíba, Virgolino faz planos para entrar na política. Ele é filiado ao PRB. Em conversa com o blog, se disse motivado para disputar uma das vagas para a Câmara dos Deputados. Já tem bandeira. Pretende lutar em favor da segurança pública e da educação. Tem projetos em mente que alega ter copiado de outros países, mas que está ciente de que dão certo.

Vamos lutar pelo retorno do controle do Estado na segurança pública (tolerância zero), reestruturação do sistema de segurança pública (polícias, agentes Penitenciários, guardas municipais) com recursos oriundos do Governo Federal) e valorização dos Agentes de Segurança Pública, ao invés de se pagar a Força Nacional”, disse Virgolino, explicando ser melhor usar o dinheiro federal para reforçar as forças policiais nos estados. O delegado tem milhares de seguidores nas redes sociais. Os temas relacionados a ele, por isso, repercutem bastante.

Wallber Virgolino teve passagem conturbada nos governos de Ricardo Coutinho (PSB), na Paraíba, e Robinson Faria (PSD), no Rio Grande do Norte. Enfrentou problemas de relacionamento com colegas da área de segurança pública, quando ocupou a Administração Penitenciária, na Paraíba. A postura dura e voluntariosa também rendeu problemas no Estado vizinho. Ele bancou a instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Alcaçuz. Com isso, descontentou os presos que comandam o tráfico no Rio Grande do Norte e viu a cidade em chamas, por conta dos ataques de criminosos aos ônibus de Natal. Dizem, nos bastidores, que a “paz” foi selada tendo como preço a saída dele do cargo.

Como não poderia deixar de ser, caso seja eleito, Virgolino pretende focar a sua atenção nas condições de trabalho dos policiais. Ele citou como exemplo disso a proposta de um projeto para que os recursos destinados à Força Nacional seja repassado para os estados. Ele explica que a diária paga pelo governo federal, atualmente, é de R$ 350. Já a paga pelo governo do Estado aos Policiais Militares é de R$ 50. O repasse do dinheiro federal para o Estado, portanto, faria com que o governo estadual tivesse dinheiro para comprar as folgas dos policiais e, com isso, botar mais policiais na rua.

Veja a matéria aqui



Paraibano Walber Virgolino entrega Sejuc e fala em nova missão

Walber Virgolino entrega a Sejuc – (FOTO: Rayane Mainara)

O delegado da Polícia Civil da Paraíba, Walber Virgolino, entregou no início da tarde desta sexta-feira (05), ao Governador Robinson Faria, o pedido de exoneração do cargo de Secretário da Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte. No pedido, Virgolino, afirma que o motivo é de foro intimo e de caráter irrevogável.

Em sua conta no Instagram, Walber Virgolino, escreveu sobre sua saída da Sejuc e retorno à Paraíba. “Comunico que a MISSÃO RN chegou ao fim”, disse. Ele também fala em nova missão. “O inimigo agora é outro. A missão agora é outra, mas o propósito sempre será o mesmo: combater o crime e defender os homens de bem (proteger o povo de Deus)“.

Veja o relato:

“O guerreiro tem que sempre ter em mente que tudo na vida tem começo, meio e fim, bem como que toda missão um dia tem que acabar. Missão dada é, e sempre será, missão cumprida. Sendo assim, comunico que a MISSÃO RN chegou ao fim. Certo de ter contribuído com o meu melhor e de não ter poupado esforços para mudar o atual cenário do Sispen-RN, deixo a SEJUC, desejando sorte ao meu sucessor, aos meus agentes penitenciários e a todo povo norte-rio-grandense. Falhas cometemos, mas foi sempre procurando acertar. Agradeço a todos pelo apoio, sobretudo, ao Governador, Secretários, Agentes Penitenciários, Policiais, a vaqueirama (ASSOVARN e CAMPOV) e a todo o povo Potiguar. O inimigo agora é outro. A missão agora é outra, mas o propósito sempre será o mesmo: combater o crime e defender os homens de bem (proteger o povo de Deus). Já dizia o velho ditado que: ‘o bom filho à casa torna’. Uma vez disse o político e escritor paraibano José Américo de Almeida: ‘Ninguém se perde na volta ou na volta ninguém se perde’. Um Tríplice e fraternal abraço a todos! Até logo. Recebi minha vida de volta”.



Carro com o secretário do RN Walber Virgolino capota na BR 101

Carro do secretário Walber Virgolino capotou na BR 101

Da Tribuna do Norte – O veículo do secretário estadual de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, se envolveu em um acidente de trânsito na BR 101, e capotou.

Segundo informações da Assessoria de Imprensa da Sejuc, não há registro de vítimas. O Secretário se deslocava de João pessoa (onde mora a família) para Natal e estava acompanhado por seguranças.

Informações preliminares não confirmam envolvimento de outro veículo. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, o condutor do veículo teria perdido o controle em uma curva e colidiu com um poste. O veículo é uma Nissan Frontier, carro oficial do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

O secretário e o coronel Américo saíram ilesos, e o motorista teve ferimentos leves. Todos foram encaminhados ao Hospital de Traumas de João Pessoa (PB). O acidente ocorreu no KM-10 da rodovia BR 101, no estado da Paraíba, à altura da comunidade ‘Pitanga da Estrada’, município de Mamanguape.



Comissão Especial recebe secretário de Justiça e Cidadania nesta quinta-feira

Comissão Especial recebe secretário de Justiça e Cidadania nesta quinta-feira – (Foto: João Gilberto)

Acontece nesta quinta-feira (9) a primeira reunião pública da Comissão Especial do Sistema Prisional, estabelecida diante da crise do sistema carcerário no Estado que teve seu ápice em 14 de janeiro com uma rebelião no presídio de Alcaçuz. O secretário estadual de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, confirmou presença após convocação feita pelos deputados que compõe a comissão. A reunião está prevista para as 9h, na sala das comissões, na Assembleia Legislativa.

“A partir desta quinta-feira iniciamos a parte de coleta de dados, ouvindo especialistas e solicitando informações dos diversos órgãos que se relacionam com o sistema penitenciário“, explica o presidente da comissão, deputado Kelps Lima (Solidariedade). Além das perguntas que serão feitas no momento, o secretário de Estado vai responder questionamentos enviados anteriormente pela Comissão Especial do Sistema Prisional.

As reuniões da Comissão Especial do Sistema Prisional serão divididas em duas modalidades: administrativas (internas) e debates públicos, em quintas-feiras alternadas. Estabelecida pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), foi instalada no dia 16 de fevereiro e terá seis meses para conclusão dos trabalhos.



Sejuc confirma que bloqueadores impediram comunicação de presos

O titular da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, Wallber Virgolino, informou na manhã deste domingo (15), que os responsáveis pela rebelião já foram identificados e serão penalizados. Virgolino ainda destacou que “com os bloqueadores de celular instalados e em funcionamento em Alcaçuz, os presos não conseguiram contato com detentos de outras unidades prisionais do Estado”.